Dicas para alugar um carro em Cuba: tudo o que você precisa saber

15

Atualizado em 18 de junho de 2021

Uma forma bem interessante de conhecer a Ilha de Fidel é viajando de carro, deixando a costa e seguindo para o interior do país. Só que antes de alugar um carro em Cuba, você deve prestar atenção a alguns pontos.

O primeiro deles é que tudo deve ser feito com antecedência. Como tudo que envolve o turismo na ilha está sob o controle do governo cubano, alugar um carro em Cuba não é diferente.

São poucas as empresas que fazem isso e todas elas são estatais e exigem, no mínimo, 48 horas de antecedência para fazer as reservas.

Com um mercado restrito,  falta carro para quem quer. 

Então, esqueça aquela ideia de resolver tudo de última hora e partir. Quando estive em Havana pela primeira vez, até cogitei alugar um carro para ir a Varadero, mas a resposta que tive do atendente foi: não temos mais carros para este final de semana.

Isso se repetiu em outros pontos de atendimento da Cubacar, a principal locadora do país. Eu vi também propagandas da Transtur.

Dicas para alugar um carro em Cuba

Documentos e regras

Se der sorte de conseguir um carro, você precisará apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que lhe permite dirigir em Cuba, e o passaporte.

A locação só é feita para, no mínimo, três diárias e os valores variam de acordo com a quantidade de dias que você vai ficar com o carro.

Preços

O aluguel de um veículo automático custa em, média, CUP 2.150, para reservas de 3 a 6 dias. O valor da diária cai para CUP 2.000, se você for alugar de 7 a 13 dias.

Quem for ficar com o carro por mais de 14 dias vai pagar CUP 1.900 pela diária. O valor do seguro já está incluso nesses preços.

Dicas para alugar um carro em Cuba

A diária mais barata que encontrei foi a de um carro básico que custa CUP 1.800.

Além disso, você paga CUP 1.600 pelo primeiro tanque e pode devolver o carro sem abastecer. Para tirar o veículo da garagem da locadora, você terá que deixar outros CUP 3.600 como caução.

Esse valor será devolvido a você na entrega do carro se tudo estiver bem.

Combustível e estradas

É muito importante lembrar que Cuba vive sob o racionamento de produtos básicos, como o combustível, e sempre falta gasolina nos postos.

Eu mesmo vi vários deles fechados em Havana.

Conversando com alguns taxistas, eles confirmaram que a crise da Venezuela, principal exportador de gasolina para Cuba, tem piorado o mercado cubano. Para não ficar sem nada, muitos motoristas carregam galões extras nos porta-malas.

Dicas para alugar um carro em Cuba

Como a oferta é pouca, o preço aumenta. Essa é a regra mundial que vigora também no único reduto socialista das Américas. Não há quem não se queixe do preço da gasolina, variando, atualmente, de CUP 25 a 30, o litro.

A qualidade das estradas é outra coisa que você deve ter em mente na hora de alugar um carro em Cuba. De forma geral, elas são boas e bem sinalizadas, mas em alguns trechos há buracos e desnível no asfalto.

Isso eu percebi na Ruta Central, a mais importante rodovia do país, quando fui de Cayo Guillermo para Havana.

Além disso, no interior, é muito comum encontrar animais na pista. Não são raros os casos de acidentes envolvendo vacas e cavalos que atravessam as estradas e isso pode, além de danificar o carro, colocar a sua vida em risco.

Uma boa dica é  evitar dirigir durante a noite. 

Alugar um carro em Cuba

Sabendo de tudo isso, agora fica mais fácil se programar para alugar um carro em Cuba. Em todo o país, é importante observar os limites de velocidade e outras regras de trânsito. Em algumas rodovias, há cobrança de pedágio.

O furto de veículos em Cuba é baixíssimo, assim como a criminalidade em geral, mas sempre é bom não dar oportunidade para bandido. Então, evite deixar objetos de valor dentro do carro quando estacionado.

Dicas para alugar um carro em Cuba

Antes de terminar, em Cuba não há apenas carros velhos, como os cinquentões americanos ou os quadradões soviéticos. Há veículos novos rodando pelas ruas do país e, se duvidar, alugar um carrão antigo é mais caro do que os mais modernos.

Depois que Cuba unificou a moeda, produtos e serviços têm tido aumentos consideráveis. Portanto, é importante saber que os preços apresentados servem apenas como base para seu planejamento, que deve incluir com uma margem de segurança de 10% a 20%.
Informações Básicas
Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar em Cuba, mas é possível obter o visto no aeroporto.
Documentos | É preciso apresentar o passaporte dentro do prazo de validade e o seguro viagem é obrigatório.
Dinheiro| Cuba unificou as duas moedas que circulavam no país em janeiro de 2021. O peso cubano tem câmbio fixo: CUP 24 valem USD 1. Saiba como trocar e como usar o seu dinheiro em Cuba.
Vacinas | As vacinas contra covid-19 (veja abaixo) e febre amarela são obrigatórias e sem o Certificado você não entra no país. Veja como solicitar o certificado para febre amarela e para covid-19.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

Cuba adotou rígidas medidas para o controle de entrada e saída de viajantes estrangeiros. Por isso, você precisa estar preparado para fornecer os seguintes comprovantes na hora de entrar no país:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido de todos os viajantes – faça uma cotação do seguro viagem;
  2. Certificado de vacinação contra covid-19 com pelo menos duas doses (ou dose única) – esta regra não se aplica a viajantes menores de 12 anos ou que não podem ser vacinados por questões de saúde (é preciso apresentar laudo médico) – veja como emitir o comprovante nacional e internacional.
  3. Resultado negativo de teste RT-PCR realizado até 72 horas antes da chegada ao país;
  4. Enviar o Formulário de Saúde preenchido até três dias antes da chegada ao país;
  5. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) –veja como solicitar o CIVP pela internet.

O seguro pode ser adquirido antes de sua viagem ou na chegada. Porém, eu realmente indico que você compre com uma empresa brasileira, pois, caso precise de atendimento, todas as instruções serão dadas em português.

Além disso, se necessitar de reembolso ou qualquer outro procedimento que fuja dos padrões – como processos judiciais, por exemplo –, você estará mais bem amparado pela legislação brasileira.

Você pode acompanhar atualizações sobre o controle sanitário no Manual do Viajante produzido pelo governo cubano.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo ou RT-PCR, coletado até das 72 horas antes do embarque.

SEGURO VIAGEM

 O seguro viagem para Cuba é obrigatório.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

É que mesmo tendo um serviço de saúde pública considerado referência, os hospitais e clínicas de Cuba só atendem gratuitamente quem moram no país – até os cubanos que vivem no exterior precisam de um seguro viagem.

Esta regra é antiga, foi implementada em maio de 2010, como mostra este comunicado, e a estatal responsável pelo controle e oferecimento dos serviços é a Assistur.

Não é qualquer empresa que pode vender seguro viagem para Cuba. É que o governo controla os serviços e tem uma lista com as operadoras aprovadas. Eu sempre oriento comprar com a Seguros Promo, empresa com quem comprei e, por isso, indico.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Veja mais dicas de Cuba

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas de Cuba.