Visto para Cuba: como comprar o visto no aeroporto, antes de chegar ao país

35

Atualizado em 10 de fevereiro de 2022

Brasileiros precisam de visto para entrar na terra de Fidel Castro, mas não é necessário fazer o pedido com antecedência. É que você pode comprar o visto para Cuba no balcão da companhia aérea. Isso ainda no Brasil, no dia da viagem.

Porém, em alguns casos, como aconteceu comigo, você pode ser orientado a adquirir a tarjeta del turista, documento exigido para entrar em Cuba, no país onde fará conexão.

→ Dinheiro em Cuba: entenda as regras

No Aeroporto Internacional Tocumen (PTY), no Panamá, eu procurei um balcão da Copa Airlines e disse que precisava comprar o visto para Cuba. A expressão é esta mesmo: comprar o visto, já que a atendente não me pediu documentos ou passagens antes me entregar o formulário.

Com o visto, você poderá ficar em Cuba por até quatro semanas. Depois deste prazo, é possível solicitar a renovação por até mais quatro semanas. No final desse período, você terá que deixar o país.

Como comprar o visto para Cuba

Quanto custa o visto para Cuba

O visto para Cuba custa USD 20 e o pagamento deve ser feito em dinheiro – somente dólar – e nada de cartões ou outras moedas. O mais importante é ter o visto em mãos antes de chegar a Cuba, pois caso você embarque sem o documento, terá que pagar USD 75 – incluindo uma pesada multa – para entrar na ilha dos irmãos Castro.

O visto para Cuba é, na verdade, um simples formulário em duas partes semelhantes que você deve preencher com atenção, porque, se houver rasuras, será preciso comprar outro.

Os dados exigidos são: sobrenomes, nome, data de nascimento, número do passaporte e nacionalidade. Para quem sabe ler em espanhol ou inglês, há instruções de como preencher adequadamente o seu visto no verso do formulário.

Na imigração, o seu passaporte e seu visto serão carimbados, e é muito importante guardar o visto até sua saída de Cuba, pois, caso perca, será preciso pagar USD 20 por outro formulário.

Como comprar o visto para Cuba

Outros documentos

Para entrar em Cuba, além do visto, você vai precisar do passaporte, já que a carteira de identidade não é aceita.

No processo de imigração, é necessário informar o endereço onde vai ficar. Então, tenha em mãos os dados do hotel ou da casa particular escolhida por você. Isso vai facilitar sua vida.

Desde 2010, o seguro viagem é obrigatório para que você entre em Cuba. Ele é a garantia de que, em casos de urgência e emergência, você terá atenção médica qualificada e eficiente.

→ Faça a cotação do seu seguro viagem

Brasileiros precisam estar vacinados contra febre amarela para entrar em Cuba. Essa exigência é recente e passou a ser mais intensificada a partir de 2016, quando o Brasil viveu um surto da doença. Eu explico como obter seu comprovante em: Como solicitar o certificado de vacinação.

Como comprar o visto para Cuba

Saindo do país

Para deixar o país, você vai precisar apresentar a tarjeta del turista. Quem perder ou tiver o documento roubado, por exemplo, vai ter que pagar pela segunda via.

Além do cartão do turista era necessário pagar uma taxa de embarque equivalente a CUP 600 no aeroporto. Atualmente, esse valor está incluído no preço da passagem aérea e você não precisa que pagar nada a mais.

NOTA
Depois que Cuba unificou a moeda, produtos e serviços têm tido aumentos consideráveis. Portanto, é importante saber que os preços informados servem apenas como base para seu planejamento, que deve incluir com uma margem de segurança de 10% a 20%.
Informações Básicas
Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar em Cuba, mas é possível obter o visto no aeroporto.
Documentos | É preciso apresentar o passaporte com validade mínima de seis meses.
Dinheiro| Cuba unificou as duas moedas do país em janeiro de 2021. O peso cubano tem câmbio fixo: CUP 24 valem USD 1. Saiba como trocar e como usar o seu dinheiro em Cuba.
Vacinas | A vacina contra febre amarela é obrigatória e sem o certificado você não entra no país. Veja como solicitar o Certificado Internacional pela internet.
Seguro Viagem| O seguro viagem com cobertura para covid-19 é obrigatório. Veja quanto custa o seguro viagem.
Covid-19 | Todas as vacinas contra covid-19 são aceitas, mas a vacinação não é obrigatória. Veja as regras abaixo.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

Desde o dia 6 de abril de 2022, Cuba flexibilizou as medidas para o controle de entrada e saída de viajantes estrangeiros. Com isso, não é necessário apresentar certificado de vacinação ou testes negativos para covid-19, independente se você estiver vacinado ou não.

Atualmente, estas são as regras para entrar no país:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido de todos os viajantes – faça uma cotação do seguro viagem;
  2. Testes de antígeno (teste rápido) podem ser realizados de forma aleatória e, caso o resultado dê positivo, as autoridades podem sugerir medidas cabíveis, como a quarentena;
  3. Enviar o Formulário de Saúde preenchido até 48 horas antes da chegada ao país;
  4. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) – veja como solicitar o CIVP pela internet.

Você pode acompanhar atualizações sobre o controle sanitário no Cuba Travel divulgado pelo governo cubano.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo ou RT-PCR, coletado até das 72 horas antes do embarque.

SEGURO VIAGEM

 O seguro viagem para Cuba é obrigatório.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

É que mesmo tendo um serviço de saúde pública considerado referência, os hospitais e clínicas de Cuba só atendem gratuitamente quem moram no país – até os cubanos que vivem no exterior precisam de um seguro viagem.

Esta regra é antiga, foi implementada em maio de 2010, como mostra este comunicado, e a estatal responsável pelo controle e oferecimento dos serviços é a Assistur.

Não é qualquer empresa que pode vender seguro viagem para Cuba. É que o governo controla os serviços e tem uma lista com as operadoras aprovadas. Eu sempre oriento comprar com a Seguros Promo, empresa com quem comprei e, por isso, indico.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

INTERNET EM CUBA

Num país onde a imprensa é controlada com mão de ferro pelo governo, o acesso à rede mundial de computadores ainda é precário e está longe de satisfazer nossos desejos de conectividade. Na prática, a internet em Cuba é restrita a poucos pontos onde você pode se conectar. E já adianto: será preciso pagar por isso.

É que, em Cuba, não existe internet de graça, como encontramos em hotéis, restaurantes, cafés e até praças públicas ao redor do mundo. Então, mesmo que exista a rede wi-fi, você precisará pagar pelo cartão que dá acesso à internet.

Os cartões são vendidos nos comércios locais e nas lojas da ETECSA, a empresa estatal de comunicação, e custam entre CUP 12,50 e 125, mas pode ser que você encontre variações nos preços quando comprar os cartões na rua.

Eu vi gente cobrando o equivalente a CUP 70 pelo cartão de uma hora. Há também quem negocie o acesso no mercado paralelo. Nessa modalidade, o cartão de uma hora sai por mais ou menos CUP 25.

velocidade da internet em Cuba não é lá grandes coisas. O grande problema é que, como são poucos, os pontos de internet sem fio vivem cheios. E, como sabemos, o sinal nem sempre fica bom quando há muitas pessoas conectadas a uma mesma rede.

De forma geral, não percebi restrições às redes sociais. O Whatsapp funciona bem, apesar de ser um pouco difícil de enviar e receber arquivos por causa da velocidade da conexão. Instagram e Facebook também demoram um pouco para carregar.

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas de Cuba.

Veja mais dicas de Cuba