Onde comer em Havana

0

Atualizado em 29 de novembro de 2017

Se tem uma coisa com que você não precisa se preocupar em Cuba é com a comida. Eu digo isso porque você pode comer bem e barato, já que a culinária tradicional cubana é bastante parecida com a brasileira: feijão, arroz, carne e salada são a base da mesa de quem vive no país. Mas, para não desperdiçar tempo e dinheiro, é melhor anotar onde comer em Havana.

Antes de prosseguir, eu acho bom você ler: Comidas de Cuba: o que comer e beber no país.

Onde comer em Havana

As bases da culinária cubana são semelhantes às nossas.

Independentemente do que você vai experimentar das comidas de Cuba, é indispensável saborear os pratos dos paladares. Esses negócios familiares surgiram depois de 1998, quando o Papa João Paulo II visitou o país, e pediu ao governo que criasse meios da população aumentar sua renda.

Foi nessa onda que também surgiram as Casas Particulares, que eu explico em: Super dicas de hospedagem em Cuba.

Mas, atenção! Há vários restaurantes que se intitulam paladares, mas o que você precisa ter em mente é que os originais são simples, informais e, principalmente, baratos.

Onde comer em Havana

Há vários ótimos paladares em Havana, mas eu recomendo um especial. Ele fica perto do Capitólio, na Rua San Martín, 268, entre Galiano e Águila. Um prato bem servido, aqui, custa a partir de CUC 1 – isso mesmo, um peso convertível. A refeição é feita na cozinha da dona e, e eu escolhi arroz, feijão, salada de repolho, banana e bistec, o famoso bife de carne de porco.

Onde comer em Havana

Os paladares são simples, mas servem comida barata e gostosa.

Comidas de Cuba: o que comer e beber no país

O prato que custou CUC1, cerca de R$ 3,50.

Outra opção para comer em Havana é o paladar que fica na rua lateral do Hotel Inglaterra, também perto do Capitólio. O La Calesa Cafeteria tem pratos por apenas CUC 2,5. O atendimento não é exatamente o melhor da cidade, mas a gente veio aqui para comer e pagar barato, não é mesmo?

Reserve já o seu hotel em Havana e garanta os melhores preços.

Há, claro, restaurantes mais caros e requintados, mas eu não tenho dúvida de que os paladares são os melhores lugares para você comer em Havana. Deixe as refeições mais elaboradas para quando for visitar as áreas de praia, como Varadero e Cayo Largo, onde os paladares são mais incomuns.

Mesmo assim, se quiser um jantar bem turístico, vá ao tradicional La Bodeguita del Medio, que fica em Havana Vieja. Ele tem pratos típicos bem mais caros do que os dos paladares, mas também bastante saborosos.

Onde comer em Havana

Há vários restaurantes familiares para você comer em Havana.

E tem mais um detalhe: o primeiro mojito foi servido no La Bodeguita del Medio e uma visita aqui é indispensável. As refeições são servidas do meio-dia às 23h, mas se não quiser pagar um pouco mais caro aqui, apenas visite o animado – e lotado – bar para experimentar a bebida mais famosa da casa por CUC 5.

Em Vedado, na parte mais nova da cidade, uma boa opção para comer em Havana é o Toke. Na esquina das ruas Infanta e 25, ele é um café e restaurante gay-friendly que serve boas e fartas refeições a preços justos.

Onde comer em Havana

O famoso e sempre cheio La Bodeguita del Medio.

Onde comer em Havana

O mojito nasceu aqui.

A maioria dos estabelecimentos não cobra 10%. Em compensação, o atendimento, quase sempre, é ruim.

Frutas e pães

Em Havana, é fácil comprar frutas em barraquinhas pela rua, mas nas cidades turísticas isso fica reduzido ao dia da feira, que varia em cada lugar. Nos mercados, as opções são poucas, quando existem, e isso pode complicar um pouco a vida de quem tem restrições alimentares.

As padarias cubanas são famosas no mundo inteiro, mas não pela fartura ou pela qualidade. Eu vi várias padarias como a desse vídeo que fiz em Havana. Veja que as opções são pouquíssimas e a higiene é precária, pois a atendente pega o dinheiro e os pães sem qualquer proteção.

Onde comer em Havana

Uma das padarias de Havana.

Mesmo assim, eu comprei pães e biscoitos aqui e gostei. Então, se você quiser se sentir um cubano por alguns minutos, leve sua sacola, algumas moedas de peso cubano – a moeda usada por eles – e encare essa tarefa. Tenho certeza de que você nunca mais vai reclamar da padaria de seu bairro.

Agora, se você está procurando um hotel barato, eu sugiro que leia: Superdicas de hospedagem em Cuba.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário