Quanto custa viajar para Cuba

17

Atualizado em 27 de julho de 2018

Que a terra de Fidel Castro é incrível, cheia de história e de belezas naturais você já imagina, mas eu lamento informar que nem tudo aqui é essa maravilha. Como, praticamente, todas as coisas estão sob o controle estatal, não há concorrência e, assim, tudo fica mais caro. É exatamente isso que eu explico para você que deseja saber quanto custa viajar para Cuba.

Antes, preciso dizer que eu não tenho a intenção de fazer com que você desista de viajar para Cuba. Pelo contrário, minha ideia é lhe ajudar a se programar melhor para desfrutar tudo que esse lugar tem a oferecer. Se precisar, você pode ler todos os textos que fiz sobre Cuba.

Quanto custa viajar para Cuba

O Capitólio é a sede do governo cubano.

Quanto custa viajar para Cuba

Carros da década de 1950 são comuns nas ruas de Cuba.

Dinheiro em Cuba

Cheia de burocracias e restrições a turistas, essa terra ainda está longe de ser o destino mais fácil para um viajante que planeja tudo de forma independente. Isso começa pelo dinheiro.

Aqui, duas moedas circulam normalmente. Uma é exclusiva dos cubanos e a outra, dos turistas. A diferença entre elas é exorbitante: o peso convertível (CUC), usado pelos turistas, vale 25 vezes mais que o peso cubano (CUP), a moeda de quem vive no país. Isso, na prática, tem seus pontos positivos e negativos, basta você saber como usar seu dinheiro.

De uma forma simples, o peso convertível – que você deverá usar – equivale ao euro. Ele pode ser trocado nas casas de câmbio, que também são do governo e, portanto, sempre têm a mesma taxa. Evite trazer dólares, porque eles não são bem aceitos por aqui.

Para saber mais sobre troca de moedas e outras regras, eu sugiro que você leia: Dinheiro em Cuba: câmbio, taxas e saques.

Quanto custa viajar para Cuba

O país convive com duas moedas, sendo que os turistas usam o peso convertível.

Quanto custa viajar para Cuba

Para fazer os cálculos, eu estou levando em consideração os principais custos de uma viagem: transporte, hospedagem, passeios e alimentação. Todos os preços foram levantados durante minha viagem ao país, em maio de 2017, e se referem a um estilo econômico, sem perrengues. Na prática, isso significa que vamos aproveitar as boas oportunidades, sem esbanjar dinheiro.

Transporte

Assim como o Brasil, Cuba ainda não tem um sistema de transporte tão desenvolvido e as carências são muitas. Isso você vai ver na prática, quando precisar se deslocar entre as cidades e até mesmo na capital, Havana.

Avião | A companhia aérea nacional é a Cubana de Aviación, mas há muitos voos internos operados pela Aerogaviota. A AeroCaribbean voa para poucas cidades.

Não há voos diretos do Brasil para cá, sendo mais comum fazer escalas em Bogotá, com a Avianca, ou na Cidade do Panamá, com a Copa Airlines. Os preços das passagens são sempre caros, com raras exceções.

https://www.penaestrada.blog.br/guia-de-cuba-todas-as-informacoes/

Nos últimos meses, tenho visto promoções com passagens de ida e volta por cerca de R$ 1.900, incluindo taxas, saindo de São Paulo. Uma boa opção é emitir a passagem com milhas do Smiles. Foi isso que eu fiz.

Os voos internos não são baratos – novamente, aquela velha história da concorrência. Para você ter uma ideia, uma passagem de ida e volta para Cayo Largo saindo de Havana, num voo que dura cerca de 30 minutos, custa CUC 160, aproximadamente R$ 500.

Quanto custa viajar para Cuba

Aeronave que voa para Cayo Largo.

Táxi | Há inúmeros táxis nas ruas das cidades turísticas, mas, como não há taxímetro, é preciso negociar o valor antes de partir. Um táxi do aeroporto até Havana Vieja, por exemplo, deve custar cerca de CUC 25 e a viagem dura, aproximadamente, 35 minutos.

Os taxistas cubanos não são bobos e você precisa mostrar que é mais esperto que eles. Sempre que perguntar o preço de uma corrida, saiba que ela vale muito menos do que o primeiro preço. Então, pechinche. Se não conseguir reduzir o valor, procure outro táxi. O Uber não funciona no país.

Quanto custa viajar para Cuba

Interior de um táxi em Havana.

Trem| O sistema ferroviário de Cuba é da metade do século passado, por volta dos anos 1950, mas há bons serviços de passageiros ligando as principais cidades do país. Eu não viajei de trem aqui, mas li relatos de que isso é possível e, relativamente, barato. Os trens especiais, mais caros, têm ar-condicionado e refeições.

O grande problema de viajar de trem em Cuba é que não dá para comprar as passagens pela internet. A venda é feita exclusivamente nos guichês que funcionam nas estações e é recomendado garantir o seu com pelo menos 48 horas de antecedência.

Havana tem o único sistema de trens metropolitanos do Caribe, mas não espere encontrar, aqui, o conforto e a segurança de outros metrôs pelo mundo, já que os trens são velhos e pouco usados por turistas.

Ônibus | O transporte público em Cuba ainda está longe de ser como desejamos. Em cidades maiores, como Havana, os ônibus circulam lotados e, com o calor que faz aqui, qualquer viagem é um sofrimento. O ponto positivo é o preço da passagem: CUP 0,40.

Quanto custa viajar para Cuba

Ponto de ônibus em Havana.

Quanto custa viajar para Cuba

Se apertar cabe mais um.

Aluguel de carro | Não é fácil – nem barato – alugar um carro em Cuba, sem contar que é comum não ter veículos suficientes para atender a demanda. Para saber mais, leia: Dicas para alugar um carro em Cuba.

Hospedagem

Escolher uma hospedagem em Cuba é uma das partes mais interessantes de seu planejamento. Aqui, você pode ter uma experiência incrível ficando em uma Casa Particular. Na prática, os cubanos alugam um quarto ou até a casa toda e, assim, conseguem uma renda extra.

Esse modelo é autorizado e controlado pelo governo e, além de mais barato, é uma grande oportunidade para você conhecer melhor a cultura local.

Quanto custa viajar para Cuba

Placas que indicam as casas particulares.

Há quartos que custam CUC 15, por noite e por pessoa, e os preços variam de acordo com a qualidade e a localização da casa. Nos últimos anos, o Airbnb começou a operar em Cuba e isso só facilitou a nossa vida, porque há muitas casas e quartos disponíveis lá.

Claro que existem muitas outras opções em Cuba, como hotéis e resorts, e é isso que eu explico em: Superdicas de hospedagem em Cuba.

Quanto custa viajar para Cuba

Há bons hotéis e resorts em Cuba.

Alimentação

Aqui está um item curinga em sua viagem, pois comer em Cuba pode ser muito barato. Basta você saber escolher os lugares certos. Para isso, sempre procure pelos paladares. Eles são, em sua essência, pequenos negócios familiares que surgiram como fonte de renda e uma alternativa para atender aos turistas.

Na prática, são famílias que transformaram a sala de casa em refeitório e que, portanto, cobram mais barato que os restaurantes normais, se é que posso dizer assim. Para você ter uma ideia, eu encontrei paladares que vendiam uma refeição caseira por CUC 1.

Quanto custa viajar para Cuba

A comida caseira servida no paladar por CUC 1.

Mas há uma pegadinha. Para atrair turistas, alguns restaurantes mais caros se passam por paladares, mas o preço é bem diferente. Se quiser economizar, minha dica é procurar onde os cubanos se alimentam e fugir das áreas mais procuradas por turistas.

Os pratos servidos aqui são, originalmente, muito simples e lembram as raízes coloniais do país. Isso não significa que você não vá comer bem. Se quiser saber mais, leia: Comidas de Cuba: o que comer e beber no país.

Outra dica valiosa é comprar pão nas padarias cubanas. No começo, você vai achar tudo muito estranho e até sujo, mas não tem jeito, porque, provavelmente, o pão usado no sanduíche que você vai pagar caro na esquia teve a mesma origem. Não há muitas variedades, mas os pães são saborosos e ideias para seu desjejum ou para um lanche no meio da tarde.

Quanto custa viajar para Cuba

Padaria em Cuba: comprar pães aqui pode ser uma forma de economizar.

Passeios

Cuba tem muitos atrativos. Sejam seus patrimônios históricos ou suas praias, certamente não vai faltar o que fazer por aqui. Mas, infelizmente, eu achei – quase – tudo caro. Aqui, aquele velho truque da diferença de moeda se junta à vontade de meter a mão no bolso do turista.

Para você ter ideia, a entrada no Museu de Revolução, em Havana, custa CUC 8, sendo que os cubanos pagam CUP 8, ou seja, 25 vezes menos. O passeio de um dia em Cayo Largo, ilhota famosa pelos praias, custa CUP 229, mais de R$ 720.

Quanto custa viajar para Cuba

O incrível mar de Cayo Largo

Mas como tudo na vida tem um lado positivo, o grande barato de viajar para Cuba é que, aqui, há muitas coisas para gente fazer sem pagar nada. Em Havana, a Praça da Revolução e o centro histórico de Havana Vieja, por exemplo, podem ser explorados sem desembolsar um peso, e isso ajuda muito a aliviar o seu orçamento de quanto custa viajar para Cuba.

Em Varadero, onde estão belíssimas praias, você pode curtir o mar do Caribe em qualquer lugar, até nas praias que ficam de frente para os resorts, sem pagar nada além do transporte, claro.

Quanto custa viajar para Cuba

Você não paga nada para conhecer várias atrações do país.

Quanto custa viajar para Cuba

Todas as praias do país podem ser visitadas de graça, mesmo que haja um resort na frente.

Então, se quiser economizar, basta fugir dos tradicionais pacotes das agências cubanas – que incluem aqueles shows de salsa – e fazer um roteiro alternativo que esteja de acordo com seu bolso.

Entretanto, uma dica eu lhe dou: não tem jeito, em algum momento, você ai precisar de uma agência de turismo. Isso eu explico em: Como funcionam as agências de viagem em Cuba.

Mojitos e charutos

Dois itens que provavelmente entrarão em sua planilha de quanto custa viajar para Cuba são: mojito e charuto. Dois produtos cubanos muito famosos mundialmente, você não pode deixar o país sem conhecer melhor cada um deles.

Nas ruas de Havana há muitas lojas de charuto – chamados de tabaco – e sua tarefa será escolher o mais barato de acordo com o seu gosto. Você também vai ver muitas pessoas nas ruas lhe convidando para conhecer uma tal cooperativa de tabaco, mas na verdade isso é apenas um golpe aplicado para vender charutos de origem duvidosa para turistas desavisados. Claro que você não vai cair nessa pegadinha.

Quanto ao mojito, você terá excelentes opções, mas, por favor, não saia de Cuba sem experimentar o que é feito no La Bodeguita del Médio, onde a receita foi criada. Um mojito aqui custa CUC 5.

Quanto custa viajar para Cuba

Não volte sem experimentar o original mojito.

Quanto custa viajar para Cuba

O bar onde a receita do mojito foi criada.

Visto e documentos

Brasileiros precisam de visto e passaporte para viajar para Cuba. Então, se você ainda não tem o documento, inclua isso em sua lista de quanto custa viajar para Cuba. O visto pode ser comprado na hora do embarque e custa, atualmente, USD 20.

Eu explico tudo o que você precisa saber em: Como comprar o visto para Cuba.

Quanto custa viajar para Cuba

O visto para Cuba custa USD 20.

Faça as contas

Você sabe que, quando viajamos para o exterior, o ideal é não fazer a conversão de todas as contas separadamente. Lembre-se de que você estará em um país diferente, em cidades com custos de vida distintos e que o seu lema será não converter.

Porém, como estamos falando de orçamento, eu disponibilizo abaixo os valores em real de alguns itens para mera comparação, apenas para você ter uma ideia de quanto custa viajar para Cuba.

A cotação da moeda cubana – o CUC – é a da data de publicação. Para consultar o câmbio atualizado, acesse o site do Banco Central.

 

PESO CONVERTÍVEL

REAL

HOSPEDAGEM
Diária em casa particular

15

47,40

Diária em hotel

55

168,30

ALIMENTAÇÃO
Café da manhã

2,50

7,90

Almoço no paladar

1

3,15

Jantar no restaurante

8

24,50

TRANSPORTE 
Táxi do aeroporto

25

80

Passagem de ônibus

0,40

1,25

Voo para Cayo Largo

160

500

ATRAÇÕES TURÍSTICAS 
Museu da Revolução

8

24,50

Cayo Largo

229

723,65

Mojito (copo)

5

16,30

Charuto (unidade)

4

12,60

Veja todos os posts de Havana

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

17 Comentários

  1. Oi Altier, costumo viajar sozinha, já fui há alguns países da américa do sul, sem dominar mt o espanhol, fico sempre em hostel e nunca tive nenhuma dificuldade de comunicação, Como penso em ir à Cuba, vc acha que consigo sem agência de turismo? Fico grata e estou amando suas dicas.

    • Altier Moulin

      Oi, Jussara.

      Tenho certeza de que isso será moleza para você. 🙂
      Eu tenho várias dicas de lá e estou preparando um guia que deve ser lançado em breve.
      O que posso lhe adiantar é que há muita malandragem por parte das agências cubanas, que são controladas pelo governo, e é preciso ficar esperta.
      Por outro lado, o cubano é doce, educado e ama brasileiros (e as nossas novelas).
      Preciso acrescentar, também, que Cuba é um dos países mais seguros que já visitei: você pode sair tranquilamente a qualquer hora do dia e da noite.

      Se precisar de outras dicas, está tudo aqui: https://www.penaestrada.blog.br/category/relatos/exterior/cuba/

      Boa viagem e um abraço.

  2. Oi, querido eu estou pensando em viajar sozinha para Cuba , que é meu sonho Juvenil, porem nção quero agencia de turismo ou pacite( pois ( ficamos sempre pressos ao tempo ) . Quero ir sozinha mesmo , para poder curtir o tempo possivél para visitação . E como sei que Cuba é um pais seguro para turistas. Fazendo pesquisas são dicas estão sendo valiossas. A unica coisa que me preocupa é somente minha segurança quando viajo sozinha.

  3. Oi Altier, tudo bem? No geral, incluindo as passagens, quanto ficou o custo total da viagem a Cuba? E por quantos dias você ficou? Passei a cogitar ser o destino das próximas férias em outubro. Se puder dar uma luz nisso, será ótimo. Obrigado e abraços!

  4. Oi Altier!

    Ótimo relato. Estou indo em Maio, passar 14 dias. Como gosto bastante de bares , gostaria de saber mais ou menos em CUC preço de cerveja e runs (Drinks) além de petiscos. Havana e ao redor da ilha. Sabes?

  5. Olá boa noite. Estou planejando ir para Cuba e gostei muito do seu relato. Quantos dias você acha o suficiente? Os lugares para viajar são Havana na capital e Varadero no litoral é isso? Obrigada.

  6. Olá! Sou uma senhora de 52 anos e vou para Havana sozinha, 7 dias, em novembro. Não falo inglês, tampouco espanhol. Corro risco de não me comunicar com os locais???? que passeios você recomendaria para alguém da minha idade? Pensei em: Brasil – Havana (3) – Trinidad (2) – Santa Clara (1) – Havana (1) – Brasil. O que você acha???
    Grata,
    Lou Moraes

  7. Ooiii Altier, acompanho seu blog a um mês e vejo as perguntas e respostas mas, gostaria de saber mais de como posso começar a planejar a ida para havana? quantos dias leva sair do brasil ate chegar em cuba? qual o melhor lugar pra ficar? Habana Vieja, El Vedado ou o Centro? é possível trabalhar voluntariamente ou remunerado no local? Tenho muitas perguntas, serei inteiramente agradecida se me mandasse um email ou respondesse por aqui mesmo.
    Um Abração 😉

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.