Como comprar o visto para Cuba

2

Atualizado em 10 de junho de 2017

Brasileiros precisam de visto para entrar na terra de Fidel Castro, mas não é necessário fazer o pedido com antecedência. É que você pode comprar o visto para Cuba no balcão da companhia aérea, ainda no Brasil, no dia da viagem.

Porém, em alguns casos, como aconteceu comigo, você pode ser orientado a adquirir a tarjeta del turista, documento exigido para entrar em Cuba, no país onde fará conexão.

No Aeroporto Internacional Tocumen (PTY), no Panamá, eu procurei um balcão da Copa Airlines e disse que precisava comprar o visto para Cuba. A expressão é esta mesmo: comprar o visto, já que a atendente não me pediu documentos ou passagens antes me entregar o formulário.

Com o visto, você poderá ficar em Cuba por até quatro semanas. Depois deste prazo, é possível solicitar a renovação por até mais quatro semanas. No final desse período, você terá que deixar o país.

Como comprar o visto para Cuba

O visto cubano é chamado de tarjeta del turista.

Quanto custa o visto para Cuba

O visto para Cuba custa USD 20 e o pagamento deve ser feito em dinheiro: nada de cartões ou outras moedas. O mais importante é ter o visto em mãos antes de chegar a Cuba, pois caso você embarque sem o documento, terá que pagar USD 75 – incluindo uma pesada multa – para entrar na ilha dos irmãos Castro.

O visto para Cuba é, na verdade, um simples formulário em duas partes semelhantes que você deve preencher com atenção, porque, se houver rasuras, será preciso comprar outro.

Os dados exigidos são: sobrenomes, nome, data de nascimento, número do passaporte e nacionalidade. Para quem sabe ler em espanhol ou inglês, há instruções de como preencher adequadamente o seu visto no verso do formulário.

Na imigração, o seu passaporte e seu visto serão carimbados, e é muito importante guardar o visto até sua saída de Cuba, pois, caso perca, será preciso pagar USD 20 por outro formulário.

Como comprar o visto para Cuba

Sem este formulário, você não entra em Cuba.

Outros documentos

Para entrar em Cuba, além do visto, você vai precisar do passaporte, já que a carteira de identidade não é aceita.

No processo de imigração, é necessário informar o endereço onde vai ficar. Então, tenha em mãos os dados do hotel ou da casa particular escolhida por você. Isso vai facilitar sua vida.

Desde 2010, o seguro viagem é obrigatório para que você entre em Cuba. Ele é a garantia de que, em casos de urgência e emergência, você terá atenção médica qualificada e eficiente. Veja como comprar o seu em: Seguro Viagem com desconto.

Brasileiros precisam estar vacinados contra febre amarela para entrar em Cuba. Essa exigência é recente e passou a ser mais intensificada a partir de 2016, quando o Brasil viveu um surto da doença. Eu explico como obter seu comprovante em: Como solicitar o certificado de vacinação.

Como comprar o visto para Cuba

Os carimbos que recebi no passaporte.

Saindo do país

Para deixar o país, você vai precisar apresentar a tarjeta del turista. Quem perder ou tiver o documento roubado, por exemplo, vai ter que pagar pela segunda via.

Além do cartão do turista, até 2015, era necessário pagar uma taxa de embarque de CUC 25 no aeroporto. Atualmente, esse valor está incluído no preço da passagem aérea e você não precisa que pagar nada a mais.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

2 Comentários

  1. Olá Altair!

    Eu, meu marido e meu filho estamos com viagem marcada para Cuba e por ter visto vários pessoas indicando, deixe pra comprar o visto no Panamá, onde faremos conexão.

    Realmente é tranquilo comprar esse visto lá? Ainda estou com dúvidas se realmente dará tudo certo.

Escreva um comentário