Dinheiro na Polônia: qual moeda levar e como fazer câmbio e saques

Atualizado em 15 de novembro de 2022 – 2 min de leitura

Dinheiro na Polônia

Se você está planejando uma viagem para o país, é indispensável pensar como usar seu dinheiro na Polônia, porque, apesar dele estar na Europa, a moeda polonesa não é o euro.

E isso é um grande ponto positivo já que, de uma forma geral, o custo de vida na Polônia não é alto e o câmbio sempre é positivo para brasileiros.

→ Viagem para a Polônia: informações essenciais

Dinheiro na Polônia

A moeda do país é o złoty, identificado pelas siglas PLN e zł, e raramente você vai encontra-la nas casas de câmbio do Brasil.

Portanto, a sua melhor opção é viajar com euros e fazer a troca quando chegar à Polônia.

Eu sugiro que você troque, pelo menos, um pouco de dinheiro no aeroporto para usar nas despesas imediatas, como no transporte público.

Dinheiro na Polônia: câmbio, saques e taxas

Atualmente, circulam no país notas de 10, 20, 50, 100 e 200, e moedas de 1, 2 e 5 złotys. Os centavos são chamados de groszy e as moedas disponíveis são de 1, 2, 5, 10, 20 e 50.

Dinheiro na Polônia: câmbio, saques e taxas

Como fazer o câmbio

Você pode trocar facilmente o seu dinheiro na Polônia, em grandes e pequenas cidades, mesmo que seja na recepção de um hotel.

As casas de câmbio – identificadas com a palavra Kantor – aceitam praticamente todas as principais moedas estrangeiras, menos o real.

Elas geralmente funcionam das 9h às 19h, nos dias úteis, e até às 14h, aos sábados.

Dinheiro na Polônia: câmbio, saques e taxas

Os bancos em cidades maiores ficam abertos das 9h às 16h, durante a semana, e até às 13h, aos sábados. Caixas eletrônicos geralmente estão disponíveis em áreas turísticas, estações de trem e aeroportos.

Se você não quiser fazer a troca da moeda, em grande parte do comércio das cidades maiores, como Varsóvia e Cracóvia, o euro é aceito, mas o câmbio pode ser desfavorável.

Outra opção é sacar o złoty nos caixas rápidos que aceitam cartões internacionais.

Como fazer saques com cartões

Eu já expliquei como sacar dinheiro no exterior usando sua conta corrente. Com essa alternativa, você pode usar o seu cartão para fazer saques de dinheiro na Polônia.

Mas, para isso, você pagará uma taxa – que varia de acordo com o banco -, além do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6,38%.

É importante lembrar que o seu cartão precisa estar desbloqueado para uso no exterior. Para isso, você deve solicitar a liberação em sua agência.

As bandeiras de cartão de crédito e débito mais comuns – MasterCard, Visa, American Express e Diners – são aceitas amplamente no comércio polonês, mas, em cidades menores, é sempre bom perguntar antes de qualquer coisa.

Dinheiro na Polônia: câmbio, saques e taxas

É importante lembrar que a conversão sempre será feita do dólar para reais, considerando o valor da moeda americana na data do saque.

Gorjetas e reembolso de taxas cobradas

Turistas podem exigir o reembolso do imposto cobrado sobre mercadorias adquiridas no país. O percentual varia entre 20% e 25%, mas é importante guardar os recibos para ter direito ao estorno.

Para saber mais detalhes, visite: KrakowInfo.

Ao consumir algo em um bar ou restaurante, é recomendado dar uma gorjeta de 10% sobre o valor total da conta. O mesmo vale para táxis e outros serviço.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto e o período de permanência é de até 90 dias, podendo ser prorrogado para mais 90 dias.

Documentos

É necessário apresentar um passaporte com validade mínima de seis meses, após a data da saída do país, e com uma página em branco.

Dinheiro

A moeda da Polônia é o złoty, identificado pelas siglas PLN e zł. Para sua viagem, leve euros e troque nas casas de câmbio.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é exigida, independentemente do motivo da viagem e da idade do viajante. O seguro viagem é obrigatório.  

Informações sobre covid-19

Desde 28 de março de 2022, não há restrições de entrada na Polônia relativas à pandemia de covid-19, o que significa que já não é necessário apresentar o certificado de vacinação ou teste negativo.

Com a medida, todos os viajantes internacionais não estarão sujeitos a quarentena. Também não é mais obrigatório preencher o Formulário de Localização de Passageiros (eKLP) antes de chegar ao país.

RETORNO AO BRASIL

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

O seguro viagem  é obrigatório para todos os países europeus  que fazem parte do Tratado de Schengen: a Polônia é um deles.

Sem o seguro, você pode ser impedido de entrar no país. E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura.

Além disso, nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

DINHEIRO NA POLÔNIA

A moeda da Polônia é o złoty, identificado pela sigla PLN e pelo símbolo zł, e raramente você vai encontrá-la nas casas de câmbio do Brasil. Portanto, a sua melhor opção é viajar com euros e fazer a troca quando chegar à Polônia. Eu sugiro que você troque, pelo menos, um pouco de dinheiro no aeroporto para usar nas despesas imediatas, como no transporte público.

Você pode trocar facilmente o seu dinheiro na Polônia, em grandes e pequenas cidades, mesmo que seja na recepção de um hotel – só em último caso. As casas de câmbio – identificadas com a palavra Kantor – aceitam praticamente todas as principais moedas estrangeiras, menos o real. Elas geralmente funcionam das 9h às 19h, nos dias úteis, e até às 14h, aos sábados.

Você pode usar o seu cartão para fazer saques de dinheiro na Polônia. Mas, para isso, você pagará uma taxa – que varia de acordo com o banco -, além do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6,38%. É importante lembrar que o seu cartão precisa estar desbloqueado para uso no exterior. Para isso, você deve solicitar a liberação em sua agência ou no aplicativo do banco.

As bandeiras de cartão de crédito e débito mais comuns – MasterCard, Visa, American Express e Diners – são aceitas amplamente no comércio polonês, mas, em cidades menores, é sempre bom perguntar antes de qualquer coisa.

Ao consumir algo em um bar ou restaurante, é recomendado dar uma gorjeta de 10% sobre o valor total da conta. O mesmo vale para táxis e outros serviços.

Veja mais dicas da Polônia

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Polônia.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

22 Comentários

  1. MARIO ANTONIO CHMIELEWSKI DA SILVA

    bom dia
    gostaria de saber sobre seguro viagem , o meu e do cartao de credito e como na polonia vao saber que o meu seguro viagem ?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Mario!
      Você pode se informar com a empresa do cartão de crédito e pedir que eles lhe enviem os comprovantes que precisa apresentar na entrada ao país.
      Um abraço.

      Responder
  2. luis fernando

    Boa tarde

    Eu gostaria de saber se existe a possibilidade de trocar o nosso Real pela moeda local ao Chegar na Polônia. Pois estou com receio de levar real e não conseguir trocar lá.

    Quem puder me ajudar com essa informação, me mande um e-mail

    luisfernando.juridico@gmail.com

    Responder
    • Altier Moulin

      Não, Luis.

      Leve euros e troque lá.

      Um abraço.

      Responder
  3. Ariana

    Olá Altier!

    Sabe me dizer se e fácil a troca da moeda nos hotéis? Estou com viagem marcada, levarei apenas euro em espécie e chegarei num domingo à tarde. Não vejo a hora!

    Desde já, obrigada!

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Ariana.

      Sim, é fácil trocar o euro pela moeda polonesa em hotéis e casas de câmbio.

      Um abraço.

      Responder
  4. Géssica Cardoso

    Tenho uma dúvida que não consegui esclarecer em nenhum site até agora… Não seria mais vantagem levar real e trocar na polônia? Perderíamos menos dinheiro do que trocando real por euro no Brasil e depois euro por PLN na Polônia não?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Géssica.

      Isso não funciona porque, na Polônia, as casas de câmbio não aceitam real.

      Um abraço.

      Responder
  5. Mary

    Altier, boa tarde! Você sabe me dizer com relação a valores? Como é o custo de vida lá? estou vendo na internet agora que a moeda está um para um praticamente. Mas, por exemplo, um cafezinho aqui no Brasil, vamos pagar mais ou menos uns 3 reais. Se equipara na Polônia ou é mais barato que aqui? Eu calculo normalmente uns 75 euros por pessoa, por dia, para despesas com transporte dentro da cidade, alimentação simples e uma ou outra atração (sou mais do tipo de caminhar, conhecer o lugar e não ficar entrando em tudo que é museu.. rs…) ai estava aqui maquinando se esse valor seria o mesmo para Polonia ou se seria menor… Você se recorda de quanto pagou mais ou menos pelas coisas por lá? Muito obrigada desde já!!!

    Responder
  6. Débora

    Olá, achei muito interessante seu post, parabéns pelo conteúdo. Tenho uma dúvida e espero que você possa me ajudar, eu vi no site da Embaixada da R. da Polônia que um dos itens para entrar no país é ter 100 pln por dia para se manter de acordo com o número de dias que for ficar, essa informação é a base ou existe algum valor menor ? Se puder esclarecer mais sobre esse assunto, agradeço.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Débora.

      Não. Este é o valor estabelecido pelo país.
      Mas, pense bem, PLN 100 é aproximadamente R$ 50.
      Não é muito para uma viagem internacional.

      Um abraço.

      Responder
    • Altier Moulin

      Não, Valentina.
      Mas, como se trata de um país europeu, é importante comprovar meios de se manter no período da viagem e, principalmente, tem uma passagem de volta.

      Um abraço.

      Responder
  7. Adonias Oliveira

    Boa noite Altier Moulin.
    Estou às vésperas de embarcar para Varsóvia, e só agora me dei conta da dificuldade que vou enfrentar. É que estarei chegando no aeroporto num domingo, por volta das 18:00 horas. Tem alguma sugestão para trocar dinheiro, nessas condições? Obrigado.
    Atenciosamente, Adonias Oliveira.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Adonias.

      Não se preocupe, porque há solução.
      Como eu explico no texto, você vai poder usar o seu cartão para fazer saques de dinheiro na Polônia.
      Essa é a forma mais rápida e simples que conheço para ter, de imediato, a moeda local.

      Leia o texto novamente, pois as instruções de como fazer isso estão nele.

      Um abraço.

      Responder
  8. Daniela

    Oi, boa tarde!

    Qual a melhor forma para ir de Varsóvia para Cracóvia?
    Qual o site onde posso encontrar as opções de passagens?

    Muito obrigada!

    Responder
  9. Breno

    Olá, tudo bem ?! Amei todos os posts sobre a cidade. Estarei indo em Novembro para Cracóvia, partindo de Londres aonde ficarei 5 dias. Estou levando todo o meu dinheiro em libras. É tão fácil trocar libras quanto trocar euros em Cracóvia ?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Breno.

      Eu não sei responder precisamente, mas acredito que sim.
      A libra é reconhecida e aceita facilmente na Europa, não seira diferente aqui.

      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4