Seguro viagem para a Europa é obrigatório: veja como contratar

Atualizado em 14 de outubro de 2022 – 4 min de leitura

Se você está planejando viajar para algum país europeu, provavelmente, já ouviu falar do Tratado de Schengen. Essas palavrinhas aparecem quando pesquisamos sobre o seguro viagem para a Europa, que é exigido pela imigração de todos os países que assinaram este acordo.

É esse pacto, firmado entre a maioria dos países do continente, que torna o seguro viagem para a Europa obrigatório: sem ele, você pode ser impedido de entrar nos países.

E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura. Eu só compro com eles e sugiro que você faça uma cotação.

Seguro viagem para a Europa

Deixa eu lhe explicar melhor a importância de ter o seguro viagem para a Europa: quando passar pela imigração, os oficiais podem pedir o comprovante do seguro. Se não tiver um com o valor definido, você será impedido de continuar a viagem. Imagina que prejuízo. E a frustração?

É verdade que muitos turistas dizem que nunca precisaram apresentar o tal comprovante, mas isso é exceção. A regra é clara: o seguro viagem para a Europa é obrigatório e, com toda certeza, é melhor não corres riscos.

MAPA DE PAÍSES QUE INTEGRAM O TRATADO DE SCHENGEN
Seguro viagem para a Europa é obrigatório

O que é Tratado de Schengen

Por mais que o Tratado de Schengen seja mencionado, quase sempre, relacionado ao seguro viagem, ele envolve um pouco mais do que isso. O acordo, firmado entre 26 países, estabelece a livre circulação de visitantes.

Na prática, isso significa que não precisamos solicitar vistos para cada território visitado nem ter que passar pela imigração cada vez que cruzarmos a fronteira. É que os governos entendem que, se você pôde entrar em um país como turista, então, também pode entrar nos outros 25.

Para facilitar, os únicos países europeus que não assinaram o Tratado de Schengen são: Reino Unido, Irlanda, Croácia (entrará em 2024) , Romênia e Bulgária.

Além disso, é bom saber que  nem todos os países fazem parte da União Europeia:  Islândia, Noruega e Suíça assinaram o documento de abertura das fronteiras e não participam do bloco.

Países do Espaço de Schengen

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Liechtenstein
  • Chipre

Como comprar o seguro viagem

O primeiro passo para comprar o seguro viagem para a Europa é fazer uma pesquisa de preço e comparar o que o seguro cobre: lembre-se de que deve ter há uma cobertura mínima de EUR 30.000 em despesas médicas hospitalares.

Eu sempre faço esse comparativo pela Seguros Promo. Na plataforma, estão as seguradoras mais conhecidas e, assim, você mesmo pode conferir os planos, os preços e fazer a contratação direto no site, sem muita burocracia.

seguro viagem para a Argentina é obrigatório

Para ver os preços, você só precisa preencher os dados no formulário que aparece logo na capa do site.

Em “Destino”,  escolha a opção “Europa”. Depois, coloque a data exata da viagem e os dados pessoais.

Se preferir, você poderá falar com um atendente clicando no ícone do Whatsapp que fica no canto inferior esquerdo do site. O serviço é muito bom e, com certeza, alguém da Seguros Promo fará contato logo depois que você fizer a cotação.

seguro viagem para a Argentina é obrigatório

Esse contato direto com o atendente vai ser muito bom para que você tire eventuais dúvidas e faça tudo com ainda mais segurança.

QUANTO CUSTA

De forma geral,  o seguro viagem não é caro.  Definitivamente, ele não é o item que mais pesa no orçamento, mas é o que pode, literalmente, salvar sua viagem.

Além do fato de ser obrigatório – sem ele, você pode ser impedido de entrar na Europa –, o seguro viagem tem cobertura para muitas outros itens, como gastos por atraso de voo, extravio de bagagem, cancelamento da viagem e muito mais.

Eu fiz uma simulação no site da Seguros Promo considerando cinco, sete, dez e 15 dias de viagem.

Outro fator que influencia na contratação do seguro é a idade do viajante: de forma geral, o valor é o mesmo para pessoas com menos de 65 anos.

Considerando, então, esses dois principais fatores, os preços que encontrei foram estes:

DIAS DE VIAGEMPREÇO DO SEGURO
5R$ 101,03
7R$ 107,03
10R$ 130,67
15R$ 165,60

Lembre-se de que os valores acima são apenas para você ter uma referência, já que eles podem ter alteração.

Outros fatores que podem influenciar no preço é se há viajantes gestantes ou que pretendem praticar esportes de aventura, por exemplo. Isso tudo deverá ser informado no momento da contratação do seguro.

Guarde o comprovante do seguro

Depois de efetuar a compra, você receberá um e-mail com a apólice do seguro.

É muito importante que você tenha este documento em mãos – ou no celular – quando for fazer o processo de imigração, ou seja, de entrada na Argentina.

Neste momento, os oficiais podem pedir para checar o documento e, por isso, você já deve estar preparado para mostra-lo sem perder tempo.

Então, não se esqueça de imprimir o comprovante do seguro ou de salvá-lo no celular de forma que o acesse rápido e sem internet – eu prefiro ter tudo impresso.

Além disso, salve o número do telefone de emergência do seguro nos seus contatos do celular. Afinal, caso você precise usar a assistência, é para este número que você deverá ligar.

Veja mais dicas importantes

Gostou das minhas dicas e sugestões? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *