Seguro viagem para a Europa é obrigatório

0

Atualizado em 10 de junho de 2020

Se você está planejando viajar para algum país europeu, provavelmente, já ouviu falar do Tratado de Schengen. Essas palavrinhas aparecem quando pesquisamos sobre o seguro viagem para a Europa, que é exigido pela imigração de todos os países que assinaram este acordo.

É esse pacto, firmado entre a maioria dos países do continente, que torna o seguro viagem para a Europa obrigatório: sem ele, você pode ser impedido de entrar nos países. E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura. Eu só compro com eles e sugiro que você faça uma cotação.

Seguro viagem para a Europa

Deixa eu lhe explicar melhor a importância de ter o seguro viagem para a Europa: quando passar pela imigração, os oficiais podem pedir o comprovante do seguro. Se não tiver um com o valor definido, você será impedido de continuar a viagem. Imagina que prejuízo. E a frustração?

É verdade que muitos turistas dizem que nunca precisaram apresentar o tal comprovante, mas isso é exceção. A regra é clara: o seguro viagem para a Europa é obrigatório e, com toda certeza, é melhor não corres riscos.

Seguro viagem para a Europa é obrigatório

O seguro viagem para a Europa é obrigatório na maioria dos países.

O que é Tratado de Schengen

Por mais que o Tratado de Schengen seja mencionado, quase sempre, relacionado ao seguro viagem, ele envolve um pouco mais do que isso. O acordo, firmado entre 26 países, estabelece a livre circulação de visitantes.

Na prática, isso significa que não precisamos solicitar vistos para cada território visitado ou ter que passar pela imigração cada vez que cruzarmos a fronteira. É que os governos entendem que, se você pôde entrar em um país como turista, então, também pode entrar nos outros 25.

Para facilitar, os únicos países europeus que não assinaram o Tratado de Schengen são: Reino Unido, Irlanda, Croácia, Romênia e Bulgária. Além disso, é bom saber que nem todos os países fazem parte da União Europeia: Islândia, Noruega e Suíça assinaram o documento de abertura das fronteiras e não participam do bloco.

Países que assinaram o Tratado de Schengen

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Liechtenstein
  • Chipre

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário