Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

0

Atualizado em 25 de maio de 2018

Não há nenhuma dúvida de que eu incentivo qualquer pessoa a fazer intercâmbio. É que morar fora acaba sendo uma das experiências mais transformadoras e enriquecedoras que a gente pode viver.

Independentemente do objetivo, seja para estudar no ensino médio, aperfeiçoar o inglês ou até mesmo trabalhar, quando a gente mergulha em outra cultura, tudo ganha novos sentidos: o ponto de vista cultural, o respeito às diferenças, a noção do nosso tamanho no mundo. Enfim, não preciso falar muito dos benefícios incríveis de viajar, certo?

Claro que existem os destinos queridinhos dos brasileiros para fazer intercâmbio – Canadá, Austrália e Irlanda são os primeiros, como mostra um levantamento feito pela WorldStudy. Mas que tal pensar em um país diferentão?

É que além de conhecer uma cultura totalmente diferente, você terá o benefício de não ter muitos brasileiros por perto, o que lhe liberta para imergir totalmente na vida local, potencializando seu aprendizado e lhe aproximando ainda mais das pessoas.

Cinco países para fazer intercâmbio

Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

Índia

Ideal para quem quer fazer intercâmbio em um país divertido e empolgante. A enorme diversidade cultural e geográfica da Índia deixa qualquer um maravilhado e, aqui, você faz muito mais do que aulas de inglês ou francês.

No seu tempo livre, você pode seguir os costumes locais e praticar yoga e meditação. Dá para se arriscar nas aulas de culinária, entendendo um pouco mais dos sabores locais e, quem sabe, aprender um pouco do idioma hindu.

Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

Singapura

O país já chama atenção de diversas outras nacionalidades, mas nós, brasileiros, ainda não processamos a ideia de fazer intercâmbio em Singapura. Mesmo localizado na Ásia, o idioma oficial do país é o inglês. São 4,5 milhões de habitantes movimentando essa ultramoderna cidade, que tem o maior IDH entre os países asiáticos.

Contornada por praias e ilhas com águas cristalinas, você irá se deslumbrar com as paisagens. Pode enxergar a cidade do alto na Singapore Flyer e também conhecer o Buddha Tooth Relic Temple.

Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

Coréia do Sul

É verdade que, talvez, a Coréia do Sul não seja mais uma escolha tão inusitada assim. Mas, continua sendo um lugar incrível para fazer intercâmbio que, muitas vezes, não entra na lista de possibilidades dos brasileiros.

Vai viajar? Encontre hotéis em promoção.

Seul, capital do país, consegue ser moderna e preservar heranças milenares ao mesmo tempo. Além disso, foi considerada a cidade mais segura para se viajar. Na cidade, o transporte público é extremamente eficiente e, em relação ao lazer, são diversas opções de bares, restaurantes e cafeterias para você escolher. Isso sem falar no clássico karaokê.

Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

Emirados Árabes

É aqui que esta localizada a exótica Dubai. A cidade tem chamado atenção dos brasileiros e é um ótimo lugar para aprender inglês, por incrível que pareça. Isso porque, aqui, existe uma enorme concentração de empresários de todo o mundo, fazendo com que o inglês seja a segunda língua mais falada. Atrás, apenas, do árabe.

Em Dubai, você conhece os maiores prédios e o maior shopping do mundo, o Burj Khalifa. Além disso, enxerga a cidade de outro ângulo no observatório At The Top e aproveita o maravilhoso show de luzes na Fonte de Dubai.

Cinco países exóticos para fazer intercâmbio

Chipre

Esta é a maior ilha do Mediterrâneo Oriental. Fazer intercâmbio em uma ilha não parece nada mal, certo? O cenário é o que você pode imaginar: praias paradisíacas e paisagens surreais. Além disso, você pode conhecer mais deste país nos passeios arqueológicos e se divertir nos diversos bares e restaurantes.

Se quiser fazer intercâmbio no Chipre, dá para escolher o que mais combina com você. Pode optar pelo inglês geral, inglês para negócio ou ter aulas individuais.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.