Conheça as comidas da África do Sul

4

Atualizado em 24 de julho de 2018

As deliciosas comidas da África do Sul são o resultado de sabores herdados dos povos pré-colonização e da influência asiática e europeia. Em todo o país, são claros os traços deixados por tribos como os khosai, xhosa e sotho, e pelos colonizadores holandeses e britânicos. Além das etnias, a variedade de climas criou uma culinária típica bastante diversificada no país.

Aqui, restaurantes indianos, malaios, chineses, indonésios, italianos e franceses se espalham por Long Street, em Cape Town. E também pelos subúrbios elegantes de Joanesburgo, como Sandton e Melrose.

Em Cape Town e nas cidades do entorno, a especialidade são os frutos do mar. Aqui, no mês de julho, a pequena cidade de Knysna realiza o Knysna Oyster Festival. Este é um apetitoso festival de ostras servidas das maneiras mais inusitadas que você pode imaginar.

A hora da comida também tem suas peculiaridades no país. Um dos pratos mais básicos daqui, o pap, é tradicionalmente comido com as mãos, sem talheres. Apesar de que nos restaurantes do dia a dia isso não seja mais tão comum de se ver. O braai é como se fosse o nosso churrasco. Nesse evento, os homens assam e grelham as carnes, enquanto as mulheres cuidam das saladas e sobremesas.

Comidas da África do Sul

A base das comidas da África do Sul é a carne de vaca, de porco e de frango, mas também se come carne de caça. O biltong é um dos pratos mais típicos e consumidos da África do Sul. Ele é uma tira de carne seca que é consumida naturalmente nas ruas, nas casas e nos bares como um petisco qualquer.

Aqui, é comum ver lojas que oferecem infinitas variedades de biltong. Eu experimentei carne de springbok – cabra-de-leque, em português. Nas lojas especializadas opções não faltam. O sabor é forte e eu realmente não consegui dar mais do que duas mordidas.

Conheça as comidas da África do Sul

O famoso biltong é muito comida pelos sul-africanos.

Prato preferido de Nelson Mandela é o bobotie. Este é um cozido de carne moída, pão, leite, cebola, castanhas, passas, damascos, curry e outras especiarias. Se parece bastante com o nosso escondidinho.

A receita foi trazida para a África do Sul pelos holandeses, que conheceram o prato na Indonésia. Aqui foi adotada pelos malaios do Cabo, de origem muçulmana, que também fizeram suas adaptações.

Conheça as comidas da África do Sul

O bobotie era o prato preferido de Nelson Mandela.

O chakalaka é um molho que não tem uma receita definida, já que cada região faz de uma forma. Bem apimentado, ele leva vegetais e, quase sempre, feijão.

Esse molho é, geralmente, servido com o pap, outro prato típico entre as comidas da África do Sul, que está presente na mesa de imensa parcela da população. Ele se parece com uma polenta feita de farinha de milho branco. De tão popular, a gente pode dizer que é o arroz com feijão dos sul-africanos.

Conheça as comidas da África do Sul

O pap é como o nosso arroz com feijão para os sul-africanos.

Outro prato típico da África do Sul, o potjiekos, é um ensopado de carne feito em uma pequena panela de ferro. Considerado um prato de festa, ele pode demorar horas para ficar pronto, enquanto as pessoas socializam. Ele é feito com algum tipo de carne, vegetais, temperos e algum tipo de bebida alcoólica, como cerveja ou vinho.

Bem típico entre os malaios do Cabo, o sosatie é um tipo de kebab. Aqui, a carne de cordeiro é apimentada, marinada com cebola, pimenta, alho, curry e suco de tamarindo antes de ser assada.

Doces e sobremesas

Uma das mais tradicionais sobremesas sul-africanas é a melktert. Esta é uma torta de massa fina e recheada com um creme feito de leite, ovo, açúcar e farinha, e polvilhado com canela.

Os afrikaners fazem o koeksister, um doce parecido com um bolinho Ele tem a massa trançada e frita e, depois, mergulham em um xarope de açúcar. Já a versão dos malaios do Cabo, grupo de origem asiática que chegou aqui durante a colonização do país,  é oval e, depois de passada em xarope, é polvilhada com coco ralado.

Conheça as comidas da África do Sul

Duas versões para o mesmo docinho. Essa é a feito pelos malaios do Cabo.

Vinícolas

O vinho também faz parte da mesa sul-africana, já que a África do Sul é um importante produtor desta bebida. Nas videiras espalhadas ao pés da majestosa cordilheira do sul, cresce a uva Pinotage, que começou a ser cultivada aqui no início do século passado e se tornou símbolo do país.

Conheça as comidas da África do Sul

A paisagem das vinícolas do sul do país.

Essa região é mundialmente famosa por seus vinhos, e um dos melhores do mundo é produzido na região de Cape Point, o famoso Cabo da Boa Esperança, a cerca de uma hora da Cidade do Cabo.

São cerca de 560 vinícolas e 4.400 produtores primários, e a Route 62 é considerada a rota de vinhos mais longa do mundo. Em cidades como Paarl, Stallenbosch e Franschhoek, ficam algumas das mais tradicionais vinícolas do país, fundadas há mais de 300 anos por holandeses e franceses.

Conheça as comidas da África do Sul

Meu delicioso prato de springbook.

Além de beber bons vinhos, você vai comer muito bem por aqui. Eu experimentei carne de springbok com legumes enquanto desfrutava do verão temperado de Cape Town.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

4 Comentários

Escreva um comentário