Onde ficar em Cape Town: melhores bairros, hotéis e apartamentos – preços

16

Atualizado em 26 de novembro de 2021

Onde ficar em Cape Town

É muito importante escolher bem de onde ficar em Cape Town. A cidade, que está entre as minhas favoritas no mundo, tem seus segredos e para aproveitar o que ela tem de melhor é bom saber como ela está organizada. Antes, vamos ter uma visão geral da cidade.

Para quem quer conhecer um lugar diferente e cheio de belezas naturais, a Cidade do Cabo – Cape Town, em inglês – é o destino certo. Na região, onde os oceanos Atlântico e Índico se  encontram, a colonização europeia é marcante, e isso se reflete na cultura, na arquitetura e no dia a dia das pessoas.

Nesta terra, há mil e uma atividades superbacanas: eu degustei os melhores vinhos da África do Sul, mergulhei na vida marinha de um dos aquários mais incríveis que já vi e visitei a ilha onde o ex-presidente Nelson Mandela ficou preso, mas garanto que as oportunidades de novas experiências pipocam por aqui, como mergulhar com os tubarões-branco e dirigir até o Cabo da Boa
Esperança.

Assim, recheada de aventura e cercada de história, Cape Town é ideal para todos os públicos, independentemente do estilo e da idade.

Capital legislativa e a segunda cidade mais populosa da África do Sul – ficando atrás apenas de Joanesburgo –, não vai ser difícil entender porque ela é a queridinha dos turistas que
chegam à África do Sul.

BREVE HISTÓRICO DE CAPE TOWN
O homem habita a Península do Cabo desde muito antes da era cristã, sobrevivendo da caça, pesca e coleta de plantas e raízes comestíveis. Séculos mais tarde, com a chegada dos europeus, os povos primitivos perderam suas terras e foram dizimados por doenças, como a varíola, e batalhas sangrentas. Assim, perderam sua identidade e se casaram com escravos e outros grupos
culturais para formar o que, hoje, conhecemos como povo do Cabo.

Em 1487, o marinheiro português Bartolomeu Dias começou a encontrar uma rota marítima para o Oriente. Navegando ao longo da costa oeste da África, seus navios toparam com uma feroz tempestade, que os expulsou para o mar e longe da costa.

Uma vez que a tempestade passou, eles retomaram sua jornada em direção ao leste, esperando chegar à costa. Depois de vários dias de navegação sem qualquer sinal de terra, eles mudaram de direção e se dirigiram para o norte, eventualmente aterrando na foz do rio Gouritz, na costa leste da África, em 3 de fevereiro de 1488. Dias e sua equipe foram os primeiros europeus a contornar o Cabo, embora inconscientemente.

Acredita-se que foi Bartolomeu Dias quem chamou a península de Cabo das Tormentas. Este nome foi, mais tarde, mudado para Cabo da Boa Esperança para significar que o contorno do Cabo,  que trouxe esperança de que uma rota marítima para o Oriente fosse possível. Dez anos depois, Vasco da Gama completou a rota de Portugal em torno do Cabo para a Índia, abrindo, assim,
a rota comercial entre a Europa e o Oriente.

HOLANDESES

Em 1652, a Companhia Holandesa das Índias Orientais, cedendo aos pedidos dos oficiais de seus navios, decidiu estabelecer um ponto de parada na península do Cabo, e enviou três pequenos navios, sob o comando de Jan Antony van Riebeeck, de 23 anos, para estabelecer uma fortaleza nas margens da Table Bay. Seu objetivo era cultivar vegetais e frutas, trocar por gado com as tribos locais, construir um hospital e um estaleiro para a reparação de navios. O primeiro forte de Jan van Riebeeck, posteriormente substituído pelo Castelo de Boa Esperança, foi o primeiro edifício da
Cidade do Cabo.

O século 17 foi a Era de Ouro da República Holandesa. Os comerciantes eram os empresários mais bem sucedidos da Europa, e a Companhia Holandesa das Índias Orientais a maior corporação comercial do mundo, tendo direitos soberanos no Oriente e no Cabo da Boa Esperança. Em meados do século, a Holanda já era o poder marítimo europeu dominante no sudeste asiático. Sua frota, com cerca de seis mil navios, era tripulada por cerca de 45.000 marinheiros.

Foi durante o governo de Simon van der Stel que os huguenotes, que foram expulsos da França pela revogação do Edito de Nantes, chegaram da Holanda. Havia cerca de 200 deles, um número tão pequeno que eles foram rapidamente absorvidos na população holandesa.

As terras atribuídas a Simon van der Stel pela Companhia Holandesa das Índias Orientais, se estendiam de Muizenberg às Montanhas Steenberg, até Wynberg. Ele transformou esta vasta região em terras agrícolas ricas, plantou cerca de oito mil árvores e projetou e construiu a mais estável mansão histórica do Cabo, Groot Constantia – com o nome de sua esposa, Constance – em 1685, onde morou até sua morte em 1712. Groot Constantia continua a ser um dos destinos mais favorecidospara visitar turistas ao Cabo.

DOMÍNIO BRITÂNICO

Durante a guerra entre a Grã-Bretanha e Holanda (1780-1783), uma frota britânica navegou para tomar posse do Cabo, mas foi atacada e derrotada pelos franceses. Mais tarde, quando os exércitos revolucionários da França invadiram a Holanda, William of Orange escapou para a Inglaterra e emitiu instruções para que o Cabo fosse temporariamente entregue aos britânicos
para proteção contra os franceses. Em 1795, uma força britânica chegou ao Cabo. Os holandeses resistiram e, depois de uma breve batalha – a Batalha de Muizenberg -, se aposentaram antes das forças superiores.

Os britânicos permaneceram aqui até 1803, quando a Colônia foi renunciada aos holandeses pelos termos do Tratado de Amiens. Dentro de três meses após a restauração da colônia, a guerra já havia explodido entre a Grã-Bretanha e a Holanda. Em 1806, uma frota britânica de sessenta e um navios lançou uma âncora em Robben Island e desembarcou seis mil soldados em Blaauwberg.
A batalha de Blaauwberg seguiu e a resistência holandesa desmoronou. Em 1814, a Colônia do Cabo foi formalmente cedida à Grã-Bretanha por uma convenção segundo a qual os navios  holandeses teriam o direito de recorrer livremente ao Cabo da Boa Esperança para fins de refúgio e reparos.

UMA NOVA ERA

A Cidade do Cabo virou, oficialmente, uma cidade em 1840. Uma constituição liberal foi concedida à Colônia do Cabo, em 1853, e o primeiro parlamento eleito reuniu-se em 30 de junho de 1854. Em 28 de novembro de 1872, um governo autônomo completo para a Colônia do Cabo foi promulgado por uma proclamação de Sir Henry Barkley, que colocou a primeira pedra fundamental das casas do Parlamento em 1875.

Antes de 1914, a África do Sul dependia principalmente de países do exterior para a maioria dos artigos fabricados em uso diário. Como essas importações não estavam tão prontamente disponíveis em tempo de guerra, a Primeira e Segunda Guerras Mundiais proporcionaram incentivos poderosos para desenvolver indústrias sul-africanas. Além disso, depois de 1918 e especialmente depois de 1945, muitos fabricantes estrangeiros achavam economicamente vantajoso estabelecer sucursais no país.

De dezembro a fevereiro é verão na África do Sul e, na Cidade do Cabo, o clima mediterrâneo traz bem menos chuvas. Os dias são mais longos, ensolarados e ideais para explorar o lado natural das cidades. Se você está pensando em mergulhar, esta não é a melhor época. Os meses ideais para esta atividade vão de abril a setembro. O mesmo vale para surfistas que procuram boas ondas.

Entre julho e agosto, no inverno, faz bastante frio e as chuvas são muito frequentes. Não tão constantes são as nevascas, mas elas chagam levemente à cidade com alguma frequência. Em outubro e novembro é baixa estação. O clima gostoso da primavera chega com a queda no número de turistas e quase tudo fica mais barato e menos cheio degente.

QUANDO IR
Não há exatamente um período ideal para visitar a África do Sul, já que o país pode ser explorado o ano inteiro. O que acontece é que alguns períodos são melhores para algumas atividades, e isso acontece em todos os lugares do mundo.

Então, é bom viajar sabendo disso. Se você vai a Cape Town, prefira os meses entre março e maio, quando é outono, ou entre setembro e novembro, quando é primavera. Estas são as duas melhores épocas do ano, quando as temperaturas são mais suaves e há pouca chuva, o que lhe permitirá visitar a Cidade do Cabo com bom tempo.

Deixa eu fazer uma pausa só para lhe dar essas dicas:

  • Tem ônibus do Aeroporto ao Centro e é super fácil usar;
  • Experimente carnes de caça: elas estão em todos os restaurantes;
  • Não deixe de visitar Robben Island, a ilha onde Mandela ficou;
  • vinícolas muito boas e baratas em Cape Town e nas cidades vizinhas;
  • Se organize para fazer um bate-volta ao Cabo da Boa Esperança;

Onde ficar em Cape Town

Estes são os bairros mais indicados para ficar em Cape Town:

  • City Bowl, o Centro da cidade;
  • Green Point, coladinho no Waterfront;
  • Sea Point, área moderna e perto das praias;
  • Camps Bay, a praia mais linda da cidade.

Centro, chamado de City Bowl, ganha alguns pontos em relação a outros bairros. Nesta região, ficam vários lugares bastante visitados, vários museus e restaurantes super elogiados.

Além disso, você tem fácil acesso ao meios de transporte e a vida noturna do Centro é ótima: as movimentadas ruas Kloof e Long Street são cheias de bistrôs, lojas e bares interessantes.

Na área do Green Ponint, onde está o Waterfront, a região portuária da cidade, estão os hotéis mais badalados. ficar aqui é uma boa escolha para quem quer explorar mais essa parte da cidade a pé. Eu adorei o Waterfront, um centro comercial enorme, com lojas, barras de artesanato e restaurantes à beira-mar.

Se você prefere áreas mais modernas para ficar em Cape Town, pode escolher um lugar em Sea Point, onde muitas celebridades têm casa com vista para a praia e para as montanhas – sim, você pode ficar coladinho nelas também.

Camps Bay é o paraíso. Ladeada pela montanhas que formam o conjunto da Table Mountain, tem praia agitada, gente bonita e a melhor energia da cidade.

No mapa acima, você consegue visualizar a localização de cada bairro, os pontos turísticos mais interessantes e os hotéis, hostels e apartamentos que considero os melhores para você ficar em Cape Town. Eu falo um pouco sobre cada um deles a partir de agora.

TAJ CAPE TOWN

O Taj Cape Town é uma grande opção para começar a nossa lista. O hotel tem serviço de alto padrão, é muito luxuoso, os quartos são muito bem decorados, com um um estilo contemporâneo e vista privilegiada para a Table Mountain. Só isso já vale o preço!

Onde ficar em Cape Town

O café da manhã é maravilhoso, com uma infinidade de coisas gostosas, a limpeza é super criteriosa, o atendimento de todos os funcionários é impecável e rápido, isso atrai muitos elogios. Além disso tudo, há transporte do hotel para o Whaterfront e para a Table Mountain o dia todo.

Onde ficar em Cape Town

THE WESTIN CAPE TOWN

O The Westin Cape Town é famoso pelo tamanho vantajoso dos quartos. Perfeito para quem procura espaço, localização privilegiada, atendimento super atencioso e todos aqueles mimos de uma hotel de alto padrão, ele é uma das melhores opções para ficar em Cape Town.

Onde ficar em Cape Town

Sem falar que tem uma energia gostosa, uma piscina maravilhosa que é perfeita para curtir o fim do dia com vista para o horizonte no fim do continente – a jacuzzi também é super agradável. Só posso dizer que vale cada centavo.

Onde ficar em Cape Town

THE CAPITAL MIRAGE HOTEL

O The Capital Mirage Hotel tem vários pontos positivos: quartos espaçosos e confortáveis, restaurante excelente e funcionários super atenciosos são alguns deles. Mas tem ainda a localização excelente, com transporte para o Waterfront várias horas do dia e da noite – uma facilidade que conta muito.

Sobre os quartos, acho importante falar um pouco mais. É que eles são bem amplos, têm banheiros super funcionais, com chuveiros muito bons, cozinha completa com eletrodomésticos e utensílios, como máquina de lavar e secar roupas. É praticamente uma casa, né?

Onde ficar em Cape Town

RADISSON BLU HOTEL & RESIDENCE

O Radisson Blu Hotel & Residence tem a grande referência desta rede internacional que é sempre uma boa escolha. Isso porque eles mantêm o mesmo padrão de atendimento, de conforto e, geralmente, os hotéis são sempre muito bem localizados.

Onde ficar em Cape Town

Neste caso, a localização é ótima, pertinho da Waterfront, com lanchonetes, restaurantes, mercados, cafeterias e tudo mais bem pertinho. Os quartos são lindos e muito confortáveis. O hotel é um show de decoração e o terraço é super agradável. Depois me conta, tá?

CAPE TOWN LODGE

O Cape Town Lodge fica pertinho da Table Mountain e do Waterfront, além de estar cercado por ruas que fervem à noite. A vista para a Table Mountain é indescritível. É o mesmo que ficar em um hotel de cara para o Cristo Redentor ou para a Torre Eiffel, sabe?

Os quartos são modernos confortáveis e decorados com personalidade – as cores são vibrantes como a África. Ele fica no Centro, que é conhecido como City Bowl, uma ótima escolha para quem quer curtir todos os cantos de Cape Town sem gastar muito.

ONCE IN CAPE TOWN

O Once in Cape Town é um hostel super badalado porque tem dois bares muito bons – um rooftop e um no térreo – e muitas atividades em grupo. Apesar de toda essa agitação, isso nada atrapalha o silêncio, porque eles são muito cuidadosos com horários e tudo mais.

Onde ficar em Cape Town

Eu não tenho dúvida de que esse é um dos melhores hostels para você ficar em Cape Town: muito limpo, bem localizado, com um atendimento muito elogiado e um preço muito bom. Os quartos são muito confortáveis e a limpeza é feita todos os dias: sempre impecável.

91 LOOP BOUTIQUE HOSTEL

Este é o hostel mais bem avaliado de Cape Town. Ideal para quem viaja sozinho e quer uma acomodação barata, prática e ainda ter a oportunidade de conhecer gente nova do mundo inteiro. O 91 Loop Boutique Hostel fica bem próximo da Long Street, a rua de bares, onde estão redes de fast food e mercados, onde você pode comprar itens básicos.

Onde ficar em Cape Town

Os quartos e os banheiros são bem limpos e confortáveis – todos têm um armário com tranca que você usa com o cartão magnético: perfeito para deixar a mochila. Na recepção, há um bar onde você pode comprar bebidas, claro, almoço e jantar com desconto.

CAPE GRACE HOTEL & SPA

O Cape Grace Hotel & Spa é, provavelmente, o hotel mais completo da cidade. Ele tem muitas qualidades e é até difícil explicar sem ficar repetitivo: excelente localização, equipe maravilhosa – desde a limpeza e os porteiros até a equipe do check-in, todos são agradáveis e extremamente prestativos.

A decoração do hotel muito elegante, tem uma modernidade incrivelmente aconchegante e uma estrutura de SPA perfeita para quem quer aproveitar a viagem para relaxar.É isso tudo que faz ele ser disparado um dos melhores lugares para ficar em Cape Town.

ONE&ONLY CAPE TOWN

O One&Only Cape Town é recomendado pela particularidade com que trata cada hóspede. Desde o momento da chegada ao último minuto, você vai sentir que valeu a pena ter escolhido este hotel. Eu falo isso porque eles pensam em tudo: o serviço de manobrista, os pratos do restaurante, a preocupação com o silêncio, os produtos de qualidade do café da manhã.

A limpeza dos quartos e a organização de todas as áreas comuns também fazem parte do pacote, e o fato de serem chalés espalhados por um jardim super bem cuidado deixa tudo com mais privacidade e leveza. É uma grande escolha para ficar em Cape Town.

THE TABLE BAY HOTEL

Localização perfeita, café da manhã excelente, funcionários super cordiais… o que mais dizer sobre o The Table Bay Hotel? Que ele tem uma decoração impecável, quartos super aconchegantes e muito espaçosos e uma vista espetacular da Table Mountain complementam a lista de qualidade.

Onde ficar em Cape Town

Só que ainda falta alguma coisa: acho que é porque é tudo tão perfeito que a gente se sente em um filme, em uma novela, talvez. Tem ideia disso? É um hotel com custo-benefício interessante pelo que a gente recebe em troca.

Onde ficar em Cape Town

QUEEN VICTORIA HOTEL

O Queen Victoria Hotel é super bem localizado, na zona turística da cidade, então dá para fazer muita coisa a pé, porque fica de cara para o Waterfront. O café da manhã é excelente e o atendimento é impecável, como é de se esperar de um hotel deste nível.

Onde ficar em Cape Town

A verdade é que não é um hotel muito grande, mas tem decoração caprichada e quartos grandes: são várias categorias, então você pode escolher a que se encaixa melhor no seu estilo e no seu orçamento. É uma opção fantástica para ficar em Cape Town.

GRANGER LUXURY SUITES BY TOTALSTAY

O Granger Luxury Suites by Totalstay são dois apartamento muito bem localizados, a cerca de dez minutos de caminhada do Waterfront e, como você pode imaginar, ambos têm uma vista super agradável para a região portuária.

Tanto o apartamento quanto o estúdio são muito bem organizados, com tudo que precisamos para ter dias incríveis: todos os ambientes são mobiliados, as cozinhas são completas e tem, ainda, o atendimento super cordial do anfitrião.

Onde ficar em Cape Town

THE WINCHESTER HOTEL

O The Winchester Hotel é ótimo, com quartos amplos e localização é incrível. Tudo foi maravilhosamente remodelado, mantendo as características principais do hotel original, mas o ganho em conforto e praticidade foi genial.

Onde ficar em Cape Town

O terraço é perfeito para tomar uns drinques no pôr do sol, o pátio interno é lindo – é nele que é servido delicioso o café da manhã – e há uma piscina maravilhosa. É, sem dúvida, uma excelente opção para ficar em Cape Town e ter dias perfeitos.

MOJO

O Mojo Hotel fica em Sea Point e é um hotel bem alternativo, com um centro comercial cheio de lojas superinteressantes, bares com música ao vivo, muita gente bonita – ele fica numa área praiana, muito frequentada por surfistas – e chegar aos pontos mais visitados da cidade não será um problema.

Os quartos são sensacionais, espaçosos e bem arejados e, do terraço, a vista para a Lion’s Head é de tirar o fôlego – você vai agradecer muito por ter ficado neste hotel também pelo custo-benefício. O melhor de tudo é que os preços não são absurdos.

Faixas de preço em Cape Town

Agora que você já viu as minhas opções preferidas – não só as minhas, mas as de muita gente também – é hora de dar uma olhada nos preços antes de decidir onde ficar em Cape Town.



Booking.com

No mapa acima estão todas as opções de hospedagem da cidade, especialmente as da região central.  Para saber mais, você só precisa clicar nos pins azuis e pronto. 

RECOMENDAÇÕES DE VIAGEM - COVID-19

Devido à pandemia de Covid-19, novas medidas de saúde e segurança foram adotadas. Elas são importantes para evitar o contágio, protegendo você, quem trabalha diretamente com o turismo e as comunidades locais.

Antes de viajar, verifique a situação do seu destino para não encontrar atrativos fechados e, claro, não colocar a sua vida e a de seus familiares em risco.

Veja algumas medidas adotadas:

  • Álcool gel disponível nos quartos e nas áreas comuns;
  • Uso obrigatório de máscaras nas áreas comuns;
  • Respeito às regras de distanciamento físico;
  • Uso de produtos de limpeza eficazes contra o coronavírus;
  • Café da manhã pode ser servido no quarto.
Informações Básicas
Visto | Brasileiros não precisam de visto para entrar no país e o prazo máximo de permanência é de 90 dias.
Documentos | Passaporte com validade de pelo menos seis meses da data de chegada e 30 dias da data de saída.
Dinheiro| O rand (ZAR) é a moeda local. Para sua viagem, leve dólares ou euros e troque nas casas de câmbio.
Vacinas | O país exige vacinação contra a febre amarela, independentemente do motivo da viagem.

SEGURO VIAGEM

Nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem –, mesmo que ele não seja obrigatório.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas da África do Sul

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas da África do Sul.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

16 Comentários

  1. Olá. Boa noite! Irei para Cape Town em abril de 2018.E ficarei hospedada no holiday Inn express, poderia me informar algo sobre o hotel e se está bem localizado.
    Obrigada 😉

  2. Geralddineli Azevedo on

    Altier Moulin.

    Em primeiro lugar meus parabéns pelo dom que você tem de transmitir seus conhecimentos para outros turistas.
    Viajarei no próximo dia 14/9 e hospedar-me-ei no Hotel Protea Victoria Junction, próximo à área do Water Front. em Cape Town. Poderia dizer-me algo a respeito deste Hotel, principalmente sua localização; se é área de risco, etc, enfim tudo o que você puder acrescentar será valioso para mim.

    Antecipadamente agradece,

    Geraldineli
    Rio de Janeiro

  3. Ivana da Silva Dantas on

    Oi. Eu e minha filha vamos viajar em Fevereiro 2018. Pensamos em ficar 03 dias em Joanesburgo e 05 dias em Cape Town. Queremos economizar, porém com um mínimo de qualidade. Qual hotel mais indicados em cada uma dessas cidades? E tu sugeres que a gente compre os passeios antecipamente ou quando chegarmos lá ?

    • Acho legal, Luiza. Ele fica pertinho do Waterfront a antiga área portuária que foi revitalizada e, hoje, em muitos bares, restaurantes e lojas. Vocês vão gostar.

      Um abraço.

  4. Boa noite Altier,
    Viajaremos para Cidade do Cabo em dezembro deste ano (2016). Vamos em 07 pessoas – 04 adultos (02 casais) e 03 crianças de 09 anos. Ficaremos 01 semana, incluindo a noite de Natal. Estamos pensando em alugar uma casa ou um apartamento para ficarmos juntos.
    O que você sugere? Sobre bairro e sobre os sites de aluguel de casa, são confiáveis?

Escreva um comentário