Comidas da Colômbia: os pratos típicos mais gostosos de cada região do país

Atualizado em 5 de outubro de 2022 – 4 min de leitura

As comidas da Colômbia têm forte influência espanhola, andina, africana, caribenha e crioula – os descendentes de espanhóis nascidos em colombiano, sem miscigenação indígena –, e há muitos pratos feitos com milho, banana, mandioca e abacate.

Na costa caribenha e do Pacífico, os frutos do mar estão mais presentes na mesa colombiana. Para quem gosta de frutas, o país é um paraíso e sempre haverá barraquinhas e mercadinhos que vendem tudo fresquinho.

Eu indico que você experimente a lulada, o suco do lulo. Também conhecido como naranjilla, essa é uma planta da família do tomate, mas tem a casca alaranjada. A fruta é muito rica em vitamina C e sua polpa é bem azedinha.

Se você é chegado em café, não deixe de experimentar o que é produzido na Colômbia. Ele é, simplesmente, um dos melhores do mundo e sua colheita é feita manualmente, grão por grão. A rede de cafeterias Juan Valdez é um bom lugar para se sentar e experimentar essa maravilha.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Comidas da Colômbia

A bandeja paisa é um prato nacional e você vai encontrá-lo em todos os cantos. Bem robusto, ele tem arroz branco, feijão, carne moída, linguiça, torresmo, ovo frito e abacate. Existem variações que podem incluir outras coisas, entre elas a arepa, um tipo de pão de milho.

Bogotá

O ajiaco é o prato mais típico de Bogotá.

 Ele é uma sopa de milho com frango, servida com abacate e arroz de coco. Outros pratos interessantes são o caldo de costilla, um tipo de sopa de costela bovina, e o caldo de panela, servido nas manhãs frias dos arredores de Bogotá.

Comidas da Colômbia

Você também não pode deixar de experimentar o tamal. Ele é feito na folha de bananeira, é servido no café da manhã, geralmente com chocolate quente, e pode ser recheado com arroz temperado, frango, legumes e muito mais. É uma refeição bem reforçada.

Cáli

Cáli tem uma culinária bastante diversificada e, sem dúvida, uma das melhores comidas da Colômbia. Com tanta fartura, fica mesmo difícil escolher quais pratos provar.

Eu recomendo que você experimente o sancocho de gallina, que é um prato festivo que se caracteriza por um caldo aromatizado feito com coentro, mandioca, banana e frango. Geralmente é servido em uma panela de barro com pimentão, abacate e arroz.

O arroz atollado parece com o nosso arroz de carreteiro e leva costelinha de porco, linguicinha e torresmo.

O manjar blanco é a sobremesa típica da região. Feito de doce de leite, ele é vendido em embalagem de cabaça.

Comidas da Colômbia

A aguardiente é uma das bebidas alcoólicas favoritas da Colômbia e, em cada região, há uma marca preferida. Em Cáli, a mais famosa é a Aguardiente Blanco del Valle.

O guarapo, o nosso famoso caldo de cana, é muito consumido na região, que é grande produtora de cana-de-açúcar.

A chicha, que aqui é feita a partir da fermentação do abacaxi, é ligeiramente alcoólica e também bastante apreciada.

Cartagena

Cartagena tem uma rica cozinha que combina ingredientes e métodos do passado, do presente e das heranças africana, árabe e espanhola. Um prato típico e bem comum aqui é o peixe frito, servido com arroz de coco, banana frita e salada.

Aqui, você também encontra as famosas empanadas e também um tipo diferente de arepa. Na receita local, esse bolinho de milho vem recheado com ovo e é chamado simplesmente de arepa de huevo.

Presença certa no café da manhã, muitas vezes ele substitui o tradicional pãozinho. No cardápio da cidade, ainda estão sopas como o sancocho e o mote de queso.

Medellín

Em Medellín, a maioria dos pratos típicos tem sua origem na culinária crioula. Um café da manhã bem típico aqui tem arepas de choclo – pãezinhos feitos de milho –, queijo branco e café.

No almoço, o típico antioqueño também é muito comum. Esse prato tem arroz, feijão, frango, ovo frito, chicharron – um belo pedaço de torresmo – e patacon – que é uma banana frita bem sequinha.

Comidas da Colômbia

Entretanto, o prato mais típico da cidade é a bandeja paisa. Ele tem arroz, feijão, carne moída, linguiça, torresmo e ovo frito. Sempre bem servido, esse é o prato colombiano que mais se aproxima da nossa feijoada, em termos calóricos.

Há uma grande variedade de restaurantes em Medellín, especialmente na Zona Rosa. Um excelente lugar para provar as comidas da Colômbia é o Hatoviejo.

San andrés

O rondón é um dos pratos mais típicos da ilha de San Andrés. Historicamente, esse tipo de ensopado é preparado pelos homens e leva peixe, mariscos, banana verde, leite de coco, mandioca, pimenta e pimentão. Tradicionalmente, esse prato é cozido ao ar livre, em um fogo alimentado com folhas de coqueiro e cascas de coco.

É comum encontrar mulheres vendendo doces tradicionais – como as cocadas – nas praias e esquinas da cidade. Outras especialidades da ilha são as empanadas de cangrejo e a torta de plátano.

Comidas da Colômbia

Em San Andrés, há vários restaurantes especializados em frutos do mar, assim como barracas que vendem comida típica. O Restaurante-Bar La Pergola, que funciona no San Luis Village Hotel, oferece o melhor da cozinha do Caribe e é um lugar ideal para experimentar algumas das comidas da Colômbia, especialmente as baseadas em frutos do mar.

Entretanto, para quem busca opções para comer sem gastar uma pequena fortuna, há vários restaurantes mais simples, com um bom tempero.

No El Parquedero, por exemplo, eu paguei muito barato por um almoço que inclui uma sopinha de verduras para a entrada, um farto prato principal com frango frito ou ensopado, arroz, banana frita e salada, e tem ainda um refresco. O restaurante serve refeições o dia inteiro, e é ideal para quem chega dos passeios com muita fome.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. O prazo máximo de permanência no país é de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Você pode viajar com o passaporte, que tenha validade de seis meses, ou com a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

Dinheiro

A moeda local é o peso colombiano, identificado pela sigla COP. Para sua viagem, leve dólares e troque nas casas de câmbio.

Vacinas

A vacinação contra febre amarela é obrigatória. Veja como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

Informações sobre covid-19

Desde que reabriu suas fronteiras, o Colômbia adotou várias medidas de prevenção e controle dos casos de covid-19. Isso significa que é preciso cumprir alguns requisitos sanitários e legais para entrar no país.

De forma geral, os documentos exigidos para a entrada de brasileiros – além dos já citados acima – são os seguintes:

  1. Comprovante de vacinação contra covid-19 com esquema vacinal completo, com a última vacina aplicada há, pelo menos, quatorze dias – exigido apenas de viajantes vacinados maiores de 18 anos – veja como emitir o comprovante nacional e internacional;
  2. Resultado negativo de teste RT-PCR feito há, no máximo, 72 horas antes do embarque, ou de antígeno (teste rápido) feito, no máximo, 48 horas antes do embarque – exigido apenas de viajantes não vacinados maiores de 18 anos;
  3. Formulário Check-Mig preenchido e enviado eletronicamente entre 72h e 1h antes da chegada à Colômbia – exigido de todos os viajantes – veja como preencher o Check-Mig;
  4. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) – veja como solicitar o CIVP pela internet.
FORMULÁRIO CHECK-MIG

O Check-Mig é um formulário online que serve como uma declaração de saúde obrigatória para qualquer pessoa que deseja viajar para a Colômbia. Ele deve ser preenchido tanto para entrada quanto na saída do país.

O formulário funciona como uma medida de segurança durante a pandemia covid-19, tornando mais fácil para as autoridades colombianas rastrear possíveis casos e entrar em contato com viajantes infectados.

O formulário deve ser preenchida dentro de um período de 72 horas a 1h antes de atravessar a fronteira colombiana, a partir do site Migración Colombia e pelo aplicativo disponível na Play Store e na App Store.

→ Como preencher o Check-Mig

Você pode acompanhar atualizações no site do Governo da Colômbia.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem o seguro viagem durante a pandemia não é uma boa ideia.  Ainda que você esteja com o esquema vacinal completo, é bom saber que terá atendimento médico e hospitalar na hora que precisar.

Além disso, o preço do seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele também garante que você estará amparado em situações como cancelamento da viagem, extravio de bagagem e muitas outras.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

CARTEIRA DE IDENTIDADE

Viajantes de países que fazem parte do Mercosul ou que são associados ao bloco podem viajar usando apenas a carteira de identidade.

Isso foi possível por causa de um acordo, assinado em 2008, que reconhece a validade dos documentos de identificação pessoal de cada país como documento de viagem válido para Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela (suspenso temporariamente), Bolívia (em processo de adesão), Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Suriname.

Embora a carteira de identidade não tenha prazo de validade por lei, as companhias aéreas podem negar identidades emitidas há mais de dez anos, por medida de segurança contra fraudes.

Havendo dúvida quanto ao estado de conservação, quanto à fotografia ou quanto à data de emissão da identidade, a empresa aérea deve ser consultada com antecedência, evitando transtornos no dia embarque.

É muito importante saber que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e carteiras de identificação emitidas por órgãos de classe, como OAB e CRM, por exemplo, não são aceitas.

A certidão de nascimento também não é válida como documento de identificação. Portanto, crianças e adolescentes devem apresentar a carteira de identidade ou o passaporte para viajar.

Nos casos em que o motivo da viagem é diferente de turismo – trabalho, estudo, residência, etc. –, a carteira de identidade não será suficiente, sendo obrigatório apresentar o passaporte válido e visto específico, se for o caso.

Veja mais sobre a Colômbia

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Colômbia.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

2 Comentários

  1. Mara Rúbia Cedro Moreira

    Olá Altier, Vc é um viajante nato e seus relatos parece que está contando estórias.Tenho 62 anos,conheço TDS capitais brasileiras,muitas cidades do interior, Venezuela e Aruba.Sou mochileira,só fico em hostel e conforto,tenho na minha casa.rs.Faço viagens econômicas,prá viajar muito mais.Irei ao Chile final de maio,e quero conhecer TD América do Sul,depois a Central,prá depois partir para outros continentes.Vou amar receber suas ” estórias” maravilhosas.Um.grande abraço fraterno em seu coração.

    Responder
    • Altier Moulin

      Que coisa boa, Mara.

      Siga viajando e lendo o blog.
      Você receberá, em seu email, nossa novidades a partir de agora.

      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

26