Quando ir a San Andrés, o encantador caribe colombiano – dicas mês a mês

18

Atualizado em 9 de fevereiro de 2022

Quando ir a San Andrés

É muito importante planejar bem sua viagem e saber quando ir a San Andrés, porque esta fantástica ilha do Caribe também tem suas melhores épocas para ser mais bem aproveitada. São esses segredinhos que eu vou explicar a partir de agora.

Neste território colombiano, você encontra passeios incríveis, mas eu arrisco dizer que  os sete tons de azul do mar caribenho  serão suficientes para lhe conquistar. Para explorar mais desse lugar, eu acho bom você ler: O que fazer em San Andres.

Quando ir a San Andrés

A ilha de San Andrés é atravessada por uma cadeia de colinas e a mais alta delas chega a 85 metros acima do nível do mar, mas isso não influencia no clima: o calor predomina e o frio não tem vez.

Sem falar na alta umidade que nos faz transpirar muito, sendo que julho é o mês mais abafado e úmido.

De forma geral, o clima é sempre quente, com dias ensolarados e temperaturas máximas variando entre 26 e 29 graus. As estações são divididas em duas: verão e inverno.

De dezembro a fevereiro, a ilha tem uma grande circulação de turistas, principalmente por causa das férias escolares.  No resto do ano, tudo fica mais calmo e mais barato. 

INVERNO

Em San Andrés, a palavra “inverno” serve apenas para caracterizar a época em que há mais chance de chover e isso pode atrapalhar a visibilidade no mar. Fora isso, tudo continua sendo um paraíso, com temperatura média de 25 graus nos dias mais frescos.

Eu estou falando dos meses de abril a novembro.

O mês com maior incidência de chuvas é outubro, mas o clima muda com muita frequência nesta região do globo.

Então, é errado imaginar que choverá todos os dias o dia inteiro. Para você ter uma ideia do nível de chuva, a pluviosidade média é de 1.578 milímetros de chuva por ano. No Rio de Janeiro, a média é de 1.278.

Quando ir a San Andrés

VERÃO

O verão é a estação seca de San Andrés – de dezembro a março. Nestas época, a temperatura gira em torno de 28 graus. É, sem dúvida, é uma ótima época para ir a San Andrés.

A virada de ano também é bem interessante em San Andrés, mas esqueça aquelas aglomerações de gente e festas super badaladas.

Na ilha, as principais opções são as festas organizadas pelos resorts. Se quiser algo mais informal, pegue uma garrafa de espumante e veja o ano novo chegar em Spratt Bight, a praia do centro de San Andrés.

RISCO DE FURACÕES

San Andrés não é afetada diretamente pelos furacões, que  são comuns no Caribe nos meses de agosto a outubro.  Neste período, o clima pode ficar mais instável com ventos fortes e tempestades tropicais.

Então, se puder, escolha outra época para conhecer San Andrés. Mas, claro, isso não significa que é impossível viajar nestes meses.

Mesmo não sendo afetado pelos furacões, o espaço aéreo de San Andrés poderá ficar interditado dependendo de onde você estiver partindo, já que cada companhia aérea poderá fazer escalas em diferentes países.

Quando ir a San Andrés

Dicas mês a mês

JANEIRO

Mês de alta estação, com dias ensolarados e quentes – os termômetros sempre marcam entre 24 e 28 graus. A umidade não é agressiva, mas a ilha fica bastante movimentada. Então, é preciso se planejar e fazer as reservas com antecedência.

A chuva é pouca, daquelas de verão que logo passam. É um bom período para ir a San Andrés.

FEVEREIRO

Fevereiro tem as mesmas caraterísticas climáticas de janeiro, com a diferença de que chove menos. O calor continua, mas o movimento diminui um pouco, especialmente a partir da segunda quinzena.

MARÇO

Mês excelente para conhecer San Andrés. Faz calor, os dias estão ensolarados e a chance de chover é mínima – é o mês com a menor quantidade de chuva durante todo o ano.

Eu estive em San Andrés no final de março e os dias estavam quentes, ideais para curtir a praia, mas o calor não era tão sufocante. Outro lado positivo é que eu não precisei fazer as reservas dos passeios com antecedência, já que a alta estação estava acabando.

ABRIL

Abril segue com tempo bom, mas a umidade já começa a aumentar. Dá para aproveitar San Andrés em todo seu esplendor, mesmo sendo o mês que marca o começo das chuvas.

MAIO

Em maio, o clima já muda bastante. A probabilidade de chover é muito alta: as águas chegam com mais força e ficam até novembro.

Os termômetros marcam entre 25 e 30 graus, os dias são abafados e o calorão pode incomodar.

JUNHO

Junho seque as mesmas características de maio, com bastante chuva, mas isso não significa que chova o dia inteiro.

Os termômetros continuam marcando entre 25 e 30 graus, mas o calor anuncia que a sensação térmica é bem maior.

JULHO

Julho é o mês mais abafado e úmido. A alta temperatura se junta com a alta umidade e faz San Andrés virar um caldeirão.

Embora os termômetros marquem 30 graus, a sensação térmica é muito maior. O ponto positivo é que a gente vai estar cercado de mar para aliviar o calor.

Quando ir a San Andrés

AGOSTO

Mês que marca o início da temporada de furacões no Caribe. Mesmo que eles não cheguem a San Andrés, se puder, escolha outra época para viajar. Mas, claro, isso não significa que é impossível viajar neste mês.

Calor, umidade e pancadas de chuva deixam os dias bastante instáveis.

SETEMBRO

Setembro é bem parecido com agosto, então valem as mesmas dicas.

Na metade do mês de setembro, acontece o Festival da Lua Verde. Ele é uma expressão da cultura desta região do Caribe e, durante o evento, há apresentações musicais de países como Jamaica e Haiti. Também há palestras sobre música, exibição de documentários, mostras de danças típicas e da gastronomia local.

OUTUBRO

O mês com maior incidência de chuvas é outubro, mas o clima muda com muita frequência nesta região do globo.

Como é o final da temporada de furacões no Caribe, é preciso estar ciente de que tudo pode mudar, inclusive afetando seus voos. Como já disse, é melhor escolher outra época para ir a San Andrés.

NOVEMBRO

Novembro é um mês de transição, com dias ensolarados e bastante pancadas de chuva. Faz calor e ilha ainda não está cheia de turistas.

No final do mês de novembro, acontecem as Festas do Padroeiro de San Andrés. Nessas celebrações, há apresentações de dança e música, feiras gastronômicas e o Reinado Internacional del Coco, concurso que acontece há décadas e escolhe a Miss Coco Internacional, a mulher mais bela dos países caribenhos.

DEZEMBRO

Dezembro é o mês que marca a alta estação, quando turistas do mundo inteiro chegam para aproveitar as férias e as festas de fim de ano. Tudo fica mais caro, mais agitado e isso significa que é preciso fazer as reservas com antecedência.

A noite de Ano Novo é sem grandes festas, mas elas nem são tão necessárias quando estamos em um paraíso como San Andrés.

Média de temperatura e chuva

Veja, na tabela abaixo, as médias registradas na cidade e programa melhor quando ir a San Andrés.

QUANDO IR A SAN ANDRÉS
Mês Temperatura mínima Temperatura máxima Precipitação
Janeiro 24 28 94
Fevereiro 24 29 41
Março 24 29 23
Abril 25 29 33
Maio 25 30 122
Junho 25 30 224
Julho 25 29 203
Agosto 25 30 201
Setembro 25 30 234
Outubro 24 30 309
Novembro 25 29 274
Dezembro 24 29 147

Informações Básicas
Visto | Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. O prazo máximo de permanência no país é de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.
Documentos | Você pode viajar com o passaporte ou com a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.
Dinheiro | A moeda local é o peso colombiano, identificado pela sigla COP. Para sua viagem, leve dólares e troque nas casas de câmbio.
Vacinas | A vacina contra covid-19 não é obrigatória, mas é preciso apresentar teste negativo (veja abaixo). A vacina contra febre amarela é obrigatória.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

Desde que reabriu suas fronteiras, o Colômbia adotou várias medidas de prevenção e controle dos casos de covid-19. Isso significa que é preciso cumprir alguns requisitos sanitários e legais para entrar no país.

De forma geral, os documentos exigidos para a entrada de brasileiros – além dos já citados acima – são os seguintes:

  1. Comprovante de vacinação contra covid-19 com esquema vacinal completo, com a última vacina aplicada há, pelo menos, quatorze dias – exigido apenas de viajantes vacinados maiores de 18 anos – veja como emitir o comprovante nacional e internacional;
  2. Resultado negativo de teste RT-PCR feito há, no máximo, 72 horas antes do embarque, ou de antígeno (teste rápido) feito, no máximo, 48 horas antes do embarque – exigido apenas de viajantes não vacinados maiores de 18 anos;
  3. Formulário Check-Mig preenchido e enviado eletronicamente entre 72h e 1h antes da chegada à Colômbia – exigido de todos os viajantes – veja como preencher o Check-Mig;
  4. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) – veja como solicitar o CIVP pela internet.

FORMULÁRIO CHECK-MIG

O Check-Mig é um formulário online que serve como uma declaração de saúde obrigatória para qualquer pessoa que deseja viajar para a Colômbia. Ele deve ser preenchido tanto para entrada quanto na saída do país.

O formulário funciona como uma medida de segurança durante a pandemia covid-19, tornando mais fácil para as autoridades colombianas rastrear possíveis casos e entrar em contato com viajantes infectados.

O formulário deve ser preenchida dentro de um período de 72 horas a 1h antes de atravessar a fronteira colombiana, a partir do site Migración Colombia e pelo aplicativo disponível na Play Store e na App Store.

→ Como preencher o Check-Mig

Você pode acompanhar atualizações no site do Governo da Colômbia.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

SEGURO VIAGEM

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem o seguro viagem durante a pandemia não é uma boa ideia.  Ainda que você esteja com o esquema vacinal completo, é bom saber que terá atendimento médico e hospitalar na hora que precisar.

Além disso, o preço do seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele também garante que você estará amparado em situações como cancelamento da viagem, extravio de bagagem e muitas outras.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais sobre a Colômbia

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas da Colômbia.