Clima na Colômbia: as melhores e piores épocas para viajar pelo país

10

Atualizado em 29 de setembro de 2022

Se você está pensando em curtir as praias banhadas pelo mar do Caribe ou, simplesmente, em explorar as cidades colombianas nas próximas férias, antes de planejar sua viagem, conheça melhor como é o clima na Colômbia e veja qual a melhor época para visitar cada uma de suas principais cidades.

→ Não viaje para a Colômbia sem o seguro viagem

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Clima na Colômbia

A Colômbia tem duas estações climáticas bem definidas: o inverno é úmido e o verão, seco. Mas, devido às diferentes altitudes, as temperaturas variam de acordo com a região.

Na costa caribenha, a estação seca vai de dezembro a março. No sul, chove menos em junho e julho. A costa do Pacífico não tem exatamente uma estação seca.

As temperaturas não se alteram muito ao longo do ano no país. Em Bogotá, por exemplo, a média é de 14 graus, em Medellín, os termômetros marcam algo em torno de 24, e, em Cartagena e Santa Marta, a temperatura fica na casa dos 27 graus.

Na alta temporada – nos meses de junho, julho, dezembro e janeiro – tudo é mais caro, e as cidades ficam mais tumultuadas. Veja, então, as principais regiões e como varia o clima na Colômbia.

Bogotá

O clima de Bogotá é influenciado por sua altitude. O mês mais frio é julho e o mais quente é fevereiro, com média de 20 graus. Bogotá tem uma média de 180 dias de chuva por ano.

Em outubro chove muito – cerca de 20 dias –, e em janeiro as chuvas são menos frequentes – nove dias.

Os meses mais chuvosos são abril, maio, outubro e novembro, e os mais secos são janeiro, julho e agosto.

O nevoeiro é um fenômeno natural muito comum na cidade e acontece 220 dias por ano. Por esse motivo, muitos voos marcados para as primeiras horas do dia são cancelados ou atrasados.

O nível de umidade é estável ao longo do ano, sempre em torno dos 77%.

Particularmente, eu acho que Bogotá tem a pior qualidade de clima na Colômbia. Em um mesmo dia, a gente experimenta sol, chuva, frio e calor, e isso pode afetar nossa saúde.

QUANDO IR A BOGOTÁ

Como as temperaturas variam pouco durante todo o ano, Bogotá pode ser visitada em qualquer estação.

A melhor época, entretanto, é uma das duas estações secas: a primeira entre dezembro e fevereiro, e a segunda, entre junho e setembro.

→ Onde ficar em Bogotá

O Festival Ibero-Americano de Teatro de Bogotá acontece a cada dois anos, sempre na Semana Santa. Durante 17 dias, as ruas da cidade viram cenários para espetáculos gratuitos.

Em agosto, os moradores aproveitam o Festival de Verão, que tem cerca de 200 atividades culturais e recreativas realizadas nos parques da cidade.

Em meados de setembro, acontece o Festival Jazz al Parque, lotando os espaços públicos de Bogotá com apresentações musicais.

Cáli

A temperatura média em Cáli é de 26 graus. Aqui, a Cordilheira dos Andes bloqueia as frentes de ar úmido provenientes do Oceano Pacífico, impedindo que a temperatura caia muito abaixo da média de 19 graus.

As estações secas vão de dezembro a fevereiro e de julho a agosto. As chuvas vão de março a maio e de setembro a novembro.

A precipitação média anual é de cerca de 1.000 milímetros na maior parte da área metropolitana de Cáli, e a umidade relativa do ar gira em torno dos 75%.

QUANDO IR A CÁLI

A melhor época para conhecer Cáli é na estação seca, preferencialmente nos meses de dezembro a março.

→ Onde ficar em Cáli

Um evento imperdível que acontece em Cáli todo o mês de setembro é o Festival Mundial de Salsa, quando se reúnem dançarinos da cidade, do país e do exterior para apresentações, oficinas e debates.

Em agosto, acontece o Festival de Música do Pacífico.

Esse encontro é ideal para quem quer conhecer mais sobre as manifestações culturais da região de Cáli. No festival, grupos colombianos e estrangeiros interpretam músicas típicas do Pacífico.

Cartagena

A temperatura média em Cartagena é 28 graus. Durante todo o ano, o sol brilha forte por aqui, e o calor encobre qualquer estação.

Porém, o período mais quente e seco está entre os meses de dezembro e abril, quando raramente chove.

O período de maio a novembro é o mais chuvoso, sendo que, historicamente, outubro é o mês em que mais chove.

A cidade não tem mais que cem dias de chuva por ano, e a precipitação fica em torno de 1.000 mm.  Cartagena tem, em média, 2.600 horas de sol por ano e a temperatura do mar varia entre 27 e 29 graus.

QUANDO IR A CARTAGENA

A melhor época para conhecer Cartagena é entre os meses de dezembro e abril, quando praticamente nunca chove.

→ Onde ficar em Cartagena

No mês de janeiro, durante o Festival de Música Clássica de Cartagena, vários pontos da cidade viram palco para apresentações musicais das obras dos compositores mais conhecidos do mundo.

Todos os anos, em março, acontece o Festival Internacional de Cinema de Cartagena. Criado em 1960, o festival conta com produções de mais de 30 países.

Medellín

O clima de Medellín é equatorial de montanha, com baixa variação térmica. A temperatura é amena o ano inteiro, e os termômetros sempre marcam entre 16 e 28 graus, o que nos proporciona uma média de 22 graus.

Por isso, eu acho Medellín uma das melhores no quesito clima na Colômbia.

A temporada de chuva é longa e vai de março a novembro.

O mês mais chuvoso é outubro, quando as temperaturas mais variam.

Na temporada seca, que vai de dezembro a fevereiro, as temperaturas se mantêm entre os 17 e 28 graus, com pouca precipitação.

A recomendação é sempre ter um casaco ao alcance, já que as noites são mais frescas, usar protetor solar e óculos escuros.

QUANDO IR A MEDELLÍN

Como Medellín tem um clima agradável o ano todo, você pode visitar a cidade em qualquer período do ano.

Porém, a melhor época para uma viagem é na estação seca, entre dezembro e fevereiro. O mês de julho também pode ser bom.

→ Onde ficar em Medellín

Em agosto, acontece a famosa Feria de las Flores, uma poderosa exibição da grande variedade de flores e cores que existem na cidade.

Em dezembro, Medellín fica toda iluminada para o Natal e a cidade vive intensamente esse clima de fraternidade e alegria.

San Andrés

O clima em San Andrés é sempre quente e as temperaturas variam entre 26 e 29 graus.

Na ilha, predominam duas estações: verão e inverno. A estação das chuvas vai de maio a dezembro, mas o clima muda com muita frequência nesta região do globo.

Então, é errado imaginar que choverá todo o dia durante essa época.

Além de ficar de olho na movimentação do clima na Colômbia, você deve saber que, apesar de não ser afetada diretamente pelos furacões, que são comuns no Caribe, nos meses de agosto a outubro, em San Andrés, o clima pode ficar mais instável com ventos fortes e tempestades tropicais.

QUANDO IR A SAN ANDRÉS

Não há uma estação ideal para desfrutar o melhor de San Andrés, que são as praias. O clima por aqui é estável durante o ano todo, com temperatura média de 27 graus.

Na metade do mês de setembro, acontece o Festival da Lua Verde.

Ele é uma expressão da cultura desta região do Caribe e, durante o evento, há apresentações musicais de países como Jamaica e Haiti. Também há palestras sobre música, exibição de documentários, mostras de danças típicas e da gastronomia local.

→ Onde ficar em San Andrés

No final do mês de novembro, acontecem as Festas do Padroeiro de San Andrés.

Nessas celebrações, há apresentações de dança e música, feiras gastronômicas e o Reinado Internacional del Coco, concurso que acontece há décadas e escolhe a Miss Coco Internacional, a mulher mais bela dos países caribenhos.

Informações Básicas
VISTO

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. O prazo máximo de permanência no país é de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.

DOCUMENTOS

Você pode viajar com o passaporte, que tenha validade de seis meses, ou com a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

DINHEIRO

A moeda local é o peso colombiano, identificado pela sigla COP. Para sua viagem, leve dólares e troque nas casas de câmbio.

VACINAS

A vacinação contra febre amarela é obrigatória. Veja como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

SEGURO VIAGEM

Não é uma boa ideia viajar sem o seguro viagem com cobertura para covid-19. Veja quanto custa o seguro viagem.

COVID-19

Apesar de não ser obrigatório, é recomendado estar vacinado contra covid-19. Veja as regras abaixo

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

Desde que reabriu suas fronteiras, o Colômbia adotou várias medidas de prevenção e controle dos casos de covid-19. Isso significa que é preciso cumprir alguns requisitos sanitários e legais para entrar no país.

De forma geral, os documentos exigidos para a entrada de brasileiros – além dos já citados acima – são os seguintes:

  1. Comprovante de vacinação contra covid-19 com esquema vacinal completo, com a última vacina aplicada há, pelo menos, quatorze dias – exigido apenas de viajantes vacinados maiores de 18 anos – veja como emitir o comprovante nacional e internacional;
  2. Resultado negativo de teste RT-PCR feito há, no máximo, 72 horas antes do embarque, ou de antígeno (teste rápido) feito, no máximo, 48 horas antes do embarque – exigido apenas de viajantes não vacinados maiores de 18 anos;
  3. Formulário Check-Mig preenchido e enviado eletronicamente entre 72h e 1h antes da chegada à Colômbia – exigido de todos os viajantes – veja como preencher o Check-Mig;
  4. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) – veja como solicitar o CIVP pela internet.

FORMULÁRIO CHECK-MIG

O Check-Mig é um formulário online que serve como uma declaração de saúde obrigatória para qualquer pessoa que deseja viajar para a Colômbia. Ele deve ser preenchido tanto para entrada quanto na saída do país.

O formulário funciona como uma medida de segurança durante a pandemia covid-19, tornando mais fácil para as autoridades colombianas rastrear possíveis casos e entrar em contato com viajantes infectados.

O formulário deve ser preenchida dentro de um período de 72 horas a 1h antes de atravessar a fronteira colombiana, a partir do site Migración Colombia e pelo aplicativo disponível na Play Store e na App Store.

→ Como preencher o Check-Mig

Você pode acompanhar atualizações no site do Governo da Colômbia.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

SEGURO VIAGEM

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem o seguro viagem durante a pandemia não é uma boa ideia.  Ainda que você esteja com o esquema vacinal completo, é bom saber que terá atendimento médico e hospitalar na hora que precisar.

Além disso, o preço do seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele também garante que você estará amparado em situações como cancelamento da viagem, extravio de bagagem e muitas outras.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

CARTEIRA DE IDENTIDADE

Viajantes de países que fazem parte do Mercosul ou que são associados ao bloco podem viajar usando apenas a carteira de identidade.

Isso foi possível por causa de um acordo, assinado em 2008, que reconhece a validade dos documentos de identificação pessoal de cada país como documento de viagem válido para Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela (suspenso temporariamente), Bolívia (em processo de adesão), Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Suriname.

Embora a carteira de identidade não tenha prazo de validade por lei, as companhias aéreas podem negar identidades emitidas há mais de dez anos, por medida de segurança contra fraudes.

Havendo dúvida quanto ao estado de conservação, quanto à fotografia ou quanto à data de emissão da identidade, a empresa aérea deve ser consultada com antecedência, evitando transtornos no dia embarque.

É muito importante saber que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e carteiras de identificação emitidas por órgãos de classe, como OAB e CRM, por exemplo, também não são aceitas.

A certidão de nascimento também não é válida como documento de identificação. Portanto, crianças e adolescentes devem apresentar a carteira de identidade ou o passaporte para viajar.

Nos casos em que o motivo da viagem é diferente de turismo – trabalho, estudo, residência, etc. –, a carteira de identidade não será suficiente, sendo obrigatório apresentar o passaporte válido e visto específico, se for o caso.

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas da Colômbia.

Veja mais sobre a Colômbia