Pesquisar
Close this search box.

Como chegar a Bogotá: dicas para planejar sua viagem

Atualizado em 24 de janeiro de 2024 – POR ALTIER MOULIN

A capital da Colômbia é uma das mais encantadoras da América Latina. Então, se você está planejando fazer essa viagem, é bom saber como chegar a Bogotá. Assim, você se prepara melhor para conhecer toda a história deste país mutante e apaixonante.

Caminhando pelas ruas de Bogotá você testemunha a expressão de várias culturas que sobrevivem bem em suas esquinas.

Mas, além de muita história, neste canto do mundo, você irá se surpreender com a culinária, um atrativo à parte.

Por isso, eu recomendo que você leia comidas da Colômbia: o que comer e beber no país.

História de Bogotá

Os primeiros povos a habitar a região de Bogotá foram os muiscas.

Na época da chegada dos espanhóis, estima-se que havia meio milhão de nativos desse grupo vivendo nos planaltos e nas colinas, em uma área de aproximadamente 25 mil quilômetros quadrados, abrangendo todo o planalto de Bogotá.

Embora não haja registro documental da fundação da cidade, foi aceita a data de 6 de agosto de 1538. Segundo a tradição, nesse dia o frei Domingo de las Casas celebrou a primeira missa em uma igreja de palha, construída perto da atual catedral.

Em 1815, chegou à Colômbia a expedição comandada por Pablo Morillo com o objetivo de reconquistar a colônia em revolta. As batalhas duraram até 1819 e terminaram com a vitória da campanha de libertação liderada por Simón Bolívar e Francisco de Paula Santander.

Estava selada a independência colombiana.

Em 1938, Bogotá já tinha uma população que superava os 300 mil habitantes. Nessa fase, a cidade teve um bom número de projetos de infraestrutura implantados. A partir disso, Bogotá viveu uma série de mudanças fundamentais em seu aspecto arquitetônico, e a população urbana começou a crescer.

Maior e mais importante cidade colombiana, Bogotá está a uma altitude de 2.640 metros. Ponto de convergência de pessoas de todo o país, nela se misturam construções modernas e outras que evocam o seu passado colonial.

Seus muitos parques fazem de Bogotá uma cidade verde, sem falar das montanhas que a cercam, como Cerro de Monserrate e o Cerro de Guadalupe. É do alto desses montes que vemos Bogotá e seus tons de marrom, resultado do revestimento de tijolo dos edifícios.

Como chegar a Bogotá

Uma das cidades mais visitadas por brasileiros na América do Sul, chegar a Bogotá não será exatamente um problema, mas é importante saber algumas coisas.

Uma delas é a altitude da cidade.

Bogotá está a 2.600 metros de altitude e isso significa que você pode sentir algum desconforto nos primeiros dias de viagem.

Também conhecido como soroche, os sintomas mais comuns do mal de altitude são: dor de cabeça, enjoo, vômito, tontura, cansaço excessivo e mal-estar.

Eles são os reflexos da dificuldade do nosso organismo em absorver o oxigênio.

→ Como se prevenir do mal de altitude

Com isso em mente, você já pode se planejar melhor.

De avião

A principal porta de entrada do país é o Aeroporto Internacional El Dorado (BOG).

As principais companhias que fazem a rota: AviancaLatam e Copa Airlines.

Os voos mais baratos com destino a Bogotá saem do Aeroporto Internacional de Cumbica (GRU), em Guarulhos, e do Aeroporto Internacional de Manaus (MAO), no Amazonas.

Vale lembrar que, em Bogotá, a Avianca tem um terminal exclusivo no Aeroporto Internacional El Dorado. No terminal Punte Aéreo, operam os voos domésticos da companhia.

Todas as outras empresas têm seus voos nacionais e internacionais no El Dorado. Há transporte gratuito entre os dois terminais.

A opção mais econômica para viajar dentro da Colômbia e para países vizinhos é a Wingo – ela é a única companhia de baixo custo que opera no país depois que a a Viva Air faliu. Infelizmente, a companhia ainda não tem voos para o Brasil.

A Colômbia é servida por aeroportos modernos de grande e médio porte, que estão espalhados por todas as regiões do país.

De ônibus

O bom de viajar de ônibus na Colômbia é que, mesmo que você decida de última hora, tudo é absolutamente possível.

Quando quiser e para onde quiser, sempre dá para gente ir de ônibus. E isso, geralmente, é descomplicado e barato!

As principais empresas de ônibus da Colômbia são Expreso Brasilia e Expreso Bolivariano.

Apenas para percorrer longas distâncias recomendo ir de avião, porque, na maioria das ocasiões, você só tem que pagar um pouco a mais para voar, economizando muito tempo.

Em sua maioria, os ônibus colombianos são modernos e guiados por dois motoristas que se revezam nas viagens mais longas.

Os veículos têm ar-condicionado, banheiro e alguns têm ainda internet e sistema de entretenimento a bordo, mas não se esqueça de levar um casaco quando estiver viajando de ônibus porque, na Cordilheira, o frio pode ser intenso.

Outra boa dica é não escolher tarifas baratas demais, aquelas que parecem inacreditáveis, sabe?

Faça isso por duas razões que dizem respeito à sua segurança: motoristas de empresas que cobram muito barato descansam menos e dirigem como loucos e, além disso, eles fazem paradas para pegar e deixar passageiros fora das estações de ônibus, o que aumenta o risco de assaltos e emboscadas.

Quando for comprar sua passagem, verifique em quais cidades o ônibus faz paradas, assim você poderá comprar um bilhete direto para o destino que deseja.

Evite viajar de ônibus nos grandes feriados – natal e ano-novo, por exemplo – para não pegar veículos lotados. Se não tiver outra escolha, não se esqueça de comprar a passagem com bastante antecedência.

De carro

Brasileiros podem viajar de carro usando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas ela deve ser apresentada juntamente com um documento de identificação, que pode ser a carteira de identidade, desde que tenha sido emitida há menos de dez anos e esteja em bom estado de conservação, ou o passaporte.

É necessário, também, apresentar o documento original do veículo.

Para transitar pelas rodovias e cidades colombianas, é obrigatória a contratação do seguro automotivo – chamado de Carta Verde e também identificado pela sigla SOAT.

Na verdade, o seguro é obrigatório em todos os países do Mercosul.

→ Carta Verde: como comprar o seguro obrigatório

Ele cobre acidentes ocorridos exclusivamente fora do Brasil, e a assistência e o pagamento são feitos no próprio país, através de uma seguradora conveniada. Como ele cobre apenas o prejuízo de terceiros, o SOAT não substitui o seu seguro convencional.

Algumas empresas que oferecem a Carta Verde são a MapfreHDI SegurosLiberty SegurosPorto Seguro  e Sul América.

ENTENDA O SOAT

O seguro automotivo é obrigatório para residentes e visitantes. Para quem mora na Colômbia, ele é cobrado anualmente, como acontece no Brasil. Para turistas, ele pode ser comprado pelo período de, no máximo, um ano. Se você for parado pelos policiais e não tiver o seguro, poderá ser multado e tero carro apreendido.

O seguro cobre, principalmente, o tratamento de vítimas em acidentes de trânsito. A cobertura e os valores das apólices são estabelecidos por lei e variam para cada tipo de veículo. Os preços também são controlados pelo governo colombiano, e a comercialização é feita por empresas de seguro.

As principais rodovias da cidade e da região estão em ótimo estado, mas é importante saber que mais de 12 mil dos 106 mil quilômetros de estradas ainda estão sem pavimentação, o que pode causar transtornos na época das chuvas.

As condições das rodovias colombianas – chamadas de carreteras – são excelentes, mas você deve entender que, à medida que se distancia dos grandes centros, as estradas podem ficar mais precárias.

Para consultar o estado das rodovias federais, você pode acessar invias.gov.co. No site, você também vai encontrar o mapa com as principais rodovias, como vê abaixo.

Quando há alguma interrupção nas rodovias – chamada por eles de pico-placa –, a espera pode durar horas. Essas paralisações acontecem com mais frequência entre os meses de novembro e fevereiro, quando as chuvas são mais frequentes.

Mapa das rodovias colombianas

O limite de velocidade permitido na Colômbia é bastante semelhando aos aplicados no Brasil. Em áreas residenciais, a máxima permitida é de 30 km/h, nas regiões urbanas o limite é de 60 km/h e nas rodovias você pode atingir até 80 km/h.

Os principais pontos de entrada para quem vem à Colômbia de carro são as cidades de Cúcuta, Maicao e Puerto Carreño, na fronteira com a Venezuela, e Ipiales e San Miguel, no Equador. Não há rodovias que ligam o país ao Panamá, ao Brasil e ao Peru.

Transporte público

Usar o transporte público em Bogotá é muito simples, rápido e fácil, já que a cidade tem se tornado exemplo para vários países do mundo – inclusive para o Brasil – de como vencer os desafios da mobilidade urbana.

Aqui, o Sistema Transmilênio é o equipamento indutor da expansão de Bogotá e está baseado na integração do ônibus tipo Bus Rapid Transit (BRT). Um tíquete nesse moderno sistema de transporte custa COP 1.800.

As bicicletas são muito queridas em Bogotá. A cidade tem mais de 450 quilômetros de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas integradas ao Transmilênio. É um barato.

Táxi e carros de aplicativos

Em Bogotá, todos os táxis usam taxímetro. No norte do país, é possível negociar uma tarifa com o motorista, mas isso pode sair mais caro, já que para turistas quase sempre o preço é mais salgado. De qualquer forma, não se esqueça de perguntar o valor antes de embarcar e verifique se o taxista ligou o taxímetro assim que a corrida começar.

Nos aeroportos é mais seguro pedir um táxi nos escritórios oficiais, assim você também saberá o preço com antecedência. Sem dúvida, um táxi do lado de fora será mais barato, mas também mais arriscado.

Aplicativos como Uber funcionam muito bem.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. O prazo máximo de permanência no país é de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Você pode viajar com o passaporte, que tenha validade de seis meses, ou com a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

Dinheiro

A moeda local é o peso colombiano, identificado pela sigla COP. Para sua viagem, leve dólares e troque nas casas de câmbio.

Vacinas

A vacinação contra febre amarela é obrigatória. Veja como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

Informações sobre covid-19

As autoridades colombianas revogaram todas as restrições sanitárias implementadas durante a pandemia. No entanto, todos os viajantes ainda precisam preencher o CheckMig.

Formulário CheckMig

O CheckMig é um formulário online que serve como uma declaração de saúde obrigatória para qualquer pessoa que deseja viajar para a Colômbia. Ele deve ser preenchido tanto para entrada quanto na saída do país.

O formulário deve ser preenchida dentro de um período de 72 horas a 1h antes de atravessar a fronteira colombiana, a partir do site Migración Colombia.

→ Como preencher o CheckMig

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem o seguro viagem não é uma boa ideia.  Ainda que você esteja com a saúde em dia, é bom saber que terá atendimento médico e hospitalar na hora que mais precisar.

Além disso, o preço do seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele também garante que você estará amparado em situações como cancelamento da viagem, extravio de bagagem e muitas outras.

→ PLANOS MAIS INDICADOS

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

O plano TRAVEL ASSIST 30 AM. LATINA +COVID-19 tem cobertura médica e hospitalar de até USD 30.000 e um custo-benefício muito bom: ele é um dos preferidos dos viajantes.

GTA 9 SLIM AMÉR. LATINA é um dos seguros mais baratos, mas ele só tem USD 9.600 de despesas médicas e hospitalares.

O meu preferido é o AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA), que é super completo e tem cobertura de assistência médica e hospitalar de até USD 35.000.

Veja mais sobre a Colômbia

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Colômbia.

SOBRE O AUTOR

COMENTÁRIOS

4 respostas

  1. Sabe dizer como chegar em Bogota de Onibus saindo do Brazil ? Qual seria a cidade da minha partida ? Sp ou Rj ? E qual empresa de Onibus eu ia conseguir os Tickets ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5