Onde comer em San Andrés

4

Atualizado em 17 de julho de 2018

Esta pequena ilha colombiana, cercada pelo mar azul do Caribe, além de lhe reservar belezas naturais de tirar o fôlego, garante uma boa experiência gastronômica. E, justamente por isso, eu preparei algumas dicas para você escolher onde e o que comer em San Andrés.

Reserve já o seu hotel em San Andrés e garanta os melhores preços.

A cidade não é queridinha de muitos viajantes à toa: além de muito barata, a ilha é um imenso duty free, onde pagar impostos não está no vocabulário. Mas não se prenda apenas às compras, veja também: O que fazer em San Andrés.

Onde comer em San Andrés

Em San Andrés, há vários restaurantes especializados em frutos do mar, assim como barracas que vendem comida típica. O Restaurante-Bar La Pergola, que funciona no San Luis Village Hotel, oferece o melhor da cozinha do Caribe e é um lugar ideal para experimentar a boa comida de San Andrés.

Entretanto, para quem busca opções para comer sem gastar uma pequena fortuna, há vários restaurantes mais simples, com um bom tempero. No El Parquedero, por exemplo, eu paguei COP 8.500 por um almoço que inclui uma sopinha de verduras para a entrada, um farto prato principal com frango frito ou ensopado, arroz, banana frita e salada, e tem ainda um refresco. O restaurante serve refeições o dia inteiro, e é ideal para quem chega dos passeios com muita fome.

Onde comer em San Andrés

A refeição baratinha e saborosa do El Parquedero.

O restaurante El Paraiso fica um pouco mais afastado do Centro, no caminho de La Piscinita, uma área de banho que você deve conhecer quando fizer o passeio de carro pela ilha. Esse restaurante serve pratos típicos e variados a preços satisfatórios. Aqui, o mais encantador é a vista que você tem para o mar.

Comidas típicas

O rondón é um dos pratos mais típicos da ilha de San Andrés. Historicamente, esse tipo de ensopado é preparado pelos homens e leva peixe, marisco, banana verde, leite de coco, mandioca, pimenta e pimentão. Tradicionalmente, esse prato é cozido ao ar livre, em um fogo alimentado com folhas de coqueiro e cascas de coco.

No dia a dia, o prato mais consumido é o peixe frito, servido com arroz de coco, salada e plátanos – bananas – fritos. É comum encontrar mulheres vendendo doces tradicionais – como as cocadas – nas praias e esquinas da cidade. Outras especialidades da ilha são as empanadas de cangrejo e a torta de plátano.

Veja todos os posts de San Andrés

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

4 Comentários

  1. Avatar

    Bom dia! Amei achar sua página com tantas dicas preciosas! Penso em conhecer San Andres esse novo ano e por aqui estou tendo uma base dos gastos. Poderia me informar, por alto, quanto se levaria para 5 dias, em casal? Vi seu post sobre os gastos, porém se puder, gostaria de uma dica de quanto levar em mãos para passeios e alimentação.

    • Altier Moulin

      Oi, Marcela.

      Eu não consigo dizer quanto uma pessoa deve levar em uma viagem, porque isso varia muito de pessoa pra pessoa.
      O que faço é publicar os preços e cada um faz seu orçamento.

      Espero ter ajudado.

      Um abraço.

Escreva um comentário