10 pontos turísticos do Egito: dicas de lugares para você conhecer

Atualizado em 22 de outubro de 2022 – 7 min de leitura
10 pontos turísticos do Egito

Foto: David McEachan

Qualquer viagem ao país dos faraós não será completa se você não conhecer os 10 pontos turísticos do Egito mais visitados por viajantes do mundo todo. A maioria deles faz parte do período histórico mais importante do país, entre os anos de 3200 a.C a 32 a.c.

O Antigo Egito foi uma das civilizações mais importantes para a humanidade. Com suas construções faraônicas, invenções e métodos usadas em diversas áreas até os dias atuais, os egípcios deram um novo rumo para a História.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

10 pontos turísticos do Egito

As atrações turísticas dessa lista têm foco nas maravilhas do Antigo Egito e estão concentradas na região do Cairo, a capital do país, em Abu Simbel, Luxor Aswan.

Se você quiser dar uma esticada por áreas mais modernas, duas cidades interessantes são Alexandria, que fica na costa do Mar Mediterrâneo, e Sharm al Sheik, balneário que é excepcional para quem quer curtir belas praias e mergulhar em uma das áreas mais lindas do Mar Vermelho.

Agora, vamos à lista dos 10 pontos turísticos do Egito mais procurados pelos viajantes.

1. Pirâmides de Gizé

A nossa lista não poderia começar de outra forma. Pode parecer clichê, mas quem chega ao Egito quer mesmo é visitar as pirâmides. E, diferentemente do que muita gente imagina, elas não estão abandonadas no meio do deserto, longe de tudo e de todos.

10 pontos turísticos do Egito

Foto: Dave Ang

O conjunto formado por essas imponentes obras fica na cidade de Gizé, a apenas 28 quilômetros do Cairo. É a única das Sete Maravilhas do Mundo que sobreviveu ao tempo, às guerras e às catástrofes naturais. Justamente por isso, é dele todo o mérito pela atenção dos turistas que visitam o Egito.

As pirâmides têm cerca de 2,3 milhões de blocos de pedra e cada um pesa em torno de 2,5 toneladas. Com 146 metros de altura, a pirâmide de Queóps é a maior do Egito.

2. Templo de Karnak

Uma das maravilhas do Antigo Egito é o Templo de Karnak, o maior de todo o país, com uma área de 2.400 metros quadrados.

O Templo fica na cidade de Luxor, a quase 700 quilômetros ao sul do Cairo. Luxor é a cidade onde as pesquisas arqueológicas foram mais produtivas, revelando ao mundo dezenas de monumentos da antiga civilização egípcia.

10 pontos turísticos do Egito

Foto: Alex Azabache

Com um tamanho que supera todos os outros templos do país, sua construção demorou quase dois mil anos e, ainda assim, não foi totalmente concluída, segundo estimam estudiosos.

A restauração do Templo de Karnak começou no início no século 18 e até hoje não foi concluída: as buscas no local nunca cessaram e, de tempos em tempos, uma nova descoberta ou uma nova interpretação sobre o templo surge no meio desses empoeirados tijolos.

3. Templos de Abu Simbel

Os templos de Abu Simbel ficam no sul do país, já na divisa com o Sudão e estão entre os pontos turísticos do Egito que eu acho mais interessantes. Eles foram construídos por ordem do faraó Ramsés II, em homenagem a si mesmo e à sua esposa preferida, Nefertari.

Só que, no final da década de 1950, uma decisão do governo egípcio de iniciar a construção de uma grande barragem, que inundaria o vale onde estavam os templos de Abu Simbel, gerou grande preocupação internacional.

10 pontos turísticos do Egito

Foto: Alberto Capparell

Para evitar uma catástrofe histórica, os templos foram transferidos do seu lugar original para uma parte mais segura. Atualmente, eles estão distantes das águas do Lago Nasser – que são cheias de crocodilos –, numa montanha artificial, a cerca de 200 metros acima da posição original.

Para concluir essa gigantesca tarefa, o Egito contou com a ajuda de vários países que se solidarizaram com a causa. Como agradecimento pela mãozinha, o governo presenteou esses países com relíquias de sua antiguidade.

4. Museus do Egito

Atualmente, há pelo menos dois incríveis museus sobre os achados do Antigo Egito que você deve visitar.

O mais clássico é o Museu Egípcio do Cairo (MCE), que fica nos arredores da praça Tarhir, no Centro da cidade. Ele funciona em um prédio do período neoclássico, que foi construído para receber as relíquias encontradas e estudadas por arqueólogos em todo o território nacional.

10 pontos turísticos do Egito

Fotos: Spencer Davis

Ele funciona desde 1902 e tem um acervo de mais de 100 mil peças do Antigo Egito, entre elas, esfinges, múmias e a máscara mortuária do faraó Tutancâmon.

Já o novíssimo Museu Nacional de Civilização Egípcia(NMCE) foi inaugurado em 2021 para contar a História da civilização egípcia desde a pré-história até os dias atuais.

Para acomodar o acervo de 50 mil peças, foi preciso construir uma área imensa, com 135 mil metros quadrados. O novo museu já é um dos mais concorridos pontos turísticos do Egito.

5. Templo de Hatshepsut

Durante todo o período do Antigo Egito, não foram raros os registros de mulheres que alcançaram o poder, e uma das histórias mais interessantes que eu conheci quando visitei o país tem a ver com a dona do Templo de Hatshepsut.

Hatshepsut foi uma das mulheres mais poderosas da civilização egípcia, muito mais do que as famosas Cleópatra e Nefertiti.

Foto: Michiel Ton

A história conta que a esperteza dessa rainha a fez memorável e digna de reconhecimento: filha de faraó, a jovem Hatshepsut se casou com seu irmão, o primeiro na linha sucessória: ela tinha apenas 14 anos. Naquela época, era comum o casamento entre membros da família real, já que apenas os filhos da mesma linhagem poderiam assumir o trono.

O reinado de Hatshepsut foi conhecido por um período de paz e de grande estabilidade econômica. As viagens e expedições da rainha pelos países da Ásia e do Mar Vermelho também aumentaram sua fama: toda a área em frente ao Templo de Hatshepsut era um imenso jardim com espécies da fauna e da flora de diferentes lugares.

6. Pirâmides de Saqqara

O conjunto de templos e pirâmides de Saqqara, na cidade de Gizé, talvez seja a primeira experiência dos egípcios na construção de monumentos desse tipo. Só para ter uma ideia, muito antes da construção das pirâmides de Gizé, as estruturas de Saqqara já eram consideradas inspiração para todo o país pela grandiosidade e pela técnica utilizada.

10 pontos turísticos do Egito

foto: Hala Ezzat

Apesar de sua fama atual, esse conjunto arquitetônico do Antigo Egito esteve coberto por areia até a metade do século 20. E, na verdade, a pirâmide de Djoser não é exatamente uma pirâmide: ela foi construída, na primeira fase, em três andares. Depois, foram acrescentados mais dois, atingindo a altura de sessenta metros.

A pirâmide de degraus, como também é conhecida, é misteriosa. A data de sua construção é desconhecida e em seus subterrâneos únicos e misteriosos, nunca foi encontrada uma múmia.

7. Rio Nilo

É impossível ignorar a importância do rio Nilo no período do Antigo Egito e, obviamente, também nos dias atuais. Um dos maiores rios do mundo, foi em suas margens que surgiram as primeiras civilização que habitaram o Egito.

10 pontos turísticos do Egito

Foto: Oziel Gomez

O rio que traz vida para as terras áridas do país é, também, um grande atrativo turístico. Navegar por suas águas em embarcações tradicionais – conhecidas como felucas – e até mesmo fazer um cruzeiro pelo Nilo é uma experiência incrível.

A rota mais comum dos cruzeiros é entre Luxor e Aswan, duas cidades históricas cheias de achados do Antigo Egito.

8. Templo de Luxor

O Templo de Luxor fica na margem leste do rio Nilo, na cidade de Luxor. Considerado uma obra-prima de Ramsés II, a imagem do faraó está espalhada por todos os cantos: logo na entrada estão quatro estátuas do imperador, sendo que uma foi danificada restando apenas a cabeça.

Descoberto enterrado nas areias do deserto do Saara em 1884, as escavações e buscas arqueológicas do Templo de Luxor só foram concluídas 1960.

Os resultados dessas muitas pesquisas mostram que ele resistiu a vários períodos históricos, e que a sua construção só foi concluída já no período muçulmano. Por isso, dentro do Templo de Luxor funciona uma mesquita que foi construída nas próprias ruínas do templo, fato único em todo o país.

9. Grande Esfinge de Gizé

A Grande Esfinge de Gizé – um dos mais icônicos pontos turísticos do Egito – é a mais famosa do Egito e fica na área das pirâmides. Foi o faraó Quéfren quem mandou construir a segunda pirâmide de Gizé e a esfinge.

Toda esculpida em um único bloco de pedra, a Grande Esfinge de Gizé ainda é objeto de muitas investigações, que acabam não tendo muita concordância entre elas. O que se sabe é que o monumento superou batalhas, foi coberta por areia e que, desde 1925, está de volta ao complexo.

Apesar de seus 57 metros de altura, a Esfinge parece minúscula perto da imponente pirâmide de Quéops, que tem altura equivalente à de um prédio de 50 andares.

10. Vale dos Reis e tumba de Tutancamôn

O Vale dos Reis é um imenso sítio arqueológico que compreende um conjunto de 63 tumbas. Elas foram construídas sob uma imensa montanha rochosa que tem o cume em forma de pirâmide, e foi justamente por causa desse detalhe que ela foi escolhida para ser a morada eterna dos poderosos imperadores egípcios.

Debaixo do solo árido do deserto, estão escondidos os retos mortais de dezenas de faraós e importantes figuras da antiguidade egípcia. Eles descansaram em paz até que as escavações começassem no final do século 18 e não parassem mais – sem contar que muitas tumbas já tinham sido violada por ladrões caçadores de tesouros egípcios.

No Vale dos Reis foi encontrada a mais famosa múmia do antigo Egito: a tumba de Tutancâmon.

Descoberta em 1922 por Howard Carter, além do corpo do jovem faraó que assumiu o trono ainda na adolescência e morreu aos 19 anos, também estavam parte de seu tesouro. Isso inclui sua preciosa máscara mortuária moldada em ouro, cravejada por pedras semipreciosas e adornada de vidro colorido.

Ela pode ser vista no Museu Nacional do Egito, no Museu Egípcio do Cairo, um dos principais pontos turísticos do Egito.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar no país e o prazo máximo de permanência é de 90 dias.

Documentos

É exigido passaporte com validade de pelo menos seis meses da data de chegada e 30 dias da data de saída.

Dinheiro

O rand (ZAR) é a moeda local. Para sua viagem, leve dólares ou euros e troque nas casas de câmbio.

Vacinas

A vacinação contra febre amarela é obrigatória. Veja como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

Informações sobre covid-19

Todos os viajantes internacionais que chegam à África do Sul devem observar as seguintes instruções:

  1. Estar vacinados contra a covid-19 e apresentar um certificado de vacinação válido veja como emitir o comprovante nacional e internacional; ou
  2. Apresentar um certificado válido de teste RT-PCR negativo, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde, que tenha sido obtido até 72 horas antes da data de partida; ou
  3. Apresentar um certificado válido de um teste de antígeno (teste rápido) negativo realizado por um médico, autoridade de saúde pública registrada ou laboratório credenciado e que tenha sido obtido até 48 horas antes da data de partida; ou
  4. Apresentar um certificado válido de um teste RT-PCR positivo, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde, para uma data de teste inferior a 90 dias antes da data de chegada e mais de dez dias antes da data de chegada, juntamente com uma carta assinada de um profissional de saúde, registrado no país de origem, declarando que a pessoa se recuperou totalmente da covid-19, não apresenta novos sintomas e está apta a viajar.

Se o viajante não cumprir a regulamentação, ele poderá ser submetido a teste de antígeno (teste rápido) no momento da chegada. Mesmo que o viajante teste positivo, ele será admitido no país, mas, se estiver apresentando sintomas, deverá fazer quarentena obrigatória de dez dias após a chegada.

Essas regras não se aplicam a crianças e adolescentes menores de 12 anos.

O governo sul-africano passou a reconhecer todas as provas de vacinação verificáveis ​​com QR-Code, em papel ou eletrônicos, em 27 de maio de 2022.

Os detalhes no certificado devem corresponder às informações do viajante conforme aparecem no passaporte.

Seguro viagem

Nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem –, mesmo que ele não seja obrigatório.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas da África do Sul

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da África do Sul.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

2 Comentários

  1. Henrique Lugon

    Incrível!
    Já favoritei esse post para minha viagem do ano que vem. Finalmente vou pro Egito hahahaha
    Vlw

    Responder
    • Altier Moulin

      Que maravilha, Henrique.
      Tenho várias ótimas dicas no blog.
      Um abraço!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seguros Promo