Quanto custa viajar para o Egito: entenda os preços e planeje sua viagem

112

Atualizado em 14 de junho de 2022

Quanto custa viajar para o Egito

Eu estou certo de que, em algum momento de sua vida, já passou por sua cabeça conhecer a terra dos faraós. Mas, você sabe quanto custa viajar para o Egito?

Mundo de segredos milenares e berço de uma das civilizações mais importantes do planeta, o Egito tem tesouros arqueológicos como o conjunto de pirâmides de Gizé, única das Sete Maravilhas do mundo antigo que ainda está de pé.

→ Dinheiro no Egito

No interior, os templos de Luxor e Abu Simbel são imperdíveis em qualquer roteiro, sem falar ainda das badaladas Sharm el-Sheikh e Alexandria.

No país, a principal porta de entrada é a capital, Cairo, com sua vida agitada, seu trânsito caótico e uma cultura para lá de fascinante.

Quanto custa viajar para o Egito

Hoje, anos depois da Primavera Árabe, a cidade ainda respira os ares de uma reconstrução lenta e desordenada. Mesmo assim, visitar o Cairo será uma experiência única.

Então, se você está planejando viajar para o Egito, essas informações são uma verdadeira mão na roda.

Quanto custa viajar para o Egito

Todos os custos essenciais para sua viagem estão detalhados para que você monte seu roteiro sabendo quanto deve gastar no Cairo.

DINHEIRO NO EGITO
A moeda do Egito é a libra egípcia, identificada pelas siglas EGP ou LE e pelo símbolo £, o mesmo da libra britânica. Cada libra equivale a 100 piastras, que são como os centavos no Brasil.

As notas são de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200 libras. As moedas, de 5, 10, 20, 25 e 50 piastras e 1 libra. Quando estive no Egito, era muito difícil saber o valor de cada nota, já que todos dados estavam em árabe – inclusive os numerais. Atualmente, as moedas têm informações em árabe e inglês, o que facilitou muito a nossa vida.

Os preços locais estão identificados com a moeda do país, a libra egípcia, descrita pela sigla EGP.

TRANSPORTE

Como você sabe, um dos itens mais pesados para quem quer viajar para o Egito é a passagem aérea.

Avião

Em uma busca rápida encontrei passagens por cerca de USD 880, saindo do Aeroporto de Guarulhos (GRU) com destino ao Cairo. Infelizmente, as promoções para o Egito não são tão frequentes, então não há muito para onde correr.

O jeito é pagar caro ou usar aquelas milhas que estão aí mofando em sua conta.

Quanto custa viajar para o Egito

A principal companhia aérea do país é a Egyptian Air, que infelizmente não voa para o Brasil.

Quando estive no Egito, encontrei voos domésticos bem baratos comprando com antecedência. Então, se o seu tempo for curto, reserve uma grana a mais para voar de uma cidade para a outra.

Táxi e Uber

No Cairo, o meio de transporte mais rápido e eficiente é o táxi, mas é importante saber se o motorista fala outra língua que não seja o árabe. Uma boa opção é sempre solicitar um táxi no hotel.

Uma corrida do aeroporto até o Centro custa em torno de EGP 60. O mesmo preço é cobrado para uma viagem até as grandes pirâmides de Guiza. Se quiser calcular outras rotas, o site Taxi Fare Finder dá uma estimativa de custo bastante real.

O Uber também funciona no Cairo, mas as corridas são, normalmente, mais caras. A viagem do Centro ao Aeroporto sai por cerca de EGP 100.

Metrô

A capital do Egito é servida por três linhas de metrô que cobrem, atualmente, 77 quilômetros ligando o Cairo aos seus arredores. A linha 3, de cor verde, está sendo ampliada para chegar ao aeroporto.

Um tíquete avulso para até nove estações custa EGP 5. Você pode ver atualizações no site oficial do Metro do Cairo.

Ônibus

O Cairo tem um complexo sistema de ônibus e micro-ônibus que ligam a cidade de cabo a rabo. São diversas linhas com preços que variam de EGP 2 a EGP 5.

Usar o transporte público é relativamente seguro, já que o número de furtos e assaltos a turistas no país é baixíssimo.

Entretanto, qualquer turista que entrar em uma condução lotada por nativos será muito observado e encarado, algo semelhante ao que acontece nas ruas.

HOSPEDAGEM

A hospedagem é o segundo item que mais pesa no nosso orçamento de quem quer viajar para o Egito, e se você escolher o hotel errado essa conta pode ficar ainda maior.

Reservar um hotel que esteja mais perto das atrações que deseja visitar ou perto de uma estação de metrô, por exemplo, é ideal para economizar com transporte.

O Centro do Cairo ainda é uma região bastante procurada por turistas. Nele estão a Praça Tahrir e o Museu do Cairo.

Quanto custa viajar para o Egito

As famosas pirâmides ficam a poucos minutos de táxi. Nessa região, a tarifa dos hotéis varia entre USD 30 e USD 150, dependendo do tipo de acomodação.

Na Garden City, região à beira do Rio Nilo, estão os resorts famosos, ideais para quem pode e quer curtir a cidade com mais conforto. Dê uma olhada na lista de hotéis do Cairo, compare os preços e leia as avaliações. Depois de tirar suas dúvidas, faça a reserva.

ALIMENTAÇÃO

Comer no Cairo é uma aventura e tanto. Nem sempre os cardápios estão traduzidos para outros idiomas além do árabe, então decidir o que comer nessas horas é um pouco aflitivo.

Na região dos hotéis, é mais fácil encontrar lanchonetes e restaurantes com cardápio bilíngue.

Um café da manhã na cidade do Cairo varia entre EGP 10 e EGP 23. No almoço, você vai pagar entre EGP 20 e EGP 90. Na hora do jantar, os valores sobem para EGP 40 e EGP 120. Lembre-se que para esses preços considerei um perfil econômico, mais moderado, sem muitas extravagâncias.

Um Big Mac no Cairo custa EGP 16,93. Anote isso, pois um fast food poderá salvar sua vida no país.

PASSEIOS

Se você é um tipo de viajante mais independente, pode se dar bem e economizar algumas libras nos passeios, evitando comprar os pacotes vendidos por agências de turismo meio fajutas que veem no turista uma presa fácil.

Se não tiver outra escolha, negocie o preço e ele vai cair bastantes. Independentemente de sua escolha, jamais se esqueça que não dar gorjeta no Egito é um gesto de ofensa. Então, se alguém lhe prestou um serviço – seja ele qual for –, pague um pouco a mais.

A principal atração da região são as pirâmides de Gizé, como já falei, um táxi do Centro para cá custa algo em torno de EGP 60. A entrada na área das pirâmides custa EGP 160, e para visitar o interior da pirâmide maior você paga EGP 200.

Quanto custa viajar para o Egito

O passeio a cavalo pelas pirâmides custa EGP 250, para duas horas de cavalgada com guia, e uma volta rápida de camelo pode custar até EGP 450, por cerca de 30 minutos.

Uma visita ao Museu do Cairo custa EGP 200. Para fotografar – sem flash – é preciso pagar uma taxa de EGP 50. Se for fazer vídeos, é cobrada mais mais uma taxa de  EGP 300.

A entrada para o complexo de Saqqara, onde estão as primeiras tentativas de construir uma pirâmide, e para o complexo de Mênfis, área também reconhecida como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, custa EGP 180.

Se for seguir para o interior do país, uma viagem no trem turístico até Luxor custa USD 80, em cabine dupla, e USD 120, em cabine privativa. As duas opções incluem jantar e café da manhã.

Você pode consultar os detalhes no site da ERNST.

CRUZEIRO NO NILO

A grande maioria dos viajantes independentes que planeja sua própria viagem para o Egito se esbarra em uma questão: vale a pena fazer um cruzeiro no Rio Nilo?

Como você pode imaginar, esta é uma escolha que, de fato, depende do estilo de cada um, mas eu reuni algumas informações que podem ajudar na decisão. E o melhor é que você vai ver que é muito mais fácil fazer as reserva do que, talvez, você estivesse pensando.

É que, hoje, dá para fazer a reserva do cruzeiro como se fosse a de um hotel. A gente escolhe a data, a cabine e pronto. E ainda tem a possibilidade de cancelar sem pagar taxas extras. Não é uma maravilha?

A primeira coisa que você precisa saber sobre os navios é que eles seguem basicamente o mesmo padrão. Então, esqueça aquela ideia de navios enormes, com milhares de pessoas e infinitos ambientes e opções de entretenimento.

O grande ponto positivo de fazer um cruzeiro é ter a comodidade de ter tudo à disposição durante a viagem: cama boa, restaurante com várias opções, piscina e um certo sossego que algumas cidades não têm.

Outra coisa que é comum a todos os navios é que eles funcionam no sistema all inclusive. Isso significa que as refeições – café da manhã, almoço e jantar – e as bebidas estão incluídos no preço.

O roteiro mais conhecido é entre Luxor e Aswan e os pacotes são de três, quatro ou sete noites. Dependendo da cabine e do navio que escolher, você vai pagar entre R$ 2.900 e 16.000.

VISTO

Brasileiros podem solicitar o visto antes de viajar para o Egito ou no aeroporto, quando chegar ao país. As taxas para o visto variam e todo o processo eu explico com detalhes em: Como solicitar o visto para o Egito.

Quanto custa viajar para o Egito

Agora que você está com todas as informações necessárias e já sabe quanto custa viajar para o Egito, você pode planejar sua viagem e montar o seu orçamento.

Na tabela abaixo eu organizo os principais gastos, lembrando que a cotação da moeda egípcia é a da data de publicação deste post, e que os preços levaram em conta um estilo econômico de viagem, mas sem chances para perrengues.

Para consultar o câmbio atualizado, é só acessar a página do Banco Central.

 

EGP

REAL

HOSPEDAGEM
Hostel no Centro

USD 30

150

Hotel no Garden City

USD 150

750

ALIMENTAÇÃO
Café da manhã

10

3,20

Almoço

20

6,40

Jantar

40

12,50

TRANSPORTE
Táxi até o Centro

60

20

Tíquete de Metrô

5

1,60

Passagem de ônibus

5

1,60

ATRAÇÕES TURÍSTICAS
Pirâmides de Guiza

360

115

Museu do Cairo

200

65

Pirâmides de Saqqara e Mênfis

180

60

Viagem até Luxor

USD 80

400

Cruzeiro no Rio Nilo (Luxor-Aswan – 4 noites)

 entre R$ 2.900 e 5.000

RECOMENDAÇÕES DE VIAGEM - COVID-19

Devido à pandemia de covid-19, novas medidas de saúde e segurança foram adotadas. Elas são importantes para evitar o contágio, protegendo você, quem trabalha diretamente com o turismo e as comunidades locais.

Então, antes de viajar, verifique quais as medidas protetivas  estão sendo adotadas no seu destino. Alguns lugares exigem o comprovante de vacinação contra covid-19, o uso de máscara e até seguro viagem.

Veja algumas medidas adotadas:

  • Álcool gel disponível nos quartos e nas áreas comuns dos hotéis;
  • Uso obrigatório de máscaras nas áreas comuns;
  • Respeito às regras de distanciamento social;
  • Uso de produtos de limpeza eficazes contra o coronavírus;
  • Café da manhã pode ser servido no quarto;
  • Restrição de horários e de capacidade de público em museus e eventos.
INFORMAÇÕES BÁSICAS
Visto | Brasileiros precisam de visto, mas o pedido pode ser feito na chegada ao Egito.
Documentos | É necessário apresentar o passaporte e o seguro viagem é obrigatório.
Dinheiro| A moeda local é a libra egípcia (EGP). Você pode levar euros ou dólares e fazer o câmbio no país: veja como usar seu dinheiro no Egito.
Vacinas | A vacina contra covid-19 não é obrigatória (veja abaixo), mas é necessário estar vacinado contra febre amarela: veja como solicitar o certificado.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

De acordo com as informações da Autoridade de Turismo do Egito, antes de viajar para o país, você precisa estar preparado para apresentar os seguintes comprovantes:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido para todos os viajantes, vacinados ou não – faça uma cotação do seguro viagem.
  2. Certificado de vacinação que tenha um QR Code válido – veja como solicitar o certificado internacional de vacinação contra covid;
  3. Resultado negativo do teste RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72 horas antes da partida do seu voo para o Egito – exigido de viajantes que não estiverem com o esquema vacinal completo;
  4. Formulário de declaração de saúde fornecido pela companhia aérea ou no aeroporto de chegada.

Testes de detecção de covid-19 estão disponíveis em nos aeroportos internacionais do Egito e custam, em média, USD 30, o RT-PCR.

As vacinas recebidas devem ser aprovadas pelo Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Autoridade de Medicamentos do Egito, e você deve ter recebido a segunda dose para vacinas que requerem duas doses (Moderna, AstraZeneca, Sputnik V, Sinovac e Sinopharm) ou a primeira dose para vacinas que requerem apenas uma dose (Johnson & Johnson e Sputnik light) pelo menos 14 dias antes de entrar no Egito.

Todos os viajantes estão sujeitos a exames de saúde na chegada, como verificações de temperatura e avaliação visual. Outros testes de saúde podem ser necessários para aqueles que apresentam sintomas gripais.

SEGURO VIAGEM

Devido à pandemia de covid-19,  o Egito tornou o seguro de viagem um requisito para todos os visitantes internacionais.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

Os dados da apólice do seguro viagem serão necessários para preencher o formulário de declaração de saúde, exigido para entrar no país.

Não há requisitos mínimos de cobertura para o seguro de viagem, exceto que a duração da cobertura seja equivalente ao período que você planeja ficar no país.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas do Egito

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas do Egito.