Dinheiro no Egito: entenda as taxas e veja como fazer câmbio e saques

25

Atualizado em 1 de fevereiro de 2022

Quem não sonha conhecer a terra dos faraós e ver de perto as pirâmides? Só que para planejar sua viagem, você precisa entender como funciona o dinheiro no Egito.

Para começar, eu sempre digo que a melhor forma de se planejar como gastar seu dinheiro em uma viagem, é levando um pouco de cada forma. Ou seja, dinheiro em espécie, cartão de débito e crédito.

Mesmo que não vá utilizar todos elas, na hora de uma emergência, isso pode ser muito útil.

Moeda do Egito

A moeda do Egito é a libra egípcia, identificada pelas siglas EGP ou LE e pelo símbolo £, o mesmo da libra britânica. Cada libra equivale a 100 piastras, que são como os centavos aqui no Brasil.

As notas são de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200 libras. As moedas, de 5, 10, 20, 25 e 50 piastras e 1 libra.

Quando estive no Egito, era muito difícil saber o valor de cada nota, já que todos dados estavam em árabe – inclusive os numerais. Atualmente, as moedas têm informações em árabe e inglês, o que facilitou muito a nossa vida.

Dinheiro no Egito: câmbio, taxas e saques

Como trocar seu dinheiro

Não é possível encontrar libra egípcia nas casas de câmbio do Brasil. Então, você deve levar dólar e fazer a conversão assim que chegar ao Egito. O real não é aceito nas casas de câmbio de lá.

A melhor escolha são as casas de câmbio legalizadas, como as que funcionam dentro dos hotéis, ou os bancos. Mesmo que sejam mais caras, elas são mais seguras. Trocar seu dinheiro no Egito com qualquer pessoa na rua pode ser desvantajoso e perigoso.

Outra coisa que você deve saber é que, no dia a dia, nem sempre você conseguirá fazer pagamentos com cartão de crédito ou débito, a não ser em lojas e hotéis maiores.

A entrada para todos os museus e locais históricos deve ser feita na moeda nacional, pois o dólar, por exemplo, não é aceito. Então, sempre ande com um trocado no bolso para agilizar sua vida.

Dinheiro no Egito: câmbio, taxas e saques

Além disso, os egípcios amam uma gorjeta e você, praticamente, se sentirá coagido a dar algumas libras a mais por um serviço prestado. No táxi, no hotel, na lavanderia e até mesmo o seu guia vai lhe pedir claramente que você contribua com algo além do que você normalmente pagaria. Em alguns casos, a recusa poderá causar constrangimentos.

Fique esperto com um golpe muito comum aplicado por vendedores ambulantes: eles falam o preço em libra, e quando você vai pagar, dizem que é libra esterlina, utilizada no Reino Unido e muito mais cara. Então, recuse e pague com EGP mesmo.

Saques em caixas eletrônicos

É muito fácil sacar dinheiro no Egito. As principais cidades têm caixas eletrônicos nas ruas e nos comércios. Em sua maioria, esses equipamentos funcionam 24 horas e têm opção para o idioma inglês.

Você poderá sacar EGP diretamente de sua conta corrente usando seu cartão de débito. Para fazer isso, você precisará autorizar o uso de seu cartão no exterior e pagará o IOF de 6,38%.

Desde 2013, todos os gastos feitos com cartão no exterior têm o acréscimo do IOF, independentemente da forma como você gasta: crédito, débito ou pré-pago. A menor taxação é para a moeda em espécie, que é de 1,1%.

Taxas

Na hora de sacar seu dinheiro no Egito, é importante ficar atento às mensagens que aparecem na tela. Isso porque alguns bancos cobram taxas para saques em cartões de outros países. Então, só confirme a transação depois de conferir se outros bancos não oferecem isenção da cobrança, como os que fazem parte da Global ATM Alliance.

Os gastos feitos com cartão de crédito no exterior são convertidos para o dólar turismo – na maioria dos cartões –. E, depois, reconvertidos para o real no dia do fechamento de sua fatura. É isso que pode fazer a sua conta dobrar caso haja uma forte variação no preço do dólar.

Dinheiro no Egito: câmbio, taxas e saques

Dinheiro no Egito

Na chegada ao país, se estiver transportando um montante igual ou superior a USD 10.000, ou o equivalente em outras moedas, você deverá informar isso. Se não declarar a entrada da moeda estrangeira ou fizer declarações falsas, incompletas ou equivocadas, as autoridades poderão reter os valores e impor sanções cambiais.

O Egito não é um país caro, se comparado com outros do Oriente Médio. Se quiser fazer as contas, você deve ler: Quanto custa viajar para o Egito.

INFORMAÇÕES BÁSICAS
Visto | Brasileiros precisam de visto, mas o pedido pode ser feito na chegada ao Egito.
Documentos | É necessário apresentar o passaporte e o seguro viagem é obrigatório.
Dinheiro| A moeda local é a libra egípcia (EGP). Você pode levar euros ou dólares e fazer o câmbio no país: veja como usar seu dinheiro no Egito.
Vacinas | A vacina contra covid-19 não é obrigatória (veja abaixo), mas é necessário estar vacinado contra febre amarela: veja como solicitar o certificado.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

De acordo com as informações da Autoridade de Turismo do Egito, antes de viajar para o país, você precisa estar preparado para apresentar os seguintes comprovantes:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido para todos os viajantes, vacinados ou não – faça uma cotação do seguro viagem.
  2. Certificado de vacinação que tenha um QR Code válido – veja como solicitar o certificado internacional de vacinação contra covid;
  3. Resultado negativo do teste RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72 horas antes da partida do seu voo para o Egito – exigido de viajantes que não estiverem com o esquema vacinal completo;
  4. Formulário de declaração de saúde fornecido pela companhia aérea ou no aeroporto de chegada.

Testes de detecção de covid-19 estão disponíveis em nos aeroportos internacionais do Egito e custam, em média, USD 30, o RT-PCR.

As vacinas recebidas devem ser aprovadas pelo Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Autoridade de Medicamentos do Egito, e você deve ter recebido a segunda dose para vacinas que requerem duas doses (Moderna, AstraZeneca, Sputnik V, Sinovac e Sinopharm) ou a primeira dose para vacinas que requerem apenas uma dose (Johnson & Johnson e Sputnik light) pelo menos 14 dias antes de entrar no Egito.

Todos os viajantes estão sujeitos a exames de saúde na chegada, como verificações de temperatura e avaliação visual. Outros testes de saúde podem ser necessários para aqueles que apresentam sintomas gripais.

SEGURO VIAGEM

Devido à pandemia de covid-19,  o Egito tornou o seguro de viagem um requisito para todos os visitantes internacionais.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

Os dados da apólice do seguro viagem serão necessários para preencher o formulário de declaração de saúde, exigido para entrar no país.

Não há requisitos mínimos de cobertura para o seguro de viagem, exceto que a duração da cobertura seja equivalente ao período que você planeja ficar no país.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas do Egito

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas do Egito.