Como visitar as pirâmides do Egito: quanto custa, como chegar e o que ver

Atualizado em 13 de outubro de 2022 – 5 min de leitura

Como visitar as pirâmides do Egito

Pode parecer clichê, mas quem chega ao Cairo quer mesmo é visitar as pirâmides do Egito. E, diferentemente do que muita gente imagina, elas não estão abandonadas no meio do deserto, longe de tudo e de todos.

O conjunto formado por essas imponentes obras fica na cidade de Guiza, a apenas 28 quilômetros do Cairo. É a única das Sete Maravilhas do Mundo que sobreviveu ao tempo, às guerras e às catástrofes naturais. Justamente por isso, é dele todo o mérito pela atenção dos turistas que visitam o Egito.

Nesta região, está um aglomerado de nove pirâmides – sendo seis bem menores – e vários cemitérios. Todos mal sinalizados e pouco visitados pela maioria dos turistas. Então, se sua ideia é ir além dos lugares comuns, venha preparado com um mapa ou contrate um guia local. Embora você não vá se perder por aqui, é sempre bom estar bem informado para ganhar tempo.

Mas o que você não vai poder evitar é aquela sensação de dormência que toma conta do nosso corpo e mente quando chegamos aos pés de algo assim tão grandioso.

As pirâmides têm cerca de 2,3 milhões de blocos de pedra e cada um pesa em torno de 2,5 toneladas. Com 146 metros de altura, a pirâmide de Queóps é a maior do Egito.

Como visitar as pirâmides do Egito

Ao visitar as pirâmides do Egito é inevitável pensar como aquela montanha de pedras foi colocada ali. Alguns historiadores – baseados em registros populares – defendem que as pirâmides tenham sido edificadas por escravos.

Porém, há estudiosos que alegam que elas foram feitas por egípcios livres, que não tinham muita oferta de trabalho nos meses de baixa do Rio Nilo. De fato, uma das poucas informação concordantes entre todos os egiptólogos é a de que as três majestosas pirâmides foram construídas para servirem como túmulos dos faraós Quéops, Quéfren e Miquerinos, todos da mesma família.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

História das Pirâmides

Foi do faraó Quéops, filho e sucessor de Seneferu, a ordem para construir a Grande Pirâmide de Gizé, um dos maiores monumentos de todos os tempos. Embora seu processo de construção ainda seja alvo de muitas dúvidas, a literatura egípcia retrata esse faraó como um impetuoso imperador.

Ele, para satisfazer seus próprios desejos, não media esforços. Arrogante e autoritário, ele teria se aproveitado do trabalho forçado das classes mais pobres da sociedade daquela época para ver seu grande sonho realizado.

Mas a tecnologia de construção utilizada nas pirâmides já vinha sendo usada no Egito há muitos séculos. Para você ter uma ideia, Seneferu, pai de Quéops, que governou o Egito durante o auge do Antigo Império, já tinha usado todo o conhecimento acumulado e iniciado uma nova técnica para construir pirâmides.

Usando mais pedras do que todos outros faraós anteriores, ele construiu um conjunto de pirâmides. Duas delas não resistiram ao tempo e desabaram.

Como visitar as pirâmides do Egito

Quéfren, também faraó da quarta dinastia, construiu a segunda pirâmide de Gizé e a Esfinge. Miquerinosfilho de Quéfren, mandou fazer a menor das três pirâmides. Esta, diferentemente das outras era revestida com o granito de Aswan, considerado muito nobre naquela época.

Já a Esfinge, toda esculpida em um único bloco de pedra, é alvo de muitas investigações sem muita concordância entre elas. O que se sabe é que já superou batalhas, foi soterrada e que, desde 1925, está de volta ao complexo. Apesar de seus 57 metros de altura, a Esfinge parece minúscula perto da imponente pirâmide de QuéopsEsta tem altura equivalente à de um prédio de 50 andares.

Como visitar as pirâmides do Egito

Então, se vocês está planejando visitar as pirâmides do Egito, o ponto turístico mais antigo no mundo, também é importante saber que escalar as pirâmides é ilegal, é crime. Mesmo que alguns guardas façam vistas grossas para isso, é bom evitar.

Policiais à paisana fazem a segurança das pirâmides e, caso você seja flagrado sobre elas, poderá ter que pagar multa de USD 150 e até mesmo ser condenado à prisão. Além disso, há casos de turistas que se feriram gravemente e outros que morreram ao cair.

Como visitar as pirâmides do Egito

Quanto custa

Para visitar as Pirâmides do Egito, estrangeiros devem pagar EGP 160. Para visitar o interior da pirâmide de Quéops, você deverá pagar mais EGP 200. Fique esperto porque são vendidos apenas 300 ingressos para essa entrada por dia. Metade às 8h e a outra metade às 13h.

A maioria dos grupos de turistas prefere fazer a visita pela manhã, então pode ser que suas chances sejam maiores à tarde. Eu não fiz esse passeio porque as informações que tinha eram de que o ambiente é bastante claustrofóbico. Além de que não há objetos nem múmias – óbvio – a serem contemplados.

Como visitar as pirâmides do Egito

O passeio a cavalo custa EGP 300 para duas horas de cavalgada com a companhia de um guia. Uma volta rápida de 30 minutos em um camelo pode custar EGP 450. A negociação tem que ser dura para conseguir jogar o preço para baixo.

Aliás, isso é uma coisa que se pratica muito no Egito. Nunca contrate um serviço pelo primeiro preço. Negocie e você pagará menos que a metade, em alguns casos.

Como visitar as pirâmides do Egito

Quando ir

Você pode visitar as pirâmides do Egito todos os dias. Mas, os horários variam de acordo com a época do ano. De abril a setembro, o funcionamento vai das 7h às 19h, e de outubro a março, das 7h às 17h.

O melhor período para visitar o Egito é de outubro a maio, quando as temperaturas não são muito agressivas. Nos outros quatro meses – junho, julho, agosto e setembro –, é verão no Egito.

As temperaturas muitas vezes podem chegar perto dos 50 graus, principalmente em Luxor, Aswan e em outras partes do sul do país. Apesar do calor, é nessa época que dá para ver o país sem aqueles milhões de turistas.

Nos feriados de fim de ano e na Páscoa, tudo fica muito mais tumultuado. Turistas europeus que chegam aqui com frequência – principalmente para fazer um cruzeiro pelo Rio Nilo.

Como chegar

Se você não se sentir confortável para visitar as pirâmides do Egito sozinho, contrate um tour na recepção do hotel ou do hostel em que estiver. Além do traslado, você pode combinar uma ida a Saqqara e a Mênfis para completar a viagem.

Assim, você tem mais uma ideia da evolução criativa dos egípcios. Mas se preferir usar o transporte público, há micro-ônibus que partem do Cairo até a entrada das pirâmides. Os ônibus 357 e 355 também fazem o trajeto até aqui, mas a viagem demora um pouco por causa do caótico trânsito da cidade. A passagem custa EGP 5.

Como visitar as pirâmides do Egito

A área onde estão as pirâmides é enorme e há algumas opções para percorrer o terreno: de charrete, de camelo, a cavalo ou a pé. Eu vi alguns poucos carros percorrendo o terreno e não tive a oportunidade de confirmar se eram passeios privados, mas não custa nada checar.

Onde ficar no Cairo

Os bairros mais indicados para ficar no Cairo, sem erro, são Zamalek, Centro e Garden City.

Quando visitei a capital do Egito, eu fiquei na parte histórica da cidade, bem perto da Praça Tahir e do Museu Egípcio do Cairo.

Esta parte é onde o coração da cidade parece bater mais forte, mas é nela, também, que a confusão é maior. De qualquer forma, não há como conhecer o Cairo sem fazer parte disso tudo.

No Zamalek e no Garden City, regiões mais nobres à beira do Rio Nilo, estão os resorts famosos, ideais para quem pode e quer curtir a cidade com mais conforto.

Você também tem a opção de ficar em um hotel com vista para as pirâmides. Só que eles ficam bem longe do Centro do Cairo e isso pode exigir muitos deslocamentos. 

Então, para resumir, há três áreas principais para ficar no Cairo:

  1. No Centro, nos arredores da Praça Tahrir;
  2. Perto do Nilo, nos bairros mais modernos;
  3. Na área das pirâmides, em Gizé.

Na lista abaixo, você encontra excelentes opções nas áreas mais interessantes da cidade, inclusive na área das pirâmides.

Bairro Centro

O Centro é a parte mais tradicional do Cairo. No bairro, ficam atrações como o famoso Museu Egípcio do Cairo e a Praça Tahrir, palco das principais manifestações politicas do país.

A tendência é que o Centro ofereça opções de hospedagens mais baratas e, também, com fácil acesso a lojas, lanchonetes, restaurantes e todos aqueles serviços que sempre precisamos.

Ficar no Centro também é bom por estar próximo das agências que fazem passeio pela cidade e, assim, a gente consegue pechinchar com maias facilidade.

O Centro é famoso, também, por seu trânsito caótico e meio sem regras, sabe?

The Square Boutique Hotel

O The Square Boutique Hotel é uma das melhores opções do Centro Histórico do Cairo e ficar nele é uma experiência no mínimo curiosa. É que ele funciona no quarto andar de um edifício velho, que parece um cortiço.

Onde ficar no Cairo

Mas, apesar do aspecto “esquisito” por fora, o hotel é muito arrumadinho, tem quartos bem resolvidos, super limpos e práticos. Outros pontos de destaque são o ótimo custo-benefício e os funcionários, que são muito prestativos.

Tahrir Plaza Suites

O Tahrir Plaza Suites – Museum View – tem uma localização excelente, próxima de pontos de ônibus, metrô e táxi e para chegar ao Museu Egípcio do Cairo é só atravessar a rua.

Onde ficar no Cairo

O café da manhã é bom e servido nos quartos. A equipe é sempre muito simpática e atenciosa e eles organizam tudo – passeios e traslados – para que você conheça o melhor do Cairo.

Steigenberger Hotel El Tahrir Cairo

O Steigenberger Hotel El Tahrir Cairo é outro que fica no Centro, e é muito elogiado pela estrutura dos quartos – conforto das camas, dos ótimos travesseiros e do chuveiro delicioso – , pelo café da manhã excelente e pelos funcionários, muito competentes, gentis e atenciosos.

Onde ficar no Cairo

O restaurante serve pratos da culinária internacional a preços bem justos, então dá para comer sem medo de ser feliz. E ainda tem uma loja do Mc Donald’s e da FKC pertinho, dá para ir a pé. É um hotel com ótimo custo-benefício para quem não quer gastar muito e, mesmo assim, ter conforto e segurança.

The Nile Ritz-Carlton

O The Nile Ritz-Carlton é um clássico – e um clássico sempre será um clássico. Imponente, com uma vista soberba para o Rio Nilo e para o Centro da cidade, ele é uma das opções mais fantástica e completas do Cairo.

Onde ficar no Cairo

Quartos amplos, super limpos –  seguindo o padrão mundial da rede – áreas comuns bem cuidadas, atendimento profissional e luxo na medida certa. É um hotel para quem quer fazer da passagem pelo Cairo uma viagem inesquecível.

Town View Hotel

O Town View Hotel tem quartos bons, bem cuidados e pode ser uma boa opção para quem quiser ficar no Centro sem gastar muito, mas vale uma observação muito importante antes de você escolher onde ficar no Cairo.

Onde ficar no Cairo

O hotel funciona em um prédio antigo, que parece estar abandonado – isso é muito comum no Cairo – e os elevadores não são os melhores. É bom avaliar suas prioridades.

Cairo Hub Hostel

O Cairo Hub Hostel tem quartos muito confortáveis, com decoração e estilos modernos – bem difícil de encontrar no Cairo. Limpeza e organização em dia, preço justo e internet boa.

O pessoal da recepção ajuda com informações, organiza passeios e isso acaba facilitando a vida de quem está viajando sozinho. É um dos melhores hostels e uma excelente opção para ficar no Cairo.

Onde ficar no Cairo

Kings Palace Hostel

O KingS Palace Hostel é um dos mais movimentados do Cairo. Ele fica no Centro, perto do metrô, do museu, da Praça Tahrir e do Nilo, então dá para fazer muita coisa a pé e usando o transporte público.

Onde ficar no Cairo

Os quartos são super bem cuidados, decorados no melhor estilo egípcio e ainda tem umas comodidades básicas, como serviço de quarto, internet livre e outras coisinhas. É perfeito para quem aproveita o máximo da cidade e precisa de boas noites de sono.

Fairmont Nile City

O Fairmont Nile City é impecável. Quartos super confortáveis, limpos, aconchegantes – a limpeza merece mesmo um grande destaque, porque eles higienizam o quarto duas vezes ao dia. Então, dá para notar que os funcionários são super cordiais e eficientes.

O café da manhã é incrível, mas não está incluso no valor da diária –  custa cerca de USD 23 e vale muito a pena. A área da piscina é excelente, de onde a gente pode ter uma vista linda da cidade, já que ela fica na cobertura. Há vários restaurantes no hotel, além dos restaurantes do shopping, que funciona no primeiro andar.

Onde ficar no Cairo

Bairro Zamalek

Os hotéis mais luxuosos do Cairo ficam em Zemalek, uma região da ilha de Gezira, que fica no meio do Nilo. A região é muito mais organizada e segura, mas, também, mais cara.

É ótima para quem quer estar no Egito, mas manter uma certa distância da vida cotidiana do país, frequentando restaurantes, bares, cafés e shoppings em estilo europeu.

É um excelente lugar para quem esta em uma viagem romântica, por exemplo.

Em outras áreas da ilha, dá para encontrar hotéis mais baratas em com ótima qualidade.

New President Hotel Zamalek

O New President Hotel Zamalek fica no Zamalek, um bairro que é uma ilha no Nilo, e tem uma estrutura compatível como preço cobrado. Os quartos são bem resolvidos e alguns tem até sala de estar e duas camas de casal, o que é ótimo para quem esta viajando em família.

Os funcionários são sempre elogiados e o restaurante do hotel tem opções que quebram um bom galho na hora da fome, mas talvez o barulho do bar possa incomodar os ouvidos mais sensíveis.

Hilton Cairo Zamalek Residences

O Hilton Cairo Zamalek Residences é super aconchegante, muito clássico e com um estilo vintage que agrada a muita gente. A arquitetura do hotel é incrível, assim como a decoração impecável. Tudo para nos proporcionar bem-estar.

A localização é perfeita, no bairro mais nobre do Cairo, perto de tudo, mas com a tranquilidade de quem precisa fugir do agito para relaxar admirando a incrível vista do Nilo. Espaçoso, com ótimo atendimento é um excelente hotel para ficar no Cairo.

Sofitel Cairo Nile El Gezirah

O Sofitel Cairo Nile El Gezirah tem uma localização maravilhosa para quem gosta de andar pelos pontos turísticos, mas ir além: da para ir ao Museu Egípcio e aos arredores da Praça Tahrir com facilidade. Para quem prefere não andar, todos esses locais ficam a uma distância muito curta do hotel de carro.

O visual do hotel também é lindo: a vista do Nilo do restaurante externo deve ser facilmente uma das mais lindas da cidade. O atendimento também é excelente e a comida é maravilhosa. É uma grande experiência para você escolher ficar no Cairo.

Cairo Marriott Hotel

O Cairo Marriott Hotel tem uma vista linda para o rio Nilo, especialmente nos andares mais altos. Isso deixa a atmosfera ainda mais atraente, porque o hotel tem uma decoração incrível, com detalhes que remetem ao Oriente Médio, deixando nossa viagem ainda mais encantadora.

O café da manhã é um verdadeiro banquete, e como o hotel é enorme, há vários restaurantes muito bons: perfeito para quem aprecia gastronomia. Um detalhe: todos os hóspedes são recebidos com mimos: bolo e doces egípcios.

Bairro Garden City

O Garden City fica pertinho do Centro, na margem do Rio Nilo. Ele é conhecido pela tranquila, sofisticação, segurança e é muito procurado por viajantes europeus e americanos.

Hoje, o Garden City é considerado um dos barro residenciais mais valorizados do Grande Cairo, ao lado de Zamalek, Maadi, Mohandessin e Heliópolis.

Intercontinental Cairo Semiramis

O InterContinental Cairo Semiramis é um bom hotel, localizado a uma curta caminhada do (atual) Museu Egípcio – entre o Garden City e o Centro. Os quartos são muito amplos, arejados e têm vista para o Rio Nilo. A equipe de funcionários é sempre muito elogiada e isso é um ponto muito positivo.

A piscina é sensacional, com boas instalações e espreguiçadeiras à vontade, e o hotel também tem uma estrutura de SPA, com massagem, sauna e jacuzzi e um restaurante muito bom. É uma boa ideia para quem quer relaxar com a melhor vista do Centro do Cairo.

Four Seasons Hotel Cairo

O Four Seasons Hotel Cairo é um cinco estrelas e isso já diz muita coisa. Atendimento espetacular, estrutura incrível, quartos que parecem uma apartamento inteiro e uma vista sublime para o Rio Nilo – ele fica no Garden City.

Além de toda grandiosidade, o hotel ainda é preocupado com os detalhes e faz questão de satisfazer as necessidades de cada hóspede como se ele fosse único – e somos, né? Os restaurantes são super premiados, ótimos para quem não quer arriscar comer na rua. É um bom investimento!

Onde ficar no Cairo

Kempinski Nile Hotel

Eu preciso dizer que o Kempinski Nile Hotel é o meu preferido dessa lista. Ele fica no Garden City, é um hotel luxuoso, mas não tem nada de arrogante. É um lugar para quem gosta de ser bem tratado: há muitas amenidades disponíveis no quarto, como chinelo, e todo final da tarde o hotel serve tâmaras recheada com castanhas nos quartos.

Onde ficar no Cairo

Isso é ótimo, mas o que conta é a estrutura e ela não deixa a desejar. Quartos muito bem decorados, claros, arejados e extremamente confortáveis. Uma piscina fantástica e uma localização ótima de fácil acesso e com uma tranquilidade que não é comum no Cairo. Ah! E não é caro.

Onde ficar no Cairo

Perto das Pirâmides

As pirâmides ficam na cidade de Gizé, que é bem mais simples do que o Cairo. O ponto positivo é que é muito mais barata, isso é fato!

Então, se você quer passar pelo menos uns dias pertinho das pirâmides, vale a pena reservar um bom hotel e apreciar uma Sete Maravilhas do Mundo.

Steigenberger Pyramids Cairo

Na categorias dos hotéis que têm vista para as Pirâmides, o Steigenberger Pyramids Cairo é um dos melhores. A piscina dá de cara para elas e a maioria dos quartos tem uma visão espetacular dessas maravilhas que nos encantam.

Os quartos são ótimos, a limpeza é criteriosa em todas as áreas do hotel e o atendimento é muito bom. A comida é gostosa, com muita variedade e, por isso tudo, vale o que cobra.

Onde ficar no Cairo

Marriott Mena House

Carregando o nome de umas das maiores redes de hotel do mundo, o Marriott Mena House é sua melhor escolha na área das pirâmides. Eu acho que ele é o que tem a melhor estrutura e com uma vista realmente privilegiada.

Onde ficar no Cairo

Como você pode imaginar, tudo é de primeira. Dos lençóis às frutas do café da manhã, do sabonete do banheiro ao atendimento na recepção. É um hotel para contratar de olhos fechados, sem medo de se decepcionar.

Faixas de preço no Cairo

Agora que você já viu as minhas opções preferidas – não só as minhas, mas as de muita gente também – é hora de dar uma olhada nos preços antes de decidir onde ficar no Cairo.



Booking.com

No mapa acima estão todas as opções de hospedagem da cidade, especialmente as do Centro.  Para saber mais, você só precisa clicar nos pins azuis e pronto. 

Encontre seu lugar no Cairo

Se você ainda não encontrou um lugar para ficar no Cairo, dê uma olhada nas opções que listei por categorias. Com certeza, uma delas vai se encaixar perfeitamente em suas necessidades.

Viagem econômica

Se você não quer gastar muito e, mesmo assim, ter uma boa experiência de hospedagem, dê uma olhada nas opções abaixo. Certamente, uma delas caberá no seu orçamento.

〉 Kings Palace Hostel
〉 Cecilia Hostel
〉 Golden Hotel Cairo
〉 City View Hotel

Viagem de mochilão

Se você topa dividir o quarto com outros viajantes para economizar uma grana com hospedagem, um hostel é o melhor lugar para você ficar no Cairo.

〉 Holy sheet Hostel
〉 Tahrir Square Hostel
〉 Madina Hostel
〉 Cairo Hub Hostel
〉 Hayat Pyramids View Hotel
〉 Pyramids hills view

Viagem em família

Quem planeja uma viagem em família – especialmente com crianças – deve ficar atento ao que o hotel oferece de entretenimento. Quartos que acomodam a família toda também podem ser interessantes. Estas são algumas opções para você ficar no Cairo:

〉 Steigenberger Hotel El Tahrir Cairo
〉 Chelay studio
〉 The St. Regis Cairo
〉 Valencia Hotel
〉 Triumph Luxury Hotel
〉 The Stay

Viagem romântica

Quem está pensando em uma viagem com mais privacidade e romantismo, pode escolher uma das opções abaixo. São hotéis mais luxuosos ideais para comemorar uma data especial

〉 Hilton Cairo Zamalek Residences
〉 Sofitel Cairo Nile El Gezirah
〉 Cairo Marriott Hotel & Omar Khayyam
〉 New President Hotel Zamalek
〉 Horus House Hotel
〉 Hotel Novotel Cairo El Borg

Viagem a trabalho

Hoje é perfeitamente possível viajar e trabalhar ao mesmo tempo. Um bom hotel, com uma localização que otimiza os deslocamentos e lhe deixa perto de tudo é essencial. Veja os da lista abaixo:
Cairo Marriott Hotel

〉 Fairmont Nile City
〉 Four Seasons Hotel Cairo at Nile Plaza
〉 The Nile Ritz-Carlton
〉 InterContinental Cairo Semiramis

Viagem gastronômica

Quem gosta de experimentar a culinária local pode se dar bem em um dos hotéis abaixo. É que eles ficam próximos do Centro e, além disso, têm restaurantes super recomendados. Você vai gostar!

〉 Cairo Marriott Hotel
〉 Four Seasons Hotel Cairo at Nile Plaza
〉 Le Meridien Cairo Airpor
〉 Ramses Hilton Hotel & Casino
〉 Dusit Thani LakeView Cairo
〉 Hilton Cairo Heliopolis Hotel
〉 The St. Regis Almasa Hotel

Viagem sustentável

Se você está planejando uma viagem sustentável, estas são a opções de hospedagem que têm iniciativas de sustentabilidade já implementadas ou em andamento.

〉 Marriott Mena House
〉 Steigenberger Pyramids Cairo
〉 Kempinski Nile Hotel
〉 Nile Villa Hotel
〉 Le Meridien Cairo Airport
〉 Khan Duidar Inn
〉 Egypt Pyramids Inn
〉 Magic Pyramids Inn
〉 Nine Pyramids View Hotel

Viagem com acessibilidade

Eu encontrei várias opções com acessibilidade para pessoas com deficiência física ou com mobilidade reduzida. Entre algumas características, posso destacar o acesso facilitado para quem usa cadeira de rodas e banheiros adaptados.

〉 Marriott Mena House
〉 Steigenberger Hotel El Tahrir Cairo
〉 Fairmont Nile City
〉 The Nile Ritz-Carlton
〉 Kempinski Nile Hotel
〉 Four Seasons Hotel Cairo at Nile Plaza
〉 Mamlouk Pyramids Hotel

Viagem com animais de estimação

Eu encontrei 454 opções de hospedagem que aceitam animais de estimação. Nelas, você pode levar seu companheiro de viagem sem se preocupar, mas eu sugiro sempre avisar no momento de confirmação da reserva.

〉 Sheraton Ocean 704
〉 Ramses Hilton Hotel & Casino
〉 City View Hotel
〉 Renaissance Cairo Mirage City Hotel
〉 Four Seasons Hotel Cairo at Nile Plaza
〉 The Nile Ritz-Carlton

Apartamentos de temporada

Se a sua busca é por mais espaço e privacidade, você pode alugar um apartamento de temporada. As melhores opções que encontrei são essas:

〉 Prime Residence New Cairo
〉 Maran Residence
〉 Midtown Penthouse With Roof
〉 Monte Cairo Serviced Apartment
〉 Ocean Blue Studios
〉 Nile Star Suites & Apartments
〉 Prime Select El Batal

Quando as diárias estão mais baratas?

Só para ter certeza de que você estará preparado para enfrentar o clima do Cairo, eu acho importante ver qual a melhor época para visitar a cidade. E, de quebra, saber quando as diárias ficam mais baratas.

É que o clima do Egito tem, na prática, tem duas estações: inverno suave, de outubro a abril, e verão quente e seco, começando em maio e terminando em setembro.

Como você pode imaginar, o calor é intenso nos meses do verão, que é no meio do ano – de junho a agosto – já que o Egito fica no Hemisfério Norte.

→ Quando ir ao Egito

O verão é considerado baixa temporada no Egito e é quando as diárias ficam mais baratas.

Então, mesmo com o aperto do calor, o período mais quente pode ser interessante para quem quer gastar menos e ainda fugir do tumulto de turistas que chegam aos montes na alta temporada – que coincide com os meses mais agradáveis, de outubro a abril.

Decidiu onde ficar no Cairo?

Agora que você já entendeu tudo sobre as melhores áreas e onde estão os hotéis mais interessantes da cidade, ficou mais fácil decidir onde ficar no Cairo, não é mesmo?

Você pode confiar nestas dicas que não tem erro: Centro, para quem quer pagar mais barato e experimentar a real o Cairo como ele é; Zamalek para quem quer luxo; Garden City para quem quer tranquilidade e segurança; Gizé, para quem quiser ficar perto das pirâmides.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros precisam de visto, mas o pedido pode ser feito na chegada ao Egito.

Documentos

É necessário apresentar o passaporte com seis meses de validade.

Dinheiro

A moeda do Egito é a libra egípcia, identificada pela sigla EGP. Você pode levar euros ou dólares e fazer o câmbio no país. Veja como usar seu dinheiro no Egito.

Vacinas

É obrigatório apresentar o Certificado de Vacinação e Profilaxia (CIVP) contra febre amarela. Veja como solicitar o certificado pela internet.

Informações sobre covid-19

De acordo com as informações da Autoridade de Turismo do Egito, antes de viajar para o país, você precisa estar preparado para apresentar os seguintes comprovantes:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido para todos os viajantes, vacinados ou não – faça uma cotação do seguro viagem.
  2. Certificado de vacinação que tenha um QR Code válido – veja como solicitar o certificado internacional de vacinação contra covid;
  3. Resultado negativo do teste RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72 horas antes da partida do seu voo para o Egito – exigido de viajantes que não estiverem com o esquema vacinal completo;
  4. Formulário de declaração de saúde fornecido pela companhia aérea ou no aeroporto de chegada.

Testes de detecção de covid-19 estão disponíveis em nos aeroportos internacionais do Egito e custam, em média, USD 30, o RT-PCR.

As vacinas recebidas devem ser aprovadas pelo Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Autoridade de Medicamentos do Egito, e você deve ter recebido a segunda dose para vacinas que requerem duas doses (Moderna, AstraZeneca, Sputnik V, Sinovac e Sinopharm) ou a primeira dose para vacinas que requerem apenas uma dose (Johnson & Johnson e Sputnik light) pelo menos 14 dias antes de entrar no Egito.

Todos os viajantes estão sujeitos a exames de saúde na chegada, como verificações de temperatura e avaliação visual. Outros testes de saúde podem ser necessários para aqueles que apresentam sintomas gripais.

RETORNO AO BRASIL

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Devido à pandemia de covid-19,  o Egito tornou o seguro de viagem um requisito para todos os visitantes internacionais.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

Os dados da apólice do seguro viagem serão necessários para preencher o formulário de declaração de saúde, exigido para entrar no país.

Não há requisitos mínimos de cobertura para o seguro de viagem, exceto que a duração da cobertura seja equivalente ao período que você planeja ficar no país.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas do Egito

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas do Egito.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

25 Comentários

  1. Dina Alves

    olá, tudo bem? amei este post e tenho muita vontade de conhecer as piramides. Voce sabe quanto se gasta numa viagem dessas? Obrigada.

    Responder
  2. SONIA VILMA DE SOUZA

    Oi, bom dia. Adorei sua matéria, sou apaixonada pelo Egito e vou no final do ano. Como vou sozinha e por conta própria, sem agência intermediando, sabe me dizer sobre a segurança, preciso de algum cuidado especial? Eu conheço a cultura deles, sou professora de História. Me refiro ao assédio que muitas vezes ouço falar. Obrigado

    Responder
  3. Sinuhe

    Olá, uma dúvida. Lá no Egito o inglês é amplamente entendido?

    Responder
    • Altier Moulin

      Sim, Sinuhe.

      Nas cidades principais, como Cairo, Luxor e Alexandria, por exemplo, você pode se comunicar em inglês.

      Um abraço.

      Responder
      • Ivete

        Boa tarde !!
        Você poderia me informar se consigo um guia que fale português para nos acompanhar nos passeios. Adorei todas as dicas foi ótimo parabéns !!

        Responder
        • Altier Moulin

          Oi, Ivete.

          Consegue, mas teria que ver com uma agência, pois eu não sei lhe indicar quem faça esse serviço.
          Se deixar para ver o guia quando chegar às pirâmide, a chande de encontrar é bem pequena.
          Inglês ou espanhol são bem mais fáceis.

          Um abraço.

          Responder
  4. luiz

    Bom dia. Estou projetando uma viagem para outubro/2017 para o Cairo. Depois ir para Amã e entrar em Israel. Em qtos dias dá para conhecer as piramides? Obrigado e parabens pelo seu blog.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Luiz.

      O passeio das pirâmides geralmente é feito em um dia.

      Um abraço.

      Responder
      • Andréa

        Oii!! Altier, achei por acaso seu blog! Estou indo pro egito! Vc acha que nao daria pra fazer meio periodo nas piramides? Meu marido tbm quer entrar em uma! E é o sonho dele conhecer elas! Nao quer ir correndo! Melhor deixar o dia todo nesse passeio entao?

        Responder
        • Altier Moulin

          Oi, Andréa.

          Sim, dá pra fazer em uma manhã.
          Não acho que existam ‘tantas coisas’ pra ver assim que vá lhe tomar um dia.
          Dá pra fazer tudo em metade.

          Um abraço.

          Responder
  5. Thais Oliveira de Moura

    Obrigada pelas dicas! Estou programando minha viagem para o ano que vem, e com certeza ter lido isso vai me ajudar bastante! Amo o Egito e sei que será inesquecível!!

    Responder
  6. Jarbas

    Muito bom !
    Seria bom seu blog no facebook.

    Responder
  7. William Evangelista

    Altier, ótima dicas!
    Mas você sabe dizer se a visitação aos parques arqueológicos também acontecem nos finais de semana nesse mesmo horário citado? Qual foi a época que você foi e qual temperatura fazia em média?
    Tenho planos para o Egito no início de março de 2017 e já quero me programar.
    Abraços.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi William,

      Eu fui em janeiro, no inverno. A temperatura durante o dia era quente, mas agradável. Durante a noite fazia frio.
      Como eu explico nos posts, dá pra visitar os sítios arqueológicos todos os dias do ano nos horários especificados. 😉

      Um abraço.

      Responder
  8. LEO ROSA

    Muito feliz em ler seu blog! To no egito e vou fazer meus passeios seguindo suas dicas! Toppp! Valeu! Sem querer querendo vi seu blog e percebi que te conhecia atraves de um amigo, Rafael de Uberaba, rs eu estava na casa dele quando voces planejavam uma viagem juntos! Rsrs abraço Altier

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Leo,

      Me lembro que Rafael comentou mesmo sobre você. Aproveite o Egito porque você sentirá saudades. 🙂

      Um abraço.

      Responder
  9. Elizeu Reis de Andrade

    Altier, bom dia, somos gaúchos e estou programando um cruzeiro por esta região Dubai X Europa ou vice versa, sabes me dizer se é possível visitar as pirâmides através de cruzeiro, os navios atracam em alguma cidade próxima, já fizemos muitos cruzeiros e sabemos como tudo funciona, mas nunca consegui informação sobre e por isto nunca fomos para esta região.
    Suas dicas são muito interessantes e vou leva-las junto. Se puderes responder agradeço a gentileza.
    Grande abraço.
    Elizeu

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi ELizeu,

      Antes de tudo, você precisa saber se o cruzeiro vai até o Egito, principalmente ao Cairo. Depois, procure saber quanto tempo você terá na cidade. A maioria dos cruzeiros para em Alexandria, que é bem distante do Cairo.

      Um abraço.

      Responder
  10. Vitor Linhareas

    Nossa que legal, eu tenho um sonho que poder conhecer as piramides do Egito, espero um dia poder realizar.

    Mas eu não sabia que tinha gente que subia, ou tentam subir nas piramides, hehehe é cada doido.

    Responder
    • Altier Moulin

      Pois é, Vitor. Tem cada louco nesse mundo…
      Se programe para conhecer as pirâmides, porque é uma viagem irada demais.

      Um abraço.

      Responder
    • Janaina

      Olá !
      Com relação a roupas , as mulheres precisam estar de calça e braços cobertos ? Vou em julho e fiquei preocupada com o calor …
      Obrigada !

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Saqqara, Pirâmides de Guizá e Mênfis são visitas obrigatórias! – Por Sabrina Saraiva – Uneworld Viagens e Turismo – Blog by Fabian Saraiva - […] o roteiro pelos sítios arqueológicos ao redor do Cairo, chega a hora de visitar Mênfis e as pirâmides de Guiza e […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seguros Promo