Como visitar os templos de Abu Simbel: todas as dicas para planejar sua viagem

28

Atualizado em 4 de setembro de 2021

Como visitar os templos de Abu Simbel

Uma viagem ao Egito nunca estará completa se você não colocar no roteiro uma ida ao sul do país para visitar os templos de Abu Simbel.

Mas, para conseguir isso, é preciso ficar atento a algumas regras e se planejar bem para aproveitar seu tempo – e seu dinheiro.

Então, dê uma olhada no que eu vou explicar com detalhes:

  • Abu Simbel fica no extremo sul do Egito;
  • Os templos foram mudados de lugar. Você sabia disso?
  • A viagem de ônibus é feita em comboio por medida de segurança;
  • A cidade base para essa visita é Aswan, que não é muito atraente;
  • O melhor período para ir a Abu Sumbel é de outubro a abril;
  • Quanto vai gastar e como chegar – está tudo detalhado.

Sobre os templos de Abu Simbel

O deserto do Saara é o maior e mais quente do mundo, onde as temperaturas marcam facilmente 50 graus. Ainda assim, milhares de turistas viajam até a região para visitar os templos de Abu Simbel, já na divisa do Egito com o Sudão.

Esses dois templos foram construídos por ordem do faraó Ramsés II, em homenagem a si mesmo e à sua esposa preferida, Nefertari.

Só que, no final da década de 1950, uma decisão do governo egípcio de iniciar a construção de uma grande barragem, que inundaria o vale onde estavam os templos de Abu Simbel, gerou grande preocupação internacional.

Como visitar os templos de Abu Simbel

Para evitar uma catástrofe histórica,  os templos foram transferidos do seu lugar original  para uma parte mais segura.

Atualmente, eles estão distantes das águas do Lago Nasser – que são cheias de crocodilos –, numa montanha artificial, a cerca de 200 metros acima da posição original.

Para concluir essa gigantesca tarefa, o Egito contou com a ajuda de vários países que se solidarizaram com a causa. Como agradecimento pela mãozinha, o governo presenteou esses países com relíquias de sua antiguidade.

Como visitar os templos de Abu Simbel

Por isso, também, que a gente vê tantos itens dos Antigo Egito espalhados pelos museus do mundo. Quer alguns exemplos?

O santuário de Pedesi e Pithor de Dandur foi reconstruído em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e o Templo de Debod, em Madri, na Espanha.

Da mesma forma, a cabeça colossal de Akhenaton, está no Museu do Louvre, na França, e um sarcófago em madeira foi parar no Museu Nacional de Belas Artes de Havana, em Cuba.

A desafiadora viagem pelo deserto

A viagem até os templos de Abu Simbel começa na pequena cidade de Aswan, nas margens do Rio Nilo.

Calma e muito mal cuidada, ela não é a melhor em infraestrutura do país: as ruas são esburacadas e empoeiradas, o transporte e o serviço de alimentação pecam na qualidade.

→ Reserve seu hotel em Aswan

Até Abu Simbel, são quase quatro horas de viagem. Exatamente 280 quilômetros cortando o deserto do Saara.

O templos são realmente muito impressionantes. Os detalhes, as expressões das estátuas e a imponência de suas fachadas, que chegam a 33 metros de altura, são, mesmo, coisa de faraó.

Como visitar os templos de Abu Simbel

Entretanto, apesar da beleza exterior, os templos são pequenos do lado de dentro –  onde era proibido fotografar até recentemente.  Na escuridão quase absoluta, as pinturas e as enormes esculturas se destacam.

Visitar os templos de Abu Simbel é uma verdadeira jornada, mas cada segundo diante dessa maravilha compensa todo esforço empenhado e todo dinheiro gasto.

O complexo de templos de Abu Simbel é reconhecido como Patrimônio da Humanidade e, sem dúvida,  um dos lugares dos quais me orgulho por ter conhecido e eu tenho certeza de que você pensará o mesmo.

Como visitar os templos de Abu Simbel

Agora, você deve estar cheio de dúvidas, querendo saber o  passo a passo para organizar sua viagem.  Então, dê uma olhada nos detalhes práticos para visitar os templo de Abu Simbel.

Quanto custa

A entrada nos templos de Abu Simbel custa, atualmente, EGP 255 e estudantes pagam EGP 133.

Para fotografar o interior dos templos é cobrada uma taxa de EGP 300 – por câmera – e, se for usar um tripé, será preciso desembolsar mais EGP 20.

Para ajudar a montar o seu orçamento, você pode ver quanto custa viajar para o Egito.

Quando ir

O  melhor período para visitar o Egito é de outubro a abril,  quando as temperaturas não são muito agressivas.

Nos feriados de fim de ano e na Páscoa, tudo fica muito mais tumultuado por causa dos turistas europeus que chegam com frequência – principalmente para fazer um cruzeiro pelo Rio Nilo.

→ Quando ir ao Egito

Nos meses de junho, julho e agosto é verão no Egito e as temperaturas, muitas vezes, podem chegar perto dos 50 graus, principalmente em Luxor, Aswan e em outras partes do sul do país, como Abu Simbel.

Apesar do calor, é nessa época que dá para ver o país sem aqueles milhões de turistas. Dá para visitar os templos de Abu Simbel todos os dias do ano, das 6h às 17h.

Como chegar

Para visitar Abu Simbel, você pode fazer uma viagem de um dia saindo de Aswan ou voando entre o Cairo e Aswan. Na verdade, as opções mais viáveis são estas:

  • Voar direto do Cairo para Abu Simbel;
  • Voar de Aswam  para Abu Simbel;
  • Viajar de ônibus de Aswan para Abu Simbel.

Aswan é considerada a cidade base pela maioria dos viajantes independentes. Ela fica a 950 quilômetros da capital e não é muito atraente, mas o que faz ela ser viável é o custo da viagem.

Voos do Cairo para Abu Simbel podem ter o mesmo preço de uma viagem internacional. Provavelmente, isso acontece porque a EgyptAir é a única companhia que voa para Abu Simbel.

Então, para que você possa se planejar melhor, eu vou explicar todas as opções com detalhes.

AVIÃO

Primeiro, você precisa saber que não há voos direto do Brasil para o Egito. Isso significa que será preciso fazer parada em outro país – conexões com países europeus são mais comuns.

As principais companhias aéreas são a EgyptAir, KLM, British Airways, Lufthansa e Air France, mas você também encontra trechos feitos por empresas árabes, como Qatar e Emirates.

Depois de chegar ao Cairo, você pode seguir até o Aeroporto de Aswan-Daraw (ASW), que é um dos mais importantes do país, ou ir direto para o Aeroporto de Abu Simbel (ABS).

No desembarque, em Abu Simbel, você vai encontrar muitos táxis que fazem corrida até os templos. Você vai precisar de, pelo menos, um dia para fazer tudo isso e, normalmente, as passagens são vendidas ida e volta.

Por isso, você precisa cronometrar o tempo para não fazer tudo correndo.

Como visitar os templos de Abu Simbel

TREM

Também dá para chegar a Aswan de trem, como eu mostro em: Como é o trem para Luxor e Aswan.

A viagem pela ferrovia é super tradicional e eu diria que é uma experiência essencial para quem quer conhecer as muitas faces do Egito. Então, se você tiver tempo ou se não conseguir uma passagem aérea com bom preço, saiba que esta opção é super viável.

Depois de chegar a Aswan, você também pode voar para o Aeroporto de Abu Simbel (ABS).

MICRO-ÔNIBUS

De Aswan, partem micro-ônibus que levam, diariamente, centenas de turistas para visitar Abu Simbel. Foi esta opção que eu escolhi.

Como a viagem é feita em comboio – medida adotada pelo governo depois dos atentados terroristas de 1997 –, é necessário acordar bem cedo, por volta das três da manhã, para aguardar que a polícia autorize – e acompanhe – a viagem.

Só há uma empresa que opera essa linha e  a forma mais fácil de conseguir uma passagem é na recepção do hotel, que geralmente cobra em torno de EGP 200.

Se conseguir fazer a reserva diretamente no escritório da Amr Tours, o preço cai para EGP 160. Você pode tirar dúvidas pelo WhatsApp (+2) 012 841 33330.

A volta de Abu Simbel para Aswan é, no máximo, às 16h.

ÔNIBUS

Outra opção é usar o ônibus público. Ele sai da estação rodoviária de Aswan às 7h e você consegue chegar a Abu Simbel por volta das 11h. A passagem custa cerca de EGP 50, mas o grande problema é que a volta é cedo, por volta das 14h.

Isso significa que você terá que fazer a visita correndo ou pernoitar na cidade – o que eu não acho necessário. Se preferir, pode voltar em um táxi compartilhado, que custa cerca de EGP 70.

CARRO PRIVATIVO

Se quiser viajar com mais privacidade, controlando melhor o tempo, você pode contratar um traslado particular.

A mesma empresa que faz a viagem nos micro-ônibus, a Amr Tours, tem esse serviço. O preço ficam em torno de EGP 1.500 e você pode combinar os detalhes pelo WhatsApp (+2) 012 841 33330.

CRUZEIRO

Quando estava em Abu Simbel, vi que muitos turistas chegaram de navio. Se você gosta de tranquilidade e não se importa em visitar os lugares em pouco tempo, essa pode ser uma boa opção.

Há várias empresas que fazem roteiros por aqui. Você pode dar uma olhada neste site.

Onde ficar em Aswan

Apesar de não ser a melhor cidade do Egito – esta é a minha humilde opinião – Aswan tem hotéis grandes, com extrema qualidade e conforto. A maioria tem vista para o Rio Nilo e isso é um ponto muito positivo.

Mas, claro, há hotéis mais econômicos com boa localização e serviços super bem avaliados, como eu mostro a partir de agora.

HAPI HOTEL

O Hapi Hotel tem uma localização excelente: a uma quadra do Rio Nilo, perto da estação de trem e de lojas, restaurantes e mercados. Isso é um ponto muito positivo para quem não vai passar muitos dias na cidade e precisa otimizar o tempo.

O hotel é pequeno, mas bem cuidado. Os quartos não são grandes, mas confortáveis. As áreas comuns estão sempre muito limpas e bem cuidadas. É uma boa opção para quem quer gastar pouco, ter conforto e mobilidade. O preço da diária é algo em torno de EGP 450.

CITYMAX HOTEL ASWAM

O Citymax Hotel Aswan é uma opção intermediária. De frente para o Nilo, também em uma área muito boa. Ele é perfeito para quem vai passar mais dias na cidade, porque tem uma piscina muito boa e até um parquinho aquático para as crianças.

Os quartos seguem um estilo semelhante aos das redes internacionais, com padrão de limpeza e cuidado bem satisfatório. Vale o preço e é certeza de tranquilidade para quem precisa de uns dias de sossego. Há  diárias a partir de EGP 1.000.

MÖVENPICK RESORT ASWAM

Subindo o padrão, tem o Mövenpick Resort Aswan um resort grandão que fica em uma olha no meio do Rio Nilo. É um hotel bem exclusivo, com conforto e atendimento de primeira classe. Se você quer esbanjar e ter dias dignos de faraó, é um excelente lugar.

Os quartos são espaços e muito bem decorados com aquele toque especial do mundo árabe. Áreas comuns arejadas, com dezenas de opções de entretenimento, incluindo uma piscina gigante. É um alugar perfeito para casais em uma viagem especial. A diária custa cerca de EGP 1.500.

SOFITEL LEGEND OLD CATARACT

Também na categoria superior, o Sofitel Legend Old Cataract é outro grandão que nos conquista com sua excelente infraestrutura e qualidade. Se estiver em busca de um lugar com privacidade, segurança e conforto para passar alguns dias na cidade, e este o hotel.

Ele é um dos mais procurados em Aswan, principalmente por quem quer fazer tudo com calma: como a cidade está na rota dos cruzeiro pelo Rio Nilo, muita gente escolhe esticar a vida de mordomia ficando uns dias a mais para conhecer Abu Simbel com calma. As diárias custam a partir de EGP 2.300.

Se quiser ver outras opções de hospedagem, você pode consultar o mapa abaixo. Nele estão todos os hotéis de Aswan. Para ter mais informações, basta clicar sobre os pins azuis.



Booking.com

INFORMAÇÕES BÁSICAS
Visto | Brasileiros precisam de visto, mas o pedido pode ser feito na chegada ao Egito.
Documentos | É necessário apresentar o passaporte e o seguro viagem.
Dinheiro| A moeda local é a libra egípcia (EGP), leve euros e veja como suar seu dinheiro no Egito.
Vacinas | É obrigatório estar vacinado contra febre amarela, veja como solicitar o certificado.

SEGURO VIAGEM

Nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem –, mesmo que ele não seja obrigatório.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais dicas do Egito

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas do Egito.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

28 Comentários

  1. Abu Simbel é grande? Pois estou pensando em usar desta opção de ônibus público. Sou do tipo que gosto de ver, tirar fotos do lugar e sair. Então meu problema tá justamente em saber quão rápido teria de ser esse “rápido” pra dar tempo de chegar lá e voltar com essa 1h e meia. Apesar de que a outra opção, que seria os micros, chegaria lá umas 7h e voltariam às 16h? 9h acho que seria muito pra alguém que quer só dar uma olhada (mas quer ver tudo) do local, né?

  2. Paulo Calheiro da Silveira on

    Altier Moulin,

    Muito obrigado pelas orientações sinceras, vamos para o pais em novembro de 2017, e essas informações sobre o cotidiano do pais são muito importantes para que possamos entender um pouquinho de como é o povo e a cultura egipicia. Grato e um abraço;

  3. Boa tarde! Seu relato de viagem é o mais completo e legal que encontrei, parabéns! Quanto tempo preciso para fazer a visita já dentro do sítio? 1 hora dá pra aproveitar bem ou preciso de mais tempo? Obrigada.

    • Uma hora é o mínimo, Diandra.

      Dentro dos templos, não há muito o que se ver, mas aproveite para apreciar os detalhes.

      Um abraço.

  4. Boa noite

    Poderia me dizer como chegar até Abu Simbel (agências, transportes)?

    Estou indo para lá sozinho e estou com dificuldades de conseguir algum contato e achei um pouco caro pela viator (em torno de 200 $)

    Obrigado …

    • Oi Matheus,

      Eu tive esta mesma dificuldade. A melhor opção que encontrei foi comprar o transporte já em Aswan, cidade que é o ponto de partida para Abu Simbel. Lá, nos hoteis é fácil encontrar transporte em vans no estilo bate e volta, indo pela manhã e retornando à tarde.

      Um abraço.

  5. Fernanda Barquette on

    Altier, boa tarde!

    Adorei suas dicas sobre o Egito, estou de viagem marcada para maio/2015.
    Vou utilizar suas dicas.
    Você tem algumas dicas sobre Dubai?
    Obrigada,

    Fernanda Barquette

  6. Bom dia Altier,

    Parabens pela materia, alem de super interessante, esses fatos e detalhes curiosos, levam a ter mais vontade de conhecer alem da História do Egito, as tradições e costumes. Minha próxima parada já tem nome: Egito. Muito obrigada!

Escreva um comentário