Roteiro de viagem para o Egito

20

Atualizado em 9 de setembro de 2017

O Egito é uma terra cheia de mistérios e tesouros arqueológicos que encantam a todo mundo. Por isso mesmo, o país está na lista de desejo de qualquer viajante que eu conheço. Mas nem sempre é fácil escolher o que visitar e ver no país dos faraós. Então, eu detalhei o roteiro da minha viagem para o Egito para que você se inspire e faça a sua programação.

Antes, preciso dizer que esse roteiro tem como foco as principais cidades egípcias que exibem as mais significantes heranças do Antigo Egito, no tempo em que as dinastias que comandavam essas terras construíam monumentos, templos e cidades inteiras para demonstrar poder e soberania.

Em sua viagem para o Egito, eu estimo que dez dias sejam suficientes para você ter uma visão geral do país. Assim, exploraremos a região do Cairo, a capital do país, e desceremos pelo emblemático Rio Nilo até Abu Simbel, passando por Luxor e Aswan. Como sempre, os dias de chegada e de saída não serão considerados no nosso roteiro.

Roteiro de viagem para o Egito

O mais tradicional de uma viagem para o Egito.

Se você tiver mais tempo e quiser dar uma esticada por outras áreas, duas cidades interessantes são Alexandria, que fica na costa do Mar Mediterrâneo, e Sharm al Sheik, balneário que é excepcional para quem quer curtir belas praias e mergulhar em uma das áreas mais lindas do Mar Vermelho.

Roteiro de Viagem para o Egito

Sua porta de chegada ao Egito será o Aeroporto Internacional do Cairo (CAI), que fica a 22 quilômetros do centro. Mas o acesso é fácil mesmo com o terrível tráfego da metrópole egípcia.

Para entrar no país, brasileiros precisam de visto e, embora algumas pessoas consigam a autorização na chegada ao aeroporto, a orientação da Embaixada do Egito no Brasil é para que o pedido seja feito aqui, antes da partida. Eu explico todo esse processo em: Como solicitar o visto para o Egito.

Cumprida essa formalidade, você deve começar a planejar seus dias na capital egípcia.

Desde as primeiras manifestações da Primavera Árabe, o Cairo tem alternado momentos de tranquilidade e de alvoroço, já que a situação política do país está longe de ser resolvida. Então, você deve saber que vai encontrar um país – especialmente a capital – muito mais agitada do que o normal.

Roteiro de viagem para o Egito

Serviços básicos, como limpeza das ruas, estão prejudicados.

Cairo: três dias

Em seu primeiro dia no Cairo, eu sugiro que você dê uma volta pelo centro. Observe a movimentação das ruas, o trânsito caótico, o jeito como as pessoas se vestem e se relacionam. Um bom lugar para fazer isso é nos arredores da Praça Tahrir, principal ponto de encontro da cidade e palco das mais severas manifestações políticas.

Aqui pertinho, fica o Museu Nacional do Cairo. Visitá-lo é uma grande oportunidade para você conhecer melhor a milenar história desse país, de seu povo e do legado que deixou para o resto do mundo. A seção das múmias é imperdível, especialmente a incrível máscara mortuária de Tutancâmon. Mas, quando vier ao museu, não tenha pressa.

Depois dessa primeira experiência, vá conhecer o lado religioso do Cairo. No Egito, a maioria da população é muçulmana, mas poucos são os lugares onde as regras mais severas são aplicadas.

Roteiro de viagem para o Egito

Fachada do Museu Nacional do Cairo.

Na capital, você verá mulheres usando a burca, que cobre todo o corpo e o rosto, o hijab, aquele tradicional véu, ou simplesmente uma calça jeans e uma blusa cobrindo os ombros e joelhos. Geralmente, mulheres de classes sociais mais altas têm um comportamento mais ocidental, mas isso não significa que não professem a fé em Alá.

Para conhecer melhor a realidade religiosa do país, visite uma das muitas mesquitas da cidade. Eu, particularmente, acho lindo quando, nas primeiras horas da manhã, as orações transmitidas por alto-falantes ecoam por toda a cidade. Isso nos faz mergulhar ainda mais na cultura do país, e você não deve deixar isso de lado.

Os cristãos são minoria no país. Chamados de cópticos, aparentemente eles vivem em paz, sendo que há uma área do Cairo onde se concentram. Então, aproveite para conhecer esse lado da cidade e visite o bairro cóptico do Cairo.

Para completar sua imersão na cultura egípcia, experimente o que há de melhor na culinária do país. Eu provei alguns pratos exóticos e bastante saborosos e, por isso, indico que você faça o mesmo. Especialmente para quem gosta de comida árabe, é um prato cheio. Se quiser saber mais leia: Costumes e comidas do Egito.

Roteiro de viagem para o Egito

Um dos pratos que provei no Egito.

Eu conto outros segredos da capital egípcia em: O que ver e fazer no Cairo. Antes de escolher o seu hotel na cidade, leia: Onde se hospedar no Cairo.

Pirâmides de Guiza

Em seu segundo dia no Cairo, vá conhecer as majestosas pirâmides. O conjunto formado por essas imponentes obras fica na cidade de Guiza, a apenas 28 quilômetros do Cairo. As pirâmides são as únicas das Sete Maravilhas do Mundo que sobreviveram ao tempo, às guerras e às catástrofes naturais. Justamente por isso, é delas todo o mérito pela atenção dos turistas que visitam o Egito.

Eu explico todos os detalhes desse passeio em: Como visitar as pirâmides do Egito.

Roteiro de viagem para o Egito

As pirâmides de Guiza certamente estarão em seu roteiro de viagem para o Egito.

No caminho, aproveite para dar uma parada no Museu do Papiro. Esse é um programa bem turístico, mas, já que você está no Egito, aproveite para conhecer a história dessa invenção que revolucionou o mundo.

Saqqara e Mênfis

Essas duas cidades são importantíssimas para a história do Egito, e você pode conhecê-las em seu terceiro dia no Cairo. Como elas ficam nos arredores da metrópole, dá para fazer um bate-volta e conhecer as duas em uma só tarde. Sem pressa, você pode destinar um dia inteiro para conhecer cada cantinho das primeiras pirâmides construídas em Saqqara.

Roteiro de viagem para o Egito

A pirâmide de Saqqara.

Em Mênfis, a principal atração é o que restou do Templo de Ptah, o mais famoso da cidade. Ptah era adorado como o deus criador e, segundo a crença dos antepassados, todos os homens teriam surgido do desejo de seu coração manifestado por meio de sua voz.

Roteiro de viagem para o Egito

Ruínas do Templo de Ptah.

Antes de o dia escurecer, dê uma passada na Torre do Cairo para ver a cidade do alto. Aqui, na margem do Rio Nilo, observe o colorido do céu e assista às luzes da cidade se acenderem. Aproveite para jantar ou tomar um café no restaurante que funciona no topo dessa torre, enquanto diz até logo para a capital do Egito.

Roteiro de viagem para o Egito

O Rio Nilo e a Torre do Cairo ao fundo.

Luxor: dois dias

Seguindo viagem pelas cidades do nosso roteiro, tome o trem que desce em direção a Luxor. Essa é, até o momento, a cidade onde mais tesouros arqueológicos foram encontrados em todo o país. Para saber como chegar aqui de uma forma barata e segura, leia: O trem para Luxor e Aswan.

Em dois dias, você poderá visitar os templos de Karnak, de Luxor e de Hatshepsut, e também conhecer o Vale dos Reis, onde estão dezenas de túmulos de faraós e outras autoridades do Antigo Egito – incluindo o túmulo de Tutancâmon –, além do Vale das Rainhas. Todos esses passeios estão detalhadamente explicados aqui.

Roteiro de viagem para o Egito

Detalhe do Templo de Karnak.

Mas o passeio que eu realmente indico é fazer o sobrevoo de balão. Essa foi uma das experiências mais lindas que já tive em uma viagem: ver o sol nascer sobre o deserto do Saara, com as mais preciosas relíquias da história egípcia aos seus pés é realmente um privilégio.

Roteiro de viagem para o Egito

O voo de balão em Luxor.

Se você quiser saber mais sobre esse passeio, leia: Um inesquecível passeio de balão no Egito.

Aswan: dois dias

Avançando um pouco mais para o sul do país, siga em direção a Aswan, uma cidade pequena e pouco cuidada construída na margem do Rio Nilo. O grande atrativo dessa cidade, na verdade, não fica exatamente em seu território: Aswan é o ponto de partida para quem quer visitar os templos de Abu Simbel.

Então, já que você terá um pouco de tempo livre antes de partir para conhecer os templos, aproveite para explorar a cidade. Caminhando à beira-rio, você verá como é o cotidiano do interior do país e, também, como os preços são mais camaradas.

Eu aproveitei para visitar uma feirinha dessas que vendem de tudo e passei em algumas lojas de roupa. O preço era tão bom que até eu, que não sou consumista, comprei algumas coisas.

Roteiro de viagem para o Egito

Vista da beira-rio de Aswan.

Abu Simbel: um dia

Os templos de Abu Simbel carregam uma história incrível. Além dos fatos históricos que envolvem sua construção, por volta de 1280 a.C., esses dois santuários seriam completamente submersos pela represa construída pelo governo egípcio nessa área.

Graças a uma mobilização comandada pelas Nações Unidas, os templos foram removidos de seu local original e reconstruídos em uma montanha artificial, alguns quilômetros mais distantes da água. Por isso tudo, esse lugar deve estar no seu roteiro de viagem para o Egito.

Roteiro de viagem para o Egito

A entrada de um dos templos de Abu Simbel.

Por tudo isso, fazer uma viagem para o Egito é uma dádiva, uma experiência incrível e, talvez, você se sinta até meio anestesiado quando estiver diante dessa incrível obra humana que resiste quase impecável aos séculos.

Todos os detalhes desse passeio eu conto em: Como visitar os templos de Abu Simbel.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

20 Comentários

  1. Maria Angela fonseca on

    Gostaria de saber se é segura viajar para o. Egito. Pretendemos ir em nov de 2017 somos eu de 63 anos meu marido de 64 e minha filha de 33 pretendíamos ir só nos ou é melhor ir em excursão .? Obrigada

    • Altier Moulin

      Oi, Maria,

      De forma geral, nos lugares turísticos não há riscos iminentes. Se você dominam o inglês, não vejo problema em irem de forma independente.

      Um abraço.

    • Altier Moulin

      Oi, Ludmila.

      Realmente não é indicado que mulher viaje sozinha pelo Egito. Converse com amigos, quem sabe alguém se anima?

      Um abraço.

  2. Planejo viajar sozinho ao Egito em outubro de 2018.

    Há algum perigo? Penso em fazer o roteiro que você mencionou e uma passada final em Alexandria.

    Abraços

    • Altier Moulin

      Oi, Caio.

      É importante saber que há sim riscos em qualquer viagem pelo Oriente Médio. Por mais que isso pareça preconceituoso, estamos falando de grupos radicais que atuam nessa área. O Egito, para nossa sorte, é mais equilibrado, mas as transformações sociais decorrentes da queda da recente ditadura ainda são visíveis nas ruas.

      De forma geral, permanecendo em regiões turísticas o risco é menor. Eu aconselho que você leia todos os posts do Egito para ter uma visão melhor de cada área e de seus riscos.

      Veja aqui: https://www.penaestrada.blog.br/category/relatos/exterior/egito-exterior/

      Mas eu, de verdade, lhe encorajo a ir.

      Um abraço.

    • Obrigado pela dica dos passeios locais. Mas, é possível fazer estes passeios de forma pessoal, ou seja, pegar um trem até Alexandria por exemplo e visitar a Biblioteca e tudo mais?
      Pretendo fazer essa viagem em Nov. 2018. As companhias não vendem a passagem aéria sem datas prévias, devido a cotação do dólar. Pensei então em comprar dólar ao invés do parcelamento. O que achas?

      Grato pela atenção

      • Altier Moulin

        Oi, Paulo.

        Eu fiz todos os passeios de forma independente. Mas, em alguns casos, é legal contratar um guia para conhecer melhor a história do lugar.
        Comprar o dólar será uma boa opção para você levar na viagem. Para comprar a passagem, você pode, todo mês, reservar um valor – na poupança, por exemplo – para comprar quando já estiverem definidas as datas.

        Um abraço.

  3. Anália Guedes on

    Olá, pretendo viajar com minha irmã ou com 2 amigas, é seguro viajar só entre mulheres, ou é preciso necessariamente ter um homem no grupo?
    Amei as dicas e o blog, muito obrigada!!

  4. Adorei o site, adorei você.
    Pretendo ir sozinho também ao Egito.
    Gostaria de dicas de passagem de avião (agencia), hotéis, e pessoas com o mesmo propósito.
    Grato

  5. A título de curiosidade, visto que estou analisando a possibilidade de fazer esse nesni destino em fevereiro de 2018, qual valor gasto na sua viagem?

  6. Marco Aurélio on

    Bom dia. Acabei de assistir o programa Vai Pra Onde do Bruno Deluca no Egito. Fiquei apaixonado. Minha vida inteira sonhei em conhecer esse país. Mas vendo seu relato sobre a segurança fiquei com um pé na frente outro atrás. Como ir? Existe vôos direto?

    • Altier Moulin

      Oi, Marco Aurélio.

      Há regiões mais seguras no país. Especialmente as turísticas são mais tranquilas.
      Acho que isso não deve parar sua vontade de vir ao Egito.
      Eu sou a prova de que é possível fazer essa viagem sem contratempos.

      Um abraço.

  7. Boa noite meu amigo. Eu gostaria de saber se é possível eu chegar em Luxor de trem de manha e ja fechar um passeio para o mesmo dia, e depois viajar para Aswan de trem no dia seguinte de manha e chegando em Aswan ja fechar um passeio para o mesmo dia. É possivel eu fazer isso?? chegar em ambos os lugares de manha e ja fechar passeio para o mesmo dia???

    • Altier Moulin

      Oi, Tiago.

      Poder você até pode, mas ficar apenas um dia nessas cidades, eu acho pouco demais (pra não dizer nada).
      Só em Luxor, por exemplo, você precisa de três dias: East Bak, West Bank, passeio de balão, Vale dos Reis, das Rainhas…
      Em Aswan, o ideal é fazer o bate-volta a Abu Simbel. Sem isso nem sei se vale a pena ira à cidade.
      Eu, particularmente, ficaria apenas em Luxor se tivesse pouco tempo como você.

      Um abraço.

Escreva um comentário

Inline
Inline