Agências de viagem em Cuba: entenda como funcionam e evite golpes

8

Atualizado em 18 de junho de 2021

Agências de viagem em Cuba

Por mais que tenha planejado bem seu roteiro, em algum momento você vai precisar de agências de viagem em Cuba. Isso acontece porque o turismo ainda está sob controle do governo. Além disso, nem sempre é possível comprar diretamente com a empresas que oferecem o serviço.

Para entender como isso funciona, nunca se esqueça de que todas as agências de viagem em Cuba são estatais. É justamente por isso que os preços são tabelados em qualquer parte do país. Isso significa que pedir um desconto ou dar aquela chorada não serve para nada.

É também por isso que você não vai ver muito esforço dos atendentes para resolver seu problema: reservar um passeio saindo de outra cidade, por exemplo, não vai ser fácil. E esqueça aquela ideia de mandar um e-mail pedindo informações, pois a resposta pode nunca chegar.

Agências de viagem em Cuba

O lado bom disso tudo é que você não sofrerá com o assédio de vendedores tentando lhe convencer a comprar um ou outro passeio.

Outros pontos importantes

Existem três principais agências que atendem em todo o país: a Cubatur, a Havanatur e a Cubanacan. Apesar de operarem de forma bem semelhante, algumas se especializaram em certos roteiros enquanto outras têm serviços mais abrangentes.

Nas agências, você pode comprar pacotes que incluem serviços como passagens aéreas, hospedagem, traslados e passeios, ou apenas serviços pontuais como bilhetes em companhias aéreas que não vendem pela internet.

Agências de viagem em Cuba

Um importante detalhe é que você terá que pagar em dinheiro, já que cartões de crédito não são aceitos. A moeda preferida é o peso cubano (CUP), mas pagamentos em euro e dólar também são possíveis.

Outro grande problema é que, como o serviço não é totalmente informatizado, eles exigem uma antecedência mínima de 48 horas para confirmar algumas reservas.

Sabendo disso, jamais deixe para fazer as coisas sem planejamento.

Agências de viagem em Cuba

Cubatur

A Cubatur está em todo o país e tem exclusividade em viagens para Cayo Largo, um dos destinos mais procurados de Cuba. Isso acontece porque os voos que chegam à ilhota são fretados com a Aerogaviota.

Dificilmente, você verá agências próprias da Cubatur, mas sempre haverá um pequeno balcão nos hotéis e resorts espalhados pelas cidades.

Em Havana, o famoso Hotel Inglaterra é um bom lugar para você comprar o que precisa.

Havanatur

A Havanatur também opera nas principais cidades do país, como Havana, Varadero e Cayo Guillermo.

A agência vende de tudo um pouco: de cruzeiros a traslados, de excursões a eventos, mas sua especialidade é fazer a ponte com agências internacionais que vendem pacotes em outros países.

Eu também não vi muitas agências próprias, mas em todos os hotéis havia uma mesa e um funcionário da empresa para atender aos turistas.

Cubanacan

A Cubanacan é a mais nova delas e opera em um esquema semelhante às outras. A agência tem, basicamente, os mesmos pacotes e passeios, sendo que a diferença é que ela organiza viagens para outros países.

Depois que Cuba unificou a moeda, produtos e serviços têm tido aumentos consideráveis. Portanto, é importante saber que os preços apresentados servem apenas como base para seu planejamento, que deve incluir com uma margem de segurança de 10% a 20%.
Informações Básicas
Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar em Cuba, mas é possível obter o visto no aeroporto.
Documentos | É preciso apresentar o passaporte dentro do prazo de validade e o seguro viagem é obrigatório.
Dinheiro| Cuba unificou as duas moedas que circulavam no país em janeiro de 2021. O peso cubano tem câmbio fixo: CUP 24 valem USD 1. Saiba como trocar e como usar o seu dinheiro em Cuba.
Vacinas | As vacinas contra covid-19 (veja abaixo) e febre amarela são obrigatórias e sem o Certificado você não entra no país. Veja como solicitar o certificado para febre amarela e para covid-19.

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

Cuba adotou rígidas medidas para o controle de entrada e saída de viajantes estrangeiros. Por isso, você precisa estar preparado para fornecer os seguintes comprovantes na hora de entrar no país:

  1. Seguro viagem com cobertura para covid-19, exigido de todos os viajantes – faça uma cotação do seguro viagem;
  2. Certificado de vacinação contra covid-19 com pelo menos duas doses (ou dose única) – esta regra não se aplica a viajantes menores de 12 anos ou que não podem ser vacinados por questões de saúde (é preciso apresentar laudo médico) – veja como emitir o comprovante nacional e internacional.
  3. Resultado negativo de teste RT-PCR realizado até 72 horas antes da chegada ao país;
  4. Enviar o Formulário de Saúde preenchido até três dias antes da chegada ao país;
  5. Certificado de vacinação contra febre amarela (CIVP) –veja como solicitar o CIVP pela internet.

O seguro pode ser adquirido antes de sua viagem ou na chegada. Porém, eu realmente indico que você compre com uma empresa brasileira, pois, caso precise de atendimento, todas as instruções serão dadas em português.

Além disso, se necessitar de reembolso ou qualquer outro procedimento que fuja dos padrões – como processos judiciais, por exemplo –, você estará mais bem amparado pela legislação brasileira.

Você pode acompanhar atualizações sobre o controle sanitário no Manual do Viajante produzido pelo governo cubano.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo ou RT-PCR, coletado até das 72 horas antes do embarque.

SEGURO VIAGEM

 O seguro viagem para Cuba é obrigatório.  Sem ele, você poderá ser impedido de entrar no país.

É que mesmo tendo um serviço de saúde pública considerado referência, os hospitais e clínicas de Cuba só atendem gratuitamente quem moram no país – até os cubanos que vivem no exterior precisam de um seguro viagem.

Esta regra é antiga, foi implementada em maio de 2010, como mostra este comunicado, e a estatal responsável pelo controle e oferecimento dos serviços é a Assistur.

Não é qualquer empresa que pode vender seguro viagem para Cuba. É que o governo controla os serviços e tem uma lista com as operadoras aprovadas. Eu sempre oriento comprar com a Seguros Promo, empresa com quem comprei e, por isso, indico.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Veja mais dicas de Cuba

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas de Cuba.