Pesquisar
Close this search box.

Onde ficar em La Paz: melhores bairros, hotéis e apartamentos

Atualizado em 8 de janeiro de 2024 – POR ALTIER MOULIN

Onde ficar em La Paz

Escolher bem onde ficar em La Paz é fundamental para que sua viagem pela capital administrativa da Bolívia seja a melhor possível: rica em diversidade e cheia de contrastes, ela é dona de uma gostosa vida cultural, com museus, templos antigos, mercados e muitas outras atrações – lembrando que a Bolívia tem duas capitais: a capital constitucional é Sucre.

A cidade que é, atualmente, a sede do governo boliviano cresceu espremida pelas montanhas da Cordilheira dos Andes e é a capital mais alta do mundo: a 3.640 metros de altitude, La Paz é, de fato, de tirar o fôlego.

Por isso, antes de explorar suas ruas e avenidas,  é bom esperar que seu corpo se adapte à altitude.  É que em cidades altas como La Paz, é comum que visitantes sintam cansaço excessivo, dor de cabeça e enjoo nos primeiros dias.

São os sintomas do mal de altitude e você precisa respeitar os sinais do seu corpo. Uma boa opção para acabar com esses incômodos é mascar a folha de coca.

BREVE HISTÓRICO DE LA PAZ

A cidade de Nuestra Señora de La Paz foi fundada, em 20 de outubro de 1548, por Dom Alonzo de Mendonza, enviado à Bolívia pelo rei da Espanha para acabar com a disputa que havia entre Francisco Pizarro e Diego de Almagro.

Segundo historiadores, a cidade foi estabelecida em outro local, a alguns quilômetros de onde hoje está. Porém, um chefe da igreja convenceu Dom Alonzo de Mendonza a mudar a cidade para o vale onde, atualmente, se encontra o Centro de La Paz.

Para convencer o fundador de La Paz, o chefe religioso apresentou três fortes razões: o clima e a existência de um rio, onde também se encontrava ouro com facilidade. Assim, Dom Alonzo refundou a cidade três dias depois no atual local.

A antiga aldeia indígena que habitava a região se chamava Chuquiago e foi contatada pela primeira vez, em 1535, pelo capitão espanhol Juan Saavedra, que fazia parte da expedição de Diego de Almagro.

A cidade de La Paz começou o movimento de independência da Coroa Espanhola em 1809, sob a liderança de Pedro Domingo Murillo, que foi enforcado, juntamente com outros patriotas, em 16 de julho do mesmo ano.

Nos anos de 1898 e 1899, um conflito civil entre grupos de poder da região de Sucre e La Paz, chamado Revolução Federal, sacudiu a política e a economia do país. Motivados pela crise da mineração, especialmente na região de Potosí, e pela derrota na Guerra do Pacífico, entre 1879 e 1883, esses grupos lutaram pelo comando do país.

Com a vitória do grupo de La Paz, a cidade passou a ser sede do governo, em 25 de outubro de 1899, quando o general José Manuel Pando assumiu a presidência da República.

Com quase 1,7 milhão de habitantes, a Região Metropolitana que envolve La Paz tem fortes características indígenas – como na maioria das cidades bolivianas –, mas nem por isso deixa de ser cosmopolita, recebendo muito bem viajantes de todas as partes do mundo.

De clima estável na maior parte do ano, curtir os dias ensolarados da capital boliviana se torna ainda mais agradável, porque as temperaturas são sempre amenas – o inverno é sempre bastante frio e seco.

Onde ficar em La Paz

O Centro Histórico, especialmente  na região da Plaza Mayor , é uma área bastante turística e pode ser uma boa escolha para ficar em La Paz, principalmente porque é fácil chegar a todos os cantos da cidade usando o transporte público.

Nas ruas Linares e Sagarnaga, funcionam muitas agências de turismo que vendem pacotes para os principais destinos do país, mas tudo ainda de uma forma muito improvisada – até amadora às vezes. Nesta mesma região, há opções de bares, restaurantes, casas de câmbio, lojas de artesanato, e muita oferta de hostels e hotéis.

Como o turismo ainda não é encarado como uma atividade importante para esta parte do país, muitos meios de hospedagem são deficientes nos quesitos atendimento e, principalmente, limpeza. Mas, ainda bem, as coisas têm melhorado muito nos últimos anos.

As grandes redes de hotéis também estão em La Paz e são uma boa opção para quem quer evitar surpresas desagradáveis.

Neste sentido, o Sopocachi é um bairro interessante. Ele é mais moderno e fica a uns 15 minutos de carro do Centro Histórico. Nesta área também ficam ótimos bares, cafés e restaurantes, deixando tudo muito mais atraente.

Isso faz muita diferença, porque a região do Centro Histórico, apesar de ser super agitada durante o dia, fica praticamente deserta à noite. Isso nos dá a desagradável sensação de insegurança, algo que não percebemos nas áreas mais movimentadas do Sopocachi, já que ele é considerado um bairro nobre.

Quem gosta de tranquilidade pode ficar no San Miguel ou no Calacoto, que também ficam na Zona Sul de La Paz, mas são mais residenciais. Neles, você terá mais chances de  encontrar um apartamento para curtir a cidade com mais tempo  e vai se sentir, praticamente, um morador.

No mapa acima, você pode ver a localização dos bairros, dos atrativos turísticos que considero imperdíveis e dos hotéis, hostels e apartamentos que vou mostrar a partir de agora.

Um boa oportunidade para quem quer economizar com hospedagem é usar o CouchSurfing.

Neste programa de hospedagem gratuita, você será recebido por um morador local que, muito mais do que lhe oferecer um lugar para descansar, poderá lhe dar dicas muito importantes da cidade.

Hotel Sagarnaga

O Hotel Sagarnaga tem vários pontos positivos: a receptividade dos funcionários, todos muito simpáticos e solícitos, a limpeza dos quartos, que sempre está em dia, a localização excelente, alguns arriscam dizer que é a melhor de La Paz, e o café da manhã servido em parceria com o famoso restaurante Café del Mundo.

Onde ficar em La Paz

No Centro Histórico, o hotel fica bem perto de vários atrativos que você deve conhecer, além de farmácias, agências de turismo, igrejas, restaurantes e, com uma pequena caminhada, é fácil chegar ao teleférico.

Las Brisas

O Las Brisas fica perto do Mercado das Bruxas e da rua Sagarnaga, que tem agências de turismo, caixas eletrônicos, restaurantes e tudo mais. O café da manhã é bom, com variedades na medida certa. Isso tudo faz dele uma excelente opção para ficar em La Paz.

Como fica no Centro Histórico, dá pra fazer quase tudo a pé ou de transporte público. Os funcionários são bastante prestativos e os quartos estão sempre muito bem limpos. Se precizar fazer check-in antes do horário previsto, é só comunicar a equipe da recepção que eles ajudam em tudo.

La Casona Hotel Boutique

O La Casona Hotel Boutique está localizado a poucos metros da Catedral de São Francisco e do Mercado das Bruxas, no coração do Centro Históricos. Nesta área, há várias lojinhas de artesanato, mercadinhos e tudo mais.

Onde ficar em La Paz

O hotel é muito confortável, com quartos grandes, arejados e muito bem cuidados. Os banheiros têm duchas ótimas e o café da manhã é bom, mas poderia ter mais frutas – que são abundantes nas feiras ao redor do hotel. Ainda assim, é um ótimo lugar para ficar em La Paz.

Patio de Piedra Hotel Boutique

O Patio de Piedra Hotel Boutique é mais um que tem vários pontos positivos. Primeiro, a localização, pertinho de vários pontos de interesse e isso facilita muito nos deslocamentos. A lista se completa com o ambiente rústico e super acolhedor do hotel, com a qualidade dos quartos, que são muito bem decorados e iluminados, e com o sabor maravilhoso dos pratos servidos no restaurante.

Ainda tem o café da manhã perfeito, com muita fartura e variedades: quem sai muito cedo, antes do horário do café, pode pedir que eles preparam uma caixinha com um desjejum no capricho. Por isso tudo, é uma das melhores opções para ficar em La Paz.

Qantu Hotel

O Qantu Hotel é um básico que tem seu valor. Camas confortáveis, quartos e banheiros sempre limpos, café da manhã na média, localização excelente e funcionários prestativos. Então, já dá para ver que é uma boa opção para quem quer ficar em La Paz sem gastar muito.

Onde ficar em La Paz

Nas dependências do hotel funciona uma agência de turismo que vende passeios pela região e até passagens de ônibus – isso facilita demais. Se precisar deixar a bagagem no hotel por alguns dias é só conversar com o pessoal da recepção

Onde ficar em La Paz

Hostal Iskanwaya

A Hostal Iskanwaya é uma pousada aconchegante, que tem a boa receptividade como princípios. Os donos são super simpáticos e atenciosos e fazem questão de acompanhar tudo. O café da manhã é muito bom e tem bastante variedades.

Os quartos e as camas são confortáveis, alguns têm janelas grandes com uma bela vista da cidade. O atendimento é super elogiado e o custo-benefício é muito interessante, perfeito para quem precisa economizar na hospedagem.

Selina La Paz

O Selina La Paz tem uma infraestrutura muito boa, com camas confortáveis e quartos super limpos. Outros pontos positivos são as áreas comuns como cozinha, sala de cinema e a recepção, que tem um bar, além da equipe que é super prestativa.

Onde ficar em La Paz

Falta falar da localização excelente, no bairro de Sopocachi, um dos mais nobres da capital, com vários restaurantes, bares, cafés, lojas, mercados – e todos aquele outros serviços que a gente sempre precisa durante uma viagem – por perto.

Stannum Boutique Hotel & Spa

O Stannum Boutique Hotel & Spa é um dos hotéis mais incríveis de La Paz. Decoração inusitada, quartos espetaculares com banheira e vista para a cidade. É, de fato, um hotel bonitão, muito confortável e com atendimento impecável.

Onde ficar em La Paz

A localização é excelente, do lado de um centro comercial moderno, que tem lojas de marcas famosas. Além disso, fica perto da estação do teleférico e é fácil chegar ao Centro Histórico. Vale a pena dar uma olhada neste hotel com calma.

Onde ficar em La Paz

Hotel Nc La Paz

O Hotel NC La Paz é absolutamente incrível, sem ser soberbo ou exagerado. Os quartos são espaçosos, as camas são ótimas e os banheiros, espetaculares – com água quente. A equipe que faz o atendimento é incrivelmente amigável e profissional. Isso faz muita diferença, né?

Onde ficar em La Paz

O café da manhã é um dos mais completos da cidade, com muitas opções mesmo. O restaurante do hotel serve almoço e jantar por um preço justo e isso é ótimo para aqueles dias que a gente não quer sair para comer fora. É uma boa opção para ficar em La Paz.

Onde ficar em La Paz

Anami Hotel Boutique

O Anami Hotel Boutique também fica no Sopocachi, área nobre da cidade. A localização é excelente, em uma área muito gostosa do bairro, com fácil acesso a qualquer parte da cidade – até o Centro Histórico, você vai gastar uns 15 minutos de carro.

Onde ficar em La Paz

O ambiente do hotel é muito aconchegante, os quartos são amplos, arejados e muito bem cuidados. O café da manhã é ótimo, com tudo fresquinho, e a equipe do hotel é muito atenciosa: a Dona Rosa, proprietária do hotel, cuida de tudo nos detalhes.

Rendezvous Hostel

O Rendezvous Hostel é uma boa opção para quem procura um quarto compartilhado em hostel. Os ambientes são espaçosos e decorados com antiguidades reformadas. As camas são confortáveis, perfeitas para uma ótima noite de sono.

Onde ficar em La Paz

O restaurante do hostel é muito elogiado – tem um chef boliviano e um sous-chef francês. A equipe da recepção é incrivelmente atenciosa e a localização é muito boa, um pouco fora da agitação da cidade e em um bairro seguro ao lado das embaixadas.

Departamento Moblado y Centrico

O Departamento Moblado y Centrico é bom para quem quer praticidade, bom preço e localização excelente. Este apartamento fica no Sopocachi, em uma área estratégica com fácil locomoção para todas as partes da cidade.

Ele tem 129 metros quadrados e acomoda até quatro pessoas em três quartos. O anfitrião é super educado e ajuda em tudo que é possível. Definitivamente, levando em consideração o custo-benefício e a localização, é um dos melhores apartamentos para ficar em La Paz.

Atix Hotel

Não dá para negar que o Atix Hotel seja um dos melhores lugares para ficar em La Paz. Os funcionários são super simpáticos, as instalações do hotel, a decoração, os quadros e obras de arte, que dão um show à parte, o café da manhã maravilhoso e o terraço, com bar e piscina, que se integram perfeitamente comprovam isso.

Onde ficar em La Paz

A localização é ótima, entre o Calacoto e o San Miguel, a apenas dez minutos do teleférico verde – aliás aos teleférico de La Paz são uma atração turística e você tem que utilizá-los. Vale a pena dar uma olhada neste hotel com mais calma.

Onde ficar em La Paz

Casa Grande Suites

O Casa Grande Suites também tem vários pontos positivos. A equipe do hotel é  extremamente atenciosa e presta um serviço excepcional. As instalações são excepcionais, com quartos muito espaçosos e o cardápio do restaurante atende a uma variedade grande de paladares.

Onde ficar em La Paz

Apesar de ser um hotel, você pode se sentir em casa, porque as suítes são espaçosas, tem mesa de trabalho e até uma pequena cozinha para refeições rápidas. É um excelente hotel para ficar em La Paz.

Casa Grande Hotel

O Casa Grande Hotel é simplesmente magnífico e eu vou começar pelo que mais gosto: a incrível piscina do terraço com vista para a cidade. À noite, é o melhor lugar para relaxar e tomar aqueles bons drinques, sabe?

Onde ficar em La Paz

Os funcionários são maravilhosos, o café da manhã é ótimo, os quartos são bem decorados, limpos e confortáveis. O nível de cuidado que os funcionários dão aos hóspedes é de alto nível.. Por isso, eu digo que vale cada centavo. É incrível!

Onde ficar em La Paz

Bolivian Rooms & Suites

O Bolivian Rooms & Suites é um hotel, mas tem estrutura de apartamentos independentes. Compactos, práticos e muito bem localizados, eles são uma solução perfeita para quem quer mais privacidade sem abrir mão dos serviços de um hotel – como café da manhã, por exemplo.

Onde ficar em La Paz

Os funcionários são super simpáticos e prestativos, todos os ambientes são muito limpos e aconchegantes e dá para ir a pé a lojas e restaurantes. O transporte público passa na porta do hotel.

Onde ficar em La Paz

Faixas de preço em La Paz

Agora que você já viu as minhas opções preferidas – não só as minhas, mas as de muita gente também – é hora de dar uma olhada nos preços antes de decidir onde ficar em La Paz.



Booking.com

No mapa acima estão todas as opções de hospedagem da cidade, especialmente as do Centro Histórico.  Para saber mais, você só precisa clicar nos pins azuis e pronto. 

Quando as diárias ficam mais baratas?

Em geral, a melhor época para visitar La Paz é durante a estação seca, quando as temperaturas são mais agradáveis e o risco de chuvas é menor.

No entanto, é importante notar que durante os meses de junho e julho, a cidade pode ficar muito lotada devido às celebrações de San Juan Batista. Durante este período, é recomendável reservar acomodação com antecedência para evitar preços inflacionados.

Em termos de preços de hospedagem, a alta temporada em La Paz é durante a estação seca, especialmente nos meses de julho e agosto. Durante esses meses, os preços tendem a ser mais altos devido à grande demanda.

Se você estiver procurando por ofertas e preços mais acessíveis, a melhor época para visitar La Paz é durante a estação chuvosa, especialmente entre novembro e março. Durante esses meses, os hotéis e pousadas geralmente oferecem tarifas mais baixas e promoções para atrair viajantes.

Vale lembrar que, embora as diárias possam ser mais baratas, é importante verificar se as condições climáticas e as atividades turísticas que você planeja fazer serão afetadas pela estação chuvosa.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no país por até 90 dias. Esse prazo pode ser estendido por mais 90 dias.

Documentos

Você pode usar o passaporte, com validade de seis meses, ou a carteira de identidade, emitida há menos de dez anos.

Dinheiro

A moeda oficial é o boliviano, representado pela sigla BOB. Veja como usar seu dinheiro na Bolívia.

Vacinas

A vacinação contra febre amarela é obrigatória. Veja como emitir o Certificado Internacional de Vacinação.

Informações sobre covid-19

Desde 31 de julho de 2023, não há restrições para entrada na Bolívia. Isso significa que não é mais necessário apresentar comprovante de vacinação ou testes de covid-19.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem um seguro viagem com cobertura para covid-19 não é uma boa ideia. 

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você também terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Se você for fazer qualquer atividade de risco – como trekking em vulcões, cruzar o Salar de Uyuni de carro ou conhecer a Amazônia boliviana, por exemplo – o seguro passa a ser essencial para sua viagem. Pode confiar em mim!

→ PLANOS MAIS INDICADOS

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

O plano TRAVEL ASSIST 30 AM. LATINA +COVID-19 tem cobertura médica e hospitalar de até USD 30.000 e um custo-benefício muito bom: ele é um dos preferidos dos viajantes.

GTA 9 SLIM AMÉR. LATINA é um dos seguros mais baratos, mas ele só tem USD 9.600 de despesas médicas e hospitalares.

O meu preferido é o AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA), que é super completo e tem cobertura de assistência médica e hospitalar de até USD 35.000.

Veja mais dicas da Bolívia

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida é só deixar sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Bolívia.

SOBRE O AUTOR

COMENTÁRIOS

4 respostas

  1. Oi, Priscilla.
    O Centro de qualquer cidade grande costuma ficar um pouco mais deserto à noite.
    Se evitar andar sozinha e usar transporte como uber será melhor.
    Um abraço.

  2. Altier,
    Adorei as dicas dos hotéis e a explicação sobre a localização. Quero ficar no Centro, mas tô com medo de ser perigoso à noite.
    O que acha?

  3. Quando fui a La Paz, em maio, hospedei-me no Hotel Avenida.

    Ele fica na Av. Montes, a poucos metros da rodoviária e também do centro histórico.
    Em frente ao hotel passa a van que leva/traz ao aeroporto, por 4 bolivianos.

    Gostei demais do atendimento deles. Fiquei lá em duas oportunidades.
    Na primeira, vindo de Uyuni, cheguei ao hotel às 6 da manhã e às 8 e poucos me deixaram entrar no quarto, sem cobrar early check-in. Na época, paguei 130 bolivianos por um quarto individual e banheiro privativo, com café da manhã. Achei um excelente custo-benefício.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *