Quando ir a Pequim

0

Atualizado em 15 de abril de 2020

Você vai visitar a China, mas está com dúvida de como é o clima na capital? Realmente, esta é uma preocupação muito importante, porque a cidade muda de acordo com as estações do ano. Então, eu explico quando ir a Pequim e mostro tudo que você precisa saber antes de partir.

O clima por aqui é classificado como temperado. Isso significa que as quatro estações são bem definidas, mas, no verão, chove mais e o inverno é seco e frio. Eu estive na cidade em dezembro, um dos meses mais gelados do ano, e vi isso de perto, como mostro em: Como é visitar a Muralha da China.

Quando ir a Pequim

Eu fui no inverno e, apesar dos dias ensolarados, fez muito frio.

A temperatura média anual é baixa – cerca de 12 graus – e nos dias mais frios pode chegar a -8 graus. Janeiro é o mês mais frio e, julho, o mais quente, quando os termômetros podem chegar a 30 graus.

A primavera e o outono são estações de transição, com pouca chuva e temperaturas agradáveis.  Além do clima, outra dica é ficar de olho no calendário chinês de feriados.

Quando ir a Pequim

O inverno é intenso, mas é quando os lugares ficam mais vazios.

Quando ir a Pequim

Primavera | A temperatura na estação das flores é agradável, variando entre 10 e 22 graus. Para nós, brasileiros, a dica de levar um casado é essencial, porque faz aquele friozinho à noite.

Nesta época, como você pode imaginar, os parques ficam mais coloridos e há mais atividade ao ar livre. O movimento de turistas, que tem um pico no verão, já diminui e dá para aproveitar melhor os atrativos sem enfrentar longas filas.

Verão | A estação mais quente dura cerca de quatro meses, de maio a setembro. A temperatura média máxima é de 25 graus e as chuvas são frequentes – inclusive, com tempestades, resultado das monções que afetam diretamente o sudeste asiático.

Quando ir a Pequim

O verão é muito quente e tudo fica cheio de gente.

É nesta época que Pequim fica entupida de gente: chineses e gringos querem aproveitar os dias para explorar a cidade e o caos se forma. Então, esteja preparado para enfrentar filas e não se esqueça de dar uma olhada nos hotéis com antecedência.

Outuno | O outono é uma boa época para ir a Pequim, porque os dias têm, quase sempre, céu limpo e a temperatura é parecida com a da primavera, entre 10 e 22 graus. A dica de levar um agasalho também é válida.

Inverno | A estação fria chega a Pequim, de fato, a partir de novembro e fica até fevereiro. Nessa época, a temperatura máxima média é de 7 graus. Em janeiro, faz muito frio – muito mesmo. A média mínima do mês é de -8 graus e a máxima nunca supera zero grau.

Como disse, eu estive em Pequim no inverno e afirmo que é indispensável estar bastante abrigado, com roupas quentes e um casaco corta-vento. Não descarte a ideia de levar um gorro e um par de luvas.

Como esta é a estação seca, os dias estavam limpos e ensolarados, mas isso não é sempre, já que é comum ter nevoeiro, o que pode causar o fechamento de aeroportos.

Como visitar a Cidade Proibida, em Pequim

Para decidir quando ir a Pequim: evite o verão e o inverno.

O pior do inverno em Pequim, em minha opinião, é a poluição: com o tempo seco e frio, a gente vê nitidamente aquela massa de impurezas sobre a cidade. Assim, fica fácil ter problemas respiratórios e dor de garganta, por exemplo. Depois de ver isso de perto eu entendi porque muitos chineses usam máscaras no dia a dia.

Melhor época para viajar

Já decidiu quando ir a Pequim? Se não, saiba que os meses de maio, junho, agosto e setembro são os mais procurados por quem quer ir à China, em geral, porque é quando o tempo está mais agradável.

Nesses meses, as temperaturas ficam entre 18 e 27 graus e os dias são limpos, com pouca chance de chuva: ideais para a gente bater perna pela cidade.

No verão, os preços das passagens aéreas sempre sobem e, no inverno, as promoções são mais frequentes. Porém, claro, você precisa pensar no que é mais importante para você: tolerar o frio intenso ou gastar um pouco mais.

Veja todos os posts da China

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário