Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

0

Atualizado em 3 de setembro de 2018

Porta de entrada para muitos turistas, a Cidade Maravilhosa representa o Brasil diante do mundo. Ainda assim, muitos brasileiros nunca fizeram uma viagem à capital fluminense e, pensando nisso, eu organizei algumas dicas do que você precisa saber antes de pisar pela primeira vez no Rio de Janeiro.

Logo de cara, você percebe que a cidade mantém o ar leve e descontraído do litoral, que vai desde a natureza exuberante ao estilo despojado dos cariocas, e mescla muito bem com a energia de uma grande metrópole: aqui, você pode colocar os pés na areia durante o dia sem abrir mão de muitas opções badaladas para curtir à noite. Resumindo, a Cidade Maravilhosa tem de tudo um pouco.

Primeira vez no Rio de Janeiro

Passeios | Para entender um pouco do que faz essa cidade ser tão maravilhosa, é preciso visitar alguns lugares essenciais em sua primeira vez Rio de Janeiro. É verdade que, a maioria destes lugares estará abarrotada de turistas, mas, ainda assim, vale o esforço, afinal, são muitas destas atrações que fazem da capital fluminense uma cidade tão procurada por viajantes.

Admirar a vista do Cristo Redentor é imprescindível, assim como bater palmas para o pôr do sol no Arpoador. São programas clichês, mas acredite, você irá se impressionar com a grandeza dos dois. O bondinho do Pão de Açúcar também merece destaque, e de lá você tem uma vista panorâmica das praias e até de Niterói.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Todo mundo quer fotografar o Cristo. Será por quê?

Não é preciso se limitar às grandes atrações. Vale incluir uma caminhada no calçadão de Copacabana e um dia de praia em Ipanema. O Rio também é um prato cheio para quem curte programas culturais e, entre eles, visitar o Museu do Amanhã e o Teatro Municipal é essencial.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

A área do Museu do Amanhã ficou linda.

Mas, se a grana estiver curta, dá para fazer muita coisa sem gastar nada. Eu listei algumas opções em: 10 programas para fazer de graça no Rio de Janeiro

Comida | Como qualquer outra viagem, em sua primeira vez no Rio de Janeiro, você deve incluir muitas descobertas gastronômicas. As opções são muitas e, por isso, tudo depende do seu orçamento e gosto pessoal.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

A clássica Confeitaria Colombo.

Alguns lugares já são destaque para quem visitar a cidade: a Confeitaria Colombo, fundada em 1894, é um prédio histórico recheado de delícias e o despojado do bar Pavão Azul, em Copacabana, que tem o famoso bolinho de feijoada, são duas opções bem democráticas para comer na cidade. Quer mais? Quem sabe você não tope experimentar uma feijoada de marisco. Ela é servida no Bar do Davi, como eu já mostrei em: Feijoada de Frutos do Mar.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Que tal provar feijoada de frutos do mar?

Transportes | O Rio é servido por dois aeroportos: o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (GIG), conhecido como Galeão, e o Aeroporto Santos Dumont (SDU). O primeiro fica a cerca de 25 quilômetros dos bairros turísticos da Zona Sul, como Copacabana, enquanto o segundo fica mais perto, a cerca de dez quilômetros.

Para se planejar melhor, eu sugiro que você leia: Como chegar ao Rio de Janeiro.

Saindo do Galeão, para chegar ao seu hotel, o ideal é tomar um táxi ou Uber, pelo conforto e segurança. Se o gasto não estiver nos seus planos, a opção com melhor custo benefício são os ônibus executivos – chamados de frescão – que custam, em média, R$ 15.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

O aeroporto do Galeão fica mais longe do centro.

O Santos Dumont está mais bem localizado, no Centro da cidade. Por isso, sair do aeroporto e chegar até o hotel é mais simples, já que as opções mais seguras como táxi e Uber ficam mais baratas. Quem quiser economizar ainda mais, vale usar o VLT – Veículo Leve sobre Trilhos – e o metrô para chegar ao destino final, mas saiba que isso toma mais tempo e você deve evitar o metrô em horário de pico, das 17h às 19h30.

Para se familiarizar, eu sugiro que você leia: Como usar o metrô no Rio de Janeiro.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Para andar na cidade, usar o metrô é uma boa pedida.

O Terminal Rodoviário Novo Rio, que atende a capital carioca, está próximo ao Centro e a Zona Sul, a cerca de 13 quilômetros de Copacabana. Se sua viagem ao Rio de Janeiro começar por aqui, saiba que a rodoviária foi transformada e hoje é muito mais segura do que já foi.

Para chegar ao seu hotel, é possível tomar táxi, frescão ou VLT e metrô. Se optar pelo táxi, saiba que as corridas são tabelas e os guichês ficam no salão de desembarque, assim você consegue o serviço de maneira mais confiável.

Belga Hotel: uma boa opção no coração do Rio

Dá para chegar a várias atrações usando o VLT. O mural do Kobra é um desses lugares.

Quem precisa chegar à Barra da Tijuca, que fica a quase 30 quilômetros, o frescão é uma ótima opção. Um táxi ficaria muito caro, já no guichê do ônibus executivo que faz conexão com a Barra dentro da rodoviária, o bilhete custa R$ 16,95.

Saindo da rodoviária e seguindo pela calçada à sua esquerda, na rua Equador, você pode tomar um VLT e metrô para chegar ao destino.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

O transporte que agilizou a viagem do Centro até o Santos Dumont.

Hospedagem | Escolher bem onde ficar pode transformar a sua viagem. Além de pensar na proximidade com os principais pontos turísticos, a segurança de cada bairro também é um grande fator. Apesar de ter fama de caro, sabendo procurar com calma, você pode encontrar hotéis, hostels e pousadas baratas.

O Rio de Janeiro é divido em zonas e a principal é a Zona Sul. É aqui que estão as paisagens que dão fama à cidade e onde ficam as principais atrações. Ou seja, o mais prático é se hospedar na Zona Sul. Dentro dessa região, você pode escolher entre diversos bairros, como Ipanema, Copacabana, Leblon, Flamengo e Botafogo. Os dois últimos são mais em conta.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Eu sugiro ficar na Zona Sul em sua primeira vez no Rio.

Se quiser que sua primeira vez no Rio de Janeiro seja leve e descontraída, além de econômica, se hospedar em hostel é uma boa ideia. Por isso, eu aconselho você a ler: 10 melhores opções de hostel no Rio de Janeiro.

No Centro, também existem boas opções de hospedagem, mas o deslocamento pode se transformar em um transtorno no horário de pico. Eu já até falei disso em: Belga Hotel: uma boa opção no coração do Rio.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Também há boas opções de hotel no Centro.

Balada | Durante o dia, você se impressiona com as praias e natureza exuberante que cerca a cidade. Mas, a noite carioca lhe reserva muito agido e diversão. Apesar de New York ser conhecida como Cidade que Nunca Dorme, depois de se jogar nas baladas do Rio, eu aposto que você olhará o Rio com outros olhos.

A começar, é claro pelo bairro da Lapa. Aqui, você tem o Circo Voador, que lhe reserva uma experiência essencialmente carioca em uma das mais importantes casas de show da cidade. Se não quiser pegar para se divertir no Circo, saiba que em frente os Arcos da Lapa sempre há movimento. O bairro é cheio de bares, restaurantes e boates, dos mais variados estilos, onde você certamente encontrará algo que lhe atraia.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Na Lapa, a noite parece nunca ter fim, ideal para sua primeira vez no Rio.

Se estiver viajando sozinho em sua primeira vez no Rio, uma dica excelente é se juntar a um grupo para explorar essa região. Existe um tour gratuito chamado Pub Crawl que te mostra o melhor da noite dessa região e você nem precisa ficar grilado com segurança ou aonde ir, pois os guias sabem tudo.

Outra região semelhante é a do Baixo Gávea. Ponto de encontro de muitos estudantes, o legal aqui é curtir na rua mesmo, comprando cerveja dos bares ou vendedores ambulantes. Se quiser ver o lugar com mais vida que o normal, escolha uma noite de jogo de futebol, já que a tradição é celebrar – ou sofrer – ali, depois da partida.

Além da noite de agito, o Centro Cultural Banco do Brasil também é uma opção de entretenimento. Localizado no centro da cidade, a beleza do prédio já chama atenção, mas o que você pode vivenciar aqui é mais incrível. O CCBB é um polo cultural onde acontecem exposições artísticas, peças de teatro, shows, oficinas e mostras de cinema. Vale ficar de olho na programação.

O Teatro Municipal também tem programação o ano inteiro e você não pode deixar de conhecer este lugar em sua primeira vez no Rio de Janeiro.

Primeira vez no Rio de Janeiro: o que preciso saber?

Que tal ver um espetáculo no Teatro Municipal?

Veja todos os posts do Rio de Janeiro

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.