Como usar o metrô no Rio de Janeiro

0

Atualizado em 6 de junho de 2018

O transporte público da capital Carioca ainda está longe do ideal para uma cidade tão linda e desejada como ela, mas, mesmo assim, usar o metrô no Rio de Janeiro é uma excelente forma de ganhar tempo e de economizar uma grana.

Para começar a entender esse serviço, você precisa saber que existem três linhas de metrô no Rio de Janeiro: linhas 1, 2 e 4. Na prática, o trajeto é feito em dois ramais principais, operados por trens identificados com as cores vermelho e verde.

O trem de cor vermelha faz as linhas 1 e 4, já o trem de cor verde faz a linha 2, e abrange grande parte da Zona Norte do Rio de Janeiro.

Como usar o metrô no Rio de Janeiro

Uma das estações que nos levam à Praia de Copacabana.

Como usar o metrô no Rio de Janeiro

Placas dentro das estações mostram as saídas mais próximas dos pontos turísticos.

As linhas do metrô carioca

Quando você olhar o mapa do metrô, vai ver claramente a divisão das linhas, que de certa forma se complementam, ligando a região central às zonas Sul e Norte em poucos minutos.

A linha 1, de cor laranja, vai da estação General Osório, em Ipanema, até a estação Uruguai, na Tijuca, passando por importantes áreas turísticas da cidade, como o Aterro do Flamengo e o Centro da cidade, onde você pode descer e explorar vários prédios históricos.

A linha 2, de cor verde, liga a estação Botafogo, na Zona Sul, à estação Pavuna, que fica na Zona Norte da cidade. Essa linha também passa pelo Centro e chega ao Maracanã.

A linha 4, de cor amarela, vai da estação General Osório, em Ipanema, até a estação Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca.

Na prática, é bem simples: se você vai para a Zona Norte, pegue a linha 2, se for para a Zona Sul, a linha 1. Nas estações há mapas que lhe orientarão facilmente.

Ah, também é bom saber que as estações Botafogo, Flamengo, Largo do Machado, Catete, Glória, Cinelândia, Carioca, Uruguaiana, Presidente Vargas e Central, que ficam na região central do Rio de Janeiro, são comuns para essas duas linhas.

Então, se precisar trocar de direção, é só descer em qualquer uma dessas estações e entrar na próxima composição da linha que desejar.

Como usar o metrô no Rio de Janeiro

Os trens e as estações são limpas e seguras, na medida do possível, né?!

Como usar o metrô no Rio de Janeiro

Nos horários de pico, as estações ficam bem lotadas. É bom evitar.

Escolha sua estação

Para lhe mostrar como dá para andar de metrô no Rio de Janeiro e visitar muitos pontos turísticos famosos, eu fiz uma lista para lhe orientar melhor.

  1. Centro e Teatro Municipal: estação Carioca ou Cinelândia, linhas 1 e 2;
  2. Lapa e Escadaria Selaron: estação Cinelândia, linhas 1 e 2;
  3. Maracanã: estação Maracanã, linha 2;
  4. Copacabana: estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos e Cantagalo, linha 1;
  5. Pão de Açúcar e Cristo Redentor: estação Botafogo, linhas 1 e 2;
  6. Aeroporto Santos Dumont: estação Carioca e Cinelândia, depois, seguir de VLT.

Para ver outros lugares interessantes que você pode conhecer de metrô – ou pelo menos chegar mais perto – acesse o mapa interativo, no site do MetroRio, ou baixe o mapa em pdf.

Como usar o metrô no Rio de Janeiro

O mapa interativo do metro mostra como se locomover na cidade.

Para andar de metrô no Rio de Janeiro

Horário | o metrô funciona de segunda a sábado, das 5h às 00h, e aos domingos e feriados, das 7h às 23h. O horário de pico é sempre por volta das 7h às 9h e das 17h às 19h. É nesse período que as estações e os trens ficam lotados. Nesses horários há vagões exclusivos para mulheres.

Preço | A passagem custa R$ 4,30, e você pode comprá-la nas cabines ou nas máquinas dentro das estações. A passagem integrada com o BRT custa R$ 6,20, e a integrada com ônibus custa R$ 5,55.

Se for usar o metrô várias vezes, uma boa ideia e comprar o cartão do Metrorio. Com ele, você pode colocar quantos créditos desejar. Ou seja, não será preciso comprar uma nova passagem toda vez que for andar de metro no Rio de Janeiro.

Segurança | Eu não vi nada que me deixasse inseguro nas estações e dentro dos trens. Claro, evite ficar usando o celular ou abrindo carteira, por exemplo, para não chamar atenção. Ah, também é bom ter cuidado com bolsas e mochilas nos horários de pico. Quando deixar a estação, é bom conferir se não tem alguém lhe seguindo.

Limpeza | Os trens são bem limpos e as estação também estão bem cuidadas. Todas têm escada rolante, banheiros e serviços, como lanchonetes.

Aplicativo | Para ter o mapa do metrô em seu celular, baixe o aplicativo MetroRio. Com ele você consegue consultar os horários e definir suas todas. Eu usei e é bem prático.

Quer economizar ainda mais? Aproveite para encontrar um hotel barato.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.