Onde comer em Carolina, a cidade base da Chapada das Mesas

2

Atualizado em 5 de setembro de 2021

Onde comer em Carolina

Na região da Chapada das Mesas, Carolina é a cidade base para os passeios e, apesar dela ser pequena, há boas opções de restaurantes para comer em Carolina.

CLIQUE PARA SABER MAIS SOBRE A CHAPADA DAS MESAS

O Parque Nacional da Chapada das Mesas foi criado em 2005 para proteger cerca de 160 mil hectares do Cerrado Maranhense – uma área que equivale a quase 160 mil campos de futebol, administrada pelo ICMBio.

Com formações rochosas exuberantes, o Parque ganhou esse nome por causa das montanhas de cumes achatados, moldadas há milhões de anos pela chuva e pelo vento.

Neste pedaço de terra tão privilegiado, a gente encontra cavernas, rios caudalosos, cânions, cachoeiras e piscinas naturais, atrações perfeitas para quem gosta de destinos ainda pouco explorados e um contato direto com a natureza bruta.

Entre as muitas cachoeiras, a de São Romão e a do Prata, que ficam dentro da área do Parque Nacional, são as mais impressionantes pela grandeza, mas as belezas dessa região parecem incontáveis.

O Morro do Chapéu, o Portal da Chapada e as cachoeiras gêmeas do Itapecuru entram na lista de lugares para visitar em Carolina, a cidade que é base para conhecer a Chapada das Mesas.

Além de Carolina, o Parque Nacional da Chapada das Mesas se estende até as cidades de Riachão e Estreito.

Em Riachão, a aproximadamente 135 quilômetros de Carolina, fica a Reserva Natural Cachoeira do Rio Cocal, uma propriedade privada por onde passa o rio Cocal, que forma quatro cachoeiras, entre elas a de Santa Bárbara, a mais alta da região, com 70 metros de queda.

Na Reserva também fica o incrível Poço Azul, que pelo nome já dá para imaginar do que se trata: uma piscina natural com água cristalina e azulada.

Outra maravilha da natureza que encontramos em Riachão é o Encanto Azul, um lago formado por uma nascente que brota entre paredões de rocha maciça e que ganha tons azulados com os raios solares que atravessam a mata.

Eu jantei ou almocei em todos os lugares que mostro a seguir e, se você gosta de comida caseira e de experimentar os sabores locais, aproveite.

Onde comer em Carolina

Na entrada de Carolina, a Churrascaria Estrela do Sul oferece um bom cardápio com opções para todos os bolsos.

O Restaurante Rio Lajes, que fica em frente à Pousada do Lajes, tem refeições fartas e bem saborosas – com aquele gostinho caseiro, sabe?

No almoço e no jantar, eles servem peixe frito, galinha caipira e carne de sol acompanhados de arroz, feijão, salada e farofa. Hóspedes da Pousada têm desconto.

Onde comer em Carolina

O restaurante Chega Mais fica no Rio Tocantins e tem opções como pizza, mariscos, massa e carnes grelhadas.

É tudo muito simples, mas agradável. Eu comi uma deliciosa picanha na chapa acompanhada de arroz, farofa, feijão tropeiro, salada e batata frita.

Onde comer em Carolina

Outra opção para comer em Carolina – especialmente à noite – é a Pizzaria Tio Pepe, que funciona na Praça Jose Alcides de Carvalho, em Carolina. Então, você pode acompanhar o movimento da cidade enquanto come uma pizza, um lanche ou uma boa massa.

Se você for passar o dia nos complexos turísticos da Pedra Caída, em Carolina, ou do Poço Azul, em Riachão, fique tranquilo porque há restaurantes que funcionam o dia inteiro.

Informações Básicas
Quando ir | O melhor período para visitar a Chapada das Mesas é a estação seca, que vai de maio a setembro. Quando ir a Chapada das Mesas.
Como chegar | Você pode partir de Imperatriz, no Maranhão, ou de Araguaína, no Tocantins. Como chegar à Chapada das Mesas. 
Onde ficar | Carolina, no sul do Maranhão, é a cidade base para conhecer a Chapada das Mesas.  Onde se hospedar na Chapada das Mesas
Onde comer | A culinária da região tem aquele gostinho caseiro, perfeito para repor nossas energias. Onde comer na Chapada das Mesas.

Veja mais dicas do Maranhão

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Maranhão.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

2 Comentários

Escreva um comentário