Portal da Chapada das Mesas

14

Atualizado em 15 de fevereiro de 2018

Depois de chegar à Chapada das Mesas, no sul do Maranhão, eu tenho certeza que você vai se sentir um cara de muita sorte. É que por aqui, as atrações parecem não acabar e em cada uma delas você vai experimentar sensações diferentes. Assim foi quando fiz a subida do Morro do Chapéu, quando desci na maior tirolesa do país e quando mergulhei em um dos lagos mais incríveis que já vi. Hoje, eu lhe convido a ver toda essa paisagem exuberante do alto do Portal da Chapada das Mesas.

Naturalmente esculpida na rocha, essa imensa abertura em forma de pirâmide tem uma das mais belas vistas da região. Daqui é possível ver boa parte da extensa vegetação do Cerrado, os Pilares da Chapada e o fabuloso Morro do Chapéu em todo o seu esplendor.

portal-da-chapada-das-mesas-06

A abertura natural que chamamos de Portal da Chapada.

portal-da-chapada-das-mesas-09

Os Pilares da Chapada.

portal-da-chapada-das-mesas-01

O majestoso Morro do Chapéu.

Há quem prefira vir aqui pela manhã, antes do sol nascer para ver o astro rei surgir por detrás do Morro. Eu escolhi vir à tarde, no pôr do sol, e vi o Morro do Chapéu todo iluminado de frente. Foi um momento de contemplação, de absoluto êxtase e de alegria por estar neste lugar. A sensação que senti foi uma das melhores e eu desejo que você experimente o mesmo.

Na região do Portal da Chapada há várias cotias e não será difícil encontrá-las por aqui. Para isso, evite falar durante sua caminhada e, ao chegar mais perto do portal, ande ainda mais devagar. Eu consegui fotografar um casal desses animais exatamente embaixo do Portal. Foi mais um belo presente.

ortal-da-chapada-das-mesas-07

Momento de contemplação.

portal-da-chapada-das-mesas-08

Admirando a natureza.

portal-da-chapada-das-mesas-03

As cotias sob o Portal.

Planeje sua ida ao Portal da Chapada

Quando ir |  Você pode visitar o Portal o ano inteiro. Eu sugiro ir à tarde, quando a paisagem está mais bem iluminada – especialmente depois das 17h.

Essa região do Nordeste tem basicamente duas estações: inverno e verão. O inverno, que é a estação chuvosa, vai de outubro a abril. O verão, a estação seca, vai de maio a setembro. Essa é a época ideal para visitar as cachoeiras de Carolina e conhecer os atrativos da Chapada das Mesas. O aniversário de Carolina é no dia 8 de julho e na primeira semana do mês acontecem os festejos na cidade.

O que levar | Não se esqueça de levar água, protetor solar e repelente.

Como chegar | Você tem várias opções para chegar a Carolina e eu explico todos os detalhes em: Como chegar a Chapada das Mesas.

Para chegar ao Portal, você precisará dirigir cerca de dez quilômetros, saindo de Carolina. Pouco antes dos Pilares da Chapada há uma entrada à esquerda. A partir daqui são cerca de 500 metros em uma estrada que é pura areia. Portanto, não arrisque se estiver com um veículo de passeio. Depois de parar o carro, faça uma leve caminhada e pronto. Mais bela paisagem da Chapada das Mesas estará à sua frente.

portal-da-chapada-das-mesas-02

A pequena trilha até o Portal.

ortal-da-chapada-das-mesas-04

O caminho de areia.

Onde comer | Já na entrada de Carolina, a Churrascaria Estrela do Sul oferece um bom cardápio com opções para todos os bolsos.  O rodízio custa cerca de R$ 40, o buffet sai por aproximadamente R$ 35, o quilo, e o famoso prato feito custa R$ 15.

O Restaurante Rio Lajes, que fica em frente à Pousada do Lajes, tem refeições fartas e bem saborosas – com aquele gostinho caseiro, sabe? – por R$ 25. No almoço e no jantar eles servem peixe frito, galinha caipira e carne de sol acompanhados de arroz, feijão, salada e farofa. Hóspedes da Pousada têm desconto.

O restaurante flutuante Chega Mais fica no Rio Tocantins e tem opções como pizza, mariscos, massa e carnes grelhadas. É tudo muito simples, mas agradável. Eu comi uma picanha na chapa acompanhada de arroz, farofa, feijão tropeiro, salada e batata frita, e paguei R$ 40, para duas pessoas.

Uma opção para suas noites é a pizzaria Tio Pepe, que funciona na Praça Jose Alcides de Carvalho. Aqui você pode acompanhar o movimento da cidade enquanto come pizza, lanche ou uma boa massa.

Onde ficar | A Pousada do Lajes é uma das melhores opções de Carolina. Ela fica a apenas dois quilômetros do Centro e tem uma estrutura rústica, bem coerente com a paisagem natural que você vê ao redor. As diárias e incluem um delicioso café da manhã com frutas e outras iguarias locais. Os quartos são equipados com ar condicionado e a piscina é ideal para nos refrescar do sol quente do Maranhão. Para saber todas as minhas sugestões, leia: Onde se hospedar na Chapada das Mesas.

ortal-da-chapada-das-mesas-05

O pôr do sol sobre o Cerrado.

Quem leva | Durante os meus dias na Chapada das Mesas eu fui muito bem atendido pela Cia do Cerrado, empresa pioneira em ecoturismo na região. Eles têm passeios para todos os atrativos da Chapada e a viagem é feita em veículos confortáveis, sempre acompanhada de explicações atenciosas do guia, que faz também o papel de motorista.

Minha viagem à Chapada das Mesas teve o apoio da Cia do Cerrado e da Pousada do Lajes.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

14 Comentários

  1. Avatar

    Olá,
    Sabe dizer se em Carolina tem locadora de carro?
    É possível se locomover de ônibus para Riachão e Pedra Caída?
    Estou querendo economizar e fazer passeios com agencia apenas se for necessário o carro 4×4.

    Obrigada

    Magda

    • Altier Moulin

      Oi Magda,

      A sugestão que lhe dou é alugar um carro em Imperatriz – como tem mais opções, os preços ficam melhores – e seguir viagem até Carolina. Não há transporte público na cidade, portanto você deverá se locomover de carro para as cachoeiras. Riachão e Pedra caída são bem fáceis de fazer de carro comum, mas alguns outros, como São Romão, só de 4×4.

      Um abraço.

    • Altier Moulin

      Oi Jefferson,

      Como Carolina fica em um ambiente de natureza, sim, há mosquitos. Mas nada quem um bom repelente não resolva.
      Lembre-se de passar também protetor solar: primeiro o protetor, depois o repelente. 🙂

      Aproveite.

  2. Avatar

    A cobrança das pessoas que visitam o Portal da Chapada das Mesas é um tremenda maracutaia, pois o Portal em si não é de propriedade privada, de vez que está localizado em uma serra que pertence a nação. O que ocorre é que uma pessoa legalizou uma área de terra no pé da serra e pessoas que nem sequer são dono da área estão cobrando dos turistas que são visita-lo. Eu moro nas proximidades e sei do que está se passando. Tudo errado!

Escreva um comentário