Como é visitar o Castelo de Bratislava

0

Atualizado em 15 de março de 2018

O Castelo de Bratislava – Bratislavský hrad, como é chamado em eslovaco – é a principal atração da capital da Eslováquia. Ele fica no alto de uma pequena colina, na margem oriental do emblemático Rio Danúbio. Mas, infelizmente, pouco do que vemos aqui atualmente é original, já que ao longo dos anos ele sofreu intervenções de todo o tipo que você imaginar.

Construído no início do século 10, ele foi completamente modificado na última restauração, concluída há apenas alguns anos. Só para você ter uma ideia de como sua aparência mudou, entre 1387 e 1437, o Castelo de Bratislava ganhou aspectos góticos. A partir de 1560, foram acrescentadas características renascentistas. Mais tarde, por volta da metade do século 17, teve aspectos ligados ao barroco.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

O Castelo de Bratislava hoje.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

Como era o castelo em 1960.

Boa parte dessas modificações não aconteceu por acaso. Durante as muitas batalhas que aconteceram aos seus pés, o castelo foi danificado e, por isso, reconstruído. A mais intensa dessas guerras aconteceu em 1811, quando as tropas de Napoleão Bonaparte incendiaram completamente a mais nobre construção de Bratislava. Destruído, ele permaneceu assim até a metade do século 20, quando foi iniciada sua reconstrução.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

Tela que retrata uma das muitas batalhas nos arredores do castelo.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

A herança renascentista ainda está presente.

A visita ao Castelo de Bratislava

Agora que você está mais familiarizado com a história desse incrível lugar, eu explico como é visitar o Castelo de Bratislava. Para conhecer as principais áreas dessa imensa construção, você pode reservar uma manhã ou parte de uma tarde.

A entrada é feita por um dos portões do castelo. São quatro, ao todo, e todos têm um nome: Sigismund, Viena, Nicholas e Leopold. A maioria dos turistas chega pelo Portão Viena, que fica na parte lateral esquerda do prédio. Ele é um dos mais escolhidos por quem usa o transporte público, já que os ônibus passam pela Rua Palisady e param a poucos metros da entrada.

O Portão Sigismund é mais escolhido por quem vem caminhando do Centro Histórico, já que só é preciso atravessar a Avenida Staromestská, umas das principais da cidade. Depois de cruzar esse belíssimo portão de características medievais, você poderá subir as escadarias e chegar ao pátio do castelo. Ou, pode caminhar mais um pouco e passar pelo Portão Leopold, que tem aquela típica ponte levadiça.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

O belíssimo Portão Sigismund.

O Portão Nicholas fica na parte de trás do castelo e também pode ser acessado facilmente por quem vem de transporte público.

Dentro dos muros do Castelo de Bratislava, você poderá contemplar toda a grandiosidade dessa construção. Os detalhes das muralhas aumentadas ao longo do tempo, as esculturas que enfeitam o pátio externo, as torres das sentinelas e a vista privilegiada do Rio Danúbio e da Ponte do UFO são apenas algumas das atrações desse lugar.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

O Portão Leopold: nele há uma ponte levadiça.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

A vista do emblemático Rio Danúbio.

 O castelo visto pode dentro

Se ele já é bonitão assim olhando por fora, imagine como é ver o Castelo de Bratislava por dentro. Mas, antes de seguir, você precisa comprar o tíquete no escritório que funciona no pátio externo. Eu explico isso melhor no final do texto.

Com o tíquete em mãos, você poderá entrar no prédio. Como o castelo é a residência oficial do presidente eslovaco, você vai notar que ele é muito vigiado. Há sempre policiais posicionados em locais estratégicos.

Justamente por isso, algumas regras devem ser obedecidas. Entrar com mochilas e sacolas, por exemplo, é proibido. Mas fique tranquilo porque há guarda-volumes onde você pode deixar seus pertences.

Dentro do castelo a visita é rápida, já que não há muitas mobílias ou peças originais: lembra que tudo aqui foi incendiado? Então, o grande barato aqui é apreciar as coleções de arte, as exposições temporárias e a mostra que reconta todo o processo da última restauração do prédio.

Os ricos salões, as escadarias adornadas com espelhos de cristal, o pátio interno todo ladeado por incontáveis janelas e a capela com seu órgão majestoso também são imperdíveis.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

O pátio interno do Castelo de Bratislava.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

Os corredores e as escadarias abusam na decoração.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

Parte da coleção de arte do castelo.

Entretanto, o que eu mais gostei foi de subir até o último patamar de uma das torres do castelo. Cada degrau que eu vencia, era como se eu revivesse um capítulo da história desse lugar. Era como se eu estivesse entrando em uma masmorra, onde presos se digladiavam com a solidão. Onde princesas esperavam por seu príncipe encantado.

Não, nada disso aconteceu aqui, mas não há como associar esse lugar às lembranças que carregamos. As paredes de pedra, sua forma circular, as pequenas aberturas por onde entram a luz do sol e tudo aqui colaboram para que a nossa viagem no tempo seja mais completa.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

A escada que nos leva ao ponto mais alto do castelo.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

A vista inebriante do alto da torre.

Como é visitar o Castelo de Bratislava

Detalhe das paredes originais da torre.

Programe-se para visitar o Castelo de Brastilava

Quanto custa | A visita à parte externa do castelo é gratuita. Para conhecer o seu interior e visitar as exposições, você precisa pagar EUR 7. Estudantes e idosos pagam EUR 4, e famílias com até três crianças menores de 15 anos pagam EUR 10. Os tíquetes são vendidos na bilheteria do museu que fica no pátio externo.

Quando ir | Você pode visitar o Castelo de Bratislava diariamente, das 10h às 18h, exceto nas segundas-feiras. Nos meses mais frios, de novembro a março, a visitação se encerra uma hora mais cedo.

A Eslováquia tem um inverno gelado, com muita neve, e um verão ameno, mas bastante chuvoso. O melhor período para visitar o país é na primavera, entre maio e junho, e no outono, entre setembro e outubro.

Quem leva | Se você é daqueles viajantes que prefere estar acompanhado por um guia, há vários passeios que incluem uma visita ao Castelo de Bratislava. Veja os preços e faça sua reserva.

Como chegar | O Castelo de Bratislava fica em Staré Mesto, a parte histórica da cidade. As linhas de ônibus 203 e 207 passam pelo Portão Viena. Partindo do Centro Histórico, placas indicam o caminho, mas prepare as pernas para subir a estradinha de paralelepípedo que nos leva até o topo da colina.

Onde ficar | O coração da capital eslovaca é a Cidade Velha e ficar aqui faz toda a diferença, especialmente se você tiver pouco tempo. Eu escolhi as melhores opções para ajudar você a decidir e, por isso, sugiro que você leia Onde se hospedar em Bratislava.

Visto e Documentos | Brasileiros não precisam de visto para entrar na Eslováquia, mas é preciso apresentar o passaporte com pelo menos seis meses de validade e um seguro viagem específico para países europeus.

Informações importantes | Para planejar sua viagem à Eslováquia com mais segurança, eu sugiro que você leia Eslováquia: informações que você precisa saber.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário