Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

56

Atualizado em 23 de julho de 2020

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Uma viagem de carro sempre rende boas histórias. É, essencialmente, colocar o pé na estrada e ver o que liga um destino ao outro. O servidor público Danilo Fonseca, saiu de Lins, em São Paulo, e partiu para o Uruguai de carro. Ele não só compartilhou a experiência com a gente, como também descreveu o roteiro que, planejado com pouca antecedência – apenas 20 dias antes da viagem –, durou 14 dias.

A primeira dica do viajante, antes de cair na estrada, é conferir o seguro do carro.

Já sabia da importância do seguro para andar em países do Mercosul, por meio de dicas de blogs como o Pé na Estrada, então logo procurei meu corretor de seguros, que providenciou a tal ‘Carta Verde”, disse.

Esse documento é o seguro obrigatório para viajar de carro pelo Mercosul, e o preço varia de acordo com a quantidade de dias. Para chegar ao Uruguai de carro, o Danilo pegou uma de 40 dias e custou R$ 138. De acordo com ele, o processo foi rápido e o corretor conseguiu o documento em menos de 24 horas.

Com o seguro em mãos, malas feitas e carro revisado, partimos, eu e minha esposa para nossa primeira parada em Curitiba, no Paraná, via BR 153, onde passamos dois dias na casa de minha prima”. Ele conta que foram dois dias curtindo os restaurantes e pontos interessantes da cidade, que, se você passar por aqui, não deixe de visitar as 10 atrações para conhecer a história de Curitiba.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

De Lins a Curitiba foram 600 quilômetros, passando por Marília, Ourinhos, Santo Antônio da Platina e Ponta.

Uruguai de carro

No terceiro dia, a viagem segue. “Após o almoço, pegamos a BR 101 saindo de Curitiba e chegamos a Garopaba, em Santa Catarina. Aqui, nos hospedamos na Pousada do Véio, um lugar bem agradável e familiar”. Neste ponto Danilo ressalta um detalhe: “Existe um posto da rede Ale que aceita trocar Dotz (moeda virtual) por combustível, o que foi uma boa surpresa, já que a caminhonete flex não é das mais econômicas”, conta.

De Curitiba a Garopaba foram 400 quilômetros, seguindo a BR 101, passando por Joinville, Balneário Camboriú e Florianópolis.

No dia seguinte, depois de um café da manhã reforçado, o casal seguiu para a praia de Garopaba, onde fica a fábrica da Mormaii, marca brasileira de roupas e artigos de surf. “Comprei óculos de sol e bermudas, minha mulher comprou biquínis. Nós gostamos muito do valor e da qualidade”, indica.

Por volta das 11h, Danilo voltou para a estrada, parando em Sombrio, ainda e, Santa Catarina, para almoçar. “O restaurante chama-se Posto do Japonês e é muito gostoso. O lugar é grande e tem até um outlet”, diz Danilo.

Ao chegar a Osório, Rio Grande do Sul, cerca de 300 quilômetros depois de Garopaba, será preciso optar entre ir pela via costeira ou seguir pelo caminho mais expresso, sentido Porto Alegre.

Nós optamos pelo litoral e foi uma ótima escolha. Eu queria muito entrar em Tavares, onde eu sabia que havia um local com dunas e um farol. Fui pela areia mesmo e valeu a pena. Que lugar bonito! Vimos flamingos e tartarugas marinhas”, lembra.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Depois disso, o casal saiu de Tavares rumo a São José do Norte, que fica separada por uma lagoa de Rio Grande. Aqui, foi o momento de dormir, pois a balsa que faz a travessia só funciona pela manhã e começo da tarde.

De Garopaba a São José do Norte foram 560 quilômetros, passando por Criciúma, Sombrio, Três Cachoeiras, Osório, Capivari do Sul, Mostardas e Tavares.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

A viagem ao Uruguai de carro continua no quinto dia.

Acordamos nessa cidade pitoresca de São José do Norte, lugar simpático e de ruas estreitas. Pegamos a balsa para Rio Grande e saímos rumo a Chuí. No caminho avistamos muitas capivaras pela estrada que cruza o parque do Taim. Chegamos a Chuí e, aqui, ressalto que minha esposa ficou impressionada com os preços do lugar, tudo muito em conta. Compramos perfumes, bebidas e almoçamos um chivito, típico daqui”, diz o viajante.

Cruzando a fronteira

Chuí é a cidade mais ao sul do país e faz fronteira com Chuy, no Uruguai. Danilo conta que, mesmo comparando com outras viagens internacionais, o preço das compras em Chuí é barato mesmo e de qualidade, com perfumes originais, maquiagens e outros produtos, valendo a parada.

“Saímos de Chuí por volta das quatro da tarde rumo a Punta del Este. Finalmente, chegaríamos ao Uruguai de carro. Fomos parados na fronteira, checaram o seguro e pediram meu documento. Não levou nem cinco minutos”, explica. Aqui, a viagem segue pela rodovia uruguaia Ruta 9, muito bem conservada.

A chegada a Punta del Este foi por volta das 18h e o casal curtiu dois dias aqui. “Punta del Este  é uma cidade cheia de atrações, cassinos e bons restaurantes. Alguns pontos turísticos principais são a Casa Pueblo, museu de onde você aprecia um belo pôr do sol, e Punta Ballena, a praia no pé do museu”. A hospedagem foi no hotel Saint-Pierre, antigo hotel Don Pepe.

De São José do Norte à Punta del Este foram 530 quilômetros, passando por Rio Grande, Taim, Curral Alto, Chuí, La Coronilla, Rocha e San Carlos.

Chegando a Montevidéu

Curtindo o Uruguai de carro, saímos de Punta no fim da tarde, rumo a Montevidéu. O trajeto foi tranquilo demais e a rodovia é duplicada em boa parte do trecho. A capital uruguaia tem um trânsito pacato, fazendo a experiência de dirigir, um sossego”, detalha Danilo.

A hospedagem foi no Esplendor Cervantes hotel, mas Danilo ressalta que foi preciso deixar a caminhonete em um estacionamento ao lado, já que não há vagas para carro em quase nenhum hotel, mas não apontou isso como um problema na viagem ao Uruguai de carro.

Se você está procurando hotéis na cidade, veja: Onde se hospedar em Montevidéu.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Fomos a pé até o calçadão central, um passeio leve que vale a pena. No dia seguinte de manhã, fomos andando até a rambla, que é a calçada que beira a bacia do Prata”. Danilo e sua esposa apontam Montevidéu como uma cidade bem urbanizada, com parques públicos bonitos e ótima culinária. Aqui, quase tudo dá para fazer a pé, mas eles usaram o carro para visitar o estádio centenário e o shopping Punta Caretas, que eram mais afastados.

De Punta del Este à Montevidéo foram 130 quilômetros passando por Pan de Azucar, Neptunia e Carrasco.

De Montevidéu a Buenos Aires

Um dia antes de partir de Montevidéu, Danilo foi até a empresa que faz o transporte de barco até Buenos Aires, a Buquebus. “Fiquei impressionado com o valor para colocar o carro na bodega, que é o compartimento de carga do barco Francisco, um catamarã ultra rápido que faz a travessia em uma hora”. O valor era algo em torno de USD 400. Ao invés disso, a caminhonete foi deixada no estacionamento do próprio porto de Montevidéu, com as malas na cabine, antes de seguirem apenas com o essencial rumo a Argentina, de barco.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Confesso que fiquei preocupado em deixar o carro no estacionamento do porto por dois dias, mas era nossa opção. Embarcamos às 10h30 da manhã e chegamos a Buenos Aires pouco antes do meio dia. A travessia é bem legal, o barco Francisco tem freeshop e é muito bem estruturado”, comenta.

A descida foi em Porto Madero e, com as malas nas costas, eles caminharam até o Be Trimos Hotel, a hospedagem na capital portenha, mas que atualmente está fechado.

Carro não fez falta nenhuma na Argentina, fizemos tudo de táxi nos dois dias de passeio e foi ótimo”, conta Danilo.

O caminho de volta

Já no décimo-segundo dia de viagem, com as férias acabando, era hora de voltar para casa.

Pegamos o barco de volta para Montevidéu às duas da tarde, chegamos ao porto e, que alívio, tudo em ordem com a caminhonete. Enchi o tanque e partimos rumo a Chuí novamente, saindo do Uruguai de carro”. A intenção era acordar na cidade de fronteira e fazer mais comprinhas.

De Montevidéu a Chuí foram 330 quilômetros.

No dia seguinte, antes de partir, só houve tempo para o café e as, já planejadas, compras.

Saímos de Chuí às dez da manhã e, como havia dormido muito bem à noite, decidimos que iríamos fazer render o dia na estrada”. Dito e feito: dessa vez, seguindo pelo caminho expresso, eles fizeram uma parada para almoço em Pelotas, indo direto até Camboriú, onde pernoitaram.

De Chuí à Camboriú foram 1.040 quilômetros, passando por Taim, Rio Grande, Pelotas, Camaquã, Porto Alegre, Gravataí, Osório, Tubarão e Florianópolis.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Bateria carregada após uma boa noite de sono, resolvemos dar um pulo na orla, pois havia muito tempo que não passávamos por lá”. Com uma fama que não é à toa, as praias de Balneário Camboriú são imperdíveis. O almoço foi no restaurante do Farol, onde você desfruta de um ótimo rodízio. Daqui, foi partir para São Paulo, onde o casal tinha um compromisso, antes de retornar a Lins.

De Balneário Camboriú a São Paulo foram 630 quilômetros.

Depois de chegar em casa, Danilo era só alegria.

“Viajar para o Uruguai de carro foi incrível, e é difícil expressar o prazer que foi rodar esses 4.200 quilômetros e chegar ao Uruguai de carro. Recomendo muito este roteiro para quem curte a estrada”. O nosso amigo viajante se disponibiliza para tirar qualquer dúvida em relação a rota.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

56 Comentários

  1. Avatar
    Elisabete Valadao on

    Olá, em Maio fomos de São Paulo A Fortaleza de carro, foram 20 dias viajando e eu adorei.
    Estamos querendo ir ao Uruguai, meu marido só está preocupado com a qualidade do combustível, você tem alguma dica? Obrigada

  2. Avatar
    Ciro Salvador Longobardi Júnior on

    Em Agosto próximo estarei fazendo esta viagem de moto. Vou realizar um antigo sonho. Por acaso vi um dia uma imagem da orla de Montevideo e fiquei com água no cérebro.
    Estou ansioso.
    Logo chega a minha hora de partir. Só alegria.

  3. Avatar
    Ivan Bertolazzi Filho on

    Boaaa. Quero conhecer o Uruguai. Sou de São Paulo consigo chegar lá fazendo apenas uma parada? Gostaria de ir no estádio Centenário em Montevidéu assistir o jogo do Corinthians dia 01/08. Acho que saindo de SP dia 30/07 chego a tempo? Tem fuso horário? Vou com minha esposa. Pena que não posso levar os pets ou posso? Me oriente rsrsrs. Vai ser meio no susto essa aventura….dicas?

  4. Avatar

    Olá Altier amei seu post. Eu e meu noivo resolvemos fazer o mesmo roteiro, mas estávamos perdidos, pois será a primeira vez. Também sairemos de SP, mas temos apenas 48 horas para agilizar tudo. No nosso caso é tentar economizar ao máximo e fazer uma viagem prazerosa, pois adoramos estrada.
    Nos ajudou bastante a decidir como aproveitar melhor a viajem. Se vc tiver mais dicas úteis gostaria que compartilhasse juntamente com os leitores claro!
    Obrigada!

  5. Avatar

    Estou ansiosa, pretendo fazer essa jornada este mês, com meu marido, minha filha, minha sobrinha e meu irmão. Em 2015 meu marido e eu fomos de caminhão até porto alegre e atravessamos para montevidéu de ônibus, mas as 18 horas de caminhão foi sensacional. Ano passado fomos de avião e este ano iremos de carro, como temos parentes por lá, os custos de hospedagens são bem baixas, mas desta vez iremos fazer uma jornada maior.
    Gostaria de sugestões para montar o roteiro, podem me ajudar?

  6. Avatar

    Vou fazer, exatamente, essa viagem, agora em janeiro. Gostaria de saber se é possível ir a Buenos Aires e voltar a Montevideo, no mesmo dia. E vcs fizeram seguro viagem?

  7. Avatar
    Aline Saldanha on

    Olá, Boa noite!

    Eu e meu esposo estamos programando uma trip de carro para 2019 de carro, teria um estimativa total do valor da viagem, apenas para uma noção?

    estamos adorando as dias…

  8. Avatar

    Olá!
    Gosto de sempre estar pesquisando e lendo esses post e cia sobre viagens de carro…
    Ano passado (julho 2017) eu e minha esposa resolvemos deixar de apenas ler e assistir filmes sobre viagens e colocamos em prática a nossa viagem. Saíamos de Curitiba PR e seguimos em destino ao Chile para conhecer de perto a neve, já que esse período é de neve.
    Caso haja interesse, gostaria de compartilhar informações sobre a nossa viagem. Foram 7.000 kms de aventura…

    Att;

    Eliel V. Viana

  9. Avatar

    Olá.
    Estou planejando essa viagem e seguindo essas dicas.
    Sabe estimar, quanto gastarei de combustível, mais ou menos?
    E o total da viagem, tem uma estimativa?

  10. Avatar
    Alexandre Spadafora on

    Altier, boa tarde!
    Compartilhando experiência de viagem, nos últimos 4 anos viajamos para Montevideo (mês de Julho).
    1º dia: Roteiro principal: Saímos de Itapetininga (interior de SP) e seguimos para região Sul do país, atravessamos SP/PR pela cidade de Itararé e seguimos pelo Estado do PR sentido Palmeira, São Mateus do Sul e União da Vitória, atravessamos Santa Catarina e pernoitamos em Erechim/RS;
    2º dia: Seguimos viagem até Santana do Livramento / Rivera/UR (pernoitamos);
    3º dia: Embarcamos para Montevideo pelas rodovias Uruguaias (Ruta 5), tranquilas de viajar, mas com pouca sinalização (recomendável viajar de dia).
    4 dias no UR: Visitamos Colonia D’ Sacramento, Punta D’Leste, Montevideo, etc (Viagem maravilhosa recomendamos).
    Já fizemos o percurso pelo Chui/RS, mas consideramos que o caminho por Santana do Livramento – Rivera/UR seja melhor (cidade com melhor estrutura de compras, hospedagem e restaurantes).
    Boa Viagem!!! (Spadafora, Alexandre)

  11. Avatar
    Letícia Inagaki on

    Olá, viajantes!

    Estou programando uma viagem com este roteiro para mês de Agosto/2018, caso alguém esteja indo nesta época me avisem, vamos se comunicando!
    Estarei saindo de Campinas (Interior de SP).

    Adorei o relato, incentivou ainda mais a vontade de fazer a trip de carro! 🙂

  12. Avatar

    olá, show de bola todo o roteiro, com certeza uma experiencia unica ! gostaria de ter uma noção de valor, seguindo o roteiro do relato.

  13. Avatar

    Olá, pretendemos fazer essa viagem em julho, por 12 ou 15 dias.
    É possível, ao chegar próximo de Osório/RS, continuar pela BR101 até Rio Grande?
    O Google indica seguir em direção a Porto Alegre e depois continuar pela BR116 mas pelo mapa o caminho pela 101 parece bem atrativo…

  14. Avatar
    Antonio Marcos on

    Fiz algumas viagens de carro pelo sul do Brasil,saindo do interior de Sp , fui ate Gramado,subindo na volta pela BR-101 ,passei por alguns ponto,que ele descreveu, como Camburiu, Florianopolis, Curitiba ,sempre bateu essa vontade de ir ao Uruguai de carro.No ano passado ( 2017 ) fui a Portugal sozinho ,amei! Mas esse ano penso e fazer essa de carro ao Uruguai. Pé na estrada!

  15. Avatar

    Olá, farei essa viagem agora em jun/18 e gostaria de saber sobre as rodovias em geral do percurso e risco de assalto das mesmas. Poderia compartilhar o que vocês acharam sobre isso?

  16. Avatar

    Olá
    Estou acabando de montar meu roteiro saindo de sp para Uruguai e minha intenção eh pernoitar em São José do Norte pois pelo horário para atravessar de carro não daria tempo do horário da balsa
    Mas to achando 1 opção de hotel
    Tem alguma outra sugestão ?

  17. Avatar

    Muito legal as dicas e troca de experiências.
    No dia 03/01/18 vou partir de carro com minha esposa numa trip parecida com a de vocês. Vou descrever brevemente no roteiro e se puderem comentem a respeito.
    Vamos sair de São Paulo na madrugada e fazer a primeira parada para dormir em Laguna (850 km), no dia seguinte mais 1100 km ate Punta del Este e lá ficar por 03 dias.
    Depois o caminho de volta será mais tranquilo, rodando menos kms por dia. Ficaremos uma tarde/noite em Pelotas, outra em São Joaquim, descer a Serra do Rio do Rastro, dar uma passada em Garopaba e finalmente Floripa onde ficaremos 5 dias de relax antes de voltar para casa….
    Espero que corra tudo brm e possa compartilhar com vocês quando voltarmos.
    Feliz 2018 !!!!!

  18. Avatar

    Olá. Muito bom.

    Será nossa primeira viagem para fora e estamos cheios de dúvidas.

    Temos que trocar moeda aqui no Brasil? Tirando o seguro do carro. Tem algo mais obrigatório?

    • Altier Moulin

      Oi, Allan.

      Você pode levar reais e trocar na fronteira. O dólar também será aceito.
      Você deve ter o seu documento de identificação – carteira de identidade ou passaporte – e de todos os passageiros.
      Crianças não podem entrar com a certidão de nascimento.

      É isso.

      Um abraço.

Escreva um comentário