Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu, as dicas para sua viagem

Atualizado em 4 de outubro de 2022 – 6 min de leitura

Uma viagem de carro sempre rende boas histórias. É, essencialmente, colocar o pé na estrada e ver o que liga um destino ao outro. O servidor público Danilo Fonseca, saiu de Lins, em São Paulo, e partiu para o Uruguai de carro. Ele não só compartilhou a experiência com a gente, como também descreveu o roteiro que, planejado com pouca antecedência – apenas 20 dias antes da viagem –, durou 14 dias.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

A primeira dica do viajante, antes de cair na estrada, é conferir o seguro do carro.

Já sabia da importância do seguro para andar em países do Mercosul, por meio de dicas de blogs como o Pé na Estrada, então logo procurei meu corretor de seguros, que providenciou a tal ‘Carta Verde”, disse.

Esse documento é o seguro obrigatório para viajar de carro pelo Mercosul, e o preço varia de acordo com a quantidade de dias. Para chegar ao Uruguai de carro, o Danilo pegou uma de 40 dias e custou R$ 138. De acordo com ele, o processo foi rápido e o corretor conseguiu o documento em menos de 24 horas.

Com o seguro em mãos, malas feitas e carro revisado, partimos, eu e minha esposa para nossa primeira parada em Curitiba, no Paraná, via BR 153, onde passamos dois dias na casa de minha prima”. Ele conta que foram dois dias curtindo os restaurantes e pontos interessantes da cidade, que, se você passar por aqui, não deixe de visitar as 10 atrações para conhecer a história de Curitiba.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

De Lins a Curitiba foram 600 quilômetros, passando por Marília, Ourinhos, Santo Antônio da Platina e Ponta.

Uruguai de carro

No terceiro dia, a viagem segue. “Após o almoço, pegamos a BR 101 saindo de Curitiba e chegamos a Garopaba, em Santa Catarina. Aqui, nos hospedamos na Pousada do Véio, um lugar bem agradável e familiar”. Neste ponto Danilo ressalta um detalhe: “Existe um posto da rede Ale que aceita trocar Dotz (moeda virtual) por combustível, o que foi uma boa surpresa, já que a caminhonete flex não é das mais econômicas”, conta.

De Curitiba a Garopaba foram 400 quilômetros, seguindo a BR 101, passando por Joinville, Balneário Camboriú e Florianópolis.

No dia seguinte, depois de um café da manhã reforçado, o casal seguiu para a praia de Garopaba, onde fica a fábrica da Mormaii, marca brasileira de roupas e artigos de surf. “Comprei óculos de sol e bermudas, minha mulher comprou biquínis. Nós gostamos muito do valor e da qualidade”, indica.

Por volta das 11h, Danilo voltou para a estrada, parando em Sombrio, ainda e, Santa Catarina, para almoçar. “O restaurante chama-se Posto do Japonês e é muito gostoso. O lugar é grande e tem até um outlet”, diz Danilo.

Ao chegar a Osório, Rio Grande do Sul, cerca de 300 quilômetros depois de Garopaba, será preciso optar entre ir pela via costeira ou seguir pelo caminho mais expresso, sentido Porto Alegre.

Nós optamos pelo litoral e foi uma ótima escolha. Eu queria muito entrar em Tavares, onde eu sabia que havia um local com dunas e um farol. Fui pela areia mesmo e valeu a pena. Que lugar bonito! Vimos flamingos e tartarugas marinhas”, lembra.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Depois disso, o casal saiu de Tavares rumo a São José do Norte, que fica separada por uma lagoa de Rio Grande. Aqui, foi o momento de dormir, pois a balsa que faz a travessia só funciona pela manhã e começo da tarde.

De Garopaba a São José do Norte foram 560 quilômetros, passando por Criciúma, Sombrio, Três Cachoeiras, Osório, Capivari do Sul, Mostardas e Tavares.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

A viagem ao Uruguai de carro continua no quinto dia.

Acordamos nessa cidade pitoresca de São José do Norte, lugar simpático e de ruas estreitas. Pegamos a balsa para Rio Grande e saímos rumo a Chuí. No caminho avistamos muitas capivaras pela estrada que cruza o parque do Taim. Chegamos a Chuí e, aqui, ressalto que minha esposa ficou impressionada com os preços do lugar, tudo muito em conta. Compramos perfumes, bebidas e almoçamos um chivito, típico daqui”, diz o viajante.

Cruzando a fronteira

Chuí é a cidade mais ao sul do país e faz fronteira com Chuy, no Uruguai. Danilo conta que, mesmo comparando com outras viagens internacionais, o preço das compras em Chuí é barato mesmo e de qualidade, com perfumes originais, maquiagens e outros produtos, valendo a parada.

“Saímos de Chuí por volta das quatro da tarde rumo a Punta del Este. Finalmente, chegaríamos ao Uruguai de carro. Fomos parados na fronteira, checaram o seguro e pediram meu documento. Não levou nem cinco minutos”, explica. Aqui, a viagem segue pela rodovia uruguaia Ruta 9, muito bem conservada.

A chegada a Punta del Este foi por volta das 18h e o casal curtiu dois dias aqui. “Punta del Este  é uma cidade cheia de atrações, cassinos e bons restaurantes. Alguns pontos turísticos principais são a Casa Pueblo, museu de onde você aprecia um belo pôr do sol, e Punta Ballena, a praia no pé do museu”. A hospedagem foi no hotel Saint-Pierre, antigo hotel Don Pepe.

De São José do Norte à Punta del Este foram 530 quilômetros, passando por Rio Grande, Taim, Curral Alto, Chuí, La Coronilla, Rocha e San Carlos.

Chegando a Montevidéu

Curtindo o Uruguai de carro, saímos de Punta no fim da tarde, rumo a Montevidéu. O trajeto foi tranquilo demais e a rodovia é duplicada em boa parte do trecho. A capital uruguaia tem um trânsito pacato, fazendo a experiência de dirigir, um sossego”, detalha Danilo.

A hospedagem foi no Esplendor Cervantes hotel, mas Danilo ressalta que foi preciso deixar a caminhonete em um estacionamento ao lado, já que não há vagas para carro em quase nenhum hotel, mas não apontou isso como um problema na viagem ao Uruguai de carro.

Se você está procurando hotéis na cidade, veja: Onde se hospedar em Montevidéu.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Fomos a pé até o calçadão central, um passeio leve que vale a pena. No dia seguinte de manhã, fomos andando até a rambla, que é a calçada que beira a bacia do Prata”. Danilo e sua esposa apontam Montevidéu como uma cidade bem urbanizada, com parques públicos bonitos e ótima culinária. Aqui, quase tudo dá para fazer a pé, mas eles usaram o carro para visitar o estádio centenário e o shopping Punta Caretas, que eram mais afastados.

De Punta del Este à Montevidéo foram 130 quilômetros passando por Pan de Azucar, Neptunia e Carrasco.

De Montevidéu a Buenos Aires

Um dia antes de partir de Montevidéu, Danilo foi até a empresa que faz o transporte de barco até Buenos Aires, a Buquebus. “Fiquei impressionado com o valor para colocar o carro na bodega, que é o compartimento de carga do barco Francisco, um catamarã ultra rápido que faz a travessia em uma hora”, conta.

O valor era algo em torno de USD 400. Ao invés disso, a caminhonete foi deixada no estacionamento do próprio porto de Montevidéu, com as malas na cabine, antes de seguirem apenas com o essencial rumo a Argentina, de barco.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Confesso que fiquei preocupado em deixar o carro no estacionamento do porto por dois dias, mas era nossa opção. Embarcamos às 10h30 da manhã e chegamos a Buenos Aires pouco antes do meio dia. A travessia é bem legal, o barco Francisco tem freeshop e é muito bem estruturado”, comenta.

A descida foi em Porto Madero e, com as malas nas costas, eles caminharam até o Be Trimos Hotel, a hospedagem na capital portenha, mas que atualmente está fechado.

Carro não fez falta nenhuma na Argentina, fizemos tudo de táxi nos dois dias de passeio e foi ótimo”, conta Danilo.

O caminho de volta

Já no décimo-segundo dia de viagem, com as férias acabando, era hora de voltar para casa.

Pegamos o barco de volta para Montevidéu às duas da tarde, chegamos ao porto e, que alívio, tudo em ordem com a caminhonete. Enchi o tanque e partimos rumo a Chuí novamente, saindo do Uruguai de carro”. A intenção era acordar na cidade de fronteira e fazer mais comprinhas.

De Montevidéu a Chuí foram 330 quilômetros.

No dia seguinte, antes de partir, só houve tempo para o café e as, já planejadas, compras.

Saímos de Chuí às dez da manhã e, como havia dormido muito bem à noite, decidimos que iríamos fazer render o dia na estrada”. Dito e feito: dessa vez, seguindo pelo caminho expresso, eles fizeram uma parada para almoço em Pelotas, indo direto até Camboriú, onde pernoitaram.

De Chuí à Camboriú foram 1.040 quilômetros, passando por Taim, Rio Grande, Pelotas, Camaquã, Porto Alegre, Gravataí, Osório, Tubarão e Florianópolis.

Uruguai de carro: de São Paulo a Montevidéu

Bateria carregada após uma boa noite de sono, resolvemos dar um pulo na orla, pois havia muito tempo que não passávamos por lá”. Com uma fama que não é à toa, as praias de Balneário Camboriú são imperdíveis. O almoço foi no restaurante do Farol, onde você desfruta de um ótimo rodízio. Daqui, foi partir para São Paulo, onde o casal tinha um compromisso, antes de retornar a Lins.

De Balneário Camboriú a São Paulo foram 630 quilômetros.

Depois de chegar em casa, Danilo era só alegria.

“Viajar para o Uruguai de carro foi incrível, e é difícil expressar o prazer que foi rodar esses 4.200 quilômetros e chegar ao Uruguai de carro. Recomendo muito este roteiro para quem curte a estrada”. O nosso amigo viajante se disponibiliza para tirar qualquer dúvida em relação a rota.

Informações básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no Uruguai por até 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

Moeda

O peso uruguaio, identificado pela sigla UYU, é a moeda nacional. Para sua viagem, leve reais ou dólares.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é obrigatória, independentemente do motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

O Uruguai tem atualizado com frequência os requisitos para a entrada de brasileiros no país.

O último decreto do governo, publicado em 26 de agosto de 2022, define as regras para quem já está completamente vacinado, para quem teve a infecção nos últimos 90 dias e para os outros viajantes que não se enquadram nos casos anteriores.

Veja quais os documentos necessários para cada caso.

Viajantes vacinados
  1. Comprovante de vacinação com esquema completo – dose única ou duas doses, dependendo de cada caso. Todas as vacinas aprovadas no Brasil são aceitas no Uruguai. Veja como solicitar o certificado de vacinação contra covid-19.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Viajantes infectados nos últimos 90 dias
  1. Resultado positivo de exame RT-PCR ou antígeno (teste rápido), realizado entre, no máximo, 90 dias e até 10 dias antes da chegada ao país.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Demais viajantes
  1. Resultado negativo de exame RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72  horas antes da viagem. É importante saber que a companhia aérea pode exigir que o teste seja apresentado antes do embarque, ainda no Brasil. Menores de seis anos não precisam fazer o exame.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e até transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.

As autoridades uruguaias sugerem o uso de máscara de forma adequada (cobrindo boca, nariz e queixo) em ocasiões de contato próximo com outras pessoas.

Também é recomendado que os viajantes que não estiverem com o esquema de vacinação completo façam um teste de diagnóstico dentro de 24 horas após a entrada no país. No caso de aparecimento de sintomas compatíveis com covid-19, é indicado fazer uma consulta médica imediatamente.

Retorno ao Brasil

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro Viagem

Desde que reabriu as fronteiras,  o seguro viagem com cobertura para tratamento de covd-19 passou a ser obrigatório.  Sem ele, você será impedido de entrar no Uruguai.

É essencial que o seguro tenha cobertura para internação, isolamento e/ou transferência médica, caso necessário.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

UM PEQUENO GRANDE PAÍS

O Uruguai tem um território pequeno – principalmente quando comparamos com os vizinhos Brasil e Argentina –, mas o que o país não tem em tamanho tem em atitude, peculiaridades e muitas outras características que o permitem ser comparados com as nações mais desenvolvidas do mundo.

Para você ver como esta questão é tão relevante, o Uruguai ganhou o apelido de “paisito” pelos próprios uruguaios, que tratam isso com uma leveza muito peculiar: o uruguaio é, de forma geral, muito tranquilo.

O que poderia ser um ponto negativo, acaba sendo um ponto favorável: como as distâncias são curtas, é possível percorrer diferentes partes do país em poucos dias.

Agora, falando em termos políticos e sociais, o Uruguai dá um show: o país tem o melhor índice de qualidade de vida de toda a América Latina e também os menores números de corrupção, de acordo com a Transparência Internacional.

Além disso, o Uruguai é um país considerado liberal e tem uma legislação bastante avançada: o estado é laico – separando política e religião –, o uso da maconha é liberado, mas sob o controle do governo, o aborto é legalizado nas 12 primeiras semanas de gestação e a aprovação da união civil entre pessoas do mesmo sexo é permitida desde 2013.

Veja mais dicas do Uruguai

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Uruguai.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

72 Comentários

  1. HELENO DE ALMEIDA PINTO

    Boa tarde, tudo bem? Você sabe me informar como obter o TAG para pedágio no Uruguay? Sei que a partir de 2022 não se aceita mais dinheiro nas praças de pedágio.

    Responder
  2. João Guitos

    Show seu relato…so me tire uma dúvida…
    Para ir com carro financiado precisa algo ?? Alguma liberação/autorização???

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, João.
      Se o documento estiver no nome do motorista ou de um dos passageiros, não vejo problema.
      Um abraço!

      Responder
  3. Juan Carlos Soiza

    Estou pretendendo fazer Rio de Janeiro – Montevideo, tem alguna dica para cruzar Sao Paulo sem entrar na cidade.

    Responder
    • Joaquim Francisco da Silva

      Pegar o Rodoanel na Via Dutra e sair direto na Regis Bitencourt. Não passa dentro de SP e corta o caminhyo

      Responder
      • Denis Alberto Martineli

        É mais simples e mais rápido vc entra na marginal Tietê e depois marginal pinheiros aí acessar o caminho sentido Regis Bitencourt ( BR116) sentido Sul do país!

        Responder
      • Rosângela

        Olá achei seu roteiro maravilhoso, você sabe como está hoje a entrada de brasileiros no Uruguai?. Que documentos são solicitamos na fronteira?. Estamos pretendendo ir agora em novembro 2021. Obrigada!!.

        Responder
        • Ademir di grazia

          Boa tarde meu amigo desculpe a pergunta indiscreta fez o custo da viagem ida e volta compras combustível hospedagem refeição uso dólar dinheiro local ou Real grato

          Responder
          • Altier Moulin

            Dinheiro local, Ademnir.
            Um abraço.

          • Marlene

            Eu também gostaria de saber o custo da viagem.( pedágios e gasolina)

  4. CArlos Moura

    Olá,
    Gostei da dica para adentrar em um país de fronteira, cm relação ao seguro do veículo; Muito legal

    Responder
    • Altier Moulin

      Obrigado, Carlos.
      Um abraço.

      Responder
  5. Danilo

    Boa tarde, algo em torno de R$ 8.500

    Responder
    • Paulo Roberto Varela

      Você se arriscaria a fazer esta viagem num carro 1.0 (Kwid ou Uno) com três pessoas adultas?

      Responder
      • Altier Moulin

        Oi, Paulo.
        Tudo depende do ritmo da viagem.
        Se for uma viagem com paradas programadas e com tempo, sim.
        Um abraço.

        Responder
  6. Danilo de Barros Fonseca

    Oi Emílio , na época pagamos cerca de R$ 400 o casal, lembrando que nossa S-10 ficou no porto de Montevidéu

    Responder
  7. Emilio

    Quanto voces pagaram para atravessar do Uruguai para a Argentina, no Buquebus?

    Responder
  8. Chris

    E sobre valores? Com hospedagem, pedágios, gasolina, comida etc (exceto compras), conseguem informar um valor de custo desta viagem?

    Responder
  9. Elisabete Valadao

    Olá, em Maio fomos de São Paulo A Fortaleza de carro, foram 20 dias viajando e eu adorei.
    Estamos querendo ir ao Uruguai, meu marido só está preocupado com a qualidade do combustível, você tem alguma dica? Obrigada

    Responder
  10. Ciro Salvador Longobardi Júnior

    Em Agosto próximo estarei fazendo esta viagem de moto. Vou realizar um antigo sonho. Por acaso vi um dia uma imagem da orla de Montevideo e fiquei com água no cérebro.
    Estou ansioso.
    Logo chega a minha hora de partir. Só alegria.

    Responder
    • Altier Moulin

      Sensacional, Ciro.

      Realizar um sonho é sempre bom.

      Aproveite.

      Responder
  11. Ivan Bertolazzi Filho

    Em 5 dias vou e volto a Montevidéu?

    Responder
    • Altier Moulin

      Depende de onde você vai sair, Ivan.

      Um abraço.

      Responder
  12. Ivan Bertolazzi Filho

    Boaaa. Quero conhecer o Uruguai. Sou de São Paulo consigo chegar lá fazendo apenas uma parada? Gostaria de ir no estádio Centenário em Montevidéu assistir o jogo do Corinthians dia 01/08. Acho que saindo de SP dia 30/07 chego a tempo? Tem fuso horário? Vou com minha esposa. Pena que não posso levar os pets ou posso? Me oriente rsrsrs. Vai ser meio no susto essa aventura….dicas?

    Responder
  13. Moacyr

    Muito obrigado pelas dicas! Só uma pergunta: de Montevidéu até Buenos Aires, tem como ir de carro ou só de balsa? Valeu!!

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Moacyr.

      Dá sim, mas você vai ter que prolongar a viagem. Veja nesse mapa: https://goo.gl/YxoCT3

      Um abraço.

      Responder
  14. Sergio

    Olá amigo, você achou seguro, principalmente no Uruguai?
    Pretendo fazer esse percurso com 2 crianças!!!
    Desde já, obrigado ?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Sergio.

      Sim, muito seguro. Um dos lugares mais tranquilos que conheci.

      Um abraço.

      Responder
    • Genilson Alves

      Olá amigo, vc revezou a direção com sua esposa? Será que dá para ir com apenas 1 dirigindo?

      Responder
      • Altier Moulin

        Oi, Genilson.

        Se fizer paradas de descanso, dá para ir sozinho.

        Um abraço.

        Responder
  15. Núbia

    Olá Altier amei seu post. Eu e meu noivo resolvemos fazer o mesmo roteiro, mas estávamos perdidos, pois será a primeira vez. Também sairemos de SP, mas temos apenas 48 horas para agilizar tudo. No nosso caso é tentar economizar ao máximo e fazer uma viagem prazerosa, pois adoramos estrada.
    Nos ajudou bastante a decidir como aproveitar melhor a viajem. Se vc tiver mais dicas úteis gostaria que compartilhasse juntamente com os leitores claro!
    Obrigada!

    Responder
    • Altier Moulin

      Muito obrigado, Núbia.
      Fico feliz por ter ajudado.

      Um abraço.

      Responder
  16. Fabiana

    Estou ansiosa, pretendo fazer essa jornada este mês, com meu marido, minha filha, minha sobrinha e meu irmão. Em 2015 meu marido e eu fomos de caminhão até porto alegre e atravessamos para montevidéu de ônibus, mas as 18 horas de caminhão foi sensacional. Ano passado fomos de avião e este ano iremos de carro, como temos parentes por lá, os custos de hospedagens são bem baixas, mas desta vez iremos fazer uma jornada maior.
    Gostaria de sugestões para montar o roteiro, podem me ajudar?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Fabiana.

      Há várias dicas de roteiro no texto. Você chegou a dar uma lida?

      Um abraço.

      Responder
  17. NOEMIA CARVALHO

    Vou fazer, exatamente, essa viagem, agora em janeiro. Gostaria de saber se é possível ir a Buenos Aires e voltar a Montevideo, no mesmo dia. E vcs fizeram seguro viagem?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Noemia.

      Sim, possível é, mas fica muito corrido e você não vai ver nada de Buenos Aires.
      Coloque pelo menos dois dias.

      Um abraço.

      Responder
  18. Junior

    Olá qual a melhor época?

    Responder
    • Altier Moulin

      O verão é mais indicado, Junior.
      As estradas ficam mais movimentadas, mas você terá dias mais claros e longos. Ideais para dirigir.

      Um abraço.

      Responder
  19. ANTONIO VINNIE

    Postagem sensacional! Em JAN e FEV de 2019 estarei partindo com minha amada esposa de Fortaleza-Ce rumo a Montevideo. Espero poder compartilhar essa aventura!

    Responder
    • Altier Moulin

      Depois nos escreva contanto, Antonio.

      Um abraço.

      Responder
  20. Aline Saldanha

    Olá, Boa noite!

    Eu e meu esposo estamos programando uma trip de carro para 2019 de carro, teria um estimativa total do valor da viagem, apenas para uma noção?

    estamos adorando as dias…

    Responder
    • Danilo

      Oi Aline, ficou em torno de R$ 5.000

      Responder
  21. Eliel

    Olá!
    Gosto de sempre estar pesquisando e lendo esses post e cia sobre viagens de carro…
    Ano passado (julho 2017) eu e minha esposa resolvemos deixar de apenas ler e assistir filmes sobre viagens e colocamos em prática a nossa viagem. Saíamos de Curitiba PR e seguimos em destino ao Chile para conhecer de perto a neve, já que esse período é de neve.
    Caso haja interesse, gostaria de compartilhar informações sobre a nossa viagem. Foram 7.000 kms de aventura…

    Att;

    Eliel V. Viana

    Responder
  22. Conrado Dias

    Olá.
    Estou planejando essa viagem e seguindo essas dicas.
    Sabe estimar, quanto gastarei de combustível, mais ou menos?
    E o total da viagem, tem uma estimativa?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Conrado.
      Infelizmente, não sei dizer o gasto.

      Um abraço.

      Responder
  23. Alexandre Spadafora

    Altier, boa tarde!
    Compartilhando experiência de viagem, nos últimos 4 anos viajamos para Montevideo (mês de Julho).
    1º dia: Roteiro principal: Saímos de Itapetininga (interior de SP) e seguimos para região Sul do país, atravessamos SP/PR pela cidade de Itararé e seguimos pelo Estado do PR sentido Palmeira, São Mateus do Sul e União da Vitória, atravessamos Santa Catarina e pernoitamos em Erechim/RS;
    2º dia: Seguimos viagem até Santana do Livramento / Rivera/UR (pernoitamos);
    3º dia: Embarcamos para Montevideo pelas rodovias Uruguaias (Ruta 5), tranquilas de viajar, mas com pouca sinalização (recomendável viajar de dia).
    4 dias no UR: Visitamos Colonia D’ Sacramento, Punta D’Leste, Montevideo, etc (Viagem maravilhosa recomendamos).
    Já fizemos o percurso pelo Chui/RS, mas consideramos que o caminho por Santana do Livramento – Rivera/UR seja melhor (cidade com melhor estrutura de compras, hospedagem e restaurantes).
    Boa Viagem!!! (Spadafora, Alexandre)

    Responder
    • Altier Moulin

      Obrigado, Alexandre!

      Seu relato vai ajudar a outros viajantes.

      Um abraço.

      Responder
  24. Letícia Inagaki

    Olá, viajantes!

    Estou programando uma viagem com este roteiro para mês de Agosto/2018, caso alguém esteja indo nesta época me avisem, vamos se comunicando!
    Estarei saindo de Campinas (Interior de SP).

    Adorei o relato, incentivou ainda mais a vontade de fazer a trip de carro! 🙂

    Responder
    • Danilo

      Oi Leticia, que bom, estou me preparando para ir de carro até o chile, mas fica à disposição para falar dessa minha viagem incrível

      Att,

      Danilo

      Responder
    • HERISTON RIBEIRO

      Ola,, Leticia voçe foi deu tudo certo a viagem, pode me passar informaçoes, tais como gastos que teve, pretendo ir em Fevereiro de 2019

      Responder
  25. Fabio

    olá, show de bola todo o roteiro, com certeza uma experiencia unica ! gostaria de ter uma noção de valor, seguindo o roteiro do relato.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Fabio.

      Infelizmente, não tenho o registro dos valores.

      Um abraço.

      Responder
  26. cristina caldana Elias

    Olá, pretendemos fazer essa viagem em julho, por 12 ou 15 dias.
    É possível, ao chegar próximo de Osório/RS, continuar pela BR101 até Rio Grande?
    O Google indica seguir em direção a Porto Alegre e depois continuar pela BR116 mas pelo mapa o caminho pela 101 parece bem atrativo…

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Cristina.

      Infelizmente, não tenho esta informação.
      Vou publicar seu comentário para ver se algum amigo viajante pode ajudar.

      Um abraço.

      Responder
  27. Antonio Marcos

    Fiz algumas viagens de carro pelo sul do Brasil,saindo do interior de Sp , fui ate Gramado,subindo na volta pela BR-101 ,passei por alguns ponto,que ele descreveu, como Camburiu, Florianopolis, Curitiba ,sempre bateu essa vontade de ir ao Uruguai de carro.No ano passado ( 2017 ) fui a Portugal sozinho ,amei! Mas esse ano penso e fazer essa de carro ao Uruguai. Pé na estrada!

    Responder
    • Altier Moulin

      Isso mesmo, Antonio.
      Continue viajando e nos conte como foram suas aventuras.

      Um abraço.

      Responder
  28. Caio

    Olá, farei essa viagem agora em jun/18 e gostaria de saber sobre as rodovias em geral do percurso e risco de assalto das mesmas. Poderia compartilhar o que vocês acharam sobre isso?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Caio.

      Não tenho registro de incidentes deste tipo nas rodovias, mas uma grande fica é evitar trafegar durante à noite ou muito cedo, antes do nascer do sol.

      Um abraço.

      Responder
  29. Roberta

    Olá
    Estou acabando de montar meu roteiro saindo de sp para Uruguai e minha intenção eh pernoitar em São José do Norte pois pelo horário para atravessar de carro não daria tempo do horário da balsa
    Mas to achando 1 opção de hotel
    Tem alguma outra sugestão ?

    Responder
    • Danilo

      Oi Roberta, fique em hotel, a balsa para ás 16 horas. E depois você pode passar pelo parque do TAIM durante o dia, é bem bonito

      Responder
  30. Wilson Santana

    Muito legal as dicas e troca de experiências.
    No dia 03/01/18 vou partir de carro com minha esposa numa trip parecida com a de vocês. Vou descrever brevemente no roteiro e se puderem comentem a respeito.
    Vamos sair de São Paulo na madrugada e fazer a primeira parada para dormir em Laguna (850 km), no dia seguinte mais 1100 km ate Punta del Este e lá ficar por 03 dias.
    Depois o caminho de volta será mais tranquilo, rodando menos kms por dia. Ficaremos uma tarde/noite em Pelotas, outra em São Joaquim, descer a Serra do Rio do Rastro, dar uma passada em Garopaba e finalmente Floripa onde ficaremos 5 dias de relax antes de voltar para casa….
    Espero que corra tudo brm e possa compartilhar com vocês quando voltarmos.
    Feliz 2018 !!!!!

    Responder
    • Altier Moulin

      Vai dar tudo certo, Wilson.
      Lembre-se de que o mais importante é a jornada e não, necessariamente, o destino. Então, aproveite e faça tudo dentro dos seus limites.

      Um abraço.

      Responder
  31. Allan Stefan

    Olá. Muito bom.

    Será nossa primeira viagem para fora e estamos cheios de dúvidas.

    Temos que trocar moeda aqui no Brasil? Tirando o seguro do carro. Tem algo mais obrigatório?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Allan.

      Você pode levar reais e trocar na fronteira. O dólar também será aceito.
      Você deve ter o seu documento de identificação – carteira de identidade ou passaporte – e de todos os passageiros.
      Crianças não podem entrar com a certidão de nascimento.

      É isso.

      Um abraço.

      Responder
  32. Marcia do Nascimento

    Você acha que da para visitar em um dia tambem a Casapueblo e ver o por do sol. Irei em Janeiro. Obrigada

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Marcia.

      Será bem corrido, mas dá pra fazer sim.

      Um abraço.

      Responder
  33. Marcia

    Estou pretendendo fazer essa jornada, gostei muito das dicas.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

62