Seguro viagem com cobertura para covid-19 é obrigatório para o Uruguai: não viaje sem

Atualizado em 6 de outubro de 2022 – 4 min de leitura

seguro viagem para o Uruguai é obrigatório

Desde que reabriu as fronteiras para viajantes, uma série de medidas sanitárias foi adotada para controlar a transmissão do novo corona vírus no território uruguaio: uma dessas medidas determina que o seguro viagem é obrigatório para o Uruguai, e ele precisa ter cobertura para covid-19.

Mesmo que uma viagem ao país vizinho pareça algo simples, se não tiver com o seguro viagem em mãos, você poderá ser impedido até mesmo de embarcar no Brasil – e terá que arcar com todo o prejuízo.

O  seguro viagem é  obrigatório para todos os viajantes,  mesmo para quem está com o esquema vacinal completo ou que já tenha se recuperado de infecções anteriores.

E, ainda que você apresente um resultado negativo de um teste RT-PCR ou antígeno, o seguro viagem continua sendo obrigatório.

As normas de entrada no Uruguai vem sendo atualizadas constantemente, e o último decreto do governo, de 26 de agosto de 2022, manteve a obrigatoriedade do seguro viagem.

A questão é séria e eu vou explicar isso com mais detalhes para você não ficar com dúvidas nem ter problemas com a imigração.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Seguro viagem para o Uruguai é obrigatório?

Sim.  O seguro viagem para é obrigatório para entrar no Uruguai. 

Até antes da pandemia, o seguro viagem para o Uruguai era opcional. Isso significa que ele não fazia qualquer diferença para sua entrada no país. Agora, é diferente.

É que, além de fazer todo o procedimento de imigração – responder quais os planos de viagem, apresentar comprovantes hospedagem, de vacinação ou o teste de covid-19, como eu explico abaixo – é preciso ter em mãos a apólice do seguro viagem com cobertura para covid-19.

O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e até transferência do paciente. Então, é necessário um serviço completo e que atenda exatamente às orientações das autoridades sanitárias do Uruguai.

A boa notícia é que não é exigido um valor mínimo de cobertura do seguro.

De avião, de carro e de ônibus

Outra coisa muito importante é que, independentemente se você vai viajar de avião, de carro, de ônibus e até mesmo de navio, o seguro viagem é obrigatório para o Uruguai em todos os casos.

Como comprar o seguro viagem

O primeiro passo para comprar o seguro viagem para o Uruguai é fazer uma pesquisa de preço e comparar o que o seguro cobre: lembre-se de que é preciso cobrir os custos de tratamento para covid-19 e de que não há um valor mínimo para a isso.

Eu sempre faço esse comparativo pela Seguros Promo. Na plataforma, estão as seguradoras mais conhecidas e, assim, você mesmo pode conferir os planos, os preços e fazer a contratação direto no site, sem muita burocracia.

seguro viagem para o Uruguai é obrigatório

Para ver os preços, você só precisa preencher os dados no formulário que aparece logo na capa do site.

Em “Destino”,  escolha a opção “América do Sul”. Depois, coloque a data exata da viagem e os dados pessoais.

Se preferir, você poderá falar com um atendente clicando no ícone do WhatsApp que fica no canto inferior esquerdo do site. O serviço é muito bom e, com certeza, alguém da Seguros Promo fará contato logo depois que você fizer a cotação.

seguro viagem para o Uruguai é obrigatório

Esse contato direto com o atendente vai ser muito bom para que você tire eventuais dúvidas e faça tudo com ainda mais segurança.

Quanto custa

De forma geral,  o seguro viagem não é caro.  Definitivamente, ele não é o item que mais pesa no orçamento, mas é o que pode, literalmente, salvar sua viagem.

Além de ser obrigatório – sem ele, você pode ser impedido de entrar no Uruguai –, o seguro viagem tem cobertura para muitas outros itens, como gastos por atraso de voo, extravio de bagagem, cancelamento da viagem e muito mais.

Eu fiz uma simulação no site da Seguros Promo considerando cinco, sete, dez e 15 dias de viagem. Em todos os casos, a cobertura mínima para tratamento de covid-19 foi de USD 30.000, mas lembre-se que este valor pode ser menor, deixando o custo final ainda mais baixo.

Outro fator que influencia na contratação do seguro é a idade do viajante: de forma geral, o valor é o mesmo para pessoas com menos de 65 anos.

Considerando, então, esses dois principais fatores, os preços que encontrei foram estes:

seguro viagem para o Uruguai é obrigatório

Lembre-se de que os valores acima são apenas para você ter uma referência, já que eles podem ter alteração.

Outros fatores que podem influenciar no preço é se há viajantes gestantes ou que pretendem praticar esportes de aventura, por exemplo. Isso tudo deverá ser informado no momento da contratação do seguro.

Guarde o comprovante do seguro

Depois de efetuar a compra, você receberá um e-mail com a apólice do seguro.

 É muito importante que você tenha este documento em mãos  – ou no celular – quando for fazer o processo de imigração, ou seja, de entrada na Argentina.

Neste momento, os oficiais podem pedir para checar o documento e, por isso, você já deve estar preparado para mostra-lo sem perder tempo.

Então, não se esqueça de imprimir o comprovante do seguro ou de salvá-lo no celular de forma que o acesse rápido e sem internet – eu prefiro ter tudo impresso.

Além disso, salve o número do telefone de emergência do seguro nos seus contatos do celular. Afinal, caso você precise usar a assistência, é para este número que você deverá ligar.

Informações básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no Uruguai por até 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

Moeda

O peso uruguaio, identificado pela sigla UYU, é a moeda nacional. Para sua viagem, leve reais ou dólares.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é obrigatória, independentemente do motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

O Uruguai tem atualizado com frequência os requisitos para a entrada de brasileiros no país.

O último decreto do governo, publicado em 26 de agosto de 2022, define as regras para quem já está completamente vacinado, para quem teve a infecção nos últimos 90 dias e para os outros viajantes que não se enquadram nos casos anteriores.

Veja quais os documentos necessários para cada caso.

Viajantes vacinados
  1. Comprovante de vacinação com esquema completo – dose única ou duas doses, dependendo de cada caso. Todas as vacinas aprovadas no Brasil são aceitas no Uruguai. Veja como solicitar o certificado de vacinação contra covid-19.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Viajantes infectados nos últimos 90 dias
  1. Resultado positivo de exame RT-PCR ou antígeno (teste rápido), realizado entre, no máximo, 90 dias e até 10 dias antes da chegada ao país.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Demais viajantes
  1. Resultado negativo de exame RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72  horas antes da viagem. É importante saber que a companhia aérea pode exigir que o teste seja apresentado antes do embarque, ainda no Brasil. Menores de seis anos não precisam fazer o exame.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e até transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.

As autoridades uruguaias sugerem o uso de máscara de forma adequada (cobrindo boca, nariz e queixo) em ocasiões de contato próximo com outras pessoas.

Também é recomendado que os viajantes que não estiverem com o esquema de vacinação completo façam um teste de diagnóstico dentro de 24 horas após a entrada no país. No caso de aparecimento de sintomas compatíveis com covid-19, é indicado fazer uma consulta médica imediatamente.

Retorno ao Brasil

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro Viagem

Desde que reabriu as fronteiras,  o seguro viagem com cobertura para tratamento de covd-19 passou a ser obrigatório.  Sem ele, você será impedido de entrar no Uruguai.

É essencial que o seguro tenha cobertura para internação, isolamento e/ou transferência médica, caso necessário.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

UM PEQUENO GRANDE PAÍS

O Uruguai tem um território pequeno – principalmente quando comparamos com os vizinhos Brasil e Argentina –, mas o que o país não tem em tamanho tem em atitude, peculiaridades e muitas outras características que o permitem ser comparados com as nações mais desenvolvidas do mundo.

Para você ver como esta questão é tão relevante, o Uruguai ganhou o apelido de “paisito” pelos próprios uruguaios, que tratam isso com uma leveza muito peculiar: o uruguaio é, de forma geral, muito tranquilo.

O que poderia ser um ponto negativo, acaba sendo um ponto favorável: como as distâncias são curtas, é possível percorrer diferentes partes do país em poucos dias.

Agora, falando em termos políticos e sociais, o Uruguai dá um show: o país tem o melhor índice de qualidade de vida de toda a América Latina e também os menores números de corrupção, de acordo com a Transparência Internacional.

Além disso, o Uruguai é um país considerado liberal e tem uma legislação bastante avançada: o estado é laico – separando política e religião –, o uso da maconha é liberado, mas sob o controle do governo, o aborto é legalizado nas 12 primeiras semanas de gestação e a aprovação da união civil entre pessoas do mesmo sexo é permitida desde 2013.

Veja mais dicas do Uruguai

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Uruguai.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

4 Comentários

  1. Roberta Fiore

    Oi, Altier.
    Não sabia dessa novidade. Estou pensando em ir a Buenos Aires e Colonia del Sacramento. Vou precisar do seguro? Fui futucar seu blog e vi este post.

    Responder
    • Altier Moulin

      Precisa sim, Roberta.
      Não importa por onde seja a entrada, o seguro é obrigatório.
      Um abraço.

      Responder
  2. Dayane Amorim

    Altier, obrigada pelas informações.
    Crianças também precisam do seguro viagem? Estou indo com meu marido e duas meninas de 4 e 7 anos.
    Aguardo sua resposta.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Dayane.
      Sim, a regra vale para todos os viajantes.
      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.