Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

14

Atualizado em 13 de outubro de 2017

Se você está planejando uma viagem para a capital do Uruguai, saiba que você pode fazer um bate-volta de Montevidéu a Punta del Este pra conhecer o principal balneário do país de uma forma simples, rápida e sem gastar muito.

Mas a primeira pergunta que me fiz quando estava planejando a minha ida a Punta del Este foi: será que dá para ver tudo em um dia? Tudo seria impossível, então decidi pensar no que era mais importante.

Para começar, decidi que essa não seria uma viagem para curtir praia, já que a estação não era a mais quente do ano e nem as águas de Punta del Este as mais quentinhas do planeta. Então, meu foco era mesmo fazer uma caminhada pela cidade e ver de perto o seu charme.

Eu segui de ônibus de Montevidéu até à rodoviária de Punta del Este, e aqui em frente fica um dos monumentos mais famosos do balneário: o Monumento al Afogado. Essa enorme escultura edificada nas areias da Praia Brava foi construída em 1982 e, desde então, se tornou símbolo da cidade. Todo mundo que chega aqui tem uma foto nesse lugar e comigo não seria diferente, né?!

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

Monumento al Afogado.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

As águas da Praia Brava.

Seguindo o passeio, atravesso a rua e entro na Avenida Gorlero, a principal de Punta del Este. Aqui estão as lojinhas de souvenir, os restaurantes, os bancos e todo o comércio que movimenta a cidade. Nessa região experimente os famosos churros do Manolo. Eu tive o azar de encontrar a loja fechada, na Calle 29.

Seguindo em frente, passo pela Plaza Artigas, onde há uma feitinha de artesanato. Aqui, como eu, faça um desvio e entre na Calle 25 para seguir pela beira-mar – eles chamam as avenidas costeiras de Rambla. O dia estava lindo e com céu bem azul, ideal para andar sem pressa, parando para observar as gaivotas e a paisagem.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

A movimentada Avenida Gorlero.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

Plaza Artigas.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

A Rambla de Punta del Este.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

Pausa para apreciar as gaivotas.

No final dessa rota está a península que dá nome à cidade. Essa extensão territorial que avança em direção ao mar acaba aqui onde há uma pequena praça.  Chamada de Punta de las Salinas ela faz a divisa entre o Rio da Prata e o Oceano Atlântico: à esquerda o mar e à direito o rio.

Nessa região há alguns mirantes para observação de baleias francas que chegam bem perto da costa entre os meses de julho a novembro.

Depois de algumas fotos, sigo pela Calle 2 de febrero até o Farol. Ele foi construído em 1860 para orientar a navegação na entrada do Rio da Prata. No caminho, aproveito para admirar as mansões de Punta del Este.

Daqui sigo para a região do Porto, onde estão os melhores e mais badalados restaurantes da cidade – eu sugiro que você almoce aqui. Mais do que uma área de chegada e partidas de embarcações, o Puerto de Nossa Señora de la Candelaria é um lugar romântico e ideal para relaxar.

Quem gosta de compras deve fazer um desvio na Calle 23, mas como esse não é o meu caso, caminho mais um pouco pela Rambla até chegar a um deque de madeira que fica na direção da Calle 30. Daqui tenho uma fantástica visão do Porto e da do skyline da cidade.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

A península que divide o rio do mar.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

O Farol de Punta del Este.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

O deque de madeira que tem uma agradável visão do Porto.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

Pausa para relaxar.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

Um pinguim ‘perdido’ por aqui.

Planeje sua ida de Montevidéu a Punta del Este

Quando ir | A cidade fica mais movimentada entre o natal e o ano novo, época em que tanto uruguaios quanto estrangeiros – principalmente argentinos e brasileiros – chegam por aqui. O grande problema é que nessa época tudo dobra de preço. No carnaval a movimentação ainda é grande, mas menor. Fora desses períodos a cidade fica vazia e você pode aproveitá-la melhor. O chato é que muitos comércios fecham na baixa temporada.

Como chegar | De ônibus, partindo de Montevidéu, você pode optar pelas empresas Copsa ou COT. A viagem dura cerca de 2h30. Partindo de Buenos Aires há a opção de chegar aqui pela Buquebus, atravessando o Rio da Prata.

Onde comer | Se não quiser comer na região do Porto, escolha um dos restaurante da Avenida Gorlero. Eu conheci o Lo Nuestro, um restaurante pequeno que serve uma comida muito saborosa. Eu paguei URY 190 por uma costeleta de porco simplesmente divina. Depois, não se esqueça de passar no Manolo para comer um churros de sobremesa.

Onde ficar | Se você decidir passar uma noite aqui para conhecer os museus de Punta del Este e a Casapueblo, que fica na cidade visita de Punta Ballena, eu selecionei uma lista de hotéis para você.

O que levar | No verão, use roupas leves e não esqueça de se hidratar. No outono ou no inverno, um casaco será bem-vindo, já que o frio aperta nas manhãs e no anoitecer. Abuse do protetor solar independente da estação.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

O interior do ônibus da COT.

Bate-volta de Montevidéu a Punta del Este

A loja de churros Manolo: cerrado.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

14 Comentários

  1. Avatar

    Altier bom dia!!!
    Vi que vc não falou na casaPueblo, não deu tempo ir?
    Fica muito distante da rodoviária de Punta del Este?
    Pretendemos fazer esse bate e volta em outubro e estou aqui pesquisando a melhor forma e mais barata. Obg pela postagem

  2. Avatar

    Boa noite!

    Estou saindo do Rio de Janeiro na sexta de manhã e retorno no domingo no fim do dia!

    Vc acha que consigo fazer Argentina(Buenos Aires), Paraguai e Uruguai nesses tres dias!

    Caso seja possivel, gostaria de ajuda nessa jornada de bate e volta, rsrs.

    Junho19

    Grande abraço, irmão!

    • Altier Moulin

      Oi, Sérgio.

      Fiquei confuso, porque não entendi muito bem sua pergunta.
      Em três dias você quer fazer três países, é isso? Não, não acho possível.

      Um abraço.

  3. Avatar
    Regina de Assis on

    Olá, ALTIER foi muito importante ler o seu texto gostei das dicas vou a Montevidéu agora em setembro 2017,e vou fazer esse bate volta de montevidéu a punta del leste.
    obrigada..
    Regina de Assis

  4. Avatar

    Olá, sei que a postagem é de 2015 mas agradeço se puder responder. Chegarei a Punta del Este por Porto Alegre, passarei o dia e seguirei para Montevidéu. Você sabe me informar se consigo comprar a passagem no mesmo dia na Rodoviária de Punta e se há armários para guardar o mochilão. Pesquisei e só acho informações de Montevidéu a Punta mas não a rota contraria.
    Obrigada desde já, Ananda Gil

Escreva um comentário