Conheça Carmelo, no Uruguai: como chegar, o que fazer, onde ficar e comer

Atualizado em 8 de dezembro de 2022 – 4 min de leitura

Conheça Carmelo, no Uruguai

Ainda pouco conhecida pelos turistas brasileiros, a pequena e aconchegante cidade de Carmelo, no Uruguai, fica às margens do Rio da Prata, no extremo sudoeste do país.

Nesta parte do país, o estilo de vida leve e tranquilo dos uruguaios se percebe rapidamente: você será convidado a caminhar por parques coloridos, a dar um mergulho nas praias de rio, a vivenciar um dia em um dos vinhedos da região e a pedalar pelo Centro para conhecer  os atrativos da cidade.

Foi isso que fiz durante meus dias em Carmelo, um lugar que parece mesmo nos convidar a aproveitar o tempo sem exigir muito dele.

É verdade que a cidade não tem tantos atrativos e opções como Colonia del Sacramento, mas o grande barato de Carmelo é justamente isso: a cidade quer que a gente descubra seus segredos, seus encantos.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Entenda Carmelo

Fundada em 1816 por José Artigas, herói da independência nacional, a cidade possui 18 mil habitantes e ainda preserva boa parte de seus casarios.

Uma de suas atrações é a ponte giratória sobre o rio de las vacas, inaugurada em 1912. Mas o que faz a cidade ser digna de uma visita é sua peculiaridade que combina uma região de vinícolas centenárias com lindas praias de areia fina.

Mas se você ainda quer conhecer Carmelo com esse ar de cidade despretensiosa, a sua hora é agora: nunca, tantos brasileiros cruzaram a fronteira em direção ao Uruguai tendo Carmelo no roteiro.

Conheça Carmelo, no Uruguai

Além disso, o fortalecimento econômico do Uruguai resultaram em um país mais moderno e cada vez mais bem preparado para receber o turista. Um sinal disso é que em praticamente todos os estabelecimentos das áreas turísticas há atendentes que falam português.

Planeje a viagem para Carmelo

Vamos falar das facilidades de visitar esse país vizinho.

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Uruguai.

A viagem pode ser feita apenas com a  carteira de identidade, desde que esteja em boas condições e que tenha sido emitida há menos de dez anos, ou com o passaporte.

Há voos frequentes partindo de diversas cidades brasileiras e há também a opção de viajar de ônibus.

Seguro viagem

Desde que reabriu as fronteiras para viajantes, uma série de medidas sanitárias foi adotada para controlar a transmissão do novo corona vírus no território uruguaio: uma dessas medidas determina que o seguro viagem é obrigatório para o Uruguai, e ele precisa ter cobertura para covid-19.

Mesmo que uma viagem ao país vizinho pareça algo simples, se não tiver com o seguro viagem em mãos, você poderá ser impedido até mesmo de embarcar no Brasil – e terá que arcar com todo o prejuízo.

 seguro viagem é  obrigatório para todos os viajantes,  mesmo para quem está com o esquema vacinal completo ou que já tenha se recuperado de infecções anteriores.

Quando ir

Carmelo fica mais bonita em dias ensolarados, mas é no outono que seus parques e suas ruas se enchem com o colorido das árvores.

Nesta época faz frio, mas não como no inverno. Na estação mais gelada do ano os termômetros podem chegar a 3 graus.

Conheça Carmelo, no Uruguai

No verão, as praias que se formam às margens do Rio da Prata ficam lotadas e o calor alcança os 30 graus.

A média de chuvas na cidade é de seis dias por mês. E, agosto e dezembro são os meses mais chuvosos.

Como chegar

De ônibus

De Colonia del Sacramento e de Montevidéu partem ônibus das empresas Grupo Agencia e Intertur em vários horários.

A passagem na Intertur custa UYU 213 e a viagem dura cerca de 1h30.

Eu viajei com a Berrutti – que não faz mais esta rota – e o ônibus era novo, confortável, bem espaçoso e tinha sinal de internet.

Eu também viajei com a Central Agencia e a viagem foi muito tranquila, em ônibus confortável, espaçoso em com internet.

De carro

Viajar de carro para Carmelo é uma ótima opção.

As duas principais rodovias que cortam a cidade são as Rutas 21 e 97.

A primeira, liga Carmelo a Nueva Palmira, Dolores e Mercedes, no sentido norte; e a Colonia del Sacramento e Montevidéu no sentido sul. Essa estrada tem pouquíssimas curvas e todo o trecho é duplicado, mas há cobrança de pedágio em dois pontos. A Ruta 97 liga a cidade a Cardona, pela Ruta 12.

De avião

Você também pode chegar a Carmelo de avião.

O Aeroporto Internacional de Zagarzazú atende à cidade e fica a cinco quilômetros do Centro. As companhias aéreas que operam neste aeroporto fazem exclusivamente voos privados.

De barco

De barco, você pode cruzar o Rio da Prata, partindo da cidade de Tigre ou de Buenos Aires, na Argentina. A empresa que faz esse trajeto é a Cacciola.

Onde ficar

Carmelo tem bem menos opções de hospedagem do que Colonia del Sacramento, por isso faça sua reserva com antecedência.

Durante meus dias na cidade, eu conheci a Posada Campotinto, que fica a cinco quilômetros do Centro.

Rodeada por uma paisagem que parece ter sido tirada de filme, ela tem um restaurante incrível e vinhedos por onde você pode caminhar tranquilamente.

Veja mais opções de onde ficar em Carmelo.

Onde comer

Eu almocei no restaurante da Posada Campotinto e indico fortemente que você também vá conhecê-lo – eu já expliquei como foi esta experiência.

O lugar é incrível e tem tudo o que você precisa para ter uma tarde perfeita. Além da boa comida, tem ótimo atendimento e uma paisagem sensacional.

Conheça Carmelo, no Uruguai

No Centro, eu comi no Fay Fay, que fica na Plaza Artigas, bem perto da loja do Grupo Agencia, de onde partem os ônibus para Montevidéu.

Eu provei um delicioso chivito, um prato bem típico do Uruguai. O chivito pode ser servido no prato ou no pão, como um sanduíche – o meu estava perfeito. No restaurante há outras opções como pastas, parrilla e pizzas.

Informações básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no Uruguai por até 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.

Moeda

O peso uruguaio, identificado pela sigla UYU, é a moeda nacional. Para sua viagem, leve reais ou dólares.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é obrigatória, independentemente do motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

O Uruguai tem atualizado com frequência os requisitos para a entrada de brasileiros no país.

O último decreto do governo, publicado em 26 de agosto de 2022, define as regras para quem já está completamente vacinado, para quem teve a infecção nos últimos 90 dias e para os outros viajantes que não se enquadram nos casos anteriores.

Veja quais os documentos necessários para cada caso.

Viajantes vacinados
  1. Comprovante de vacinação com esquema completo – dose única ou duas doses, dependendo de cada caso. Todas as vacinas aprovadas no Brasil são aceitas no Uruguai. Veja como solicitar o certificado de vacinação contra covid-19.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Viajantes infectados nos últimos 90 dias
  1. Resultado positivo de exame RT-PCR ou antígeno (teste rápido), realizado entre, no máximo, 90 dias e até 10 dias antes da chegada ao país.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.
Demais viajantes
  1. Resultado negativo de exame RT-PCR ou de antígeno (teste rápido) realizado no máximo 72  horas antes da viagem. É importante saber que a companhia aérea pode exigir que o teste seja apresentado antes do embarque, ainda no Brasil. Menores de seis anos não precisam fazer o exame.
  2. Seguro viagem obrigatório com cobertura para covid-19. O seguro deve cobrir tratamento médico, hospitalização, isolamento e até transferência do paciente. Veja quanto custa o seguro viagem.

As autoridades uruguaias sugerem o uso de máscara de forma adequada (cobrindo boca, nariz e queixo) em ocasiões de contato próximo com outras pessoas.

Também é recomendado que os viajantes que não estiverem com o esquema de vacinação completo façam um teste de diagnóstico dentro de 24 horas após a entrada no país. No caso de aparecimento de sintomas compatíveis com covid-19, é indicado fazer uma consulta médica imediatamente.

Retorno ao Brasil

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro Viagem

Desde que reabriu as fronteiras,  o seguro viagem com cobertura para tratamento de covd-19 passou a ser obrigatório.  Sem ele, você será impedido de entrar no Uruguai.

É essencial que o seguro tenha cobertura para internação, isolamento e/ou transferência médica, caso necessário.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

UM PEQUENO GRANDE PAÍS

O Uruguai tem um território pequeno – principalmente quando comparamos com os vizinhos Brasil e Argentina –, mas o que o país não tem em tamanho tem em atitude, peculiaridades e muitas outras características que o permitem ser comparados com as nações mais desenvolvidas do mundo.

Para você ver como esta questão é tão relevante, o Uruguai ganhou o apelido de “paisito” pelos próprios uruguaios, que tratam isso com uma leveza muito peculiar: o uruguaio é, de forma geral, muito tranquilo.

O que poderia ser um ponto negativo, acaba sendo um ponto favorável: como as distâncias são curtas, é possível percorrer diferentes partes do país em poucos dias.

Agora, falando em termos políticos e sociais, o Uruguai dá um show: o país tem o melhor índice de qualidade de vida de toda a América Latina e também os menores números de corrupção, de acordo com a Transparência Internacional.

Além disso, o Uruguai é um país considerado liberal e tem uma legislação bastante avançada: o estado é laico – separando política e religião –, o uso da maconha é liberado, mas sob o controle do governo, o aborto é legalizado nas 12 primeiras semanas de gestação e a aprovação da união civil entre pessoas do mesmo sexo é permitida desde 2013.

Veja mais dicas do Uruguai

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Uruguai.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

25 Comentários

  1. Adriano Mascarenhas

    E ai… Li seu post [algumas vezes, creio] e gostaria de saber: É possível explorar Carmelo “sozinho”? Sem a utilização de carro? Penso em chegar de onibus na cidade e a partir dai passar uma manha/tarde conhecendo-a, mas as vezes tenho a impressão que é quase impossível fazer isso por conta do poder de locomoção ser limitado… O que você acha?

    Responder
    • Altier Moulin

      Dá tranquilamente, Adriano.
      Alugue uma bike e se mande.
      Muitos hostels aluguam bicicleta.

      Um abraço.

      Responder
  2. Silvia Dzik Birman

    Altier boa noite. Estaremos em Carmelo com Bike, vindos da Argentina de barco , do Tigre. Queremos pedalar entre Carmelo e Colônia. Você acha possível? Dá para fazermos sozinhos?

    Responder
    • Altier Moulin

      Totalmente possível, Silvia.
      O relevo é tranquilo e a estrada é boa.
      Depois me conte como foi.

      Um abraço.

      Responder
  3. Cristiano

    Ola, estou indo de carro para o Uruguai, passando por pinta de leste, Montevideo, Colônia e vou passar em carmelo, depois buenos aires, tem alguma informação aobre pedágios, ou alguma dica? Muito informativo seus posts.

    Responder
  4. arlete

    Amei seus comentários! Vc. poderia informar se ha alguma agencia fazendo pacote de 3noites/4dias dias para Carmelo sindo de montevidéu?

    Responder
  5. isac

    Meu caro Altier, já estou com 50 anos, sei que já está ficando um pouco tarde, que roteiros voce me aconselha ou quais não me aconcelha. obg

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Isac.

      Você diz em Carmelo ou de forma geral?
      Preciso lhe dizer que não há idade para viajar e ser feliz.
      Me dê mais informações para eu lhe ajudar.

      Um abraço.

      Responder
  6. Flávia

    Olá! Vc sabe dizer se é possível conhecer Montevideo, Punta del leste, Carmelo e cabo Polônio? Não sei se este último é fora de mão…

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Flávia.

      Dá sim, mas realmente Cabo Polônio fica meio fora de mão e tem que estar preparado para chegar lá.
      Eu não fui ainda, mas o que sei é que não há energia elétrica e o acesso de carro é restrito.
      É bom verificar essas coisas.

      Um abraço.

      Responder
      • Letícia

        Olá Autier. Gostaria de saber , como escolher uma cidade pra morar no Uruguai. Gostaria de morar em uma cidade não muito grande, com custo amemo, com mais contato com a natureza. Grata.

        Responder
        • Altier Moulin

          Oi, Letícia.

          Infelizmente, não tenho este tipo de informação.

          Um abraço.

          Responder
  7. Letícia

    Gostaria de saber se tem lugar para alugar bicicleta.

    Responder
    • Altier Moulin

      Sim, Letícia. Eu aluguei no hostel que fiquei.

      Um abraço.

      Responder
  8. ANAJÁ SCHMITZ

    Olá,
    Estamos indo para Uruguay. Moramos perto da fronteira e nosso passa tempo é ir lá. Adorei as dicas. Vamos duas vezes ao ano para Colônia de Sacramento e passou despercebido Carmelo. Obrigada pelas preciosas dicas. Despertastes-nos o desejo de conhecer..

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Anajá,

      Aproveitem. Carmelo é uma cidade pequena, mas muito charmosa, especialmente as vinícolas.

      Um abraço.

      Responder
  9. Silvana Dantas

    Eu estarei em Colônia de Sacramento e tenho planos de visitar várias vinícolas. Há algum transporte que vá apanhando os turistas em hotéis , tipo vans, para fazer esses passeios, já que alugar carro e dirigir após as degustações de vinho fica impossível?

    Responder
    • Altier Moulin

      Silvana, você vai precisar contratar um passeio com uma agência local.
      Infelizmente não sei lhe indicar uma.

      Um abraço.

      Responder
    • Renata

      Oi Silvana, viajo em setembro pra colônia e gostaria do mesmo que você. Encontrou alguma visita guiada para as vinículas de carmelo partindo de Colônia?

      Responder
  10. Bia

    Nossa, que legal! Não tinha ouvido falar dessa cidade. Viajei pro Uruguai há uns 3 anos e fui só até Colônia. Estou voltando lá em junho e vou tentar conhecer Carmelo.
    Você sabe se tem ônibus direto de lá com destino a Montevideo?

    Responder
    • Altier Moulin

      Ei Bia,

      Tem sim. Eu explico no texto. 😉

      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

35