Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

4

Atualizado em 28 de maio de 2018

Eu já contei um pouco sobre essa cidade quando estive no Uruguai pela primeira vez. Agora, de volta a essas terras colonizadas por portugueses, aproveito para visitar lugares que não conhecia e para fazer o passeio guiado em Colonia del Sacramento. É dessa experiência que trata esse post.

Antes quero dizer que você pode sim conhecer a cidade sozinho, sem a ajuda de um guia. Mas nada como ter alguém que conheça a história e que seja familiarizado com o lugar para nos acompanhar contando os detalhes de cada casa, rua e monumento.

O passeio guiado em Colonia del Sacramaento começa perto do portão de entrada para a cidade velha. Aqui funciona um centro de informação ao turista e você pode contratar o seu guia aqui. Eu escolhi a Beatriz, uma uruguaia que ama o Brasil e que fala português. Ela cobra URY 115 por grupo e o passeio demora cerca de uma hora.

Assim que começa suas explicações, Beatriz esclarece que o portão e parte da muralha que vemos hoje não são originais. Ela conta que em 1.859 tudo foi totalmente destruído e somente quando o bairro histórico da cidade foi reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade, em 1995, é que eles reconstruíram parte da fortaleza que cercava a cidade.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

A guia Beatriz e o começo do passeio.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

O portão reconstruído em 1995.

Com a primeira curiosidade sanada, seguimos caminhando pelas ruas de pedra de Colonia. Aqui pertinho está a rua mais famosa dessa cidadezinha: a Calle de los Suspiros. Todo mundo tem uma foto aqui e com você não será diferente.

Há três curiosas explicações para esse nome: a primeira era que aqui as moças se concentravam para ver os soldados passarem vestindo suas fardas e segurando seu pesado armamento, móvitos pelos quais elas suspiravam profundamente. A segunda explicação, um tanto menos romântica, diz que os suspiros são atribuídos ao vento que entrava pela rua fazendo um som frequente. E a terceira e mais dolorosa versão diz que esta rua era por onde passavam os escravos que levavam consigo a tristeza e a dor daqueles dias sofridos, por isso os suspiros constantes.

Outra coisa que descobri com essa visita guiada é a diferença entre a arquitetura colonial espanhola e portuguesa. Isso é bastante evidente, mas sem uma explicação clara ela pode ser ignorada. Ao caminhar pelas ruas de Colonia del Sacramento observe o teto das casas. Se o telhado for aquele no estilo mais tradicional com duas caídas, e cheio de telhas de cerâmica à mostra, com certeza essa é uma casa portuguesa. Mas se a construção tiver um telhado reto, sem mostrar as telhas é porque foi construída e habitada por espanhóis.

Assim também é nas ruas: aquelas que não têm calçadas nas laterais foram feitas na época dos portugueses.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

A Calle de los Suspiros.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Arquitetura espanhola e portuguesa.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Reconstrução de uma cozinha portuguesa.

Mais à frente está o farol. Com 37 metros de altura ele ainda hoje funciona para avisar aos marinheiros a localização da cidade. Você pode subir até o topo e ver um pouco do bairro histórico do alto, mas se prepare porque são 110 degraus. O farol abre às 11h30 e a entrada custa URY 20.

Ao lado do farol estão as ruínas do antigo convento. Aqui é um ótimo lugar para tirar fotos.

No meu caminho ainda estão a Plaza Mayor, a principal do bairro histórico; as fundações da casa do criador de Colonia, Manuel Lobo; e a casa onde viveu o artista Jorge Vilaro, que hoje é um restaurante. Aqui em frente há um jardim que abriga algumas réplicas de animais pré-históricos que habitavam a região. Uma rápida olhada pelos muros já nos satisfaz.

Seguimos até à Catedral, onde termina meu passeio. Aqui, Beatriz conta mais sobre a estrutura da igreja, apresenta os elementos espanhóis e portugueses e me desafia a descobrir porque a temperatura no interior do templo é constante, independente da estação do ano. Ficou curioso? Venha para Colonia, só aqui você pode descobrir isso.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

O farol e as ruínas do convento.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

A fundação da casa de Manuel Lobo.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

O interior clean da Catedral de Colonia.

Planeje seu passeio guiado em Colonia del Sacramento

Quando ir | Colonia del Sacramaneto fica radiante em dias ensolarados, mas é no outono que suas ruas e praças se enchem com o colorido das árvores. Nessa época faz frio, mas não como no inverno. Na estação mais gelada do ano os termômetros podem chegar a três graus. No verão, o calor alcança os 30 graus.

Como chegar | Os ônibus para Colonia del Sacramento partem a cada uma hora do Terminal Tres Cruces, em Montevidéu. As principais empresas que fazem o trajeto são a Central Agencia e a COT. As passagens custam em torno de URY 310 e a viagem dura cerca de 2h30.

Da cidade antiga para a parte nova você pode pegar o ônibus que vai para Real San Carlos, linha B. A passagem custa URY 19.

De carro, a viagem é feita tranquilamente por estradas duplicadas e sem muitas curvas. Há cobrança de pedágio no valor de UY 65. Você pode alugar um carro para aproveitar o melhor da região e quem sabe dar um pulo em Carmelo.

Partindo de Buenos Aires de buque, chega-se a Colonia depois de uma hora de viagem. A Buquebus tem partidas diversas vezes ao dia e o ticket no buque mais rápido custou $316, ida e volta. A viagem é segura e confortável. Outras empresas como Seacat e Colonia Express também operam essa rota.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

O Buquebus que vai a Buenos Aires.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Ônibus da Central Agencia mo terminal Tres Cruces.

Onde comer | Não deixe de comer uma parrilla, que é uma adaptação do nosso churrasco. No restaurante Mercosur ela custa URY 230. Aqui, um sanduíche de chorizo a la parrilla, que é um pão com uma deliciosa linguiça, custa URY 115 e vem com refrigerante.

Ao lado do Mercosur, aproveite para comer as empanada mais famosas de Colonia no Los Farolitos.

Eu almocei no Casagrande, que fica perto do Museo Regional. Eu pedi um cordeiro ao curry acompanhado de arroz com gengibre, noz e passas. A carne veio totalmente sem sal e o sabor do gengibre estava imperceptível. Além disso, metade do prato era cebola, que vinha no molho da carne. Eu não sei você, mas eu não estava disposto a pagar quase URY 400 por um prato de cebola. Ah, o restaurante cobra URY 45 pelos cubiertos, que é o serviço de mesa.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

O cordeiro – insosso – do Casagrande.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

As famosas empanadas.

Onde ficar | Eu me hospedei no La Reserve, um dos melhores hotéis de Colonia del Sacramento. Ele fica na parte nova da cidade, a três quilômetros do bairro histórico. O hotel, que também é um spa, tem quartos espaçosos e confortáveis, duas piscinas, sendo uma coberta, sauna seca e úmida, um restaurante super badalado e um café da manhã espetacular.

Uma diária para casal no La Reserve custa R$ 376. O hotel oferece internet e estacionamento gratuitos.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Meu quarto no la reserve.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Uma das piscinas do hotel.

Como é o passeio guiado em Colonia del Sacramento

Vai um doce de leite aí?

Minha viagem a Colonial del Sacramento teve o apoio da Spa e Hotel La Reserve. Veja outras matérias produzidas nessa viagem e utilize a tag #PNEUruguai para acessar todo o conteúdo publicado nas redes sociais.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

4 Comentários

  1. Avatar
    Cecilia Medeiros on

    Altier, duas perguntas:
    A guia te incluiu num grupo ou cobrou preço individual? pergunto porque seremos só duas pessoas
    È fácil táxi do hotel até o centro histórico de Colonia? vamos ficar no Dazzler

Escreva um comentário