Onde comer em Ushuaia: os melhores restaurantes que você deve conhecer

2

Atualizado em 12 de abril de 2021

Onde comer em Ushuaia

O emblemático Fim do Mundo também deve ser explorado por sua culinária. É que comer em Ushuaia e saborear a gastronomia argentina, quase sempre, conquista os brasileiros.

Mesmo sendo uma cidade pequena, a capital da Terra do Fogo tem diversos restaurantes de qualidade, com pratos típicos e internacionais.

Você pode desfrutar das carnes argentinas e experimentar o famoso centolla, um caranguejo gigante da região, conhecido como king crab. Aliás, ele e o cordero patagônico são os mais clássicos pratos dessa região.

Mas, existem coisas, aqui, que não podem ficar de fora de sua lista do que comer em Ushuaia. Por exemplo, experimentar as tradicionais empanadas, o delicioso dulche de leche e acrescentar os apreciados vinhos do país às refeições é, no mínimo, justo.

Onde comer em Ushuaia

Foto: turismoushuaia.com

Onde comer em Ushuaia

Um dos restaurantes mais famosos da região é o Bodegón Fueguino, onde você tem a chance de experimentar o cordeiro patagônico a um preço justo. Ele fica na avenida principal, a San Martín.

Outro lugar que atrai muitos turistas na hora de comer em Ushuaia é o Kuar, considerado um dos melhores, com uma bela vista da cidade. A especialidade deles são os frutos do mar.

Os cafés estão espalhados pela cidade e você precisa entrar em um para comer os churros crocantes recheados com dulche de leche.

Sim, nós temos churros no Brasil, mas o dos hermanos tem um sabor especial. As chocolatarias também são para obrigatória para quem não resiste a um doce.

Onde comer em Ushuaia

Preciso lhe adiantar que, comer em Ushuaia, assim como comer em Buenos Aires e outros lugares da Argentina, é um teste de paciência.

Em bares e restaurantes, não fique com vergonha de chamar o garçommozo – com gestos. Se não agir assim, você vai esperar um bom tempo. Normalmente, a sensação é de que há bem menos gente para lhe atender do que o necessário.

INFORMAÇÕES BÁSICAS
Visto | Brasileiros  não precisam de visto para entrar no país e o tempo de permanência é de até 90 dias. 
Documentos | Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade emitida há menos de dez anos.
Moeda | O peso argentino (ARG) é a moeda local. Para sua viagem, leve reais ou dólares e troque nas casas de câmbio.
Vacinas | Nenhuma vacina é obrigatória, mas é indicado estar vacinado contra covid-19 (veja abaixo).

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

A Argentina tem atualizado com frequência os requisitos para a entrada de brasileiros no país. Desde o dia 07/04/2022, é necessário atender às seguintes exigências:

  1. Preencher a Declaración Jurada Electrónica para el Ingreso al Territorio Nacional pelo menos 48 horas antes da viagem;
  2. Apresentar seguro de saúde covid-19 com cobertura para hospitalização, isolamento e transferência médica;

Recomenda-se que os viajantes que não estiverem com o esquema de vacinação completo façam um teste de diagnóstico dentro de 24 horas após a entrada no país.

Se um caso positivo ou suspeito de covid-19 for detectado ou relatado no ponto de entrada, poderá ser necessário fazer quarentena.

Para saber mais, acesse o site oficial da Dirección Nacional de Migraciones da Argentina.

SEGURO VIAGEM

Desde que reabriu as fronteiras,  o seguro viagem com cobertura para tratamento de covd-19 passou a ser obrigatório.  Sem ele, você será impedido de entrar no país.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais sobre a Argentina

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Argentina.