Onde comer em Ushuaia: os melhores restaurantes que você deve conhecer

Atualizado em 13 de outubro de 2022 – 1 min de leitura

Onde comer em Ushuaia

O emblemático Fim do Mundo também deve ser explorado por sua culinária. É que comer em Ushuaia e saborear a gastronomia argentina, quase sempre, conquista os brasileiros.

Mesmo sendo uma cidade pequena, a capital da Terra do Fogo tem diversos restaurantes de qualidade, com pratos típicos e internacionais.

Você pode desfrutar das carnes argentinas e experimentar o famoso centolla, um caranguejo gigante da região, conhecido como king crab. Aliás, ele e o cordero patagônico são os mais clássicos pratos dessa região.

→ Onde ficar em Ushuaia

Mas, existem coisas, aqui, que não podem ficar de fora de sua lista do que comer em Ushuaia. Por exemplo, experimentar as tradicionais empanadas, o delicioso dulche de leche e acrescentar os apreciados vinhos do país às refeições é, no mínimo, justo.

Onde comer em Ushuaia

Foto: turismoushuaia.com

Onde comer em Ushuaia

Um dos restaurantes mais famosos da região é o Bodegón Fueguino, onde você tem a chance de experimentar o cordeiro patagônico a um preço justo. Ele fica na avenida principal, a San Martín.

Outro lugar que atrai muitos turistas na hora de comer em Ushuaia é o Kuar, considerado um dos melhores, com uma bela vista da cidade. A especialidade deles são os frutos do mar.

Os cafés estão espalhados pela cidade e você precisa entrar em um para comer os churros crocantes recheados com dulche de leche.

Sim, nós temos churros no Brasil, mas o dos hermanos tem um sabor especial. As chocolatarias também são para obrigatória para quem não resiste a um doce.

Onde comer em Ushuaia

Preciso lhe adiantar que, comer em Ushuaia, assim como comer em Buenos Aires e outros lugares da Argentina, é um teste de paciência.

Em bares e restaurantes, não fique com vergonha de chamar o garçommozo – com gestos. Se não agir assim, você vai esperar um bom tempo. Normalmente, a sensação é de que há bem menos gente para lhe atender do que o necessário.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no país por até 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Documentos

Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade, desde que tenha sido emitida há menos de dez anos.

Dinheiro

O peso argentino, identificado pela sigla ARG, é a moeda nacional. Para sua viagem, leve reais ou dólares.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é obrigatória, independentemente do motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

De acordo com o decreto publicado no dia 24 de agosto de 2022, não há mais nenhuma exigências quanto à covid-19. Portanto, não é necessário apresentar comprovante de vacinação nem resultados de exames RT-PCR.

Até então, era obrigatório preencher a Declaración Jurada Electrónica para el Ingreso al Territorio Nacional e ter  um seguro viagem com cobertura para a covid-19.

Retorno ao Brasil

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar para a Argentina sem o seguro viagem não e uma boa ideia.  Sem ele, você poderá ter que pagar caro, caso precise de uma consulta médica ou de atendimento hospitalar.

Ter um seguro viagem é ainda mais importante se você for viajar para áreas mais remotas do país, como a Patagônia e o norte argentino – na região de Jujuy e Salta, muitas pessoas se sentem mal por causa da altitude.

Além disso, o custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

GOLPE NO TÁXI

Na hora de pegar um táxi – que ainda é a melhor opção para se locomover nas cidades da Argentina –, utilize veículos de frota e fique de olho na hora de pagar: sempre olhe para o motorista e diga qual o valor em espécie você está entregando a ele.

Esse cuidado tem uma razão: alguns motoristas trocam a sua nota e dizem que a que você o entregou é falsa. Há casos em que eles deixam o dinheiro cair no chão do carro e pegam uma nota falsa para lhe repassar.

Outro golpe praticado por motoristas de táxi contra turistas é alegar que você entregou a ele uma nota no valor inferior ao pretendido.

Uma amiga chegou a Buenos Aires à noite. Cansada, depois de tomar um táxi, ela fez o pagamento com uma nota de ARS 100. Entretida com as malas, ela não percebeu que o taxista tinha trocado a sua nota por uma de ARS 10.

Ela se desculpou, entregou-lhe novamente uma nota de ARS 100, e manteve a postura desatenciosa. O motorista aproveitou e, novamente, disse que tinha recebido outra nota de ARS 10. No final das contas, ela pagou ARS 300 por uma corrida de táxi que custou menos de ARS 100.

Infelizmente, carros de aplicativo ainda não são tão comuns em várias cidades argentinas e isso nos faz reféns dos taxistas.

Veja mais dicas da Argentina

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Argentina.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

2 Comentários

  1. MARA RUBIA CEDRO MOREIRA MOREIRA

    Bom dia Altier,
    Fala sério…ver uma postagem sua pela manhã,é ter certeza que o dia será muito mais maravilhoso,viu? Como diz o baiano, ” sem aperto de mente” ,rs,o centolla é mais barato em Santiago ou em Ushuaia? Santiago irei em maio e Ushuaia,em 2019.Um.grande abraço fraterno em seu coração.Obrigada,obrigada e obrigada sempre.

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Mara.

      Fico feliz por alegrar seu dia. 🙂
      Em Ushuaia é mais barato por causa do câmbio.

      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2