Feirinha de Puerto Iguazú: como visitar a feira mais tradicional da fronteira

43

Atualizado em 12 de abril de 2021

A feirinha de Puerto Iguazú

Pense num lugar onde as cores e os sabores se misturam e nos fazem suspirar. Este lugar tem nome: feirinha de Puerto Iguazú, e fica pertinho de Foz do Iguaçu, no Paraná.

A feirinha de Puerto Iguazú – assim é chamada a feira ao ar livre mais tradicional da cidade – está a poucos quilômetros da fronteira do Brasil com a Argentina, e apesar de ser muito simples, esbanja tradição.

Eu mesmo já visitei a feirinha quando ainda era menino. Naquela época, minha sacola carregava maçãs verdes. Hoje, as mercadorias são outras, e elas fazem parte as minhas melhores lembranças.

A feirinha de Puerto Iguazú

A feira é pequena. São apenas algumas barracas que vendem queijos, azeitonas, doce de leite, salaminho, azeite, vinho e muitos – muitos mesmo – diferentes tipos de alfajor.

Então, esteja preparado para desejar tudo e comprar o que puder, porque os preços são bem atraentes.

A feirinha de Puerto Iguazú

Vamos às compras

Eu preciso explicar que, na feirinha de Puerto Iguazú, você dificilmente vai encontrar o alfajor Havanna, aquele da caixinha amarela.

Trata-se de um acordo comercial entre a fabricante dessa delícia argentina e os lojistas do duty free.

Porém, como há um jeito para tudo, eles criaram uma segunda linha chamada La Recoleta, que na verdade é o mesmo alfajor em embalagem diferente.

A feirinha de Puerto Iguazú

Falando em duty free, muitos brasileiros pensam que comprar por essas bandas é proveitoso. Eu não achei.

Tudo é caro e, nas lojinhas, eu não consegui encontrar nada de bom gosto.

Se você quer mesmo gastar o seu dinheiro, prefira Ciudad del Este, no Paraguai. Eu conto isso em: Como fazer compras no Paraguai.

A feirinha de Puerto Iguazú
Puero-Iguazu-3
A feirinha de Puerto Iguazú

Qual moeda levar?

O real é aceito normalmente em Puerto Iguazú.

Cartões de crédito precisam estar desbloqueados para serem usados no exterior. Isso pode ser feito em sua agência bancária, mas alguns bancos permitem desbloquear pelo telefone ou pela internet.

A feirinha de Puerto Iguazú

Como visitar a feirinha de Puerto Iguazú

Quando ir

A feira funciona todos os dias, geralmente a partir das 10h. Muitas barracas fecham para o almoço, então, é melhor deixar para ir a tarde, depois das 16h. Assim, você pode aproveitar tudo com calma.

No verão, faz muito calor. Como a umidade relativa do ar é alta, a sensação é de que estamos em uma estufa. Nesta época, a temperatura média é de 25 graus.

Em setembro e outubro, as chuvas são mais frequentes. No inverno, as temperaturas ficam em torno dos 15 graus, com mínimas de até 5 graus.

Como chegar

A melhor forma é ir de van particular. Eu contratei uma e paguei R$ 30, saindo de Foz do Iguaçu. Basta pedir indicação na recepção do hotel que eles ajudam, porque há muitas empresas que fazem este serviço.

Da rodoviária de Foz do Iguaçu, partem ônibus para Puerto Iguazú. Na fronteira, você terá que descer para cumprir as formalidades de imigração. É importante guardar o bilhete da passagem para poder embarcar no próximo ônibus e não pagar novamente.

Onde ficar

A maioria dos brasileiros que vem conhecer a feirinha de Puerto Iguazu fica hospedada em Foz do Iguaçu. Eu escolhi o Foz Presidente Hotel, que fica muito bem localizado no centro da cidade.

INFORMAÇÕES BÁSICAS
Visto | Brasileiros  não precisam de visto para entrar no país e o tempo de permanência é de até 90 dias. 
Documentos | Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade emitida há menos de dez anos.
Moeda | O peso argentino (ARG) é a moeda local. Para sua viagem, leve reais ou dólares e troque nas casas de câmbio.
Vacinas | Nenhuma vacina é obrigatória, mas é indicado estar vacinado contra covid-19 (veja abaixo).

INFORMAÇÕES SOBRE COVID-19

A Argentina tem atualizado com frequência os requisitos para a entrada de brasileiros no país. Desde o dia 07/04/2022, é necessário atender às seguintes exigências:

  1. Preencher a Declaración Jurada Electrónica para el Ingreso al Territorio Nacional pelo menos 48 horas antes da viagem;
  2. Apresentar seguro de saúde covid-19 com cobertura para hospitalização, isolamento e transferência médica;

Recomenda-se que os viajantes que não estiverem com o esquema de vacinação completo façam um teste de diagnóstico dentro de 24 horas após a entrada no país.

Se um caso positivo ou suspeito de covid-19 for detectado ou relatado no ponto de entrada, poderá ser necessário fazer quarentena.

Para saber mais, acesse o site oficial da Dirección Nacional de Migraciones da Argentina.

SEGURO VIAGEM

Desde que reabriu as fronteiras,  o seguro viagem com cobertura para tratamento de covd-19 passou a ser obrigatório.  Sem ele, você será impedido de entrar no país.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

Veja mais sobre a Argentina

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Argentina.