Como chegar a Salta, no norte da Argentina: veja a melhor rota

2

Atualizado em 20 de julho de 2020

Como chegar a Salta

Salta é uma cidade muito procurada por viajantes que vêm para o norte da Argentina. Isso acontece porque a paisagem daqui é um misto de tudo o que vemos nesta parte da Cordilheira dos Andes. Tão famosa e importante, chegar a Salta é fácil e, até certo ponto, barato.

Então, se você gostou do deserto do Atacama, no Chile, e do Salar de Uyuni, na Bolívia, Salta tem tudo para entrar em sua lista de desejos. É que os grandes atrativos daqui são as montanhas coloridas – que aparecem em vários países andinos – e o mítico Trem para as Nuvens, um dos percursos ferroviários mais altos do mundo.

Além disso, Salta é uma cidade festeira. Durante todo o ano, vários festivais e festas de diversos estilos movimentam suas ruas. Claro, no verão, elas são mais frequentes, mas esta também é a estação que mais chove. Isso, eu mostro em: Quando ir a Salta.

Como chegar a Salta, no norte da Argentina

As cidades de Salta e San Salvador de Jujuy são os principais centros turísticos da região norte argentina, e ficam a cerca de 120 quilômetros de distância. Nessa região, são quase 700 quilômetros de paisagens exóticas e incrivelmente lindas, como eu mostro em: Salta e Jujuy: o exuberante norte da Argentina.

Aproveite para ler: Trem para as Nuvens: uma viagem de Salta para o céu.

Como chegar a Salta

De avião

Para chegar a Salta, você pode voar até o Aeroporto Internacional de Salta Martín Miguel de Güemes (SAL). Como você pode imaginar, não há voos diretos do Brasil para cá. Então, uma escala em Buenos Aires é inevitável.

As principais companhias aéreas domésticas que voam para esta região são a Aerolíneas Argentinas, a Austral e Andes.

Como chegar a Salta, no norte da Argentina

O aeroporto fica a sete quilômetros do Centro e a forma mais rápida de chegar ao seu hotel é, certamente, tomando um táxi. Como as tarifas não são tão caras, se estiver com mais de uma pessoa, vale a pena demais.

O Uber tem funcionado bem por aqui, apesar de o número de carros ainda ser pequeno. Então, uma dica é não programar a ida para o aeroporto muito em cima da hora.

De ônibus

Você pode se conectar de ônibus a outras cidades da região, como San Salvador de Jujuy, e até mesmo com a capital, Buenos Aires, mas a viagem é longa: são mais de 18 horas dentro do ônibus.

Quem vem do Atacama, tem várias opções de horários e empresas. Eu viajei com a Pullman Bus e o serviço é um dos mais indicados.

Como chegar a Salta

O Terminal rodoviário fica a sete quilômetros do centro e dá para chegar aqui tranquilamente usando o Uber ou um táxi convencional.

Um site muito utilizado pelos argentinos para consultar horários, preços e comprar passagens de ônibus é o Plataforma 10. Para saber mais, leia: Como chegar a Salta.

Como chegar a Salta, no norte da Argentina

De carro

Brasileiros podem dirigir na Argentina usando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas será preciso apresentar, também, um documento de identificação – carteira de identidade ou o passaporte.

Como Salta é a principal cidade desta região, há rodovias para todo lado. Porém, a maioria delas não é duplicada. Isso vai exigir que você tenha mais atenção ao volante.

Quem quiser chegar a Salta vindo de Buenos Aires vai encarar 1.459 quilômetros de estrada, e quem estiver vindo de San Pedro de Atacama, no Chile, vai viajar por quase 600 quilômetros pela chilena Ruta 27 e pela RN-52, estrada argentina que liga boa parte do norte do país.

Como chegar a Salta, no norte da Argentina

Um roteiro muito interessante é estender o percurso até o Salar de Uyuni, na Bolívia, num trajeto de 900 quilômetros. Neste caso, a melhor opção é seguir por San Salvador de Jujuy e atravessar a fronteira na cidade de La Quiaca. Antes de partir, eu sugiro que leia: Bolívia de carro: tudo o que você precisa saber.

Agora que você já sabe como chegar a Salta, aproveite para encontrar uma hospedagem barata. Se quiser uma dica para se hospedar bem aqui no norte da Argentina, leia: Como é se hospedar no hotel Luna Daniela.

Informações Básicas
Visto | Brasileiros  não precisam de visto para entrar na Argentina e o tempo de permanência é de até 90 dias.
Documentos | Brasileiros podem apresentar o passaporte ou a carteira de identidade, emitida há menos de 10 anos.
Dinheiro | O peso argentino (ARG) é a moeda local.  Você pode levar reais ou dólares e trocar nas casas de câmbio.
Vacinas | Nenhuma vacina é obrigatória para brasileiros, independentemente da idade e do motivo da viagem.

Veja mais sobre Salta

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo e aproveite para ver outras dicas.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

2 Comentários

  1. Avatar

    GOSTEI MUITO DE DUAS DICAS.
    TENHO 10 DIAS PARA CONHECER SALTA E ARREDORES DE SALTA!
    QUANTOS DIAS EM SALTA, QUANTOS EM JUJUY. O QUE MAIS RECOMENDA? GRATA

Escreva um comentário

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Altier Moulin (@penaestrada) em