De bicicleta no Atacama: como explorar o deserto chileno com sua magrela

Atualizado em 10 de outubro de 2022 – 3 min de leitura

De bicicleta no Atacama

Explorar o Atacama de bicicleta é uma atividade que tem se tornado cada dia mais comum em San Pedro de Atacama, no Chile.

Isso se deve a duas razões principais: a gostosa sensação de liberdade que experimentamos ao nos guiar por caminhos diferentes e alternativos e, claro, o preço alto dos passeios cobrados pelas agências, que sempre são muito mais caros do que desejamos.

Nessa região, os dois roteiros mais procurados por aqueles que querem fazer um passeio de bicicleta no Atacama são o Valle de la Luna, a nove quilômetros do Centro, e as ruínas de Pukará de Quitor e a Quebrada del Diablo, a seis quilômetros.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

De bicicleta no Atacama

Como eu já havia visitado o Valle de la Luna, aluguei uma magrela para fazer o percurso que passa por Pukará de Quitor e chega até os cânions conhecidos como Quebrada del Diablo, num percurso que totalizou pouco mais de 20 quilômetros de chão.

Como o sol não dá trégua, escolhi fazer esse passeio pela manhã e foi bem tranquilo, já que a trilha é fácil e cada um pode seguir seu próprio ritmo.

No mapa abaixo, é possível ver que todo o trajeto é feito margeando o leito de um rio seco. Então, a chance de você se perder não existe.

Para facilitar ainda mais, você tem a possibilidade de fazer apenas o trajeto até Pukará de Quitor e retornar. Porém, eu lhe encorajo muito a fazer o roteiro completo, como proposto no mapa.

Trilha até a Quebrada del Diablo

Grande parte da trilha é plana e feita sob uma estrada de terra batida. Há poucas paradas com sombras, mas elas existem. De tempo em tempo, pare para se hidratar, descansar e, então, seguir em frente.

Durante o trajeto, você precisará ter atenção em alguns pontos: o primeiro é na hora de cruzar a ponte sobre o leito seco do rio.

De bicicleta no Atacama

Se seguir direto, você irá para Pukará de Quitor e, virando à direita, chegará à Quebrada del Diablo. Mais à frente, você cruzará outra ponte, esta sobre um riacho que, infelizmente, está poluído.

Depois desse ponto, a trilha tem três caminhos possíveis: à esquerda, você poderá subir algumas pequenas montanhas a pé, seguindo direto, você chegará a um ponto cego, sem muita coisa interessante, e, à direita, está a Quebrada del Diablo.

De bicicleta no Atacama

Neste trecho, há outro ponto de atenção que é justamente a entrada para a Quebrada del Diablo.

A única placa que indica o caminho deve medir cerca de 20 centímetros e está presa a uma haste de madeira perto de uma árvore. Nela lemos “QDA. DEL DIABLO” e vemos uma seta apontando a direção. É só isso!

Seguindo por esse caminho, logo você verá o começo dos cânions.

De bicicleta no Atacama

São imensos paredões abertos pela água de antigos rios que não existem mais. Em alguns pontos, é impossível passar pedalando, já que a estrada fica mais estreita. Em outros pontos, um carro passaria facilmente.

De bicicleta no Atacama

Dentro dos cânions, avancei por cerca de 40 minutos e não encontrei seu fim. Perguntei a outros ciclistas que faziam o caminho de retorno e todos me disseram a mesma coisa: não há fim.

Depois de considerar que já tinha visto e experimentado o suficiente do lugar, encerrei meu passeio de bicicleta no Atacama voltei para o pueblo.

Planeje seu passeio de bicicleta no Atacama

Quanto custa

O aluguel da bicicleta no Atacama custa CLP 7.500 para cada seis horas e eu indico a Cicles Atacama. A entrada nas ruínas de Pukará de Quitor custa CLP 3.000.

Quando ir

O passeio de bicicleta no Atacama está disponível durante todo o ano. Eu sugiro escolher a parte da manhã, por volta das 9h, ou da tarde, depois das 16h.

O Atacama é considerado o deserto mais seco do mundo e não recebe chuva significativa há, pelo menos, 500 anos.

→ Quando ir ao Atacama

Como em todo deserto, a amplitude térmica é muito grande. Isso significa que você vai ter temperaturas altas durante o dia e baixas durante a noite.

No inverno, as temperaturas são mais amenas durante a dia, mas faz muito frio à noite. No verão, os dias são muito quentes e as noites têm temperaturas agradáveis.

Como chegar

O aeroporto mais próximo de San Pedro de Atacama fica na cidade de Calama, a pouco mais de 100 quilômetros. A passagem de ônibus na Pulmann Bus, de Calama para San Pedro de Atacama, custa cerca de CLP 6.000.

Outra opção é voar até Santiago e seguir a viagem de ônibus, mas se prepare: serão mais de 1.600 quilômetros para percorrer, o que não vale nem um pouco a pena para quem está com pouco tempo.

→ Como chegar ao Atacama

A Tur Bus tem partidas de Santiago para Calama com passagens que custam entre CLP 40.000 e 60.000.

Um roteiro muito bacana e que lhe dará uma visão mais completa dessa região é conciliar San Pedro com a viagem de três dias pelo Salar de Uyuni.

Hotel Diego de Almagro

O Diego de Almagro é um dos maiores e mais tradicionais hotéis de San Pedro de Atacama e, como a maioria das opções de hospedagem da cidade é pequena e bem rústica, ele ganha muitos pontos, principalmente quando você leva em consideração os serviços oferecidos e a proximidade com o Centro.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Eu tive a sorte de pegar uma promoção e paguei bem menos que o valor de uma diária normal. A piscina do hotel é ótima, os quartos são grandes e confortáveis. Há chuveiro quente e o café da manhã é bem farto: dá para comer muito.

 

Como fica no Centro, há vários restaurante muito bons aqui perto, mas, se puder, jante no restaurante que fica no hotel: o camarão com quinoa é muito elogiado. Sem dúvida, foi a melhor escolha que eu poderia ter feiro para me hospedar no Atacama.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hotel Dunas

Esse peculiar hotel fica no coração de San Pedro de Atacama e tem uma arquitetura um tanto quanto interessante: ele é formado por casinhas de sapê distribuídas em um lindo jardim e um terraço solar.

O Hotel Dunas tem preço razoável, internet boa, estacionamento e café da manhã gratuitos. A rua mais viva da cidade, a Caracoles, fica a dois quarteirões e a praça principal, onde fica a Igreja de San Pedro, a 200 metros.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

As instalações são bem rústicas, como tudo no Atacama, mas o conforto e o atendimento são garantias da casa: se não for verdade, você pode reclamar com os donos, porque eles fazem questão de atender aos hóspedes.

Hotel Kimal

Essa é a opção perfeita para quem quer ficar em São Pedro do Atacama sem abrir mão do conforto e ficar perto de tudo. É que o Hotel Kimal fica bem no Centro da cidade, onde a energia pulsa mais fortemente.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Além disso, o hotel tem muitas atividades alternativas, como aulas de ioga e massagens relaxantes ao ar livre. Sem falar que a piscina é deliciosa e o café da manhã é bem elogiado.

Nessa região, há várias agências que vendem passeios, mas algumas excursões, como para os Gêiseres de Tatio e para o Valle de la Luna, podem ser contratadas na recepção do hotel. E por falar nisso, o pessoal manda muito bem no atendimento.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hotel la Casa de Don Tomás

O Hotel La Casa de Don Tomás fica uns 250 metros da Rua Caracoles, a mais movimentada da cidade e é um excelente lugar para ficar em San Pedro de Atacama, porque as instalações são magníficas e o atendimento é sempre muito elogiado.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

O hotel é grande, espaçoso, tem um restaurante muito bom e o café da manhã é delicioso. Os quartos são ótimos, muito arejados e sempre muito limpos. As camas são grandes, macias e a roupa de cama é de primeira.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hotel Jardin Atacama

O Hotel Jardin Atacama tem quartos básicos, mas o que encanta é a área externa no hotel: tem um quintal grande com piscina, perfeito para quem viaja com crianças. Além disso, ele fica em uma área excelente, perto de tudo, mas longe do barulho.

O atendimento é muito elogiado, o café da manhã é farto, com comidinhas locais e o preço é justo. É um bom lugar para ficar em San Pedro de Atacama sem gastar muito e ter bom serviços.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hotel Corvatsch

A poucos minutos de caminhada do centrinho de San Pedro de Atacama, o Hotel Corvatsch é um dos melhores da cidade na minha opinião. Ele tem de tudo que a gente precisa para ter dias magníficos e noites revigorantes de sono.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Os quartos são muito agradáveis, as camas são boas e as roupas de cama sempre estão limpinhas e cheirosas. Os banheiros são bem cuidados e o café da manhã está dentro do esperado: vale pelo preço da diária.

Hotel Poblado Kimal

O Hotel Poblado Kimal é mais uma excelente para ficar na melhor área de San Pedro de Atacama: perto de tudo e com o conforto de ter silêncio e tranquilidade. Sem falar que o hotel é super bem decorado, com a temática rústica que o Atacama pede.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

A piscina é maravilhosa e os quartos amplos, arejados, muito bem cuidados, com camas grandes e roupas de cama de primeira – garantia de uma estadia perfeita. Isso se completa com o atendimento e com o café da manhã, que são sempre muito elogiados.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hotel Desertica

O Hotel Desertica é um lugar com muito estilo. Decorado com muito bom gosto, desde a recepção às áreas comuns, tudo parece ter sido pensado para nos impressionar. E deu certo!

Os quartos são extremamente confortáveis, sempre muito limpos e arejados. Os banheiros são espaçosos, bem cuidados e o chuveiro é maravilhoso. Outro destaque é o atendimento super profissional da equipe que dá um show de simpatia.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

O café da manhã é fabuloso, com tudo de bom que você pode encontrar em San Pedro de Atacama. A experiência fica ainda mais completa com a área da piscina, perfeita para o fim de tarde.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Ckoi Atacama Lodge

O Ckoi Atacama Lodge tem um estilo mais rústico, mas isso não significa que sua experiência será incompleta. Pelo contrário, o lodge oferece várias atividades como ioga, alongamento e passeios pelo Atacama, tudo sem complicação e com preços justos.

Ele fica em uma área mais sossegada do Centro e é perfeito para quem busca tranquilidade e vai ter tempo para fazer tudo com calma: aproveitar a piscina, a área verde e saborear, sem pressa, o café da manhã que é preparado com muito amor.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Hostel Qachi & Chentura

O Hostel Qachi & Chentura é diferenciado. Tudo começa pela organização dos ambientes, com uma decoração leve e caprichada, mantendo a identidade do Atacama. Os quartos são arejados, muito bem cuidados e sempre muito organizados.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

As áreas comuns seguem o mesmo padrão, com tudo no lugar certo e com manutenção em dia. As camas são ótimas, as roupas de cama também, e o café da manhã é muito gostoso, dentro do esperado. Por isso, é um excelente lugar para ficar em San Pedro de Atacama.

Hostel Campo Base

Quem procura um hostel para ficar em San Pedro de Atacama, com certeza, já leu sobre esse lugar. Ele é o mais bem avaliado da cidade e tem um atendimento que conquista qualquer um: como os passeios são muito cedo, eles deixam um lanchinho para você levar. Por falar nisso, o café da manhã é excelente e a limpeza também é muito boa.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Os banheiros também são super organizados e os ambientes são separados: sanitários e chuveiros. O espaço de convivência é pequeno, mas super aconchegante, com redes, mesas e cadeiras. Do lado do Hostel Campo Base tem um mercadinho que vende lanches rápidos e água, itens essenciais para sua sobrevivência no deserto. O hostel também tem cozinha.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

A localização é perfeita, a poucos metros da Rua Caracoles, e o preço é um dos melhores da cidade. Vale a pena comparar com outros hostels, porque você pode até achar hospedagem mais barata, mas o serviço, certamente, não será o mesmo.

Atacama Home

A Atacama Home é uma casa de temporada perfeita para quem está viajando em família ou com amigos. Ela fica um pouco mais afastada do Centro, mas o acesso é fácil e rápido.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

A casa é extremamente aconchegante, muito bem decorada e tem uma leveza que colabora para estadias perfeitas, sem qualquer chance de decepção.

Ela tem 100 metros quadrados, tem dois quartos, varanda, cozinha completa e acomoda até seis pessoas, isso faz o custo-benefício ficar muito interessante. Sem dúvida, é uma excelente escolha para ficar em San Pedro de Atacama.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Parina Atacama Apart Hotel

O Parina Atacama Apart Hotel também fica um pouco mais afastado do Centro e seu grande ponto positivo é oferecer privacidade e aquele serviços de hotel que a gente gosta.

Os apartamentos são bem equipados, com uma cozinha completinha, camas boas e banheiros limpos e bem cuidados, e tem uma jacuzzi boa para relaxar nos fins de tarde. Isso tudo por um preços justo!

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Cabañas Caur

O Cabañas Caur são apartamentos que ficam na área residencial de San Pedro de Atacama, a poucos minutos de caminhada do Centro. Eles são excelentes para quem quer passar um tempo maior na cidade para poder explorar tudo com calma.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Os apartamentos têm cozinha completa, terraço, estacionamento e internet rápida, perfeito para quem precisa trabalhar durante a viagem. Eles acomodam bem até quatro pessoas e isso faz o custo-benefício ficar mais interessante.

Onde ficar em San Pedro de Atacama

Informações Básicas

Visto

Não é necessário ter  visto para entrar no país e o tempo de permanência é de até 90 dias.

Documentos

Você pode apresentar o passaporte ou a carteira de identidade emitida há menos de dez anos.

Moeda

O peso chileno, representado pela sigla CLP, é a moeda local. Você pode levar dólares e trocar ao chegar.

Vacinas

Não há exigência de vacinação para nenhuma doença não importa qual seja o motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

As autoridades chilenas deixaram de exigir comprovantes de vacinação e testes RT-PCR de todos os viajantes, vacinados ou não. Entretanto, você precisa cumprir alguns procedimentos antes de embarcar para o país:

  1. Preencher a Declaração Juramentada C19 para validar o comprovante de vacinação e obter o Pase de Movilidad Chileno, necessário para frequentar ambientes fechados e viajar em transporte coletivo, por exemplo;
  2. Estar preparado para testes aleatórios na chegada ao país: se o resultado for positivo, você poderá ser orientado a fazer quarentena;
  3. Se você for um viajante vacinado e tomou a última dose há mais de seis meses, a dose de reforço será exigida.
Retorno ao Brasil

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem um seguro viagem com cobertura para covid-19 não é uma boa ideia. 

É que nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem –, mesmo que ele não seja obrigatório.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

MAIS COMPRIDO DO MUNDO

O Chile é o país mais comprido do mundo, com uma distância de 4.329 quilômetros entre seu ponto mais ao norte e mais ao sul. Por ter uma geografia extremamente diversa é possível conhecer regiões com climas muito distintos entre si.

Além do fato de que o país está espremido entre a Cordilheira dos Andes, ao leste, e o Oceano Pacífico, seu atual território envolve fronteiras, ainda, conquistas políticas e militares.

No norte, está o deserto do Atacama, considerado o mais seco do mundo. Ao sul, fica a Patagônia, território de temperaturas glaciais dividido entre Chile e Argentina. Com tantos contrastes, o território chileno tem paisagens realmente inesquecíveis.

A maior parte da população vive no centro do país. Uma das maiores cidades da América Latina, a capital Santiago se destaca pela gastronomia e pela agitada vida noturna. A charmosa Valparaíso, localizada no litoral, é marcada pelas construções coloridas.

Veja mais dicas do Chile

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Chile.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

6 Comentários

  1. Luana

    Boa tarde,
    Estou amando seu blog, mas preciso de algumas dicas!!!
    Nunca fiz nenhuma viagem para América do Sul. Você me indica por onde começar? Argentina, Colômbia, Chile??
    Vou fazer a viagem com uma amiga e queria saber uma média de quanto gastou nessa viagem a Atacama 15 dias, sem aéreo. Não procuramos luxo, algo bem em conta mesmo. Só para termos uma ideia dos gastos

    Obrigada seu blog é maravilhoso!

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Luana,

      Que bom que gostou do blog. É complicado dar uma sugestão de onde ir sem lhe conhecer melhor, mas eu diria que Colômbia e Chile são os meus preferidos entre os três países. O Chile é mais caro e, portanto, menos interessante neste aspecto. A Colômbia é fascinante e você vai adorar Cartagena e as praias do Caribe de lá.

      Falar de valores é bem complicado pois isso depende de cada pessoa e do seu estilo de viajante. Leia os posts que fiz sobre a Colômbia aqui: https://www.penaestrada.blog.br/category/relatos/exterior/colombia/. Na maioria deles eu acrescento valores, então você pode fazer uma estimativa de custos.

      Bom, espero ter ajudado. Um abraço!

      Responder
  2. IVONEI ANTONIO MARGRAF

    Muito Bom!
    Caro Altier
    Somos um grupo que pretendemos pedalar no Atacamem fev de 2016.
    Pedimos a você :
    1)É necessário reservar antecipadamente o HOTEL?
    2) A QUALIDADE DAS BIKES É BOA ?
    3)Pretendemos passeios também mais longos ;sua sugestão?
    Desde já agradeço
    Ivonei

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Ivonei, aí estão suas respostas:

      1) Sim, é necessário fazer a reserva. De dezembro a fevereiro há muitos turistas aqui e as boas opções acabam logo. Eu indico muito este hotel: http://goo.gl/5yxFon. Não há relação custo-benefício melhor na cidade.
      2) Sim, é boa. Mas são bikes para diversão, isso quer dizer que não são para ‘profissionais’.
      3) Há diversas opções nos arredores de San Pedro. Ir ao Vale de La Luna e assistir ao pôr do sol é uma ótima pedida. Veja aqui: https://www.penaestrada.blog.br/valle-de-la-luna-o-imperdivel-atacama/

      Um abraço e aproveite por mim. 🙂

      Responder
  3. Marcela

    Adorei!

    Responder
    • Altier Moulin

      Obrigado, Marcela.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9