Como chegar a Budapeste e como andar na cidade

2

Atualizado em 14 de junho de 2019

Essa histórica cidade, dividida pelo Rio Danúbio, ficou fechada para o turismo até poucas décadas. Agora, quem vem para este lado da Europa, sempre aproveita para chegar a Budapeste. E esta, é uma tarefa simples e barata, já que a capital da Hungria nos atrai não só pela beleza, mas, principalmente, por estar fora da zona do euro.

Buda e Peste têm atmosferas bem diferentes, que provavelmente irão lhe agradar em diferentes momentos da viagem. Buda, o lado mais calmo, tem imensos castelos e igrejas, seguindo um ritmo mais sossegado de vida. Já em Peste, os dias são agitados, e é onde você pode aproveitar para curtir a noite de Budapeste.

→ Veja onde se hospedar em Budapeste

Para que sua viagem se torne realidade, eu já adianto que é possível chegar aqui de avião, de trem, de ônibus e até de barco. Tudo depende de onde você estiver vindo.

Como chegar a Budapeste

O parlamento húngaro é um dos principais pontos turísticos.

Não deixe de curtir a noite da cidade quando chegar a Budapeste.

Como chegar a Budapeste

Avião | A capital da Hungria é servida pelo Aeroporto de Budapeste Ferec Liszt (BUD), que fica a 16 quilômetros do Centro da cidade. Mas, não existem voos direto do Brasil para cá.

Isso significa que, para chegar a Budapeste saindo de alguma cidade brasileira, será preciso fazer escala em outro país europeu. As companhias KLM, Lufthansa, Alitalia e TAP, por exemplo, têm voos partindo de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Para quem já está em solo europeu, o trajeto pode ser muito mais barato, já que existem as queridinhas low cost que fazem promoções quase sempre, como a EasyJet, RyanAir, Vueling e Transavia. Para você ter uma ideia, em uma breve pesquisa eu encontrei passagens de Berlim para Budapeste por 25 euros, ida e volta, em junho, com a RyanAir. Com flexibilidade de datas é possível conseguir um preço ainda melhor.

Barco | Chegar a Budapeste de barco é uma ótima opção para quem está em Viena. O percurso passa pela Bratislava e dura seis horas, mas só é feito de abril a outubro. Nesse caso, não se trata apenas de um deslocamento, mas também de um passeio turístico, já que durante o percurso é possível admirar muitas paisagens da região.

Como chegar a Budapeste

Além do tradicional passeio de barco pelo Danúbio, é possível chegar à cidade de barco.

Uma das empresas que faz esse trajeto é a Mahart Passnave, e o trecho custa, em média, EUR 90.

Trem | Viajar de trem na Europa é um passeio nostálgico que muita gente quer fazer, porém, nem sempre usar esse meio de transporte é vantajoso. Uma viagem de trem, hoje, é bem mais cara – em alguns casos – do que voar ou viajar de ônibus. Ainda assim, para quem está nas proximidades de Budapeste, vale a pena olhar os preços das passagens que, se adquiridas com antecedência, podem poupar tempo e dinheiro.

Um tíquete saindo de Viena com destino a Budapeste varia entre 40 e 65 euros, dependendo do horário e do trem, viajando com a OBB, principal empresa austríaca.

A cidade tem três estações de trem internacionais. A principal é a Keleti Pu, que fica ao leste de Peste, e atende a maioria das viagens internacionais. A Nyugati está localizada a oeste de Peste, de onde partem alguns trens para a Romênia, República Tcheca e Alemanha, e por fim, a estação Deli, que fica em Buda. Todas com veículos que fazem conexão com diversas capitais próximas, como Viena e Bratislava.

Como chegar a Budapeste

Os ônibus são confortáveis e têm sistema de entretenimento a bordo.

Ônibus | Para quem quer economizar dinheiro na viagem, chegar a Budapeste de ônibus pode ser uma boa ideia. A Eurolines oferece trechos de diversos países europeus, como Holanda, França, Bélgica, Alemanha e República Tcheca.

O problema do ônibus, além do desconforto de muitas horas na mesma posição, é o tempo. Se você tem dias sobrando na viagem, economize em alguns trechos e aproveite a malha rodoviária. Mas, para quem está com o cronograma apertado, talvez seja melhor pagar mais caro por um transporte mais rápido.

No site da Eurolines você consegue pesquisar os preços e trechos de ônibus. Para cidades próximas, como Bratislava, vale a pena. O trecho da capital eslovaca para Budapeste custa, em média, 8 euros e a viagem dura 3h.

Eu viajei toda essa parte da Europa de ônibus e sou prova de que vale a pena. Os ônibus são novos, têm serviço de bordo, internet e telas individuais onde você pode assistir filmes.

 

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

2 Comentários

  1. Avatar
    Heleno araujo on

    Algumas sugestões para quem deseja conhecer Budapeste, visitar a Casa do Terror que fica na avenida Andrassy próximo a Heroes Square, o museu conta um pouco a história do das pessoas vitimas do regime fascista e Stalinista. Com textos, áudios e vídeos da pra se ter uma ideia do que foi este regime. Outro lugar também que não podem deixar de visitar é o Memorial dos Sapatos, às margens do Danúbio próximo ao Parlamento, esculturas de sapatos antigos foram fixados para homenagear todos os judeus mortos que onde eram obrigados a se despir e tirar os sapatos antes de serem fuzilados pelas costas à beira do rio. Confesso que é triste mas ao mesmo tempo uma homenagem muito bonita. Vale a pena conferir!!!

Escreva um comentário