Seguro viagem para Portugal é obrigatório: não pode viajar sem ele

Atualizado em 20 de setembro de 2022 – 5 min de leitura

Seguro viagem para Portugal é obrigatório

Desde que reabriu as fronteiras para viajantes, uma série de medidas sanitárias foi adotada para controlar a transmissão do novo corona vírus no território português. Aos poucos as medidas estão sendo flexibilizadas, mas uma coisa não mudou: o seguro viagem para Portugal é obrigatório.

Na verdade, o seguro já era exigido muito antes da pandemia de covid-19, por causa do Tratado de Schengen, mas a fiscalização ficou muito mais rígida agora com o “novo normal”.

Tratado de Schengen

O Tratado de Schengen é um acordo formal oficializado entre vários países europeus. Ele permite a livre circulação de viajantes entre as fronteiras dos países que fazem parte do Tratado.

Isso significa que você pode chegar à Europa por Portugal e viajar para qualquer um dos 26 países signatários sem precisar de visto, só com seu documento de identificação e com o seguro viagem.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Na prática, o Tratado de Schengen criou um espaço no qual os cidadãos europeus de outros países podem circular livremente sem serem submetidos a controles fronteiriços.

Desde 1985, quando foi oficializado, esse espaço tem crescido gradualmente e abrange quase todos os países membros da União Europeia e alguns associados. Veja alista:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Liechtenstein
  • Chipre

Seguro viagem para Portugal é obrigatório

Como já falei, o seguro viagem para Portugal é obrigatório e sem ele você pode até mesmo ser impedido de entrar no avião, ainda no Brasil.

É que a maioria das companhias aéreas já faz uma triagem na hora do check-in ou do embarque e perguntam sobre o seguro viagem.

Se você estiver sem, você será impedido de embarcar, porque caso o passageiro viaje com a documentação incorreta, a companhia aérea paga uma multa.

Se isso acontece, lamento dizer que você terá que gastar com todos os prejuízos: voos, hospedagem, etc.

Por isso, eu só viajo com seguro viagem, até porque ele não é caro e nos garante muito mais tranquilidade.

COBERTURA MÍNIMA

Um detalhe muito importante é que o seguro precisa ter uma cobertura médica e hospitalar (DMH) de, no mínimo, € 30.000.

Com esse valor, está garantido que você terá atendimento médico e hospitalar em Portugal, sem ter surpresas de gastos extras.

Seguro viagem ou PB4?

Você já deve ter ouvido falar do Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM), que pode ser obtido junto ao Ministério da Saúde.

O documento garante atendimento médico em hospitais públicos de Portugal e de países como Itália e Cabo Verde, por exemplo.

Especificamente para Portugal você precisa do PB4, e você deverá solicitá-lo após pegar o CDAM.

Uma coisa muito importante que você precisa saber é que o PB4 é válido apenas para quem quer solicitar o visto de residente em Portugal.  Quem vai fazer uma viagem de turismo precisa do seguro viagem mesmo. 

QUEM PRECISA DO SEGURO?

seguro viagem é  obrigatório para todos os viajantes, independentemente da idade e independente do prazo que planeja ficar no país.

Se estiver grávida, mais de 65 anos ou se for praticar esporte de aventura, é preciso comunicar isso à seguradora antes de comprar o seguro.

COBERTURA PARA COVID-19

Alguns seguros não oferecem tratamento para casos suspeitos ou confirmados e covid-19 e eu não acho uma boa ideia viajar sem ter essa garantia.

Por mais que os casos estejam controlados, ainda é possível se infectado pelo vírus e precisar de cuidados médicos.

Portanto, verifique que o seguro tem cobertura para covid-19, incluindo internação e traslado.

Outros benefícios do seguro viagem

A gente geralmente associa o seguro viagem a casos de saúde – consultes médicas, atendimentos hospitalar, etc. –, mas a verdade é que a cobertura tem um tanto de outros benefícios que, colocando na ponta do lápis, você vai ver o quanto vale a pela comprar um seguro viagem.

Veja alguns itens cobertos pelo seguro viagem:

  • Extravio de bagagem: cobertura com atrasos e danos na bagagem no limite do valor contratado;
  • Assistência médica e odontológica: atendimento médico e odontológico de urgência, e internação, caso necessário;
  • Assessoria jurídica: reembolso de honorários pagos a advogados em casos acidente de trânsito;
  • Medicamentos: cobre as despesas com remédios indicados para o tratamento em viagem;
  • Traslado de corpo: reembolso das despesas com liberação e transporte de corpo até a cidade de origem.
  • Cancelamento da viagem: reembolso das despesas de viagem em casos de cancelamento, de acordo com a cobertura contratada.

Como comprar o seguro viagem

O primeiro passo para comprar o seguro viagem para Portugal é fazer uma pesquisa de preço e comparar o que o seguro cobre: lembre-se de que é preciso cobrir os custos de tratamento para covid-19 e de que não há um valor mínimo para a isso.

Eu sempre faço esse comparativo pela Seguros Promo. Na plataforma, estão as seguradoras mais conhecidas e, assim, você mesmo pode conferir os planos, os preços e fazer a contratação direto no site, sem muita burocracia.

Seguro viagem para Portugal é obrigatório

Para ver os preços, você só precisa preencher os dados no formulário que aparece logo na capa do site.

Em “Destino”,  escolha a opção “Europa”. Depois, coloque a data exata da viagem e os dados pessoais.

Se preferir, você poderá falar com um atendente clicando no ícone do Whatsapp que fica no canto inferior esquerdo do site. O serviço é muito bom e, com certeza, alguém da Seguros Promo fará contato logo depois que você fizer a cotação.

Seguro viagem para Portugal é obrigatório

Esse contato direto com o atendente vai ser muito bom para que você tire eventuais dúvidas e faça tudo com ainda mais segurança.

QUANTO CUSTA

De forma geral,  o seguro viagem não é caro.  Definitivamente, ele não é o item que mais pesa no orçamento, mas é o que pode, literalmente, salvar sua viagem.

Além de ser obrigatório – sem ele, você pode ser impedido de entrar em Portugal –, o seguro viagem tem cobertura para muitas outros itens, como gastos por atraso de voo, extravio de bagagem, cancelamento da viagem e muito mais.

Eu fiz uma simulação no site da Seguros Promo considerando cinco, sete, dez e 15 dias de viagem. Em todos os casos, a cobertura mínima para tratamento de covid-19 foi de USD 30.000, mas lembre-se que este valor pode ser menor, deixando o custo final ainda mais baixo.

Outro fator que influencia na contratação do seguro é a idade do viajante: de forma geral, o valor é o mesmo para pessoas com menos de 65 anos.

Considerando, então, esses dois principais fatores, os preços que encontrei foram estes:

[seguros_promo_shortcode ideal_para=”1″ ideal_para_lbl=”Europa” theme=”card-large” coupon=”PENAESTRADA5″ show_logo=”false”/]

Lembre-se de que os valores acima são apenas para você ter uma referência, já que eles podem ter alteração.

Outros fatores que podem influenciar no preço é se há viajantes gestantes ou que pretendem praticar esportes de aventura, por exemplo. Isso tudo deverá ser informado no momento da contratação do seguro.

Guarde o comprovante do seguro

Depois de efetuar a compra, você receberá um e-mail com a apólice do seguro.

 É muito importante que você tenha este documento em mãos  – ou no celular – quando for fazer o processo de imigração, ou seja, de entrada na Argentina.

Neste momento, os oficiais podem pedir para checar o documento e, por isso, você já deve estar preparado para mostra-lo sem perder tempo.

Então, não se esqueça de imprimir o comprovante do seguro ou de salvá-lo no celular de forma que o acesse rápido e sem internet – eu prefiro ter tudo impresso.

Além disso, salve o número do telefone de emergência do seguro nos seus contatos do celular. Afinal, caso você precise usar a assistência, é para este número que você deverá ligar.

Esta é uma das razões que explica a importância do seguro viagem para Portugal, já que ele vai auxiliar o viajante em caso de imprevistos que podem comprometer suas economias.

O seguro é a garantia de que, em caso de contratempos, como extravio de bagagem, necessidade de atendimento médico, problemas jurídicos ou outros motivos, o viajante não fique na mão.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar em Portugal e permanecer por até 90 dias.

Documentos

É necessário apresentar o passaporte com seis meses de validade.

Dinheiro

A moeda do país é o euro e a maioria dos lugares aceita cartões de crédito e débito internacional

Vacinas

Nenhuma vacina específica é exigida de brasileiros embarcados no Brasil.

Informações sobre covid-19

Desde 1º de julho de 2022, Portugal não exige comprovante de vacinação ou exames. Isso significa que o país já não tem mais barreiras sanitárias, mas é sempre bom tomar os cuidados preventivos.

Apesar desta mudança,  o seguro viagem continua sendo obrigatório. 

RETORNO AO BRASIL

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

O seguro viagem é obrigatório para todos os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen:  Portugal é um deles. 

Sem o seguro, você pode ser impedido de entrar no país. E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura.

Além disso, nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Veja mais dicas de Portugal

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas de Portugal.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.