Dinheiro na Croácia: câmbio, saques, taxas e tudo mais que você precisa saber

Atualizado em 3 de novembro de 2022 – 3 min de leitura

A moeda da Croácia é o kuna – identificado pela sigla HRK e pelo símbolo kn. Isso é ótimo para nós, já que, ficando fora da zona do euro, as coisas acabam sendo mais baratas e o câmbio sempre nos favorece. Mas, para economizar e fazer as escolhas certas, é bom ver essas dicas de como usar seu dinheiro na Croácia.

Como você deve saber, o real não é aceito no país. Então, a sua melhor opção é levar euros e fazer o câmbio assim que chegar a alguma cidade da Croácia.

Isso pode ser feito em bancos, casas de câmbio, correios e em quase todas as agências de turismo e hotéis do país. Só  fique ligado para não perder dinheiro  na hora da conversão, já que cada um desses lugares pode cobrar uma taxa diferente para fazer a troca.

Para consultar o câmbio de hoje, acesso site do Banco Central.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Dinheiro na Croácia

O kuna é dividido em 100 lipas – como se fossem os centavos aqui no Brasil. A palavra kuna faz referência a um roedor, animal usado pelos croatas como forma de pagamento há muitos séculos.

Há notas de 5, 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000 kunas. As moedas são de 1, 2, 5 e 25 kunas e de 1, 2, 5, 10, 20 e 50 lipas.

Euro é aceito na Croácia?

Dá para pagar alguns itens de sua viagem com euros. Especialmente, hospedagem, táxi e alguns restaurantes, mas isso é uma exceção, e não é bom contar que acontecerá em todos os lugares.

É que, como  o euro não é a moeda oficial  do país, nenhum negócio ou prestador de serviço é obrigado a aceitar euros como pagamento.

Então, por que muitos preços na Croácia aparecem em euros?

Dinheiro na Croácia: cardápio

Pode ser que você encontre cardápios, placas e avisos com preços em euro. Isso é de certa forma comum, mas, na verdade, acontece porque a maioria dos turistas que chegam ao país vem do restante da Europa e, assim, fica mais fácil para eles se situarem como gastar seu dinheiro na Croácia.

O fato é que, colocando a cotação em euros, os donos desses negócios esperam facilitar a vida dos turistas, independentemente de onde eles sejam, pois é mais fácil saber de cabeça a cotação do euro do que a do kuna.

Quanto devo levar?

Decidir quanto você deve levar de dinheiro para a Croácia não é uma tarefa tão fácil. As despesas de cada pessoa variam muito dependendo do tipo de viagem planejada, de quantos dias ela durará e, claro, do quanto cada um está disposto a economizar para fazer seu dinheiro render.

O que posso dizer – sem medo de errar – é que  você precisará de uma quantidade mínima de kunas  para pagar as primeiras despesas, como o táxi do aeroporto ao hotel, um café da manhã no primeiro dia e outras coisas simples de quem acaba de chegar a um país novo.

Por isso, assim que descer do avião, tente trocar pelo menos alguns euros em kuna, ainda no aeroporto, para já ter a segurança de estar com a moeda do país no bolso.

Essa quantia vai variar de acordo com sua disponibilidade, mas, geralmente, considero trocar, nesse primeiro momento, cerca de 100 euros.

Caixas eletrônicos

Depois da primeira troca, você terá mais calma para pesquisar e comparar preços nas casas de câmbio e até mesmo optar por sacar kunas usando o seu cartão de débito ou crédito em um dos caixas eletrônicos do país – mundialmente conhecidos como ATM.

Se esta for a sua opção, lembre-se de algumas coisas:

〉 Desbloquear o seu cartão para uso no exterior;
〉 Verificar junto ao seu banco quais os impostos cobrados por esse serviço;
〉 Ficar esperto com as taxas cobradas pelos caixas eletrônicos.

Os caixas eletrônicos são facilmente encontrados nas principais cidades da Croácia, em bancos, supermercados, aeroportos e em outros lugares. Eles são, realmente, uma das maneiras mais fáceis de obter dinheiro na Croácia.

Dinheiro na Croácia

É bem fácil sacar kunas e, provavelmente, você não precisará da ajuda de ninguém para fazer isso. Basta inserir seu cartão na máquina, digitar a senha e escolher o idioma. Depois, selecione o valor, confira a taxa cobrada e confirme, se for o caso.

Cartão de débito e crédito

Fazer pagamentos com cartões de débito e crédito é comum na Croácia, mas isso acaba sendo mais fácil em estabelecimentos maiores e nas principais cidades, como Zagrebe, Split e Dubrovnik.

Quanto menor a cidade – principalmente nas ilhas –, menor a probabilidade de os cartões serem aceitos. Portanto, é sempre uma boa ideia ter algum dinheiro disponível no bolso.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar no país e permanecer por até 90 dias.

Documentos

É necessário apresentar o passaporte com seis meses de validade.

Dinheiro

A moeda do país é o kuna. Para sua viagem, leve euros e troque quando chegar.

Vacinas

Nenhuma vacina específica é exigida de brasileiros embarcados no Brasil.

Informações sobre covid-19

Desde o dia 4 de abril de 2022, a Croácia suspendeu todas as restrições de controle sanitária da covid-19.

Isso significa que não é mais necessário apresentar comprovante de vacinação contra a doença nem exames negativos de teste RT-PCR ou antígeno.

Também fica suspensa a necessidade de fazer quarentena na chegada ao país.

RETORNO AO BRASIL

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar da Croácia não fazer parte do Tratado de Schengen – o governo croata confirmou que vai entrar no grupo a partir de 2024 –, é imprescindível ter um seguro viagem para entrar no país.

É que o seguro viagem  é obrigatório para todos os países europeus  que fazem parte do Tratado de Schengen e, como não vá voos direto do Brasil para Croácia, você terá que fazer escalada em um país signatário do Tratado e, se estiver sem o seguro viagem, você poderá ser impedido de seguir viagem.

E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura.

Além disso, nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Veja mais dicas da Croácia

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, é só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Croácia.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

2 Comentários

  1. Carlos

    Gostei das dicas. Pretendo ir para a Croácia em julho 22.

    Responder
    • Altier Moulin

      Aproveite!
      Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *