O que fazer em Puerto Natales: cidade base para conhecer Torres del Paine

Atualizado em 10 de outubro de 2022 – 5 min de leitura

O que fazer em Puerto Natales

Para chegar ao Parque Nacional Torres del Paine, um dos principais atrativos da Patagônia chilena, você vai ter que passar por Puerto Natales. A cidade, quase sempre, é vista apenas como um ponto de parada e ignora que há coisas legais para fazer em Puerto Natales.

Às margens do fiorde Última Esperanza, a 250 quilômetros de Punta Arenas, a cidade tem uma impressionante vista para as belas montanhas geladas à sua volta.

Como já suspeitava que descobriria algo de bom nessas terras, separei um dia para andar por suas ruas visitando alguns de seus monumentos.

Sem gastar muito – ou nada –, caminhei pelas praças, ruas e experimentei um pouco da tranquilidade desse lugar.

Isso foi tão bom que eu lhe encorajo a fazer o mesmo, mas, antes, anote aí o que você não pode deixar de fazer em Puerto Natales.

O que fazer em Puerto Natales

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

O que fazer em Puerto Natales

Torres del Paine

A maioria dos viajantes que chega à cidade inclui uma visita ao Parque Nacional Torres del Paine na lista de coisas para fazer em Puerto Natales. Realmente, ele é fascinante e a cidade oferece tudo o que você vai precisar para sua viagem ao Parque.

Desde aluguel de veículos a compras no supermercado, reforço nos equipamentos, reserva de passeios e muito mais. Tudo isso está disponível nas lojinhas do Centro.

Para saber mais sobre como fazer o passeio, eu sugiro que você leia minhas dicas práticas para visitar Torres del Paine e veja como é o bate-volta em Torres del Paine.

Cueva del Milodón

A apenas 25 quilômetros da cidade, essa caverna impressiona por seu tamanho e por sua história. Nela, em 1896, foram descobertos pele, ossos e outros restos de um animal já extinto: o milodón, que em português chamamos de milodonte.

Ele era um tipo de preguiça gigante que habitava essa região gelada e que desapareceu há mais de 10.000 anos. Eu já contei como é visitar a Cueva del Milodón.

Plaza a los Vientos

Nessa praça está mais um belíssimo monumento de Puerto Natales.

O que fazer em Puerto Natales

O Monumento al Viento, que tem um homem e uma mulher pendurados sobre duas hastes, fica lindo no pôr do sol.

Plaza de Armas

Tradicionalmente, as praças do Chile são bonitas e bem cuidadas e essa não podia ser diferente.

O que fazer em Puerto Natales

Arborizada e com uma fonte d’água no centro, ela é ponto de encontro de quem vive em Puerto Natales. Com certeza, ela deve ocupar um lugar em sua lista do que fazer em Puerto Natales.

Estatua de la Mano

Às margens do Fiorde Última Esperanza fica a réplica do Monumento al Ahogado, de Punta Del Este, no Uruguai. Este é um dos programas mais queridos da cidade, e não pode faltar em sua lista do que fazer em Puerto Natales.

As duas mãos, a do Uruguai e a o Chile, são obras do artista Mario Irarrázabal, que também tem uma mão semelhante em Antofagasta, no Chile. Esse é um dos cartões-postais de Perto Natales. Por isso, na alta estação, você vai ter que competir com outros turistas para tirar uma foto.

Milodón

Ainda na orla, você vai encontrar uma imensa estátua do animal mais famoso de Puerto Natales e de toda a Patagônia.

Esse monumento em tamanho ampliado está lhe esperando para uma foto. Então, seja criativo e divirta-se!

Planeje sua viagem a Puerto Natales

Quando ir

A temperatura média anual em Puerto Natales é de 10 graus. No verão, especialmente entre janeiro e dezembro, a máxima chega a 23 graus.

Em compensação, o inverno é úmido e a mínima chega a zero grau.

Como chegar

O aeroporto mais próximo fica na cidade de Punta Arenas, a 250 quilômetros. De Punta Arenas, partem ônibus regulares para Puerto Natales.

A Buses Fernandez é a empresa mais conhecida e mais indicada. A passagem custa cerca de CLP 9.800 e a viagem dura cerca de três horas. Um táxi da rodoviária até o Centro custa CLP 2.000. Para chamá-lo, basta pedir ao atendente no guichê da empresa de ônibus ou na recepção do seu hotel.

De carro, a viagem é feita pela Ruta 9, uma rodovia extremamente bem cuidada que te leva com tranquilidade aos braços de Puerto Natales.

Onde comer

O La Picada de Carlitos já é famoso entre os viajantes que chegam a Puerto Natales. Com um preço justo e porções bem fartas fica fácil entender por quê.

O La Burbuja tem sanduíches e pizzas e pode ser uma opção para a sua noite. Peça o completo e coma até não conseguir mais.

O Espacio Ñandu tem uma cara meio esnobe, mas é um bom lugar para tomar um café, fazer um lanche e até mesmo almoçar (esqueça o tradicional arroz e feijão). Os preços são justos, exceto para os souvenires.

Onde ficar em Puerto Natales

Quem não puder gastar uma pequena fortuna ficando dentro do Parque Nacional Torres del Paine ou em um dos hotéis dos arredores, é possível ficar em Puerto Natales, cidade a 110 quilômetros, onde há várias opções de hospedagem com preços infinitamente melhores.

Só que, escolher um lugar para ficar na cidade só é interessante se você estiver de carro, o que facilita muito a viagem. Mesmo assim, não há como comparar a experiência de ficar dentro do Parque com a de dormir em Puerto Natales. Eu fiz as duas coisas e posso dizer que vale muito a pena ficar na região das Torres del Paine.

Se você não puder de forma alguma ficar dentro do Parque e ainda estiver sem carro, tudo bem! Em Puerto Natales você vai contratar os passeios que vão lhe conduzir às Torres e também dá para ir de ônibus.

Além disso, a cidade tem boas opções de restaurantes, mercados e lojinhas que nos suprem nas necessidades diárias e ajudam a economizar umas pratas.

Em Puerto Natales, eu indico o Patagonia Swiss House.

Patagonia Swiss House

Eu fiquei na Patagonia Swiss House. Ela é um pousadinha muito acolhedora que fica muito bem localizada, perto do Centrinho de Puerto Natales, onde estão vários comércios e agências de passeios, que com certeza você vai precisar.

Onde ficar em Torres del Paine

O atendimento do dono é super agradável. Eu me lembro que acordava todos os dias sentindo o cheiro dos pães que ele mesmo fazia e assava para servir no café da manhã. Não sei você, mas eu valorizo muito coisas simples assim, porque, no final de tudo, são essas memórias que ficam, né?

Os quartos são muito confortáveis, limpos e sempre muito cheirosos. Espaçosos, acomodam muito bem até três pessoas. É uma das melhores opções da cidade no quesito custo-benefício. Pode conferir!

Onde ficar em Torres del Paine

Informações Básicas

Visto

Não é necessário ter  visto para entrar no país e o tempo de permanência é de até 90 dias.

Documentos

Você pode apresentar o passaporte ou a carteira de identidade emitida há menos de dez anos.

Moeda

O peso chileno, representado pela sigla CLP, é a moeda local. Você pode levar dólares e trocar ao chegar.

Vacinas

Não há exigência de vacinação para nenhuma doença não importa qual seja o motivo da viagem.

Informações sobre covid-19

As autoridades chilenas deixaram de exigir comprovantes de vacinação e testes RT-PCR de todos os viajantes, vacinados ou não. Entretanto, você precisa cumprir alguns procedimentos antes de embarcar para o país:

  1. Preencher a Declaração Juramentada C19 para validar o comprovante de vacinação e obter o Pase de Movilidad Chileno, necessário para frequentar ambientes fechados e viajar em transporte coletivo, por exemplo;
  2. Estar preparado para testes aleatórios na chegada ao país: se o resultado for positivo, você poderá ser orientado a fazer quarentena;
  3. Se você for um viajante vacinado e tomou a última dose há mais de seis meses, a dose de reforço será exigida.
Retorno ao Brasil

De acordo com informações da Anvisa, viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório,  viajar sem um seguro viagem com cobertura para covid-19 não é uma boa ideia. 

É que nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem –, mesmo que ele não seja obrigatório.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

MAIS COMPRIDO DO MUNDO

O Chile é o país mais comprido do mundo, com uma distância de 4.329 quilômetros entre seu ponto mais ao norte e mais ao sul. Por ter uma geografia extremamente diversa é possível conhecer regiões com climas muito distintos entre si.

Além do fato de que o país está espremido entre a Cordilheira dos Andes, ao leste, e o Oceano Pacífico, seu atual território envolve fronteiras, ainda, conquistas políticas e militares.

No norte, está o deserto do Atacama, considerado o mais seco do mundo. Ao sul, fica a Patagônia, território de temperaturas glaciais dividido entre Chile e Argentina. Com tantos contrastes, o território chileno tem paisagens realmente inesquecíveis.

A maior parte da população vive no centro do país. Uma das maiores cidades da América Latina, a capital Santiago se destaca pela gastronomia e pela agitada vida noturna. A charmosa Valparaíso, localizada no litoral, é marcada pelas construções coloridas.

Veja mais dicas do Chile

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Chile.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

22 Comentários

  1. Marthon

    Obrigado Amigão!
    Estou aqui em El Calafate aguardando o ônibus para Puerto, e seu relato me animou s chegar logo!
    Obrigado…
    obs: não tinha ideia do que fazer lá rs

    Responder
    • Altier Moulin

      Maravilha, Marthon.
      Depois, nos conte como foi a viagem.

      Um abraço.

      Responder
  2. Mariana

    Olá , Altier , sobre a moeda , ? Preciso comprar dólares? Ou levo na moeda brasileira e troco lá?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi, Mariana.

      Se não conseguir levar peso chileno, leve dólares. O real não é aceito lá.

      Um abraço.

      Responder
  3. Umberto

    Oi Altier!
    Estarei fazendo essa viagem em Setembro. Sei que será um período ainda bem frio, mais tenho muita vontade de locar um carro, e sair pela região, admirando as paisagens. Você acha viável dirigir na região por essa época? Tipo, quanto ao gelo / neve / estradas? Você fez essa experiencia?
    Obrigado,
    Umberto

    Responder
    • Altier Moulin

      Umberto, infelizmente não tive essa experiência.

      Um abraço.

      Responder
    • Tanara

      olá, estamos em plena viagem. Saímos de carro de Porto Alegre e agora estamos em El Calafate, amanhã seguiremos para Puerto Natalles. Por enquanto tudo tranquilo na estrada, sem gelo e sem chuva.

      Responder
  4. Sayuri

    Altier,

    É possível pegar um ônibus em Puerto Natales e descer na portaria do Hotel Serrano do Parque Torre Del Paine?

    Obrigada

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Sayuri,

      Eu desconheço serviço de transporte público que faça a ligação de Puerto Natales a Torres del Paine. O que eu vi são ônibus turísticos que fazem o passeio dentro do Parque. Pode ser que com eles você consiga fazer a viagem, mas é preciso se informar com a empresa.

      Um abraço.

      Responder
      • Sayuri

        Obrigada pelo retorno!

        Responder
        • Altier Moulin

          De nada. 😉

          Responder
  5. Charles Martini

    De carro é muito show. Fui de sedan (focus), mas tem que por corrente na travessia da argentina (se nevar). Estrada é bastante limitada, para conhecer os melhores locais tem que pegar terra. Se for para Ushuaia, as estradas chilenas na terra do fogo são de terra ou costeiras de mar. Mas vale a pena. Cerro Sombrero e Porvenir são bem legais. Puta Arenas é uma baita cidade com muito o que fazer. Lembre-se que a patagônia chilena esta isolada por rodovias do resto do país.

    Responder
    • Altier Moulin

      Obrigado pelo depoimento, Charles.

      Responder
  6. Lilian

    Olá Altier, tenho outra duvida:
    Para chegar ao Parque tem que primeiro chegar na cidade de Punta Arenas. OK!
    Mas moro em São Paulo. Qual o trajeto: ir de avião até a capital do Chile, Santiago?

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Lilian,

      Sim, essa é a rota mais comum. Foi isso que fiz.: São Paulo – Santiago – Punta Arenas.

      Um abraço.

      Responder
  7. Farley

    Olá Altier.

    É complicado fazer uma viagen de Puerto Natales a Ushuaia? Qual seria o melhor meio? Vou a Puerto Natales daqui a dois meses. Parabéns pelo blog!

    Responder
    • Altier Moulin

      Oi Farley,

      Você tem algumas opções:
      1. De avião, saindo de Punta Arenas, cidade mais ao sul de Puerto Natales;
      2. De carro, já que as estradas são bem tranquilas e da pra ir parando no caminho;
      3. De ônibus, apesar da viagem ser longa, acredito que seja a opção mais barata;
      4. De navio, nos cruzeiros partem também de Punta Arenas.

      Espero ter ajudado. Um abraço. 😉

      Responder
  8. Thayse

    Olá,
    Gostaria muito de fazer essa viagem, mas para isso ainda estou pesando os gastos. Pode indicar agências de turismo que façam tours de um dia (Torres del Paine, Lago Grey, etc…). Gostaria de entrar em contato com elas para ver se o orçamento cabe no meu bolso.

    Obrigada!! Parabéns pelo blog. Ótimo conteúdo e ótimas fotos.

    Responder
  9. José Maria

    Parabéns pela reportagem e pelas belas fotos!

    Responder
    • Altier Moulin

      Obrigado, José Maria.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27