Como chegar a Koh Phi Phi: veja quais são os horários, os preços e outras dicas

Atualizado em 13 de outubro de 2022 – 3 min de leitura

Como chegar a Koh Phi Phi

Se você está planejando conhecer a Tailândia, as praias do sul, que viraram cartão-postal do país, têm que estar no seu roteiro. Mas, é muito importante saber como chegar a Koh Phi Phi, porque isso vai influenciar diretamente na organização da sua viagem.

Há muita coisa incrível para ver e fazer na Tailândia e, claro, não é por acaso que todo mundo quer vir para cá. Se você ainda não fechou o seu roteiro, dê uma olhada nisso: Roteiro para a Tailândia: o melhor do país em 15 dias.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Como chegar a Koh Phi Phi

Koh Phi Phi – se fala kô pi pi – é um arquipélago com dezenas de ilhotas e centenas de praias de vários estilos, perfeitas para quem curte águas claras, calmas e quentinhas.

A única maneira de chegar a Koh Phi Phi é de barco. As partidas saem todos os dias de Phuket, Krabi, Ao Nang e Railay. Na alta temporada, algumas empresas fazem conexão em Koh Lanta e em Koh Lipe.

A maioria dos viajantes prefere partir de Krabi ou de Pukhet, porque as cidades são atendidas por aeroportos. Isso significa que dá para voar de Bangkok e, em seguida, entrar no barco para Koh Phi Phi. Claro, também dá para chegar a elas de ônibus.

Como chegar a Koh Phi Phi:

Preço e horários dos barcos

As embarcações saem somente pela manhã e à tarde. Portanto, não há partidas e chegadas à noite. O local da chegada dos barcos em Koh Phi Phi, independentemente de onde vierem, é o píer de Tonsai, onde está o centrinho e onde ficam dezenas de hotéis, restaurantes, bares e tudo mais. Na chegada, você terá que pagar uma taxa de THB 20 para coleta e destinação do lixo.

De Krabi

As embarcações partem do píer Klong Jilad quatro vezes por dia, todos os dias do ano. Não há a necessidade de comprar o tíquete com antecedência, principalmente, se seu tempo for flexível. Mas, se o seu cronograma for curto é bom estar com tudo garantido. A viagem, tanto a de ida quanto a de volta, dura cerca de 1h30 e custa THB 400.

De Krabi a Koh Phi Phi: 9h, 10h30, 13h30 e 15h.
De Koh Phi Phi a Krabi: 9h, 10h30, 11h15, 13h30 e 15h30.

De Pukhet

Os barcos saem do píer Rossada cinco vezes ao dia, todos os dias da semana. Saindo daqui, você vai demorar meia-hora a mais para chegar às Koh Phi Phi. O preço também é mais alto, THB 450.

De Pukhet a Koh Phi Phi: 8h30, 10h30, 12h20, 13h30 e 17h.
De Koh Phi Phi a Pukhet: 9h, 11h, 13h, 14h30 e 16h30.

Para conferir os horários, checar os preços e comprar os tíquetes, você pode usar o 12GO, um site de passagens muito usado na Ásia.

Como chegar a Koh Phi Phi

O que ninguém conta

Há cinco diferentes companhias de ferry operando em Koh Phi Phi, por isso, você deve ficar atendo aos horários. Na prática, se você comprar o tíquete com uma empresa, só poderá embarcar nos horários que ela opera.

Então, por exemplo, se você quer viajar às 13h, precisa comprar o tíquete com a empresa que opera neste horário. Parece simples, mas eles não explicam isso na hora da venda.

Eu também não sugiro comprar o tíquete da volta antecipadamente, independentemente do caminho que for fazer. Fica mais barato comprar no píer, alguns minutos antes de partir.

Como são os barcos

Existem os ferries e os speed boats. A segunda opção, como o nome diz, é mais rápida e, claro, mais cara. Os ferries levam entre uma hora e meia e duas horas para chegar a Koh Phi Phi saindo de Krabi e Phuket, respectivamente.

Os barcos mais comuns são os no estilo ferry. Grandes, eles têm cadeiras semelhantes às de um ônibus e se movimentam em uma velocidade menor. Isso deixa a viagem mais longa, mas, mais agradável, sem muitos sacolejos.

Todos os assentos têm colete salva-vidas e as cabines têm ar condicionado. Há uma lanchonete que vende bebidas e lanches rápidos.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Tailândia e o período de permanência é de 90 dias. Esse prazo pode ser prorrogado por até um ano.

Documentos

Além do passaporte com validade de seis meses, você precisa ter outros documentos para entrar na Tailândia.

Dinheiro

A moeda tailandesa é o baht, identificado pela sigla THB e pelo símbolo ฿. Veja como usar seu dinheiro na Tailândia. 

Vacinas

O certificado de vacinação contra a febre amarela é obrigatório. Veja como solicitar o certificado pela internet.

Informações sobre covid-19

É muito importante saber que a Tailândia trata de forma diferente passageiros vacinados e não vacinados contra covid-19. Isso é um fato!

Para embarcar para a Tailândia, você precisará ter os seguintes comprovantes em mãos:

  1. Comprovante de vacinação contra covid-19, com duas doses, exigido apenas de viajantes vacinados – veja como emitir o comprovante nacional e internacional;
  2. Resultado negativo de teste RT-PCR negativo feito em até 72 horas antes do embarque, exigido de viajantes não vacinados;
  3. Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela (CIVP) – veja como solicitar o CIVP pela internet.

Quem estiver com o esquema de vacinação completo – com pelo menos duas doses –, não precisa apresentar qualquer teste para a doença, nem o RT-PCR nem o de antígeno, e também não precisa fazer quarentena.

Um detalhe sobre a vacinação é que a segunda dose  deve ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes da viagem  e, claro, você precisará comprovar isso.

Eu já expliquei como solicitar o comprovante de vacinação contra covid-19 pela internet em português e inglês. É só conferir em Certificado de Vacinação contra covid-19.

Quem ainda não está com o esquema vacinal completo – o que eu considero lamentável – também pode viajar para a Tailândia sem muitas complicações no processo de entrada. Porém, é preciso ter atenção em alguns detalhes.

Um dos pontos mais importantes é que a quarentena só não é obrigatória se o viajante apresentar um teste RT-PCR negativo feito em até 72 horas antes do embarque.

RETORNO AO BRASIL

Viajantes com o esquema vacinal completo não precisam fazer teste de antígeno (teste rápido) ou RT-PCR para retornar ao Brasil, e também não é preciso preencher a Declaração de Saúde do Viajante, que está suspensa pela Anvisa.

Viajantes não-vacinados ou vacinados parcialmente precisam apresentar resultado negativo de teste de antígeno (teste rápido), coletado até 24 horas antes do voo, ou RT-PCR, coletado até 72 horas antes do embarque.

Seguro viagem

Apesar de não ser obrigatório, não é uma boa ideia viajar sem um seguro viagem com cobertura para covid-19.

O custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

Eu sempre uso a plataforma da Seguros Promo para comparar valores antes de fazer a compra. Eles têm um suporte muito eficiente e preços sempre muito bons.

CABEÇA DE BUDA

Antes de viajar para a Tailândia, eu não sabia que a cabeça de buda tem um simbolismo tão grande para os tailandeses. É que, quando os templos do país foram saqueados e destruídos depois das guerras, as cabeças dos budas foram roubadas e vendidas, como peça de decoração, ou destruídas na tentativa de achar o anel que, supostamente, um imperador havia escondido em uma delas.

Depois que entendi essa história, comecei a perceber que muitas esculturas mais antigas de buda estão sem cabeça. Por isso, comprar ou tatuar cabeças de buda, por exemplo, é algo ofensivo para o budismo tailandês.

Inclusive, nos aeroportos há avisos indicando que comprar, transportar e usar qualquer símbolo de buda como mercadoria, como peça decorativa, em tatuagem ou ter posse de uma cabeça – assim como qualquer outra peça do corpo – é errado e você pode ter complicações se transgredir essa regra.

Veja mais dicas da Tailândia

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Tailândia.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

4 Comentários

  1. adriane

    Olá Tudo bem? Amei o post. Poderia dizer qual foi o roteiro aéreo? Do Brasil foi para Bangkok e os trechos internos?

    Responder
    • Altier Moulin

      Isso, Adriane.

      Do Brasil para Bangkok eu fui de Emirates e dentro do país voei com companhoas de lá: Air Asia, Thai Airways, Bangkok Airways, Thai Smile e Nok Air e Thai Lion Air.

      Um abraço.

      Responder
        • Altier Moulin

          Terá sim, sebastião.
          Precisa, no mínimo de inglês.
          Um abraço.

          Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Destaques de Viagem: 10 de Maio de 2019 – Roteiro Planejado - […] Como chegar a Koh Phi Phi: horários e preços Por Altier Moulin do blog Pé na Estrada. […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *