Lençóis Maranhenses em dois dias: roteiro para ver o básico do Parque

9

Atualizado em 26 de fevereiro de 2021

Lençóis Maranhenses em dois dias

Os Lençóis Maranhenses são famosos e não é de hoje. Essa imensa região de dunas e lagos de água cristalina é maior que a cidade de São Paulo e está na lista dos dez lugares mais lindos do Brasil. Então, será que dá para conhecer os Lençóis Maranhenses em dois dias?

A resposta objetiva é sim, dá para conhecer o básico e ir embora muito bem impressionado, morrendo de vontade de voltar logo.

→ Onde ficar nos Lençóis Maranhenses

Então, se você gosta de natureza e de paisagens exuberantes, está na hora de fazer as malas e se mandar.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Eu vou contar com detalhes como foi o roteiro de dois dias que fiz quando fui aos Lençóis. Ele pode servir de inspiração para você programar os seus dias, aproveitando o que a região tem de melhor.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Para começar, você precisa saber que o principal ponto de partida para conhecer os Lençóis Maranhenses é a cidade de Barreirinhas, a 250 quilômetros de São Luís.

Existem alternativas como o distrito de Atins e as pequenas Tutóia e Santo Amaro. Porém, é Barreirinhas que tem a melhor estrutura hoteleira e mais opções de restaurantes e comércio em geral.

Visita ao Parque Nacional

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é muito grande. Como falei, ele é maior que cidade de São Paulo – com uma área superior a 156 mil hectares.

Isso significa que seria impossível conhecer todo o parque em dois dias – talvez, nem em uma semana inteira.

Basicamente, existem dois roteiros para quem vai passar dois dias nos Lençóis: em um dia, a gente conhece o Parque e os famosos Lençóis Maranhenses – o maior conjunto de dunas do Brasil, que chegam a ter 40 metros de altura – e, no outro, os Pequenos Lençóis e alguns povoados vizinhos.

Amanhecer ou anoitecer?

A visita no Parque pode ser no amanhecer ou no anoitecer. Ou seja, você pode escolher se quer ver o pôr do sol dentro do Parque ou se prefere acordar cedo e ver os atro-rei surgindo sobre as dunas.

Eu fiz os dois. Na primeira vez que fui aos Lençóis Maranhenses, peguei um pôr do sol lindo. Foi especial, porque eu sempre digo que essa é a melhor hora do dia.

Na segunda vez, eu escolhi ver o sol nascendo no meio das dunas e foi increível, porque o Parque estava vazio, só com o meu grupo e deu para aproveitar a energia da natureza com calma.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Em Barreirinhas, há várias agências que fazem os passeios de um, dois e três dias pelos Lençóis, mas eu indico a Caeté Expedições, porque o trabalho deles é muito consciente e muito organizado.

Se quiser mais informações, o atendimento é feito pelo telefone (98) 98514-8072.

O caminho até o Parque

A saída para ver o pôr do sol é, mais ou menos, às 14h e, ainda pertinho do Centro de Barreirinhas, é preciso atravessar a balsa sobre o rio Preguiça.

Depois que a balsa cruza o rio, aventura começa: são doze quilômetros de estradas de areia – algumas partes alagadas por causa das chuvas recentes – até encontrar os Lençóis Maranhenses.

Essa parte , de verdade, é emoção pura.

O carro, em muitos lugares, parece que vai atolar e em outros momentos parece que vai ser submerso pelos pequenos lagos que se formam na estrada.

Num balançado frenético, a viagem só acaba onde começam as gigantescas e lindas dunas dos Lençóis Maranhenses.

Como chegar aos Lençóis Maranhenses

Antigamente, muitos motoristas seguiam pelas dunas até bem longe, mas como o número de pessoas que visita o Parque aumentou consideravelmente – e os impactos ambientais também -, trafegar por essa área ficou perigoso.

→ Como chegar aos Lençóis Maranhenses

Por isso, atualmente, só podem entrar na área do Parque os veículos autorizados pelo órgão que administra os Lençós, o ICMBio.

Chegando às dunas

Quando o carro parou, eu desci imediatamente, louco de vontade de subir até o topo da primeira duna à minha frente.

Eu me lembro como se fosse hoje: a sensação que tive era como se meus olhos estivessem mirando o paraíso.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Um mundo infinito de areia e lagos esverdeados se descortinou à minha frente.

É um sobe e desce de vales e pequenas montanhas sem fim. Em cada uma delas as formas e as sombras desenhadas pelo sol pareciam ter sido feitas especialmente para mim.

As lagoas dos Lençóis Maranhenses

A primeira lagoa estava pertinho, a poucos metros de onde paramos com o carro e, por isso, se chama Lagoa dos Toyoteiros.

Algumas lagoas têm nome, especialmente as que sempre se formam no mesmo lugar.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Dou o primeiro mergulho e sinto que a água é quentinha, bate na minha cintura.

Depois dessa, muitas outras lagoas aparecem pelo meu caminho. Algumas delas ainda não têm nome, mas foi na Lagoa da Paz onde me esbaldei.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Nos Lençóis Maranhenses algumas lagoas, como a dos Peixes, nunca secam. Mas, para chegar até ela, é preciso caminhar cerca de 40 minutos.

→ Quando ir aos Lençóis Maranhenses

Então, o ideal é visitar os Lençóis Maranhenses nos meses de junho a agosto, quando as lagoas estão cheias.

Lençóis Maranhenses em dois dias

O tempo passou sem que eu percebesse e logo o sol se aproximou do seu lugar de dormir enquanto refletia seus raios sobre as lagoas e deixava amarelada a areia branca das dunas.

Do alto de uma dessas montanhas, eu vi o astro-rei se esconder enquanto pássaros cortam o horizonte em busca de um lugar seguro para passar a noite.

Terminou, assim, o meu primeiro dia nos Lençóis Maranhenses.

Segundo dia nos Lençóis Maranhenses

No meu segundo dia nos Lençóis Maranhenses, eu fiz um passeio de voadora – um tipo de lancha rápida – pelo rio Preguiça passando por uma incrível paisagem de manguezal.

Foram, mais ou menos, 40 minutos de navegação até chegar ao povoado de Vassouras, onde estão parte dos Pequenos Lençóis, um conjunto de dunas menores, muito semelhantes às dos Lençóis Maranhenses.

Nessa parada, um grupo de macacos que desce das árvores até os visitantes é outra atração – todo mundo quer ver e tirar uma foto com os bichinhos. Tem, também, uma barraquinha que vende artesanato e lanches rápidos.

A parada é rápida, só da tempo de dar um mergulho e já voltamos à lancha para seguir viagem.

O  Farol de Mandacarú 

O povoado de Mandacarú fica pertinho e sua principal atração é o imponente farol que desponta no horizonte.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Ele foi construído em 1909 e quem quiser chegar até seu topo precisa subir uma escada em caracol com 160 degraus.

A vista lá do alto traz uma tranquilidade boa: o mar lá longe, o mangue e as casas simples do povoado são tudo o que meus olhos alcançam.

Lençóis Maranhenses em dois dias

A viagem na voadora prossegue até a Praia de Caburé, a última parada do dia e onde vou almoçar.

Essa praia tem uma peculiaridade muito interessante: cerca de 50 metros de areia separam o mar do rio.

Lençóis Maranhenses em dois dias

Hora de relaxar

Assim, dá para aproveitar a praia, que tem pequenas ondas, ou relaxar na calmaria do rio que desce preguiçosamente até encontrar o oceano.

Eu escolho ficar mais tempo no rio, curtindo a água quente e calma, e almoço na barraca que está a poucos metros.

Lençóis Maranhenses em dois dias

No Restaurante do Zezão, que tem uma estrutura muito simples, mas um tempero magnífico, comi um peixe-serra assado na brasa acompanhado de arroz, salada, farofa e vinagrete e paguei R$ 85. O prato serve duas pessoas com tranquilidade.

→ Onde comer nos Lençóis Maranhenses

Depois do almoço ainda dá tempo de descansar no redário – você também adora uma rede? – antes de voltar a Barreirinhas.

Informações Básicas
Quando ir | O melhor período é logo depois da estação chuvosa, de junho a setembro. Veja quando ir aos Lençóis Maranhenses.
Como chegar | A principal cidade da região é Barreirinhas, de onde é mais fácil chegar aos Lençóis Maranhenses
Onde ficar | Barreirinhas tem mais opções de hospedagem, como eu explico em onde se hospedar nos Lençóis Maranhenses
Onde comer | A comida maranhense é deliciosa e não é difícil achar onde comer nos Lençóis Maranhenses.

Protocolo COVID-19

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses voltou a receber visitantes no dia 1º de julho de 2020. A  Portaria Nº 752, de 29 de junho de 2020, do ICMBio, orienta turistas e prestadores de serviços sobre os protocolos que devem ser seguidos. Veja algumas medidas adotadas:
  • O número de visitantes será limitado a 55% da capacidade diária;
  • O uso de máscara e o distanciamento de dois metros entre as pessoas são obrigatórios;
  • Carros e barcos usados no transporte de passageiros devem ser higienizados e ventilados;
  • Os guias informarão sobre outros procedimentos para evitar aglomerações.

Veja mais dicas do Maranhão

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Maranhão.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

9 Comentários

  1. Obrigada! Que lugar lido esse…vc pide me dizer tudo isso co certeza. Foi duas vezes..
    Eu não sabia que era tão grande.
    Amei saber muitas coisas incríveis desse lugar maravilhoso.
    Lundo demais!!!
    Valeu!!! 😘😘😘

  2. Ana Karolina Mendes Moreno on

    Nossa, amei o texto! Muito mesmo!
    Estou planejando uma viagem com minha família e queria passar dois dias nos lençóis maranhenses, pois depois vamos seguir para o Delta do Parnaíba. Queria saber quanto custou o passeio na Hillux, se você pagou para um ou dois dias.

    Obrigado!!

    • Ana, eu escolhi o pacote com transporte desde São Luis, e isso incluiu os dois dias de passeio. O link da empresa está no texto.

      Um abraço! 🙂

      • Obrigada! Que lugar lido esse…vc pide me dizer tudo isso co certeza. Foi duas vezes..
        Eu não sabia que era tão grande.
        Amei saber muitas coisas incríveis desse lugar maravilhoso.
        Lundo demais!!!
        Valeu!!! 😘😘😘

Escreva um comentário