A imperdível La Caleta de Antofagasta

0

Atualizado em 20 de abril de 2020

O vaivém de pescadores deixa meus olhos inquietos. Gritos tímidos anunciam as promoções do fim da manhã, enquanto gaivotas voam assanhadas sobre as barraquinhas que se enfileiram próximas ao cais. De longe, dois grandes pelicanos aguardam serenamente o momento certo para dar o bote e roubar um peixão do pescador mais distraído. Assim, o destino me apresentou a La Caleta de Antofagasta, um dos programas de que mais gostei na cidade.

Envolvido com aquela sinfonia de sons, aromas e cores, observo que, ao mesmo tempo em que mulheres limpam o pescado fresco tirando as escamas, a cabeça e as tripas, no píer outros barcos chegam acompanhados por lobos marinhos que moram por aqui, onde sempre lhes sobra algo para matar a fome.

No galpão, onde funcionam outras dezenas de barraquinhas, é possível comprar peixe fresco e também apreciar os pratos locais preparados com o pescado recém-tirado do mar. Pelos corredores, jovens com um sorriso no rosto tentam atrair para si a atenção de quem passa meio sem rumo. Assim, fisgado por uma dessas vendedoras, paro e provo um delicioso ceviche. Esse foi o meu aperitivo, já que o almoço viria mais tarde: um saboroso peixe frito, acompanhado de arroz e salada.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

O vaivém dos pescadores.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

As famintas gaivotas.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Um dos imensos pelicanos que vi.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

No píer, a todo instante chega um barco carregado.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

E, enquanto isso, mulheres limpam o pescado.

É assim, relembrando cada passo que dei em La Caleta de Antofagasta, que descrevo o meu lugar preferido nessa cidade. Sabe aquela coisa de, pelo menos por um instante, fazer parte da vida local? É isso. Então, se quiser ver de perto todo esse colorido, sentir o cheiro da vida cotidiana dos pescadores e experimentar os saborosos pratos feitos com frutos do mar, que são clássicos da culinária chilena, o seu lugar é em La Caleta de Antofagasta.

Ele nada mais é do que um imenso terminal pesqueiro que funciona ao lado do píer onde atracam os barcos dos pescadores. Aqui, tudo se desenrola espontaneamente sem muita cerimônia. Tudo é simples e sem frescura, como a vida deve mesmo ser.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Os lobos marinhos que cercam os barcos à espera de alimento.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Um dos lobos do La Caleta.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Clássicos da cozinha chilena.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

O meu delicioso ceviche.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Pescado fresco e um pouquinho da vida cotidiana.

Programe seu passeio em La Caleta de Antofagasta

Quando ir | La Caleta de Antofagasta funciona diariamente, das 7h às 17h.

Quanto custa | A entrada é gratuita. Uma porção de ceviche custa CPL 3. Um peixe frito, acompanhado de arroz e salada custa CLP 5.

Como chegar | La Caleta de Antofagasta fica na Avenida Balmaceda, ao lado do Yate Clube e quase em frente do Museu de Antofagasta. É possível chegar aqui caminhando, a partir do Centro da cidade.

A imperdível La Caleta de Antofagasta

Olhos inquietos.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

Escreva um comentário