Uma visita às cataratas do Niágara

5

Atualizado em 1 de julho de 2017

A fantástica Niagara Falls divide, com outras duas, o título de ser uma das mais famosas cataratas do mundo. Ao lado das Victoria Falls, entre a Zâmbia e o Zimbábue, e das Cataratas do Iguaçu, na fronteira do Brasil com a Argentina, as Cataratas do Niágara se destacam por serem as maiores em volume de água. O conjunto de quedas, na verdade, é formado por três enormes cachoeiras: Horseshoe Falls, American Falls e Bridal Veil Falls. Combinadas, elas têm uma vazão média de mais de 160 mil metros cúbicos de água por minuto.

Formadas pelo do Rio Niágara, as cataratas correm por território americano e canadense, entretanto a visão do lado canadense é indiscutivelmente superior à do lado americano. Uma prova disso é que os Estados Unidos tiveram que construir uma plataforma para poder ver a sua própria queda d’água.

O momento mais emocionante do passeio é seguir de barco até bem perto das cataratas. Aqui, um mundo de água espalha uma constante chuva gelada por todos os lados e, mesmo usando uma capa plástica para me proteger, tive que ter cuidado para não sair todo molhado. Apesar disso, eu lhe garanto que é emocionante.

Um visita às cataratas do Niágara

A volumosa catarata vista do lado canadense.

Um visita às cataratas do Niágara

No lado americano, para melhorar a visão, foi preciso construir uma plataforma.

Um visita às cataratas do Niágara

A ponte que liga Canadá e Estados Unidos.

Um visita às cataratas do Niágara

O barco que chega bem perto da queda d’água.

Bem perto das gigantescas quedas d’água.

Vinícolas de primeira

Na região das Cataratas do Niágara, eu aproveito para conhecer a rota do vinho, ainda na cidade de Niagara Falls. A especialidade dessa região é o Icewine. Uma raridade inventada pelos alemães, mas que ganhou fama e um sabor especial no Canadá. Aqui, na cidade, é feito o mais saboroso vinho desse tipo em todo do país.

A bebida recebe esse nome porque é produzida durante o inverno, quando a temperatura se aproxima dos dez graus negativos. Das uvas naturalmente congeladas, nasce o vinho mais saboroso que já experimentei.

Eu visitei a Peller States, uma fazenda produtora de vinho que poderia ser cenário de belíssimos filmes. Um imenso casarão abriga a fábrica, a adega – onde a bebida é guardada em barris sob temperatura controlada – e uma elegante loja.  Isso tudo está cercado por uma área verde superenvolvente e por videiras bem cuidadas.

Niagara Falls

As videiras.

Niagara Falls

O cenário cinematográfico de Peller States.

Niagara Falls

Degustação de vinho em Peller States.

Planeje sua viagem às Cataratas do Niágara

Quanto custa | Há inúmeras opções de atividades para fazer dentro e fora do área das Cataratas do Niágara. Você pode consultar as opções e os preços aqui.

Quando ir | O Canadá tem clima temperado, e as estações aqui são bem definidas. No inverno, entre dezembro e março, faz muito frio e os termômetros estão sempre bem abaixo do zero. Apesar disso, raramente as cataratas congelam completamente. No verão, especialmente entre julho e agosto, os dias são mais quentes e ensolarados. É nessa época que as cachoeiras ficam mais caudalosas.

Como chegar | A cidade canadense de Niagara Falls fica a 130 quilômetros de Toronto. Usando o sistema de transporte público, dá para chegar aqui tranquilamente. O valor médio do tíquete de ida ou de volta é de CAD 20, para um adulto.

Onde ficar | Niagara Falls é pequena, mas tem uma boa infraestrutura turística. Claro, a cidade vive disso. Porém, para garantir os melhores preços, é sempre bom fazer as reservas com antecedência. Aqui, você encontra o hotel ideal para sua viagem.

Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar no país. Veja como solicitar o visto para o Canadá.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

5 Comentários

  1. Avatar

    olá, Gostaria de saber se eu for fazer o passeio de carro de Toronto, passando na vinicola e depois indo nas cataratas, tem fiscalização policial nas estradas ou pode fazer a degustação dos vinhos e prosseguir viagem? Voce acha que dá para ir em duas vinícolas mais as cataratas em um mesmo dia ou fica muito cansativo? estou em duvida entre a Peller e a two sisters.
    Obrigada

    • Altier Moulin

      Oi, Carolina.

      Primeiro, preciso dizer que beber e dirigir não combina em lugar nenhum do mundo. 🙂
      Segundo, não aconselho brincar com a polícia canadense, porque as leis são bem rígidas e, principalmente, cumpridas.
      Portanto, se você quer fazer a degustação nas vinícolas, não aconselho alugar um carro, a não ser que tenha um “motorista da vez”.

      Um abraço.

Escreva um comentário