Como solicitar o visto para o Canadá

10

Atualizado em 5 de setembro de 2021

Terra do frio, dos ursos, das belas paisagens e dos esportes radicais. País que encanta a todos que já passaram por aqui, e também quem só viu na tevê. Uma visita a esse gigante norte-americano é simplesmente inesquecível. Você que está pensando em conhecê-lo saiba que vai precisar de um visto. Mas relaxe! Tudo está explicado passo a passo neste tutorial de como solicitar o visto para o Canadá que eu fiz para você.

Embora muitos posts nas redes sociais tenham alardeado para todos os cantos que brasileiros não precisam de visto, essa informação é incompleta. Todos, definitivamente todos os brasileiros precisam se submeter ao processo do visto. A única diferença é que, para quem já tem o visto americano, o processo é mais simples e não há necessidade de apresentar comprovantes financeiros.

ATUALIZAÇÃO | A partir de 1º de maio 2017, quem já teve o visto canadense nos últimos dez anos e que tem o visto americano só precisa fazer o pedido por meio da Autorização Eletrônica de Viagem – eTA. Os demais passageiros têm que fazer o processo normal.

Para todos os efeitos, existe um tipo específico de visto que você precisa ter. Isso é explicado no site do Canada Visa Information. Quanto à aprovação dos seu documento, não se preocupe: apenas cerca de 5% das solicitações são negadas. Isso acontece quase sempre por falta ou erro nas informações.

Tipos de visto

Há três tipos diferentes de visto para o Canadá. A diferença principal entre eles diz respeito ao prazo de validade. Confira:

  1. Visto de única entrada: tem validade de até seis meses e permite apenas uma viagem ao país. A exceção é se você estiver entrando no Canadá pelos Estados Unidos: nessa condição você pode entrar e sair do país quantas vezes desejar, desde que o seu visto esteja válido.
  2. Visto de múltiplas entradas: válido por até três anos, esse visto lhe permite entrar e sair do país quantas vezes desejar, independentemente do país de procedência.
  3. Visto de trânsito: esse visto vale por apenas 48 horas e é ideal para quem vai fazer uma conexão aérea no Canadá.

Documentos necessários

Em todos os casos, para solicitar o visto canadense, é importante começar reunindo a documentação necessária. Ela deverá ser apresentada diretamente no consulado ou enviada a um dos Centros de Solicitação de Vistos para o Canadá (CVAC) que funcionam nas cidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Os contatos da cada centro você encontra neste site.

O governo do Canadá oferece métodos bem práticos para ajudar aos interessados, usando checklists que contêm as exigências para cada tipo de visto: elas estão disponíveis aqui, em pdf.

Nesses checklists você vai encontrar uma lista como esta:

  • Duas fotos 3×5 recentes;
  • Cópia do RG frente e verso;
  • Passaporte;
  • Um formulário de solicitação modelo IMM5645 – documento que deve ser impresso e preenchido com informações familiares.
  • Um formulário de solicitação modelo IMM5257 – documento pequeno que deve ser impresso e preenchido com informações sobre a viagem e pessoais.
  • Um questionário de informações adicionais – documento que deve ser impresso e preenchido com demais informações sobre você e seus familiares, sendo que um exemplar desse vale por toda uma família.
  • Comprovante financeiro – contrato social, extratos bancários, último imposto de renda e três últimos holerites.
  • Comprovação de laços sociais e econômicos no Brasil – declaração de empregador referentes aos três últimos pagamentos, documentos empresariais ou comprovante de matrícula em instituição de ensino;
  • Autorização de viagem – necessário para menores de 18 anos;
  • Comprovante de pagamento da taxa do processamento de visto – familiar ou pessoal;

Taxas

Solicitando o seu visto para o Canadá, você será taxado de duas formas: com a taxa do CVAC, se você estiver fazendo a solicitação por meio de um dos centros, e a taxa de Processamento de Visto.

A taxa do CVAC é cobrada individualmente para quem solicita o visto, independentemente da idade ou do propósitos da viagem, e tem o valor de CAD 32,90, sendo esse valor passível de eventuais descontos para grupos. A taxa pode ser paga pessoalmente no CVAC com cartões de crédito ou por depósito em qualquer agência HSBC, em dinheiro.

ATENÇÃO
O CVAC não aceita pagamentos feitos em caixas eletrônicos, transferências bancárias, pagamentos on-line ou cheques. Além disso, pagamentos feitos de forma incorreta não são reembolsados. Apresentando a solicitação do visto pessoalmente no consulado ou on-line, a taxa do CVAC não precisa ser paga.

A taxa de processamento de visto custa CAD 100, e é a mesma para vistos de única ou de múltipla entrada. Nenhuma taxa é cobrada para o visto de trânsito. O pagamento também pode ser feito em qualquer agência do HSBC, por meio de depósito identificado na conta do Consulado Geral do Canadá em São Paulo.

Saiba mais sobre o visto para o Canadá

Informações adicionais sobre o processo de solicitação do visto para o Canadá podem ser obtidas na Embaixada, em Brasília, por visita, telefonema ou e-mail.

Embaixada do Canadá
SES – Av. das Nações, Quadra 803, Lote 16
70410-900 Brasília DF – Brasil
Telefone: (55 61) 3424-5400
Fax: (55 61) 3424-5490
Email: spalo-immigration@international.gc.ca
De segunda a quinta, das 8h30 às 13h e das 14h às 17h30. Sexta-feira, das 8h30 às 14h.