Onde se hospedar em Belém: as melhores áreas da capital paraense

1

Atualizado em 11 de abril de 2021

A capital do Pará é considerada a porta de entrada para a Amazônia e é, também, sede da maior festa católica do Brasil, o Círio de Nazaré. Mas, para conhecer o que a cidade tem de melhor, é essencial escolher bem onde se hospedar em Belém.

O mais importante é ficar atento às regiões para escolher aquela que mais combina com você e, claro, que seja segura e de fácil acesso.

O Centro Histórico de Belém, por exemplo, é interessante para passar o dia visitando as atrações turísticas, mas você precisa avaliar com cuidado se ele deve estrar na sua lista de opções para se hospedar.

Eu explico isso com mais detalhes daqui a pouco.

Nessa região, estão a Estação das Docas, o Mercado Ver-o-Peso e o sensacional Mangal das Garças, um parque de frente para o rio Guamá, que tem um dos melhores restaurantes da cidade, o Manjar das Garças.

O Centro Histórico é formado pelos bairros Cidade Velha, que é onde a cidade começou de fato, e Campina, o antigo centro comercial tradicional de Belém.

Onde se hospedar em Belém

Belém não é uma capital com uma vasta rede hoteleira e isso acaba nos limitando um pouco, mas, claro, há muitas boas opções na cidade. Veja o mapa com todas as opções da cidade:



Booking.com


Agora, vou explicar, com mais detalhes, quais são os bairros para se hospedar em Belém.

Os bairros do Centro Histórico

Eu comentei que os bairros do Centro Histórico – Cidade Velha e Campina – não devem ser a primeira opção para se hospedar em Belém, mas, claro, isso depende do tipo de viagem que você está planejando.

Eu só acho que é importante avaliar alguns pontos, que eu mostro agora.

Cidade Velha

A parte mais antiga de Belém tem pontos contra e a favor – talvez, mais pontos contra -, mas não pode ser eliminada da lista.

Foi nesta região que a Cidade de Belém começou, especificamente nos arredores do Forte do Presépio – que também é chamado de Forte do Castelo – o nome completo é Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém.

Por falar nisso, do Forte a gente tem uma vista linda da baía do Guajará e do Mercado Ver-o-Peso.

A melhor opção para ficar nesta região é o Atrium Hotel Quinta de Pedras.

ATRIUM HOTEL QUINTA DE PEDRAS

O  Atrium Hotel Quinta de Pedras funciona num casarão antigo, completamente reformado e – de verdade – é uma ilha de conforto e paz, pertinho das principais atrações do Centro Histórico, como o Mercado Ver-o-Peso, a Estação das Docas e o Mangal das Garças.

Uma coisa que me chamou a atenção nesse hotel é o custo-benefício: os quartos são sensacionais, a área da piscina é linda – fica num pátio interno, muito comum em construções mais antiga – e o preço é justo.

Onde se hospedar em Belém

Vale a pena dar uma avaliada com calma no Atrium Hotel Quinta de Pedras, principalmente se você pretende passar mais tempo no Centro Histórico.

Onde se hospedar em Belém

Campina

O Campina já teve dias mais agitados, quando era a principal área comercial da cidade. Com suas ruas estreitas, ele é um importante reduto cultural desde o período colonial.

É nesse bairro que fica o famoso Teatro da Paz, e a Estação das Docas está pertinho, a cerca de dez minutos de caminhada.

Uma área que, talvez, seja interessante para ficar hospedado é perto da Praça da República, uma região bem movimentada durante o dia e à noite.

As outras áreas do bairro ficam mais vazias depois do anoitecer e é bom evitar fazer caminhadas solitárias.

Nessa região, eu indico o Hotel Go Inn Belém e o Hotel Princesa Louçã, que estão em faixas de preço diferentes. Para quem gosta de hotel de redes internacionais, o Ibis Styles Belém BAtista Campos é uma boa opção.

HOTEL GO INN BELÉM

O Hotel Go Inn Belém fica muito perto do Mercado Ver-o- Peso e de outras pontos turísticos do Centro Histórico: dá para fazer muita coisa caminhando durante o dia e, à noite, você pode pedir um carro de aplicativo e tudo se resolve.

Onde se hospedar em Belém

É apenas uma questão de se organizar e definir se vai economizar na hospedagem ou no transporte – com jeitinho, dá para economizar nos dois.

Os quartos do Hotel Go Inn Belém são básicos – e bem coloridos – e o café da manhã tem bastante variedades.

Onde se hospedar em Belém

HOTEL PRINCESA LOUÇÃ

Para quem gosta de hotel com mais presença, é melhor ficar no Princesa Louçã.

O hotel é super tradicional na cidade e, apesar de não ser novo – quase nada no Centro Histórico é, né? -, ele tem quartos bons, arejados e o atendimento é sempre muito elogiado.

Mas, o ponto forte do Princesa Louçã é a localização: ele fica do lado do Teatro da Paz, na Praça da República, a melhor região do Campina.

Melhores áreas para ficar em Belém

Fora do Centro Histórico, Belém respira outros ares.

As avenidas são mais largas, sempre bastante arborizadas e há mais atrativos para a noite, como bares, restaurantes e baladas.

Para quem está descobrindo Belém em uma primeira viagem, pode ser mais interessante ficar em Nazaré, Umarizal ou Batista Campos.

Nazaré

O bairro Nazaré é mais residencial, mas tem todos os serviços essenciais bem pertinho: restaurantes, shoppings, mercados e muito mais.

Além disso, a localização do Nazaré é privilegiada, porque ele fica entre a área mais moderna de Belém e o Centro Histórico.

Nazaré também é ideal para quem quer acompanhar o Círio de Nazaré, já que a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré fica no bairro.

→ Círio de Nazaré: a maior e mais emocionante festa religiosa do Brasil

A melhor opção para ficar em Nazaré é o Grand Mercure Hotel.

GRAND MERCURE BELÉM

Eu fiquei no Grand Mercure quando fui a Belém. Ele é um dos cinco estrelas da cidade  – o outro é o Radisson Hotel Belém – e tem um serviço de primeira classe e nem é tão caro quanto você imagina.

Onde se hospedar em Belém

Os quartos são super aconchegantes, modernos e o atendimento é excepcional. O café da manhã é delicioso e o restaurante do hotel também é muito bom – deu até saudade da comida paraense.

O Grand Mercure Belém é perfeito para quem quer acompanhar o Círio de Nazaré, porque fica a menos de um quilômetro da Basílica e do Santuário de Nossa Senhora de Nazaré e as procissões passam na frente do hotel.

Onde se hospedar em Belém

Umarizal

O Umarizal é um bairro nobre e tem o metro quadrado mais caro de Belém.

O bairro é muito tradicional na cidade, mas teve uma transformação radical nas últimas décadas: a antiga zona boêmia ganhou fama e atraiu a atenção do mercado imobiliário.

É um bairro interessante para quem gosta de vida noturna, pois há vários bares, restaurantes e algumas baladas, especialmente na Avenida Almirante Wandenkolk.

Um dos grandes atrativos do Umarizal é o Ver-o-Rio, um complexo turístico de frente para a baía do Guajará que é ótimo para terminar o dia e para tomar o famoso tacacá.

Os melhores hotéis de Umarizal são Mercure Belém Boulevard e Bristol Umarizal Belém.

MERCURE BELÉM BOULEVARD

O Mercure Belém Boulevard tem uma localização excelente: no coração do Umarizal, perto de tudo e bem conectado com outros bairros mais novos.

Onde se hospedar em Belém

Os quartos seguem o padrão da rede – então não há chances de te surpresas desagradáveis – e da área da piscina agente tem uma vista linda da cidade.

Onde se hospedar em Belém

No Mercure Belém Boulevard o atendimento é bom e o café sempre tem muita variedade – incluindo algumas iguarias paraenses. Resumindo: vale o que cobra.

BRISTOL UMARIZAL BELÉM

Já notou que as redes de hotelaria comandam a hospedagem em Belém, né? Como a cidade tem muitos eventos corporativos, isso se justifica.

Onde se hospedar em Belém

Um pouco mais afastado, na parte norte do Umarizal, o Bristol Umarizal Belém é uma opção mais econômica.

De forma geral, no bairro, os preços são um pouco mais altos, mas vale a pena no quesito tranquilidade: o Bristol Umarizal Belém é bem conectado com o resto da cidade e a gente consegue se locomover rapidamente de um lado para outro.

Batista Campos

O bairro Batista Campos é bem residencial com muitas áreas verdes – como a Praça Batista Campos -, perfeito para quem não quer agitação demais durante a viagem, mas quer ficar perto de tudo.

É, também, um dos bairros mais organizados da capital paraense, com ótima qualidade de vida – e isso inclui um item muito importante: segurança.

→ Lista completa do Batista Campos

Apesar de ser mais residencial, o Batista Campos tem de tudo: supermercados, padarias, farmácias, entre outros serviços que a gente precisa no dia a dia.

RADISSON HOTEL BELÉM

Muito bem avaliado, o Radisson Hotel Belém fica no Batista Campos, também muito perto, no caminho entre a Catedral e a Basílica de Nazaré, e a uma quadra da Praça da República, onde está o Teatro da Paz.

Onde se hospedar em Belém

É um hotel novo, que garante qualidade no atendimento e na limpeza – seguindo os padrões da rede. A área da piscina é excelente: Belém é  sempre quente e úmida, e um mergulho pode ser mais que merecido. já que Belém não tem praia.

Onde se hospedar em Belém

O Radisson Hotel Belém também é uma boa opção para ficar hospedado durante o Círio de Nazaré, porque ele fica a uma quadra de onde passam as procissões.

NEW INN BATISTA CAMPOS

O New Inn Batista Campos fica perinho da praça que dá nome ao bairro, uma das principais áreas verdes de Belém.

Como o Batista Campos é um bairro central – entre Campina, Cidade Velha e Nazaré, dá para aproveitar o dois lados da cidade.

Outro ponto positivo é o preço da diária, bem coerente com o que o New Inn Batista Campos: quartos básico café da manhã bom e localização ótima.

Hostel em Belém

Há poucas opções de hostel em Belém – por ser uma capital tão importante, eu esperava encontrar mais.

Mesmo assim, vale a pena dar uma olhada nesta lista com os mais procurados da cidade.

Onde ficar em Belém

Como expliquei, você precisa decidir se vai  ficar no Centro Histórico ou fora dele – mas, não muito longe.

Eu fiquei no bairro Nazaré e gostei bastante, porque ele é bem central e isso facilita na hora dos deslocamentos para o Centro Histórico e para áreas com mais vida noturna, como o Umarizal.

Avalie quais são suas possibilidades levando em conta a localização e o preço da diária. Uma coisa que eu sempre penso antes de decidir onde ficar é quanto eu vou gastar para chegar aos locais que mais quero ver e, também, quanto tempo eu vou perder com deslocamentos.

Não adianta economizar com o hotel e ter que gastar com carro de aplicativo ou táxi, concorda?

Veja mais sobre o Pará

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo pelo Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

1 comentário

Escreva um comentário