Descubra o que fazer em Rio Branco

65

Atualizado em 28 de fevereiro de 2018

A capital do Acre deveria ser a primeira opção para quem quer visitar a Amazônia brasileira. De fato, é ela quem mora no coração da maior floresta tropical do planeta, que se estende por nove países aqui da América do Sul. Além disso, a poucos quilômetros, vivem dezenas de grupos indígenas. Eles fazem da cidade um caldeirão cultural rico pela harmonia dos seus povos tradicionais. É isso também que nos proporciona tudo o que temos para fazer em Rio Branco.

É verdade que foram os nordestinos que impulsionaram a sua economia quando vieram para cá. Eles trabalhavam na extração artesanal do látex, mas não é deles, apenas, o mérito de construir esse estado. Aqui, metade do território é preservado e, ainda assim, apresenta números importantes no seu desenvolvimento econômico.

Bem cuidada, recheada por uma ampla malha cicloviária e limpa, Rio Branco vai lhe surpreender. Investimentos pesados em infraestrutura, mobilidade e tecnologia já começam a dar os seus primeiros frutos. O transporte público tem melhorado, principalmente depois da reforma do terminal urbano que faz a ligação das principais linhas. Ah, e há internet sem fio em boa parte do Centro, por exemplo. Descubra, então, o que fazer em Rio Branco.

Reserve já o seu hotel em Rio Branco e garanta os melhores preços. 

O que fazer em Rio Branco

Palácio Rio Branco | Comece, por aqui, o seu passeio pela cidade. Sede do governo acriano, desde 1930, o Palácio é uma bela e imponente construção no coração da capital. Um dos primeiros prédios de alvenaria do estado, nele há uma exposição permanente que ocupa várias salas em seu andar térreo. Aqui, é contada a história do desenvolvimento do Acre.

Tudo fará mais sentido depois que você entender um pouco mais sobre os tratados que deram origem ao estado. Depois, entenda as brigas territoriais que resultaram na Revolução Acriana, a história do ambientalista Chico Mendes e, até mesmo, a origem do seu símbolo maior: a bandeira do Acre. Em resumo, prepare-se para mergulhar em uma história riquíssima. A visita pode ser feita de terça a domingo, incluindo feriados, das 8h às 17h.

O que fazer em Rio Branco

O Palácio Rio Branco.

Deque da Gameleira | Aqui, nasceu Rio Branco. As casas coloridas, construídas às margens do Rio Acre quando a cidade ainda era o Seringal Volta da Empreza, hoje são tombadas pelo Departamento do Patrimônio Histórico. O imenso calçadão é um convite para um passeio despretensioso até a curva do rio.

O que fazer em Rio Branco

Gameleira: onde a cidade nasceu. Hoje, as construções são tombadas pelo Patrimônio Histórico.

Mercado Velho | Na outra margem está a área do mercado popular municipal. Revitalizado, ganhou o apelido de Novo Mercado Velho. Com isso, voltou às graças da população e de turistas que aproveitam a brisa do Rio Acre para um encontro de fim de tarde. Durante o dia, o mercado é um ótimo destino para conhecer um pouco do artesanato local. A Casa do Artesão também, que fica um pouco mais longe do Centro.

Ao lado do Mercado Velho funciona uma cantina onde são servidos café da manhã e almoço. Esse é um daqueles locais extremamente interessantes e que respira tradição. Vale a pena conhecer e conversar um pouco com as senhoras que preparam a comida.

O que fazer em Rio Branco

A boêmia região do Mercado Velho.

Parque da Maternidade | O antigo valão que cortava a cidade há pouco mais de uma década foi transformado. Hoje é uma imensa área verde equipada com diversas opções para o seu fim de tarde. Aqui, os acrianos aproveitam para fazer aquela caminhada, colocar o papo em dia e saborear o tacacá em um dos bares que margeiam o parque. Para apreciar esse prato típico da Região Norte feito à base de tucupi, jambu e camarão, a melhor pedida é o Tacacá da Base.

Rio Branco, Acre

Parque da Maternidade.

Parque Ambiental Chico Mendes | São 57 hectares de área. O Parque é um centro de preservação e educação ambiental com 33 espécies de animais nativos da floresta amazônica acriana. É um programa bem legal para você fazer em Rio Branco. Além disso, uma parceria com o Ibama permite que os animais apreendidos ou entregues pelos antigos donos sejam tratados e readaptados para voltarem à natureza.

Inaugurado em 1996, o parque tem trilhas ecológicas e um memorial destinado ao seu patrono, o ambientalista Chico Mendes. “Esse parque existe para ensinar que é possível viver na floresta e viver da floresta”, explica Joseline Guimarães, gerente do parque. As visitas acontecem de terça a domingo, das 7h às 17h.

O que fazer em Rio Branco

Trilha no Parque Ambiental Chico Mendes.

O que fazer em Rio Branco

Filhote de onça-pintada no Parque Ambiental Chico Mendes.

Casa dos Povos da Floresta | Se você quiser conhecer melhor as etnias que formam o Acre, inclua uma visita à Casa dos Povos da Floresta entre as coisas para fazer em Rio Branco. A Casa foi construída às margens do Parque da Maternidade. O centro conta a história dos três povos tradicionais da Amazônia acriana: os ribeirinhos, os seringueiros e os indígenas.  Aqui, é possível conhecer um pouco das lendas dessas comunidades, como as histórias do Mapinguari, do boto e da cobra grande, por exemplo.

A arte e a cultura indígenas são retratadas na casa pelas cerâmicas e pelo kene. Este é um estilo de desenho característicos da etnia Kaxinawa, que vive na fronteira com o Peru. Nos tempos de festas, os índios usam a tinta do jenipapo para pintar seus corpos. Feitos exclusivamente por mulheres, esses desenhos também são aplicados em tecidos, cestos e outros utensílios. A biblioteca funciona de terça a sábado, das 8h às 18h. Visitas em grupo devem ser agendadas pelo telefone (68) 3224-5668.

O que fazer em Rio Branco

O kene e as cerâmicas expostas na Cada dos Povos da Floresta.

Biblioteca da Floresta | Esqueça aquela ideia de um amontoado de livros empoeirados. Esqueça também as pessoas pedindo para que você faça silêncio. Isso, definitivamente, não é o que você vai encontrar nesse moderno centro de informações sobre a história e a cultura acrianas.

Ainda no andar térreo, você terá uma breve aula sobre as dezesseis etnias indígenas que habitam a Amazônia acriana. Vai conhecer um pouco mais sobre seus costumes e características. Uma escada ambientada com plantas e sons da floresta lhe conduz até os outros andares do prédio. Uma imensa canoa ornamenta o salão do terceiro andar, mas nada se compara à reconstrução fidelíssima de uma tradicional casa de seringueiro. Impecável nos detalhes, é possível ouvir o som do velho rádio reproduzindo quase que silenciosamente as notícias do dia.

O que fazer em Rio Branco

Fachada da Biblioteca da Floresta.

Voo de balão | Essa é uma daquelas atividades imperdíveis. Aproveite porque esse é o único voo de balão de toda a floresta amazônica. Isso é mais que exclusividade: é emoção à flor da pele. A paisagem do nascer do sol é de arrepiar. Tem ainda os geoglifos, imensas estruturas geométricas escavadas no solo e que ainda são um grande mistério e alvo de pesquisas que começaram ainda na década de 1970. Aqui tem um post que conta tudo em detalhes.

A culinária acriana

O Acre experimenta muito os sabores dos outros estados da Região Norte, e experimentar dessa gastronomia é uma das coisas que você não pode deixar de fazer em Rio Branco. O açaí – comido com farinha –, o tacacá no fim da tarde e o pato no tucupi são alguns dos exemplos desse compartilhar de sabores. A criação local é a rabada no tucupi, que substitui a ave do tradicional prato paraense pela carne bovina. Ambos podem ser saboreados em fartura nos restaurantes da cidade, mas se a sua opção é o tradicional pato, chegue até o Point do Pato, uma rústica e simples casa especializada nessa iguaria amazônica.

O que fazer em Rio Branco

O famoso Tacacá da Base.

O que fazer em Rio Branco

O Pato no Tucupi. Foto: Setul/AC

Minha viagem aconteceu a convite do Governo do Acre.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

65 Comentários

  1. Avatar

    Olá amigo, achei muito bacana todas as dicas sobre a cidade de Rio Branco, normalmente muitas pessoas que vão a Amazônia entram por Manaus, por isso achei importante essa postagem abrindo outros leques de possibilidades para conhecer não só a floresta como esta capital tão bonita, tenho uma amiga em Rio Branco, que se mudou do Rio p lá, e ela sempre fala da boa surpresa que está sendo morar em Rio Branco! Sua postagem ficou excelente, parabéns! Espero ter a oportunidade de conhecer Rio Branco e voltar a Amazônia! Abraços

    • Altier Moulin

      Olá Kellen,

      Realmente Rio Branco é uma daquelas cidades que quase poucos apostam como um bom destino turístico. Talvez isso aconteça por ela estar distante dos grandes centros e de outras capitais. Porém, quem decidir visitar o Estado e a sua capital não vai se decepcionar. Rio Branco tem um charme especial e não é preciso muito tempo para descobrir isso. Espero que você vá visitá-la em breve. Um abraço!

  2. Avatar

    Olá, Altier!

    Muitos parabéns pelo post! As fotos estão lindas, o texto ótimo e o destino ajuda: afinal, sou uma apaixonada fervorosa por blogs e dicas de destinos totalmente fora das rotas convencionais e o Acre é bem isso mesmo!
    Acho que há muito mais belezas em nosso país do que desconfiamos – e posts como esse só ajudam a divulgar isso!

    Agora, me conta: essa onça tava posando, é? É só chegar lá para tirar uma foto dela, assim? Eu quero! 🙂

    Um abraço e parabéns mais uma vez!

    Clarissa

    • Altier Moulin

      Clarissa,

      Obrigado pelos elogios. Isso me motiva a me dedicar cada vez mais.

      Quanto à onça, na verdade esse é um filhote. Como eu estava acompanhado da gerente do Parque, ela prendeu a mãe e o pai e pudemos entrar no recinto onde eles ficam para fotografá-los. Foi muito bom.

      Um abraço!

  3. Avatar
    jose oyama lopes pimenta on

    Parabéns pela matéria. Tem que ter mais pessoas como você para divulgar este estado tão esquecido ou distante da capital federal, mas não da linha do Equador.

    • Altier Moulin

      João,

      Eu te indico o Inacio Palace Hotel (68 3214-7100), onde fiquei hospedado, ou o Pinheiro Palace Hotel (68 3214-7100) que são da mesma família. Ambos ficam na Rua Rui Barbosa, no Centro de Rio Branco. Assim, você pode caminhar entre alguns dos principais atrativos da cidade.

      Um abraço!

  4. Avatar
    Rosana Mendonça Nunes on

    Gostei das informações sobre a cidade de Rio Branco. Toda a vez que eu viajo, busco me informar sobre os lugares típicos, dicas de quem já viajou pelo lugar. Uma pena que o autor da página não diponibilizou a função copiar. Lamentável.

    • Altier Moulin

      Oi Rosana,

      Que bom que gostou do conteúdo e das dicas. Se precisar de algumas das minhas reportagens, fique a vontade para solicitá-las por e-mail, como descrito no rodapé da página. Um abraço!

  5. Avatar

    Amigo, muito obrigada pelas dicas! Maravilhoso blog, já me animou e me despertou mais a conhecer tanta riqueza turística, cultural e ecológica. Um dos meus próximos roteiros no Brasil! Se Deus quiser! Um grande abraço

  6. Avatar

    Que máximo esse Blog! Ano que vem estou me mudando para Rio Branco/AC e não estava muito animada, pois muita gente tem uma opinião negativa sobre o Acre, mas depois de tudo que li nesta página…estou extremamente encantada e louca para desbravá-la.
    Muito obrigada!!!

  7. Avatar

    Olá!!! Fico muito feliz de encontrar um post tão detalhado sobre Rio Branco. Há tempos estou procurando por informações sobre o Acre e finalmente encontrei!! Tenho um grande sonho de conhecer todas as capitais brasileiras, principalmente as cidades mais remotas, pois acredito que elas tem um grande potencial a mostrar! Parabéns !!

    • Altier Moulin

      Oi Amanda,

      Que bom que você gostou do post sobre a capital do Acre. Realmente ela ainda é muito pouco explorada, mas atrativos não faltam por lá. Fique a vontade e aproveite para ler os outros posts que fiz sobre o estado.

      Um abraço!

  8. Avatar

    Olá!!! Fico muito feliz de encontrar um post tão detalhado sobre Rio Branco. Há tempos estou procurando por informações sobre o estado e finalmente encontrei!! Tenho um grande sonho de conhecer todas as capitais brasileiras, principalmente as cidades mais remotas, pois acredito que elas tem um grande potencial a mostrar! Parabéns !!

    • Altier Moulin

      Oi Amanda,

      Primeiro, obrigado por curtir o blog. Realmente o Acre é uma surpresa e Rio Branco é uma capital que surpreende. Espero que desfrute de sua viagem.

      Um abraço!

  9. Avatar

    Parabéns Altier Moulin, Show de Bola o documentario sobre nosso Estado Lindo, Que tenho maior orgulho de falar que Nasci e Moro, que você continue fazendo esse trabalho que é ta mostrando cada pedaçinho desse nosso Brasil.. Sucesso PénaEstrada!

  10. Avatar

    Olá… Show de bola a matéria.

    Alguns planos na minha vida surgiram e talvez, em 2015 me mudo para RIO BRANCO.

    Confesso que eu estou apreensivo pois, infelizmente temos medo do que não conhecemos.

    Por motivos de trabalho, provavelmente terei uma vida no estilo acreana. Contudo, gostaria de saber. Como é a saúde em Rio Branco? Há investimentos? Há precariedade?

    Em questão a vacina de febre amarela. Você a tomou? É mesmo necessária tomar antes mesmo de partir par Rio Branco?

    Valeu!!!!!!!

    • Altier Moulin

      Olá Vitor,

      Para ser honesto, passei apenas uma semana no Acre então fica complicado avaliar como funciona o sistema de saúde pública. Quanto à vacina, eu já havia tomado por causa de outras viagens. Não há nenhuma exigência de vacinação para o Acre, mas como você estará próximo ao Peru e à Bolívia, acho que não custa nada se vacinar.

      Um abraço!

  11. Avatar

    Olha que lindo que encontrei!!
    É tão satisfatório quando alguem passa por aqui (RB/AC) e leva consigo e mostra pros outros o quanto aqui é bom!
    Infelizmente o Acre ainda é motivo de piada Brasil a fora, mas temos msm nossos belos pontos, vi que enfatizou bastante a capital, creio que tu não passou pelas cidades interiores como Xapuri onde praticamos arborismo, e em Cruzeiro do Sul para conhecer o Igarapé Preto, famoso por sua agua escura e muito gelada.
    Estou muito contente por ter lido esse post!
    Parabens querido, e volte sempre que quiser 😉

  12. Avatar

    Estive ai em 1971, pelo PROJETO RONDON, tenho saudades,
    estou planejando ir em julho deste ano.
    Em 1971, conheci a JOANA PERES , miss ACRE, VC TEM NOTIICIA DELA. ABRAÇO

  13. Avatar

    Sou um pouco aventureiro e tenho como meta conhecer toda s as capitais brasileiras. Estava conhecendo Boa Vista, onde passei 15 dias agora em jan/14 e já programando para conhecer Porto Velho e Rio Branco.

    Aí faltaria apenas Teresina. Quando um amigo em Boa Vista disse que poderia ir até Cusco de carro via Rio Branco. Hoje tive a grata surpresa entrar nesse site, onde você foi muito feliz em resumir com tanta clareza esse roteiro. Parabéns e com certeza farei essa viagem pensando nas dicas aqui postadas. obrigado!

    • Altier Moulin

      Olá Ari,

      Obrigado pelos elogios. Meu papel é realmente incentivar que mais pessoas experimentem um pouco do que vivi. Depois, conte-nos como foi sua viagem, por favor.

      Um abraço!

  14. Avatar

    olá parabéns, sou um ACREOCA!! NASCI NO RIO DE JANEIRO MAS fui criado em rio branco, tem 22 anos que me mudei pra goiânia, mas ansioso por voltar a terra amada…mas acho que escreveu errado!! NÃO SE USA ACRI E SIM ACRE

    • Altier Moulin

      Olá Jefsom,

      Antes do novo acordo ortográfico, era facultativo, podia ser “acreano” ou “acriano”. Mas, depois da reforma, “acreano” deixou de constar nos dicionários e no Vocabulário da Academia Brasileira de Letras. Agora, o correto é “acriano”.

      Um abraço!

    • Altier Moulin

      Oi Tania,

      Eu te indico o Inacio Palace Hotel (68 3214-7100), onde fiquei hospedado, ou o Pinheiro Palace Hotel (68 3214-7100) que são da mesma família. Ambos ficam na Rua Rui Barbosa, no Centro de Rio Branco. Assim, você pode caminhar entre alguns dos principais atrativos da cidade.

      Um abraço!

  15. Avatar

    Boa noite!
    Eu e meu marido estamos a caminho de Rio Branco! Poderia me dizer ou indicar quais melhores bairros para morar? Pela nossa pesquisa, há mais casas do que aptos. Procede?!!

    • Altier Moulin

      Oi Nicole,

      Infelizmente não posso te ajudar com esta resposta já que a minha experiência com Rio Branco é somente como um viajante, não como morador.

      Um abraço e boa sorte!

  16. Avatar
    Camila Feltran on

    Olá,
    Estou com uma certa dificuldade de encontrar uma empresa que faca o trajeto Curitiba – Rio Branco. Vocë saberia me dizer ?

    Obrigada!!

    • Altier Moulin

      Oi Camila,

      Nesse caso, considero mais viável ir até São Paulo e, de lá, seguir até Rio Branco. A empresa que faz esse trajeto é a Rotas. A tarifa gira em torno de R$ 350 e você pode verificar as datas disponíveis no site http://www.rotasdotriangulo.com.br/ ou pelo telefone da empresa: 0800 940 8090.

      Um abraço e boa viagem!

  17. Avatar

    Prezado Altier.

    Vou para o Acre neste mes de julho.
    Gostaria de ir a Cobija. Voce recomenda alguma agencia ou posso alugar um carro.

    Tania

  18. Avatar

    Parabéns pelo post, gostei muito do blog, to futricando aqui. Apareceu uma oportunidade de emprego em Rio Branco e estou muito indeciso, com medo. Vou morar sozinho, sou de Brasília e minha familia toda ta aqui. Tenho medo da violência no Acre, mas a cidade parece ser bem bacana. Vejo que não há muitas opções de apartamento aí pra morar vejo mais casas, mas gostei do que vi aqui.

    • Altier Moulin

      Oi Lucas,

      Toda mudança gera incertezas e medos. Pesquise um pouco mais, e então, tome sua decisão.

      Quanto à violência, não é nada diferente do que em outras capitais brasileiras. Basta ter os cuidados básicos.

      Um abraço.

  19. Avatar

    Oi Altier, tudo bem? Vou passar 3 dias em Rio Branco no próximo mês e gostaria de aproveitar ao máximo. Adorei o apanhado que você fez, mas gostaria de saber se você sugere um roteiro – coisas próximas que podem ser feitas num mesmo dia, uma ordem legal pra visitar. Seria legal ir com alguma noção já =D
    Obrigada!

  20. Avatar

    Linda matéria! Parabéns!! Muito bom ver o nosso Acre sendo divulgado! Realmente aqui tem coisas lindas e um povo maravilhoso e acolhedor! Espero que vc volte outras vezes!

  21. Avatar

    Também tenho orgulho de morar em Rio Branco, só não tenho coragem de sair pra nenhum desses lugares a noite, essa cidade tá tão perigosa quanto as grandes metrópoles.

  22. Avatar

    Matéria super bacana e empolgante. Era algo que eu precisava para confirmar a minha ida pra lá em outubro próximo. Preparar a mochila e caronar rumo ao Acre. Parabéns pela matéria.

  23. Avatar
    Elizabeth de Melo on

    “… meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.” Você resumiu tudo que penso !!!

    Tenho esse propósito também, por isso quero conhecer todo Brasil inicialmente … Depois outros destinos internacionais.

Escreva um comentário