Quando ir a Cambará do Sul: melhor época para viajar

0

Atualizado em 1 de julho de 2020

Antes de partir rumo aos cânions do sul do Brasil, você precisa conhecer um pouco mais sobre o clima dessa região. Isso será fundamental para você decidir quando ir a Cambará do Sul, cidade que é a porta de entrada para os Parques Nacionais que abrigam os cânions.

Em Cambará, como também é conhecida a cidade, a estação quente dura longos seis meses:  de outubro a abril,  e a temperatura máxima fica em torno dos 29 graus, mas nunca ultrapassa os 35. Isso significa que faz calor e, com o céu quase sempre encoberto, o clima parece ainda mais abafado.

O inverno é curto, agradável e com  céu quase sempre sem nuvens.  Ele dura pouco mais de dois meses, de 14 de maio a 27 de julho. Nesse período, a temperatura mínima pode cair para cerca de 14 graus.

Veja, agora, alguns fatores que podem ajudar na hora de escolher quando ir a Cambará do Sul:

  • O verão é longo, quente e abafado;
  • As chuvas são mais volumosas na estação quente;
  • Com céu cheio de nuvens, a visibilidade dos cânions é prejudicada;
  • Os meses do meio do ano têm céu quase sempre aberto;
  • A temperatura mínima no inverno fica em torno de 14 graus;
  • No verão, o termômetro pode chegar a 35 graus.

Quando ir a Cambará do Sul

Se você prefere aproveitar dias pouco encobertos, sem chuva e com temperaturas agradáveis – entre 18 e 27 graus -, a melhor época para visitar Cambará do Sul é do meio de abril ao fim de setembro, sendo que o melhor período é a segunda semana de maio.

Esse período é ideal para quem quer explorar a natureza dos Parques Nacionais Aparados da Serra e das Serras Gerais, que ficam na divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Para quem não se importa com calor ou até prefere dias mais quentes, outras duas boas épocas para viajar são do início de março ao início de maio e do início de novembro ao meio de dezembro.

Quando ir a Cambará do Sul: melhor época para viajar

Fique de olho nas nuvens

Uma coisa que você deve prestar bastante atenção é na quantidade de nuvens no céu. Apesar de nem sempre serem o anúncio de chuva, elas encobrem o céu de Cambará boa parte do ano e acabam deixando tudo um pouco cinza.

Observar a quantidade de nuvens no céu também é importante porque elas podem atrapalhar a visibilidade dos cânions,  principalmente nas primeiras horas do dia.

Quando ir a Cambará do Sul: melhor época para viajar

O período com menos chances de céu encoberto vai  de junho a agosto.  Sendo que agosto, normalmente, é o melhor mês nesse aspecto.

Por outro lado, a partir da segunda quinzena de outubro até o fim de março, os dias são cheio de nuvens o tempo todo.

Sol e chuva

Mesmo que seja impossível controlar as chuvas, saber quais os períodos são menos propensos a elas nos ajuda muito no planejamento da viagem. Isso fica ainda mais relevante em destinos de natureza, como Cambará do Sul, que nos convida o tempo todo para a vida ao ar livre.

Então, você precisa saber que as  chuvas acontecem durante o ano inteiro  em Cambará, mas há períodos que elas são mais intensas e volumosas.

A estação com maior chance de chover é, justamente, o período mais quente do ano, que vai de outubro a março.

Nos outros meses – do final de março ao começo de outubro -, as chuvas são mais raras e pouco volumosas.

Quando ir a Cambará do Sul: melhor época para viajar

É hora de decidir

Para concluir as minhas dicas, preciso dizer que o período mais abafado na cidade vai de 30 de setembro a 8 de maio. Nessa ápoca do ano, a umidade é alta e a sensação de calor é maior.

Os meses de julho a setembro são conhecidos pela quantidade de ventos. Eles ficam mais intensos nesse período, mas não representam risco.

Ficou com alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo e aproveite para ler outros posts sobre Cambará.

Com informações de Weather Spark.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário